segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Há horas para tudo...


«Pinto da Costa entregou o Dragão de Ouro a Villas-Boas e recebeu em troca um relógio. Mas não um relógio qualquer. Um Franck Muller, de edição muito limitada a 33 cópias, tantas quantas os anos de vida do agora treinador do Chelsea. O que o presidente portista levou consigo para Chipre, para ver se dá sorte à equipa, é o número 1. O zero está no pulso direito do "Treinador do Ano".»
in ojogo.pt


Ao levar para Chipre o relógio que André Villas-Boas lhe ofereceu na semana passada e ao fazer questão de divulgar esse facto, até parece que Pinto da Costa está a fazer de propósito em "picar" a franja de adeptos portistas que não aceita a entrega de um Dragão de Ouro a Villas-Boas.

Eu estou à vontade porque, como já referi várias vezes, entendo que o Dragão de Ouro para o treinador do ano foi muito bem entregue mas, respeitando quem pensa de forma diferente, acho que não havia necessidade de por mais sal na ferida. Há horas para tudo...

12 comentários:

João Saraiva disse...

e este artigo é para picar alguém? :-D

joao abel calais disse...

Um Franck Muller também eu queria!... O AVB,sabe-a toda! pena que não seja meu amigo e eu Não seja Dragão de Ouro,embora o merecesse : o que eu sofro, ao longo da época, no meu sofá de ..."ouro" a ver os jogos do N/FCPorto só a minha mulher "avalia" e avaliza:" Oh,Homem,'inda t'há-de dar alguma coisa,por causa do teu Porto!".

O N/" Pintinho",gosta de gindungar nestas questões que ele sabe,nós sabemos,todos sabem, são sensíveis e não recolhem a unanimidade de que ele ... gosta.
Sejamos justos: a quem poderíamos atribuir o galardão de Treinador do Ano,senão a ...AVB ?!
Por mim e para mim foi boa a escolha . Além do mais, o gajo deixou por cá - 15 milhões! Quem se lhe compara?
Saudações Portistas e BOA SORTE em Nicósia.
João Carreira

Armando Pinto disse...

Ele levou o relógio mostrando que não o apreciou assim tanto, a pontos de não se importar de eventualmente o estragar, além de o desgastar pelo uso. Pois quando se aprecia muito uma coisa de valor, guarda-se como estimação, para que se não estrague e fique junto aos valores coleccionados e guardados!

pedro disse...

O Dr. Eduardo Barroso acha que no lance do 1º golo se Walter toca na bola ou perturba o GR deve ser marcado fora do jogo. O que faz pagarem a estes indiciduos para falarem do que nao sabem? Foi anedotico, mas o Serrão não soube responder.

Mário Faria disse...

O PdC pode levar o que quiser e quem quiser, cá dentro ou lá fora. E nem sempre foi bem acompanhado, como viemos a saber posteriormente. Mas, isso é do foro privado.
O que não entendo é a (aparente) menor proximidade do presidente relativamente ao actual treinador.
Não deveria deixar dúvidas - nesta fase do campeonato - e, por isso, deveria confirmar, por gestos e palavras simples, a bondade da escolha, cuja responsabilidade é, fundamentalmente, sua.
Nestas coisas o que parece é. Creio que o VP deixou de ser o “homem” do presidente.
Os próximos capítulos seguem dentro de momentos.

José Rodrigues disse...

"acho que não havia necessidade de por mais sal na ferida"

...dai escrever um artigo sobre isto. :-D

José Correia disse...

José Rodrigues disse...
...dai escrever um artigo sobre isto. :-D

Pelos vistos, o presidente do FC Porto decidiu levar a Chipre, numa viagem para um jogo da LC, o relógio que o André Villas-Boas lhe ofereceu na semana passada. Ora, esta situação só se tornou pública porque o presidente do FC Porto fez questão de o dizer a órgãos da comunicação social (e não porque eu tenha acesso a informação privilegiada).

Eu sei que o RP é um blogue super, hiper importante..., mas o número médio de visitas diárias é modesto (já andou pelas 2000, anda agora à volta das 1600), e é muitíssimo inferior ao número de pessoas que lê os sites dos jornais desportivos.

Não vale a pena pormo-nos em bicos de pés e sobrevalorizarmos aquilo que aqui escrevemos.

José Correia disse...

Mário Faria disse...
O que não entendo é a (aparente) menor proximidade do presidente relativamente ao actual treinador. Não deveria deixar dúvidas - nesta fase do campeonato - e, por isso, deveria confirmar, por gestos e palavras simples, a bondade da escolha, cuja responsabilidade é, fundamentalmente, sua. Nestas coisas o que parece é.

Exactamente Mário.
Todos estes gestos - entrega do Dragão de Ouro, triplo abraço no palco do Coliseu, usar (e fazer questão de o dizer) o relógio que o treinador do ano lhe ofereceu na semana passada - têm um significado e são alvo de uma interpretação que o Pinto da Costa (anda nisto há muitos anos) não pode ignorar.
Isto é que é o cerne da questão.

Daniel Gonçalves disse...

Tem havido muitas atitudes/comportamentos de ambas as partes (AVB versus Administração) que parecem querer dar a entender que AVB teve da parte da Administração a absolvição/remissão (não num sentido religioso) pela deserção para Inglaterra, e, por outro lado, AVB tudo procura fazer para ficar no "coração" da Administração apesar da deserção. Tudo demasiado humano. Toda a gente acredita que o André ainda vai voltar ao FCP, quer seja para treinador quer para dirigente, mas num futuro não determinável, daí que não se deva criar ressentimentos.

Concordo com o Mário Faria - muito bem visto - o Vítor Pereira, antes deste jogo importantíssimo com o Apoel, mereceia umas palavras de encorajamento e de motivação por parte do Presidente.

Daniel Gonçalves disse...

Apenas uma opinião off-topic: Franck Muller é marca de peralvilho, prefiram marcas com antiguidade e tradição relojoeira e não uma marca com uma dúzia (se tanto) de anos no mercado. Já sei que foi a Franck Muller que teve a iniciativa e procurou o André VB e não o contrário, mas para representar o FC Porto que escolham marcas relojoeiras com classicismo.

José Rodrigues disse...

"Eu sei que o RP é um blogue super, hiper importante..., mas o número médio de visitas diárias é modesto"

O nr de visitas no blogue e' totalmente irrelevante: tanto da' ser 10 como 100 como 1000 como 1 milhao.

O meu ponto e' q alguem q diz q "acha q era escusado por sal na ferida" vir depois escrever um artigo precisamente a chamar a atencao para esse fait-divers, e' para mim de uma enorme inconsistencia (para nao usar outra palavra).

José Correia disse...

José Rodrigues disse...
escrever um artigo precisamente a chamar a atencao para esse fait-divers

Este gesto do Pinto da Costa, juntamente com outros comportamentos que referi num comentário anterior, têm, ou podem ter, uma leitura semelhante à que, por exemplo, foi feita pelo Mário Faria.

Para ti é um fait-divers? Óptimo.