segunda-feira, 3 de outubro de 2011

Um Dilema Teológico


O propagandista de um banco português - cujas acções ombreiam, nas suas vertiginosas perdas de valor, com as das SADs dos clubes de futebol - e treinador de um clube castelhano, saiu a terreiro, sem dúvida que no âmbito da sua incomensurável modéstia e infinita sabedoria, a apoiar a candidatura do Dr. Fernando Gomes a Presidente do venerável orgão que é a Federação Portuguesa de Futebol.

É público o nojo que tal candidatura provoca em certos escribas mouriscos, os quais, contudo, de um modo geral, veneram o dito actor publicitário mais do que o profeta, ou até o bom senso, lhes recomendaria.

Eu imagino o dilema teológico em que essa malta se encontra, e só posso recomendar-lhes:

"Obedecei, portanto, filhos da justiça, à advertência de João que vos diz: Endireitai as veredas do Senhor", S. Cirilo de Jerusalém.

11 comentários:

JOSE LIMA disse...

Caro Alexandre Burmester
Provavelmente não se terá dado conta das movimentações que de algum tempo a esta parte os nossos adversários desenvolvem.
O primeiro passo foi correr com o senhor Madail da FPF através daquela armadilha montada por Laurentino Dias e Luís Horta no caso Carlos Queiroz.
A seguir, as sucessivas aparições dos senhores Seara e Hermínio Loureiro nos ecrãs da TVI24 com a finalidade de auto-promoverem as suas candidaturas aos cadeirões da Federação. As visitas e jantaradas que o senhor Seara teve junto das Associações, bem como um primeiro apoio do senhor Vieira, pareciam anunciar que a sua corrida seria um passeio. O autarca de Sintra, por várias vezes, enalteceu em programas e entrevistas a sua preferência pela continuidade do senhor Pereira, responsável máximo daquela vergonha que é o quadro de árbitros que ele próprio criou. As suas nomeações cirúrgicas só têm uma finalidade: beneficiar a “instituição” e prejudicar os seus concorrentes directos. Ainda ontem se viu isso em Guimarães.
Com a aparição da candidatura do Dr. Fernando Gomes, o estratagema, caiu como um baralho de cartas. O senhor Vieira, esperto como é, logo virou o bico ao prego, chutou o senhor Seara para canto, e deu o braço ao ainda actual presidente da Liga.
Mas “isto” ainda não acabou, o melhor está para vir. Com a criação do Tribunal Arbitral do Desporto, os senhores Searas, os Correias, e toda aquela cambada que se pavoneia no camarote do senhor Vieira vão desaguar para lá. E não se esqueça o meu caro que quando esse Tribunal estiver a funcionar, adeus recursos. É o topo da pirâmide no Desporto, não há sequer recursos para o Constitucional, ficam com tudo controlado.
Portanto, embora eu também não compreenda o motivo porque o senhor Mourinho se vem meter neste assunto, todos devemos estar atentos às manobras que andam por aí.
Abraço

Alexandre Burmester disse...

Caro José Lima,

Confesso que não tenho muita paciência para acompanhar esses dramas de bastidor. Como tal, agradeço o seu esclarecedor comentário.

Claro que o treinador do tal clube castelhano apenas se meteu ao barulho pela simples razão de que não é capaz de estar calado.

Um abraço

Ribeiro DeepBlue disse...

"Mmmmmm...que belo toucinho!"
"Ah!E este presunto, está uma categoria!"

Dizem caninamente 6 milhões de maometanos....

alex disse...

uma simples curiosidade :

com o novo tribunal de desporto deixa de haver recurso para o tas?


força porto

Daniel Gonçalves disse...

"escribas mouriscos, os quais, contudo, de um modo geral, veneram o dito actor publicitário..." Na minha hulmilde opinião essas pessoas, a que o Alexandre Burmester alude, não veneram José Mourinho, mas como ele já não está ao serviço do FC Porto e se distanciou do nosso clube, os escribas aproveitam esse "distanciamento" para enaltecerem e bajularem esse acto de "distanciamento" e o dito treinador. A mentalidade desses escribas é uma personificação da hipocrisia, e, citando outro teólogo, são agentes do mal pois só se interessam pelos seus interesses e manipulam, distorcem os factos à medida das suas conveniências, "Os maus são gente que conhece a verdade, mas que só a apoia na medida em que ela corresponde ao seu interesse. Fora disso abandona-a."

reine margot disse...

Hum!
Confesso que nesta, nem com a ajuda de S. Cirilo da Wikipédia me safo...
Porquê dilema? ... Não vejo que tenham entre mãos escolher entre duas opções igualmente desfavoráveis...eles sabem bem qual escolhem!
Quanto a endireitar as veredas, então aí é que plissei...
Sorry, demasiada areia para a minha camioneta...

Depois, gostei da sua ironia sobre o apoio do Mou na resposta ao José Lima (-quiçá entendi esta com ajuda de S. Cirilo-)...
e, isto é de facto uma questão que se eu fosse jornalista gostaria de investigar: esta 'liaison' Mou-Jorge Mentes-futebol em portugal...

Mas essa investigação talvez só com a ajuda de S. Cirilo Queirós...

Alexandre Burmester disse...

Caro Reine Margot,

Em relação às suas dúvidas teológicas, aconselho-lhe esta leitura:

http://www.religion-online.org/showarticle.asp?title=1529


Abraço

Alexandre Burmester disse...

Já agora, com música: http://www.youtube.com/watch?v=wSIs1MHdFQY&feature=related

reine margot disse...

Agradeço os links, Alexandre B.
E a ideia de trazer estas questões de S. Cirilo para aqui: sempre nos eleva o espírito!

Principalmente, agradeço, o bonito ícone; (pena que tenha um flash no busto...)

PS: para terminar com os Santos, alguma razão para não ter escolhido S. Cirilo, o do alfabeto ?..
(no need to answer!)

JOSE LIMA disse...

Caro Alex
Tratando-se dum tribunal arbitral, logo reconhecido pelas partes que a ele recorrerem, cessa aí o processo jurídico, não cabendo recurso para outro órgão, incluindo o TAS.
Abraço
.
Pode ver comentários do Dr. José Manuel Meirim em
http://aladerei.e-xadrez.com/category/trib-arbitral-desporto/
ou em
http://colectividadedesportiva.blogspot.com/2011/05/somente-umas-normas-ou-um-sistema.html
Texto do Relatório e Projecto
http://jsadvogados.com/Anexos/4037_2.pdf

alex disse...

jose lima ,obrigado.
ou os nossos dirigentes estão atentos ou...
...estamos fo**dos.

força porto