segunda-feira, 29 de agosto de 2011

O adiamento do jogo com o U. Leiria

FC Barcelona e FC Porto jogaram na passada sexta-feira a final da Supertaça Europeia.

Respeitando o intervalo previsto nos regulamentos - 72 horas -, e que os médicos consideram adequados para futebolistas profissionais, o Barça voltou a jogar hoje para o campeonato espanhol, recebendo e goleando (5-0) o Villarreal.

Por sua vez, o FC Porto decidiu (?) adiar o seu jogo - União Leiria x FC Porto - para 6 de Setembro, algo que irá ter diversas implicações:

«Oito dos onze jogadores que iniciaram a partida com o Barcelona na Supertaça Europeia - e mais três elementos do plantel - vão estar ao serviço das respectivas selecções nos próximos dias, deixando Vítor Pereira com uma enorme dor de cabeça para a deslocação a Leiria. É que destes, Guarín, Sapunaru e Otamendi têm jogos marcados para o mesmo dia da partida na Marinha Grande e são baixas certas; Hulk e Mangala têm compromissos na véspera e só poderão chegar a Portugal no dia do jogo, ficando em dúvida para a terceira jornada. (...)
Na teoria, e fazendo as contas ao calendário, Vítor Pereira teria oito dias para ensaiar esse jogo, mas na prática só poderá afinar a estratégia nos últimos dias e mesmo sem alguns dos internacionais. Na defesa, à parte dos guarda-redes, só ficam no Olival Maicon, Alex Sandro e Rafa, sendo que os últimos dois estão a recuperar de lesões. Depois, há dois médios de fora (Moutinho e Guarín) e mais três avançados (Hulk, Rodríguez e Varela).»
in ojogo.pt


À primeira vista, parece evidente a vantagem que o FC Porto teria em ter jogado hoje (conforme era seu direito), e não no dia 6 de Setembro, data em que, para além de serem certas as ausências de vários internacionais, há ainda o risco de algum dos outros se lesionar nos jogos das selecções disputados nos dias anteriores.
Assim sendo, por que razão vai o FC Porto efectuar o jogo da 3ª jornada do campeonato no dia 6 de Setembro, sabendo que o vai disputar com a equipa fragilizada por várias ausências de jogadores titulares?

Gostava de saber qual é a explicação oficial da SAD para esta decisão, porque não quero acreditar naquilo que me disseram, ou seja, que o jogo do FC Porto foi adiado, porque já havia duas transmissões televisivas esta segunda-feira (V. Setúbal x SC Braga e Nacional x slb).
Seria mau demais que o FC Porto fosse prejudicado desportivamente, para que os interesses da SportTv (leia-se, Joaquim Oliveira) não fossem beliscados. Repito que não quero acreditar que seja esta a explicação.

Uma coisa eu sei, nestas condições, se o FC Porto perder pontos no estádio municipal da Marinha Grande (onde se irá disputar o União Leiria x FC Porto), o responsável não será Vítor Pereira.

16 comentários:

r.m.silva da costa disse...

Quem "manda" na marcação dos jogos é a TV, de Joaquim Oliveira. Há toda a verosimilhança quanto à fixação da data do jogo do FC Porto contra o UDL.

É a realidade do futebol que temos.

The Blue Factory of Dreams disse...

Acho que por exemplo a Federação Portuguesa impediu os selecionados de clubes que actuavam hoje de irem a jogo. Nomeadamente Quim e Eduardo.
No nosso caso poderiam ser Moutinho, Rolando, Varela.

Não sei bem se seria assim ou não, mas fica a questão, jogar hoje também pderia trazer essas baixas.

É certo que face aos factos que o post denuncia não deixa de ser muito estranha a data, o risco inerente, veja-se que o benfica caso o jogo de hoje fosse adiado pelo meu tempo não iria permitir que o jogo fosse amanhã porque 2 jogadores tinham de ir à selecção.


São muitas baixas garantidas, outras que se podem juntar entretanto, problemas bicudos para Vítor Pereira que não precisava mesmo nada de mais preocupações.

Podemos ir a jogo sem qualquer lateral, por exemplo. E com apenas 2 centrais.


Não havia necessidade.

Obviamente, Vítor Pereira - o da arbitragem - vai explorar este jogo, no qual a imprensa lisboeta vai depositar imensa expectativa...

Exposemo-nos ao risco.

Vai ser um jogo mais complicado.


Se perdermos pontos alguém terá de apresentar explicações, porque está visto que antes do jogo ninguém falará do assunto, que seria o normal e correcto.


Cumps


http://thebluefactoryofdreams.blogspot.com/

KOSTA DE ALHABAITE disse...

Estou "parvo" com a mediocridade da marcação/adiamento do jogo. Nem parece coisa do FCPorto. O que se passa na cabeça de quem coordena? Francamente é o verdadeiro tiro no pé.

Ricardo Goucha disse...

Se o jogo fosse hoje também não teríamos o Varela, Moutinho e Rolando, já que a FPF não os ia dispensar da mesma forma que não fez com o Quim e Eduardo.

Pedro disse...

Caro José Correia, a explicação está de facto nas transmissões já agendadas. O assunto já tinah sido levantado pela Bola, mas sem resposta do FCP.

A clausula dos 80% (em relação à verba futura do SLB) traz um preço...

José Correia disse...

Ricardo Goucha disse...
Se o jogo fosse hoje também não teríamos o Varela, Moutinho e Rolando, já que a FPF não os ia dispensar da mesma forma que não fez com o Quim e Eduardo.

Quem disse? Era só o que faltava.

O FC Porto disputou na passada sexta-feira um jogo oficial, em data oficial marcada pela UEFA. De acordo com os regulamentos da Liga/FPF, tem direito a 72 horas de intervalo para o jogo seguinte. Ou seja, o jogo poderia ser perfeitamente na 2ª feira, com início por volta das 20h30.

José Correia disse...

@The Blue Factory of Dreams, Ricardo Goucha

O SC Braga e o Nacional jogaram para a Liga Europa na passada quinta-feira. Ao contrário do FC Porto, só não jogaram no domingo (72 horas depois) porque não quiseram (ou porque a SportTv não deixou...).

José Correia disse...

Relativamente ao Varela, Moutinho e Rolando, não seria a primeira vez que jogadores chegavam ao estágio da Selecção mais tarde.

Se o FC Porto tivesse jogado na Marinha Grande por volta das 20h30, estes três internacionais poderiam perfeitamente, após o jogo, ir para o estágio da Selecção em Óbidos e já pernoitarem com os restantes convocados.

José Correia disse...

«Jorge Fucile sofreu uma mialgia no adutor direito contra o Barcelona e não treinou ontem, dia do regresso ao trabalho pós-Supertaça Europeia. Para o uruguaio, a lesão não significa apenas uns dias de paragem, mas desde já o impedimento de regressar à selecção uruguaia, para a qual tinha sido convocado (...).
A mialgia no adutor sofrida pelo lateral não obriga a uma paragem longa e o mais provável é que Fucile possa jogar na Marinha Grande. Mas alguns dias sem treinar estão garantidos e daí a dispensa por parte de Óscar Tabarez.»
in ojogo.pt

José Correia disse...

«A razia provocada pela semana de jogos internacionais levou já sete jogadores ao FC Porto e complicou bastante a vida de Vítor Pereira (...)
Mas o pior ainda está para chegar, pois quando Hulk, Otamendi, Álvaro Pereira e Crístian Rodríguez partirem, o grupo ficará com apenas 15 jogadores (entretanto Helton regressa), sendo necessário o recurso à equipa júnior para o treinador conseguir elaborar sessões de trabalho completas. (...)
O grupo só volta a começar a encher no sábado, ou seja, a três treinos do jogo em Leiria, que Vítor Pereira terá que preparar forçosamente com dificuldades. Sem laterais, por exemplo...»
in ojogo.pt

Alexandre Burmester disse...

Se querem que vos diga, não me escandaliza nada que uma estação de tv que transmite um jogo ao abrigo de um contrato-pacote tenha uma palavra a dizer acerca do dia e hora do mesmo. Afinal de contas, eles pagam...

Luís Negroni disse...

Se entretanto Fucile recuperar como é de esperar (11 dias devem chegar e sobrar para uma mialgia), os problemas resumem-se à lateral direita e pouco mais. Não há motivo para se estar com tantos lamentos. Na época passada, por esta altura, eram titulares o Maicon e o Belushi. Para a Marinha Grande, se nada de novo acontecer, estarão disponíveis e em boas condições físicas, Helton, Bracalli, Rolando, Maicon, Fucile, Fernando, Sousa, Moutinho, Belushi, Varela, Kléber, James Rodriguez, Djalma, para além dos novos, Iturbe e Defour. O Hulk, se jogar pelo Brasil os poucos minutos que jogou quando lá foi outras vezes, também poderá perfeitamente jogar no dia seginte pelo Porto, até porque uma viagem de avião de Inglaterra não é uma viagem de avião da Indonésia. Sobra a lateral direita já que não haverá Sapunaru nem Otamendi que poderia fazer a posição, Sereno já saíu e Álvaro Pereira que permitiria Fucile na direita também deverá ter saído. Mas o Fernando, que já fez algumas vezes essa posição e que dá garantias em termos defensivos, pode perfeitamente fazê-la.

Resumindo, o cenário não é assim tão mau. Com os jogadores disponíveis e com determinação e vontade de vencer e superar as dificuldades o Porto tem mais do que condições para vencer o Leiria. Era só o que faltava que se pudesse achar que, com este lote de jogadores não tínhamos condições para vencer o União de Leiria + árbitros. O Porto tem vencido e crescido sempre no meio de um mar de dificuldades criadas por media, organismos desportivos, árbitros, outras entidades e não vale a pena estarmos com muitos lamentos por causa de dificuldades muito pontuais que dizem respeito apenas a um jogo. Têm sido as dificuldades constantes que têm forjado este grande Porto vencedor de 7 troféus internacionais. Com muitas facilidades éramos outro slb e não ganhávamos nada.

Ricardo Goucha disse...

José Correia, estou a dizer aquilo que foi noticiado... todos os jogadores convocados para a selecção foram OBRIGADOS a apresentarem-se durante a tarde de ontem.

Por essa razão, o Eduardo e o Quim não foram convocados para as respectivas equipas, da mesma forma que os internacionais do FCP não poderiam ser.
Da mesma forma que os regulamentos protegem os clubes para adiarem os seus jogos até perfazerem as 72h do jogo anterior, também a FPF pode obrigar os seus jogadores a estarem no estágio um determinado tempo antes do jogo.

José Correia disse...

Alexandre Burmester disse...
não me escandaliza nada que uma estação de tv que transmite um jogo ao abrigo de um contrato-pacote tenha uma palavra a dizer acerca do dia e hora do mesmo. Afinal de contas, eles pagam...

Não sei se foi essa a razão do adiamento do jogo, mas seria sempre possível compatibilizar o interesse dos clubes com o da SportTv. Por exemplo, o União Leiria x FC Porto e o Nacional x slb serem disputados na 2ª feira e o V. Setúbal x SC Braga ser disputado hoje (3ª feira), visto o impacto das selecções ser diminuto em sadinos e bracarenses.

José Correia disse...

Ricardo Goucha disse...
todos os jogadores convocados para a selecção foram OBRIGADOS a apresentarem-se durante a tarde de ontem

Ricardo, se isso for verdade, significa que, indirectamente, foi a FPF a obrigar o FC Porto a adiar o seu jogo. A alternativa seria jogar no domingo à noite, apenas 48 horas depois da Supertaça Europeia.

Não acredito nessa intransigência da FPF porque, no passado, há vários exemplos de jogadores que chegaram à concentração da Selecção nacional à noite e até no dia seguinte ao início da mesma.

Mas é (seria) fácil evitarmos especulações. Bastaria que os responsáveis da FC Porto SAD explicassem o motivo do adiamento do jogo para uma data em que é certa a ausência de, pelo menos, três habituais titulares.

José Correia disse...

Luís Negroni disse...
Não há motivo para se estar com tantos lamentos

Não é uma questão de lamentos, mas sim de analisarmos as condições em que o União Leiria x FC Porto vai ser disputado.
Concordará que não é positiva a ausência certa de três habituais titulares;
Concordará que não é positivo que um jogador com a importância do Hulk esteja convocado e possa jogar na véspera pela sua selecção.