sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Não há "vacas sagradas"


"A segunda parte foi mais conseguida, jogámos com uma equipa bem organizada, bem trabalhada, que sai com qualidade nas transições ofensivas. Na primeira, circulámos a bola num ritmo baixo e tivemos dificuldade em encontrar espaços. Na segunda a dinâmica foi diferente."
Vítor Pereira


O Moutinho é melhor que o Defour e o Kléber é melhor que o Walter. Naturalmente, estas duas substituições, e o facto de estar a ganhar, fizeram com que a equipa melhorasse na 2ª parte.

Contudo, o momento do jogo é a substituição de Hulk por James. Não sei se com esta substituição Vítor Pereira ganhou uma equipa mas, seguramente, conquistou um maior respeito entre os adeptos.

No FC Porto não há, não pode haver, "vacas sagradas" e é bom que todos percebam isso, a começar pelo incrível Hulk, o melhor jogador do plantel.


Fotos: record.pt

14 comentários:

InVicturioso disse...

Será que afinal temos treinador? Esta substituicao mostrou muito caracter e muitos "cojones"!

tresandaafutebol.blogspot.com/2011/10/tu-queres-ver-que.html

Pedro disse...

Boa reacção do Hulk após o jogo ao admitir que não esteve bem no jogo e na atitude. Parabens ao V.Pereira por ter feito o correcto. Varela estava melhor que Hulk e mais esforçado.

5 estrelas para Moutinho e James.

Mário Faria disse...

O FCP não estava a jogar bem, mas uma parte do público é insuportável.
Melhorias substanciais em alguns jogadores : destaques para Alvaro e Varela. Defour esteve fraquinho e Sapu pouco melhor.
Hulk, logo nos primeiros minutos, falhou uma série de passes e não mais se aproximou de uma bitola razoável. Emperrou o jogo, não soube defender-se e mudar de registo. Parece um pouco perro.
Foi muito bem substituído e Moutinho provou que é figura maior do nosso meio campo se estiver em boa condição física. Beluschi exibiu-se bem e Fernando, tirando alguns falhas técnicas primárias, acabou por cumprir.
Walter provou que o FCP carece de uma outra alternativa para aquele posto. Mangala confirmou que tem condições para ser um reforço seguro e Rolando esteve regular. Otamendi em descanso ou na prateleira ?
James também parece zangado. É muito bom de bola, mas falta-lhe alguma agressividade. Foi o primeiro a abandonar o terreno no fim do jogo, aparentemente para não se cruzar com a equipa técnica que se aproximava do grupo para cumprimentar os jogadores.
Vitória justíssima. Falta intensidade e capacidade para manter um alto ritmo que desequilibre o adversário e não o deixe sentir-se confortável naquele joguinho de rouba espaços em que se especializam.

P. Ungaro disse...

Boas,

realmente o FCP ainda não está afinado, a primeira parte foi fraquinha, no entanto há que louvar duas coisas, primeira as substituições que deram outra dinâmica ao jogo e mais uma vez se viu que não ha "vacas sagradas" no FCP ... Vitor Pereira demonstrou carácter ao tirar, com justiça, o Hulk ...

Mais uma vitoria ... 3-0 ... e venha a champions.

Um abraço

http://fcportonoticias-dodragao.blogspot.com

Tiago Stuve disse...

Penso que a substituição do Hulk hoje é muito mais importante do que aquilo que aparenta. Acho que pode ser o ponto de viragem e união em torno do treinador, com VP a dar um claro sinal de coragem e força ao balneário, esperando eu que Hulk não seja orgulhoso/teimoso e mostre-se determinado a dar tudo pelo clube (como tem vindo a fazer!). Por outro lado, e não acredito tanto nesta hipótese, pode também ter sido a gota de água que provoque uma revolução no balneário contra VP. A meu ver, que não tinha gostado das opções de VP até agora, hoje deu-me alguma esperança de poder pôr a equipa no caminho certo!

Radamel Furacao disse...

Como dizia Cruyff numa das famosas cronicas que fazia no La Vanguardia :

"Aquí no hay nadie intocable. Comparto plenamente la decisión de Rijkaard (deixar fora Ronnie e Deco). Porque yo hubiese hecho exactamente lo mismo. Dado el primer paso, el primer aviso, hazlo con las 'vacas sagradas"

Mas para fazer isso é preciso ter tomates, e VP tem os no sitio que ninguem duvida disso.

Ha muitas criticas feitas ao VP, mas o toque de atençao tem sempre que ser dado aos jogadores.
Por exemplo nao gostei nada das criticas desfarçadas do Guarin.

E claro sem falar das opinioes de Portistas que queriam ver o VP fora enquanto o Porto esta no 1ero lugar (que raio de mensagem era enviado aos jogadores, futuro treinador e cia ?!).

Nunca mas nunca um despedimento na epoca a decorrer fez com que o clube sagrou-se campeao no fim do campeonato.

O VP analisou bem o problema, que era dos senadores bem instalados, e logo a seguir ao empate contra o APOEL, o NOSSO treinador deu uma grande palestra ao grupo (veio no JOGO) e seus efeitos vieram logo a seguir.

"Não queremos vedetas e mimados mas sim campeões empenhados"

Lembram-se !

Rui Anjos (Dragaopentacampeao) disse...

Mais um jogo com todos os defeitos e virtudes que têm caracterizado o FC Porto desta época. A equipa acusa alguma falta de confiança que a leva a cometer erros escusados e a fazer exibições intermitentes, alternando coisas boas com outras decepcionantes.

O importante nesta fase tem sido conseguido. As equipas vivem de resultados e por aí não nos podemos lamentar. Somos lideres. Mas já começam a ser horas, para aos resultados somarem-se exibições convincentes.

Se há jogadores em evidente baixa de forme, Hulk empunha o estandarte. Logo agora que o seleccionador brasileiro mais parece apostado em testá-lo. Pouca sorte do incrível, que como mortal que é também tem direito aos seus momentos menos bons. Gostei da coragem de Vítor Pereira na sua substituição e compreendo que a massa adepta portista não tenha ficado agradado com a exibição do brasileiro, mas daí a demonstrá-lo com uma vaia descomunal, parece-me no mínimo ingrato.

Gostei mais uma vez do jovem Mangala, o mais rápido dos defesas-centrais do plantel, que para mim, conquistou o lugar.

Um abraço

Daniel Gonçalves disse...

Substituir um jogador, seja ele um Maradona seja ele um jogador das distritais, que só está em campo a fazer disparates e a jogar mal é uma decisão relativamente fácil, e o público compreende bem, agora para vermos a influência e o ambiente no balneário, após esta decisão, vamos esperar pelos próximos dias para efectuarmos uma análise mais ponderada, e não tirarmos conclusões precipitadas como vejo alguns adeptos a tomar.

Moutinho é um jogador fulcral na organização de jogo do FC Porto, já a temporada passada o fora, e com a exibição dele ontem está respondida a questão "O que se passa com Moutinho?" que o José Correia colocou num post aqui no RP uns dias atrás. Se ele jogou mal durante alguns jogos tal deveu-se à desorganização táctica da equipa que arrastou com ela os melhores protagonistas.

DC disse...

O Libras boas encaixou 5 em casa hoje. Se fosse o Vitor Pereira caía o carmo e a trindade.
Espero que isto ajude a perceber que o futebol depende de confiança, apoio, condição física e muitas vezes também sorte e que andar a pedir a cabeça do treinador só prejudica!
AVB se não tem ganho com o penalti nos últimos minutos à Naval, se calhar entrava numa espiral de maus resultados, se calhar a confiança nunca teria atingido os níveis que atingiu.

Isto para dizer que o VP já provou que percebe de futebol, mas se tiver os assobiadores profissionais do costume sempre a condicioná-lo a ele e à equipa dificilmente terá sucesso.
Os nossos adeptos deviam servir para intimidar o adversário, mas isso, à excepção talvez dos jogos com o benfica, não acontece.
Aliás basta ver a lição que os adeptos cipriotas nos deram na nossa própria casa!

M. Teixeira disse...

Após uma primeira parte medíocre, o VP esteve impecável nas 3 mexidas da equipa. Moutinho entra para conduzir o barco e substituir o apagado Defour. Kleber entra para substituir o inconsequente Walter (joga num espaço muito reduzido de terreno e se a bola não chega lá não se mexe para criar espaços). Hulk (pior em campo) sai para entrar James (Varela parece regressar a exibições razoavelmente boas). Assim sendo, excelente mister! Sou assumidamente contra os assobios à equipa durante o jogo (nunca o fiz) mas, coerentemente com o que sempre afirmei, uma valente assobiadela no intervalo ou fim do jogo (para os acordar ou mostrar a insatisfação dos adeptos) não lhes faz mal nenhum. Ontem assim foi e muito bem. No final do jogo tiveram a recompensa após uma segunda-parte bem diferente. Notas positivas para: Mangala (temos homem para o 11), Alvaro (mais um jogo de grande entrega), Moutinho (natural "comandante" desta equipa) e Varela (a subir de forma). Nota negativa: Sapunaru (não chega), Defour (desiludiu ontem), Walter (muito pouco) e Hulk (mais do que a fraquíssima exibição que acontece a qualquer um, a atitude na saída). O melhor do jogo de ontem foi mesmo a coragem do VP em tiraro Hulk... temos homem?!

Dragaoatento disse...

A equipa azul e branca ganha mas o seu futebol não deslumbra, não convence. Os automatismos não existem, grande parte dos passes por lentos e denunciados são por tal motivo interceptados pelo adversário. E quando assim não acontece, acontecem passes transviados! Ora o Plantel é praticamente o mesmo da época passada e não se compreende portanto tanto desacerto, tanta falta de entrosamento! Gostaria de ver um futebol escorreito, feito de tabelas e ao primeiro toque, não dando tempo aos contrários de se reagruparem, de voltarem a colocar o autocarro em frente da sua baliza! Outro aspecto que me parece relevante é a baixa de forma de grande parte dos habituais titulares da equipa, não conseguem segurar a bola, são constantemente desarmados pelos adversários e parece terem perdido velocidade de pernas e de execução!
Conclusão: a jogarem assim, não acredito que consigam ganhar ao Apoel em Chipre.

José Correia disse...

Rui Anjos (Dragaopentacampeao) disse...
demonstrá-lo com uma vaia descomunal, parece-me no mínimo ingrato

Penso que os assobios não foram pela exibição (que foi de facto muito fraca e enervante), mas sim pela atitude de Hulk quando foi substituído.

José Correia disse...

Dragaoatento disse...
A equipa azul e branca ganha mas o seu futebol não deslumbra, não convence

De facto, a 1ª parte foi muito má, do pior que se viu nos últimos tempos, mas na 2ª parte, principalmente após a substituição do Hulk, o rendimento da equipa subiu notoriamente.

José Correia disse...

Dragaoatento disse...
a baixa de forma de grande parte dos habituais titulares da equipa

O Moutinho e, principalmente, o Alvaro Pereira já estiveram a um nível muito melhor do que nos últimos jogos.