quarta-feira, 14 de setembro de 2011

Três

Três bolas enviadas à trave da baliza adversária (Souza, Rolando, Kléber) no FC Porto x Vitória Setúbal.

Três bolas enviadas aos postes da baliza adversária (Hulk, Hulk, James) no FC Porto x Shakhtar.

Três golos marcados em cada um dos últimos dois jogos do FC Porto (3-0 e 2-1).

Três golos marcados por Kléber em jogos oficiais (2 no campeonato e 1 na Liga dos Campeões) com a camisola do FC Porto.

Três pontos conquistados pelo FC Porto na fase de grupos da Liga dos Campeões.

Três penalties assinalados por Duarte Gomes, a favor do clube de que é adepto, entre os 33 e os 45 minutos do slb x Vitória de Guimarães.

Três jogos em que o slb foi beneficiado por erros de arbitragem (Gil Vicente x slb, slb x Feirense, slb x Guimarães) dos quatro até agora disputados para o campeonato.

Três pontos a mais do slb no campeonato devido a erros de arbitragem (opinião manifestada por Rui Santos no programa ‘Tempo Extra’ do passado domingo).

2 comentários:

Nightwish disse...

Tanta coisa para falar sobre as dificuldades do FCP em criar ocasiões de perigo ontem e vamos bater no ceguinho do Benfica. Aquele segundo penalty perdoa-se da mesma forma que se perdoa o que ele não marcou. O da cabeça é problema ocular de um jovem que se engana sempre para o mesmo lado, mas e daí? Também vamos andar a bater no ceguinho do golo milimetricamente em fora de jogo?
Viramos calimeros só para não sermos diferentes? Também fomos empurradinhos, penso que no jogo do Gil Vicente, e ninguém disse uma palavra que fosse aqui.
Santa paciência. Com tanto caso vermelho que para aí anda, com tanta manipulação na eleição para a federação e controlar as coisas por outro lado, andamos a perder tempo com isto.

ALBINO disse...

Quando é o Rui Santos a dizê-lo, quem sou eu para o contrariar? Gostava era de saber a lavagem à vista (ou ao cérebro?) que fizeram ao Pedro Henriques (o ex-árbitro), para que tenha visto "muito além" daquilo que viram os outros comentadores de arbitragem, e não só. E mesmo com o auxílio das imagens!...É obra! Melhor do que ele, só o Rui Gomes da Silva.