domingo, 25 de setembro de 2011

Lisboa é Portugal


Lisboa é Portugal. Fora de Lisboa não há nada. O país está todo entre a Arcada e S. Bento.
Eça de Queiroz, Os Maias


Todos sabemos que Portugal é um país assustadoramente centralista e que isso é o factor que mais contribui para o atraso endémico da maior parte das regiões do país. Evidentemente, Lisboa, para onde são sugados grande parte dos poucos recursos existentes, é a excepção e o seu nível de riqueza há muito tempo que é superior ao da média comunitária.

Mas, o que me leva a falar novamente no centralismo é a meia maratona de Lisboa, perdão, meia maratona de Portugal, que foi disputada hoje.
Sim, leram bem, de Portugal, porque tal como Eça escreveu no século XIX, no século XXI Lisboa continua a ser Portugal. Pelo menos para muitos iluminados e, seguramente, na cabeça da maior parte dos políticos que nos têm (des)governado.

Entre as maratonas mais famosas do Mundo, já tinha ouvido falar nas maratonas de Londres, Paris, Chicago, Nova York, Roterdão, Tóquio, etc., mas é a primeira vez que vejo uma maratona disputada numa cidade adoptar o nome do respectivo país.
Acho bem, afinal traduz a triste realidade portuguesa, a que sucessivos governos nos conduziram: de facto, Portugal é cada vez mais Lisboa e o resto é paisagem...

20 comentários:

The Blue Factory of Dreams disse...

NOJO

RS disse...

Fazendo o papel de advogado do Diabo, convém referir que esta meia-maratona designa-se "de Portugal" para se distinguir da outra que atravessa a ponte 25 de Abril, essa sim denominada "de Lisboa".
O que se pode questionar, isso sim, é porque raio o Maratona Clube organiza duas meia-maratonas em Lisboa...

Alexandre Burmester disse...

Vou usar uma "profanidade": caguemos neles.

Quanto mais importância dermos a estas coisas, mais eles nos acusarão de provincianos.

E já William Shakespeare dizia que "a rosa, com qualquer outro nome, teria o mesmo aroma".

Zé Luís disse...

Atão, duas meias matarronas dá uma matarrona inteira, daahhh...

Pedro Reis disse...

Sim é uma designação comercial, mas não deixa de ser ridículo...
Já agora, como corredor, deixem que vos diga uma coisa, fiz a meia-maratona do Porto no fim de semana passado e o percurso bate aos pontos qualquer uma das de Lisboa (e eu sou lisboeta). É fantástico, parabéns!

Gonçalo Verdasca disse...

Ninguém aqui falou nisso, nem em lado nenhum da comunicação social se falou...mas eu gostei de ver o Falcao levar 5-0 do Barça!

José Correia disse...

Gonçalo Verdasca disse...
eu gostei de ver o Falcao levar 5-0 do Barça!

Isto é completamente off-topic mas, já agora, porquê?
O Falcao fez-nos algum mal?
Há alguma razão para os portistas estarem chateados com o melhor ponta-de-lança que actuou no futebol português nos últimos 15-20 anos?
E que, ainda por cima, concordou em renovar o contrato, aumentando a clausula de rescisão de 30 para 45 milhões de euros!
De facto, há coisas que eu não consigo compreender.

Pedro Reis disse...

José Correia, não podia estar mais de acordo consigo!
Temos que estar agradecidos ao Falcao e mais nada!!! Como estamos agradecidos ao Lisandro, ao Lucho e a tantos outros que honraram sempre a camisola do FCP enquanto cá estiveram, nos ajudaram a ganhar títulos e no final ainda nos deixaram os cofres cheios!

P.S: Posso perceber é que se diga "meio na brincadeira", que com estes 5-0 o Falcao percebeu agora que trocou o FCP por um clube pior... :-)

Pedro Reis disse...

A propósito de centralismos esta notícia de hoje de manhã mostra como a Bolha anda muito desatenta quando se trata do FCP...

http://www.abola.pt/nnh/ver.aspx?id=289460

Então ninguém lhes disse que o Guarin está castigado e não pode jogar na Rússia? Enfim, mais do mesmo...

Gonçalo Verdasca disse...

Eu estou totalmente de acordo com o que disse. Foi o melhor negócio de sempre do futebol Português, foi o melhor ponta-de-lança do FCP nos últimos tempos, sem duvida.
No entanto e apesar disto tudo a troca do FCP pelo Atlético de Madrid deixa algo a desejar, se fosse pelo Real Madrid compreendia ,agora passar de cavalo para burro...
Se ele estivesse no Porto duvido que alguma vez encaixasse 5 fosse de que equipa fosse..agora no At Madrid parece-me que com aquela defesa oportunidades não vão faltar.
Compreendo também que o FCP tenha tido a intenção de o vender, pois a oferta que foi poderia não se repetir, se bem que acho que era seguro que no final desta época Falcao rendia o valor da clausula caso tivesse ficado, pois é simplesmente um dos melhores pontas-de-lança da actualidade, e não faltam equipas a precisar dele!

Zemis disse...

eu diria que os habitantes do porto têm o que merecem por eleger, consecutivamente, um presidente (e uma equipa) que apostam em acções mediáticas, que caem de pára-quedas, em vez de acções devidamente enquadradas e sustentadas.

a n/ cidade é, actualmente, uma enorme sala de espera, não se vendo um terço da iniciativa que se vê noutros sítios e, se a câmara municipal não pode ser a (única) responsável por acções mediáticas, não pode servir como um travão e deve exercer, a nível nacional, o máximo de pressão que lhe assiste... as próximas eleições autárquicas serão essenciais para mudar esse paradigma social, cultural, desportivo, etc.

(o que vale é que eu voto em matosinhos...)

por outro lado, eu gostaria de saber porque é que as grandes empresas da n/ região (nomeadamente super bock e optimus)promovem grandes eventos na zona sul em vez de apostarem em eventos locais e onde haveria menos concorrência? também não vejo empresas da zona sul/lisboa (por ex. a sagres) a investir por cá...

Zemis disse...

oh josé correia, e a perseguição que se fez/faz ao andré villas-boas?

eu cá não perdoo ao falcao ter saído para um clube de segunda (senão de terceira) que nas duas últimas vezes que foi à champions foi eliminado pelo... fcporto!

o villas-boas foi para um clube de primeira água (apesar do curriculum não ser tão notável) candidato à liga inglesa e à champions... eu isso compreendo um bocadinho melhor!

o que eu gostava mesmo era que os dois ainda estivessem cá... isso é que era =)

Tripeiro4ever disse...

@Zemis, subscrevo de cima abaixo!

Pedro Reis disse...

"Se ele estivesse no Porto duvido que alguma vez encaixasse 5 fosse de que equipa fosse.."

Infelizmente ainda tenho na memória, alguns desaires contundentes do FCP em Inglaterram, por isso...

Offshore disse...

eu preferia ter visto o Falcao marcar 3 ao Barça e não tenho nada contra o Barça
Eu fico feliz pelo facto do Falcao estar a ser bem sucedido em Espanha.

Luís Negroni disse...

Como de Lisboa, só me interessam as estradas, as estações de caminhos de ferro, o porto e o aeroporto, vou falar do FCPorto que me interessa muitíssimo mais.

Fui ao site do Porto e fiquei logo duplamente mal disposto. Primeiro, porque foi nomeado para o Zenit-Porto, Howard Webb, que é um árbitro que das 3 vezes que nos calhou, nos complicou sempre imenso a vida com arbitragens ao nível do que fazem cá dentro João Ferreira, Duarte Gomes, Carlos Xistra, Jorge Sousa, sempre que apanhamos com eles. Basta lembrar o jogo da época passada com o Sevilha, no Dragão, onde perdoou uma expulsão a um jogador do Sevilha logo na fase inicial do jogo, onde perdoou outra mais à frente por agressão a Fucile e onde foi implacável com Álvaro Pereira por bem menos expulsando-o.

Segundo, porque Sapunaru voltou a ficar de fora da convocatória e foram convocados 4 centrais. Apenas 2 laterais e 4 centrais, porquê? Fucile jogou miseravelmente contra o slb e vai jogar ou vai jogar algum central adaptado a lateral direito, quando Sapunaru está em perfeitas condições físicas e não é sequer convocado, porquê? E depois não querem alguns portistas que se fique irritado e se diga mal do treinador. Dá para entender isto?

Com as invenções, que não param, deste inventor, perdão, treinador, somadas à nomeação do sr. Howard Webb, não me admira que aconteça o pior.

Matias disse...

nao tenho muitas duvidas que o falcao foi ganhar bem mais para Madrid e que mesmo assim teria preferido ficar no Porto, onde teria uma equipa melhor ao seu lado.

parece-me evidente que ele foi praticamente "forçado" a sair tendo até aumentado a clausula para ajudar o Porto.


Teve uma atitude rara em jogadores de futebol alem de ter sido um dos profissionais mais exemplares que já por aí passaram.

custa-me ver tamanha ingratidão.

p.s. em Espanha até sou adepto do Barcelona mas contrariamente a alguns que aqui comentaram, ficava contente se o resultado fosse ao contrario com 5 golos do Falcao.

José Correia disse...

Zemis disse...
oh josé correia, e a perseguição que se fez/faz ao andré villas-boas?

Presumo que não se esteja a referir a este blogue e muito menos a mim.

Zemis disse...

caro josé correia,

circunstancialmente, e conforme a construção frásica que utilizei, não estava a precisar na pessoa de ninguém. por outro lado, já vi neste blogue (especialmente nas caixas de comentários) muitas referências perjurativas a ex-treinador do n/ fcporto.

a pergunta que lhe fiz (e que faço a quem me quiser responder), e que se mantém de pé, era que me explicasse porque é que, a generalidade dos portistas, expressa um sentimento negativo para com o andré villas-boas (e josé mourinho) e um sentimento positivo para com o radamel falcao (e outros tantos jogadores)?

cumprimentos,

p.s.: quase que me apetece perguntar se a carapuça lhe serviu...

José Correia disse...

Zemis disse...
porque é que, a generalidade dos portistas, expressa um sentimento negativo para com o andré villas-boas (e josé mourinho) e um sentimento positivo para com o radamel falcao (e outros tantos jogadores)?

Só posso falar por mim.
Sobre o André Villas-Boas, desejo-lhe as maiores felicidades no Chelsea, embora duvide que o plantel que tem à disposição seja suficiente para ganhar as competições mais relevantes (Premier League e Liga dos Campeões).
Quanto ao José Mourinho, enquanto treinador do FC Porto, enorme gratidão por tudo aquilo que fez e conquistou enquanto cá esteve.
O José Mourinho personagem pública não me agrada.