terça-feira, 23 de agosto de 2011

Hulk no meio contra o Barça?


Kléber foi titular nos três jogos oficiais que o FC Porto já disputou esta época, mas não se pode dizer que tenha sido muito feliz. Deste modo, perante o desacerto/nervosismo revelado pelo ponta-de-lança brasileiro nestes três jogos, não ficava surpreendido se contra o Barça outro brasileiro - Hulk - actuasse no eixo do ataque, repetindo algo que já se viu na época passada, nomeadamente durante o período em que Falcao esteve lesionado.

Num cenário destes, acredito que o FC Porto jogaria em 4-4-2, reforçando o meio-campo com mais um médio (Belluschi) e que o parceiro atacante de Hulk seria James, visto Varela estar a atravessar um período de muito pouca inspiração e baixíssimo rendimento.

Como treinador de bancada, o meu onze para a Supertaça Europeia, disposto em 4-4-2 (4-1-3-2), seria o seguinte:
Hélton
Sapunaru, Rolando, Otamendi, Fucile
Souza, João Moutinho, Guarin, Belluschi
Hulk, James

28 comentários:

David Nogueira disse...

Não desagrada esse onze, mas trocava sapu por alvaro (fucile na direita) que são bem mais rápidos, e souza por fernando (bem melhor na cobertura defensiva e ocupação dos espaços).
Abraço!

Maria Da Fonte disse...

com exactamente a mesma equipa mas em 4-1-4-1,Sousa no um defensivo e Hulk no um atacante.
PORTO PORTO PORTO

alex disse...

helton
sapunaru otamendi rolando fucile
sousa
moutinho guarin
hulk walter james

força porto

Alexandre Burmester disse...

Não como treinador de bancada, mas como portista, vou dizer aquilo que, no recôndito das suas almas, a maioria dos portistas pensa acerca deste jogo: desde que não sejamos humilhados, tudo bem! Já sei que alguns fundamentalistas vão interpretar isto como fraqueza minha ou, se calhar, como sintoma de benfiquismo. Estou-me a marimbar para isso!

Daniel Gonçalves disse...

Concordo com o Davi Nogueira, para este jogo com o Barça, era preferível o Fernando em detrimento do Souza, porque vai ser necessário um jogador com o perfil do Polvo para tapar espaços, tenho apreciado o Souza mas ainda lhe falta algum "calo" e experiência para este tipo de jogos, a questão que se coloca é saber em que condições físicas/psicológicas estará Fernando.
Prefiro Álvaro Pereira a lateral esquerdo, mas a mesma pergunta que se coloca para o Fernando também a coloco para o Palito: em que estado físico se encontra?

Daniel Gonçalves disse...

Alexandre,
quero que o FC Porto entre sempre a jogo para ganhar, mas com realismo e avaliando bem o valor do adversário. Vamos jogar contra o Barça, possivelmente a melhor equipa do mundo, e não com uma equipa da Liga Portuguesa (respeito-as mas não têm a valia futebolística do Barça). Se levarmos um banho de bola e só perdermos por 1-0 em vez de 5-0 darei-me por contente, e sou tão portista como os outros. Agora a missão da nossa equipa e do nosso técnico é fazer por não levar um banho de bola e trazer a Taça (ou Supertaça).

ℕℯℓsση ℳαcℎα∂σ ℗ disse...

Ora caro Alexandre, fraqueza ser-se honesto e realista?!

Pode sempre acontecer uma surpresa mas a verdade é que muito poucos estarão tão confiantes a um nível de achar que são favas contadas para o FC Porto.
Que façam o melhor e que não envergonhem a malta é o que se pede e se ainda por cima tiverem a sorte do jogo e ganharem... tanto melhor.


Engraçado era o FC Porto retribuir o gesto que o Barcelona teve aquando da inauguração do Estádio do Dragão em que pôs Messi a jogar pela 1ª vez na equipa principal, e assim o deu a conhecer ao Mundo, e agora o ViPe podia fazer o mesmo com o Iturbe.
Provavelmente nem está inscrito na prova mas era um apontamento engraçado.

Daniel Gonçalves disse...

Se o FC Porto chegar ao final do jogo, e até do prolongamento, com 0-0, ou ganhando o jogo por 1-0 (golo de Hulk em contra-ataque aproveitando uma das inúmeras bolas despejadas para o meio campo pela nossa defesa) utilizando a táctica do "autocarro" em frente da baliza, ou dando um "massacre" de futebol defensivo - como fizemos em Roterdão em 1993 com o Ivic a treinador - quero ver a disparidade de critérios dos nossos media: será que irão louvar a estratégia defensiva do FC Porto ou, pelo contrário, atacarão a covardia e a falta de coragem para lutar cara a cara com o Barça.

José Correia disse...

Em condições normais, é óbvio que o Álvaro Pereira seria titular de caras e faria parte do meu onze. Contudo, a situação actual do Álvaro Pereira não é normal. De outro modo, não teria zero minutos nos três jogos oficiais já realizados.

José Correia disse...

Quanto ao Fernando, penso que quer ele, quer a SAD, estão mortinhos que apareça alguém com meia-dúzia de milhões para comprar o seu passe.

DC disse...

Depois das enormes falhas defensivas com o Gil estou muito preocupado. Acho que o Sousa e os centrais não vão ter grandes hipóteses para o Messi mas oxalá me engane.
Sinceramente adorava ver o Fernando a titular, mas era o Fernando dos velhos tempos, o que enchia o campo.
Assim, acho que a equipa citada pode ser uma boa opção embora tenha quase a certeza que James não será titular assim de repente, mas tendo em conta a táctica do Barça e o quão ofensivos são os seus laterais especialmente o Dani, penso que a única hipótese de vencer é Hulk explorar essas fragilidades nos flancos. Portanto penso que Kléber tem que ser titular para ocupar esse espaço no meio e Hulk jogar numa ala. Depois Belluschi pode fazer o papel de falso ala e 4º médio.
Mas repito, estou bastante pessimista!

Daniel Gonçalves disse...

José Correia,

vendo as coisas dessa forma a melhor forma de "despachar"/vender o Fernando era ele jogar de início frente ao Barça e realizar um jogo de elevado nível, apaeciam logo as propostas.

Temos de entrar em jogo e realizar uma exibição como fizemos contra o Lyon, nos jogos de preparação, e não como no passado jogo contra o Gil Vicente em que não estivemos bem a meio-campo.

P. Cardoso disse...

Esse é o problema. tanto alvaro pereira como fernando, para mim seriam titulares, se não tivessem já com a cabeça noutras paragens.


nesse 442, metia o kleber em vez do james, que só fez meia duzia de treinos, e não me parece que seja justo para os que cá estão ele chegar e ser titular.

A confirmar-se a saída do fernando, precisamos de um bom médio defensivo, para ser titular já esta época (e vamos ver o que dá o brasileiro dos 9M na esquerda).


Outra coisa: nunca mais despachamos o Cebola? q é ele anda a fazer da vida?

rbn disse...

Caros portistas, VP não vai arriscar a levar uma taréia do barça.
Vai jogar em 4-5-1, e como muitos já disseram aqui e em outros blogs e foruns na net, serão 10 a defender e Hulk isolado na frente a tentar a sorte num contragolpe após mais uma bola despachada pela nossa defesa.
Hulk terá de ser mesmo um Hulk, literalmente.
Meu 11 inicial

Helton, Fucile, Rolando, Otamendi e Palito.
Fernando, Souza e Guarin.
Belluschi(ou James) e Moutinho.
Hulk.

No banco de suplentes estavam Beto, Mangala, Maicon, James(ou Belluschi), Sapunaru, Defour, Kleber, Valter e Varela.

E com disse o Burmester, é difícil não pensar diferente de não levar uma taréia com um adversário como o barça, que humilha a 3 anos consecutivos o real madrid, e fez gato e sapato do united na final da xampions.

Mas o FCP VENCEU a ÚLTIMA edição da Taça Intercontinental e pelo que percebi, salvo erro, esta será a ÚLTIMA SUPERTAÇA EUROPÉIA.
Coincidencia?

meirelesportuense disse...

Eu acredito que o Porto tem possibilidades de ganhar o encontro de 6ª Feira, terá de jogar muito concentrado e fazer o melhor jogo da época.
Helton;
Sapunaru, Rolando, Otamendi e Fucile;
Guarin, Souza, Moutinho e Álvaro Pereira;Hulk e Varela.

Beto, Maicon, Fernando, Belluschi, Kléber, James Rodriguez e Iturbe.

miguel87 disse...

Este post sugere que um jogador que não marcou nos ultimos 3 jogos deve sair... não posso garantir, mas deve ter havido no passado 3 jogos consecutivos sem que Falcao tenha marcado um golo, será que nessa altura tambem o queriam ver no banco?

A outra questão levantada é alterar a forma de jogar que nos tem vindo a dar jogos e resultados excelentes... continuamos sem (praticamente) perder nenhum jogo oficial, mas parece que ainda há gente que tem saudades de Jesualdo Ferreira e as suas invenções em jogos destes! Ou já será esquecimento?

miguel87 disse...

Quanto a mim a única hipotese que o Porto teria, era jogar com menos falhas possiveis da maneira que vem fazendo: sempre com bola e pressão forte e imediata na perda desta; foi assim e por essa razão que sofremos o reduzido numero de golos da época passada, porque o sector defensivo em si é normalmente fraco, muito mais para jogos desta exigência.
Excepto o Fucile (e tem que ser num dia bom) toda a defesa do Porto joga mal em termos posicionais contra ataques organizados (como faz o Barça), recentemente temos os exemplos do golo do Lisandro e os lances em Guimarães e contra o Gil em que por algumas vezes os avançados apareceram sozinhos no meio da area... e eram Barrientos, Vilelas e Vieiras, agora imaginem Messi, Villa e Pedro!

Estou consciente que é missão quase impossivel vencer o Barça, mas entrar para o jogo de maneira diferente do habitual parece-me um principio muito mau!

Me myself and I disse...

só tenho pena de há uns meses ter pensado ver este jogo um embate Falcão-Alvaro pereira-Hulk vs Messi-Iniesta-Xavi. Seria bem mais equilibrado. A supertaça calha mal agora, porque daqui a um mês, já teremos, espero, Iturbe a turbo e James a 101% : que falta fazem! Em contrapartida eles têm o trio maravilha e ainda acrescentam Fabregàs a todo o gás. Deus nos ajude (e muita concentração) e que o Hulk seja um Rui Barros gigante a furar os blaugranas para o 1-0 final .)

Ricardo Vara disse...

Não seria surpreendente que Varela ficasse de fora frente ao Barcelona. A minha aposta vai para a dupla Hulk-Kléber e James nas costas dos dois, num meio campo com 4 homens.
Um abraço
Ricardo Vara

Dragaoatento disse...

...Só um clube com o perfil guerreiro do nosso é capaz de um desafio como aquele que nos espera no Mónaco.

Amigo Sevilha, será bom mas não basta!
O tiki taka do Barça é uma adversário temível!
Já toda a gente conhece a qualidade da equipa do Barça! A equipa blaugrana em dia sim é uma autentica máquina trituradora que esmaga literalmente os seus adversários. Por isso dada a qualidade da equipa que vai defrontar, só um Super-FC Porto em dia de inspiração conseguirá ultrapassar ou pelo menos manter os contrários em respeito. Conclusão: os Dragões têm de conseguir transcender-se se quiserem dar alguma réplica à equipa blaugrana.
Apesar da equipa espanhola contar com uma verdadeira constelação de estrelas é como conjunto, ou seja, como equipa bem entrosada (máquina perfeitamente oleada) , cujos automatismos (desmarcações e passes precisos) saem perfeitos, que ela é perigosa. E as suas individualidades (leia-se estrelas) só sobressaem precisamente devido à equipa no seu conjunto!

Hugo disse...

O James nao foi convocado. Grande desilusao, pelo menos para mim.

Hugo disse...

O James nao foi convocado. Grande desilusao, pelo menos para mim.

Pedro Reis disse...

James não está convocado, o que é uma surpresa.
Alvaro Pereira também não pelo que deve mesmo estar de saída...
Outra ausência notada é a de Walter, para mais quando não temos outra alternativa ao Kleber e tb no dia em que se fala de um possível empréstimo ao Bordéus.
É só um desabafo mas este início de época parece estar a ser mal "dominado" pela Direcção, vamos aguardar pelas surpresas positivas.

Miguel Pereira disse...

RBN,

É a última Supertaça Europeia no Monaco, a partir do próximo ano passa a ser em Praga o sorteio e o jogo.

um abraço

PS: Sem o Pique e Puyol e com o Alves quase sempre a atacar nunca tivemos tantas oportunidades de usar um jogador como..Falcao. Ironias do destino!

José Correia disse...

miguel87 disse...
Este post sugere que um jogador que não marcou nos ultimos 3 jogos deve sair...

Como leitor habitual deste blogue, deve ter lido o que eu escrevi sobre o Kléber. Contudo, o seu desempenho nos três jogos oficiais desta época (os únicos!) deixou muito a desejar, provavelmente fruto da sua juventude, nervosismo e ansiedade em marcar o primeiro golo pelo FC Porto em jogos oficiais (para já está a zero, o que não é grande número para um ponta-de-lança de uma equipa grande...)

José Correia disse...

miguel87 disse...
A outra questão levantada é alterar a forma de jogar que nos tem vindo a dar jogos e resultados excelentes...

Eu também gostava que o FC Porto tivesse capacidade para jogar ao ataque perante o Barça, pressionando-os no campo todo e chegasse ao final do jogo com cerca de 60% de posse de bola (os números habituais do FC Porto na época passada). É capaz é de ser um bocadinho difícil...

José Correia disse...

Ricardo Vara disse...
Não seria surpreendente que Varela ficasse de fora frente ao Barcelona. A minha aposta vai para a dupla Hulk-Kléber e James nas costas dos dois

Perante a não convocação do James e a surpreendente entrada de Cristian Rodriguez na lista de convocados, não ficaria admirado se o Cebola jogasse de início.

DC disse...

Cebola de início seria sem dúvida voltar aos tempos de Jesualdo. Fazer experiências no próprio jogo. Quer resultasse quer não.

Penso que em relação ao 11 a dúvida estará entre o 11 habitual que jogou com o Gil ou a entrada do Belluschi para o lugar ou de Varela ou de Kléber.

Aposto na saída de Varela para entrada de Belluschi.