terça-feira, 8 de novembro de 2011

Até quando vai aquilo durar?


Prossegue a via dolorosa dos nossos vizinhos e antigos rivais da Avenida da Boavista. Ano após ano só têm conseguido inscrever-se nas competições depois de arrastadas negociações com os jogadores credores. Esta época, ao que parece à cautela, até inscreveram uma equipa chamada Boavista B no escalão mais baixo dos Distritais da A.F. Porto.

Pois agora o plantel acaba de entrar em greve a treinos e jogos, reclamando salários (que, fora das duas divisões geridas pela Liga, se designam eufemisticamente por "subsídios") em atraso.

Até quando conseguirão aqueles nossos antigos rivais manter esta situação? E como é que a respectiva SAD se vai aguentando?

Não tenho qualquer simpatia pelo Boavista e não era agora que - para fins "politicamente correctos" - ia aqui verter lágrimas de crocodilo. Mas esta situação não deixa de ser trágica. Tenho amigos boavisteiros, e para eles vai a minha comiseração.

18 comentários:

Miguel Pereira disse...

O meu segundo clube sempre foi o Salgueiros e nunca vi a comunicação social, nem mesmo do Porto, devotar ao Salgueiral a mesma compaixão que vejo dedicada ao Boavista.

Sou daqueles que gosta de ver uma liga com históricos, com equipas de valor, e gostaria mais de ver o Belenenses e o Boavista na primeira do que a definhar, por muito que não apoie os dois clubes, e não consigo entender até que ponto esta situação é sustentável. E como é que, com as infra-estruturas que o clube tem e o passado, ninguém pegue nele a sério, faça um restart em condições e relance a marca que, para nosso pesar, no inicio da década nos causou mais dissabores que o próprio Benfica.

Tenho saudades dos épicos no velho Bessa, como jornalista trabalhei no novo Bessa e encontrei condições que não vi em muitos sitios e considero que para a cidade do Porto era importante ter o máximo de representação possível ao mais alto nível. Só por isso espero que dêm a volta por cima e passem lá por casa para levar 4-0 outra vez, como no dia em que nos foram esfregar um titulo de campeão!

um abraço

JOSE LIMA disse...

Caro Alexandre Burmester
É verdade. Já desde a época passada que se inscreveram na 2ª Divisão e na 2ª Distrital. Recordo com saudade quando os jogos eram aos Domigos às 15 horas e o Boavista, (por acordo com a FPF) antecipava os seus jogos para os Sábados afim de que alguns Portistas, como eu, se deslocassem ao velhinho Bessa.
Passaram nas suas fileiras, entre outros, jogadores como: Carlos Manuel, Diamantino, João Alves, João Pinto, Rui Bento, Paulo Sousa, Petit, Nuno Gomes, Ricardo Costa, Pedro Emanuel, Bosingwa, Raul Meireles, etç. O Major Valentim Loureiro costumava glosar com os Benfiquistas dizendo que lhes tinha oferecido excelente “mercadoria”. Participou nas diversas competições da UEFA por 26 vezes e disputou 111 jogos.
Infelizmente esta dinâmica de sucesso não teve o acompanhamento da Câmara Municipal do Porto, nomeadamente por parte de Rui Rio que, como é sabido também não ajudou em nada a resolver os problemas do popular Salgueiros e fez os possíveis para dificultar a construção do Estádio do Futebol Clube do Porto. Começaram aí os problemas. Em 2000 O Boavista viu-se na necessidade de constituir uma Sociedade Anónima Desportiva e uma SGPS que possibilitassem a entrada de fundos novos para aquele projecto empresarial e desportivo. Paralelamente com as obras, reforçou-se a equipa de futebol que levaria o clube na época 2000/2001 a vencer pela primeira vez na sua história.
O malfadado caso Apito Dourado e a subsequente penalização por suposta corrupção desportiva, atirou o clube para as divisões inferiores. Mais tarde, João Loureiro, desencantado com o rumo destes acontecimentos, abandonou a Direcção, estando hoje o popular clube de Ramalde em grandes dificuldades por força de penhoras e execuções fiscais que impendem sobre a colectividade.
O Boavista Futebol Clube possui actualmente 16 modalidades em actividade e serve uma população residencial importante numa zona nobre da cidade. É mesmo uma pena não haver quem deite a mão ao centenário Clube.
Abraço

José Rodrigues disse...

"não consigo entender [...] como é que, com as infra-estruturas que o clube tem e o passado, ninguém pegue nele a sério"

De facto parece-me muito estranho.

Bastava, digo eu, uns quantos milhoes de euros (nunca mais de 10) para sanear a situacao do clube e coloca-lo na 1a divisao. Para mim e' bastante dinheiro, claro :-), mas ha' certamente para cima de 500 portugueses para quem isso e' pouco mais q trocos.

Nao ha' nenhum milionario interessado nisso, fazendo do Boavista uma especie de mini-Chelsea ou mini-Man City?

Uma vez a situacao saneada, o clube nao seria certamente um sorvedouro de dinheiro, tendo em conta q o orcamento de um Rio Ave ou Leiria nao ultrapassa um par de milhoes por ano (q e' coberto pelo menos em 50% pelas receitas normais).

José Rodrigues disse...

E digo mais: nao me importava nada q o Boavista roubasse uns quantos adeptos ao FCP na cidade do Porto e arredores.

50mil adeptos a mais ou a menos para o FCP nao e' nada (tendo nos mais de 2,5 milhoes), mas faria toda a diferenca em ter mais um (bom) estadio na cidade cheio de adeptos ou nao.

David Duarte disse...

Grandes memorias tenho eu dos diferentes jogos no Bessa. Mas enquanto Benfiquista, um marcou-me mais do que qualquer outro : o 2-3 em 92-93, o famoso jogo do Paulo Sousa à baliza depois da expulsão do Neno, de um golo magnifico de pura força fisica do Isaias, do golo falhado do Futre de baliza aberta (mas aberta mesmo!).

Grandes jogos no Bessa e grandes campanhas europeias como em 93-94, eliminados nos quartos da UEFA pelo Karlsruhe ou quando eliminaram o Inter e que a impressa italiana ficou de boca aberta com aquela equipa "das camisolas esquisitas" (para não falar das meias finais de 2002-2003).

Ha uns tempos falei com um amigo francês aqui em Lyon que me perguntava pelo Boavista. Quando lhe disse que estava no terceiro escalão ficou surpreendido (o Boavista sendo um clube "bem visto" em França jà que eliminou muitas vezes clubes franceses desde o PSG ao Nantes... so me lembro de ter sido eliminado pelo Auxerre numa pré-qualificação para a Champions).

Tenho um apego especial a todos os historicos do futebol português (agrada-me bastante ver o Atlético, por exemplo, a reaparecer). E se aqueles que, pela tradição e mesmo pelas condições, podem criar problemas aos grandes se vão abaixo, é a propria Liga que perde valor. Uma coisa é um campeonato com Belenenses, E. Amadora, Boavista, Salgueiros, Farense (não nos esqueçamos deles), outra é uma Liga com Feirense ou ainda Trofense.

David Duarte disse...

Oh José Rodrigues, essa do FC Porto ter 2.5 milhões de adeptos é tão credivel como o Benfica ter 6 milhões! :)

Mas é verdade que nunca compreendi como é que o Boavista não tinha mais gente no estadio. Existem muitos boavisteiros no Porto não?

Alexandre Burmester disse...

Não, caro David Duarte, os boavisteiros genuínos são poucos e ocupam o balcão da Cervejaria Cufra na Av. da Boavista!;-)

O que havia muito - agora desapareceram, claro - era benfiquistas disfarçados de boavisteiros. Aliás, até o Major dizia que era do Sporting.

Ricardo Melo disse...

Caro Alexandre, lamento mas vou corrigir a sua correcção: os boavisteiros genuínos são poucos, e destes os que são boavisteiros da Avenida ocupam o balcão da Cufra, os que não são da Avenida ocupam o balcão da Adega Carocha, mundialmente conhecida como a Tasca da Badalhoca!

Tenho saudades do Boavista lá em cima, do Salgueiros também, mas estou perfeitamente consciente que dificilmente estes clubes voltarão ao futebol profissional.

Quanto a investimento, para os que não o sabem, o AC Milan investiu no Boavista, criando nas suas instalações uma escola de futebol. Mas parece-me uma coisa muito insipiente...

Uma das coisas que mais me dói (porque trabalho muito perto do local) é ver um estádio com a imponência do Bessa, servir para basicamente nada de jeito.

JOSE LIMA disse...

Caro José Rodrigues
O Boavista tem cerca de 24.000 sócios.
Quanto às dívidas principais elas não são do Clube, são da SAD.
O Clube teve o bom senso de não fazer como a "instituição" que para fingir que os Activos cobriam o Passivo, "puxou" o estádio para a SAD.
Abraço

Alexandre Burmester disse...

Caro Ricardo Melo,

Tem toda a razão: os boavisteiros não são assim tão poucos! Esquecera-me dos da Badalhoca!:-)) Vá lá , já vamos para aí numa dúzia!!:-))

Abraço

PS Sim, quem passa junto ao Bessa vê o letreiro da escola do AC Milan (Silvio Berlusconi!;-))

Alexandre Burmester disse...

Caro JOSÉ LIMA,

Agradendo o seu comentário um pouco acima, acho que devemos manter o rigor histórico: quando o Boavista foi despromovido já se enontrava numa calamitosa situação financeira. Também o U. Leiria foi vítima da mesma punição (largamente académica, pois teria descido de qualquer maneira), e logo regressou à Primeira Liga.

E João Loureio terá abandonado por desencanto, mas foi ele o presidente que conduziu o clube à situação financeira em que se encontra.

Quanto à Câmara do Porto - Rio ou não Rio - não me parece ser função das autarquias salvarem os clubes. É isso que - no meio de grande controvérsia - se está a passar em Matosinhos...

Abraço

Alexandre Burmester disse...

JOSÉ LIMA,

Mais um ponto: eu duvido mesmo muito que o Agramonte F.C., ou Remendados, ou como lhes queiramos chamar, ainda tenham 24.000 sócios. A não ser que, por aquelas bandas, e por uma questão de coerência, quem não paga não seja riscado do activo.

JOSE LIMA disse...

Caro Alexandre Burmester
Acredito mais depressa o Boavista ter 24.000 sócios (o número é o que vem no site oficial do Clube) do que a "instituição" 220.000. Basta ir ao RC da SAD deles ver as receitas das quotizações, dividir 75% (a parte que toca à SAD) do total por 220.000 e fazer as contas. Apresenta pouco mais do que a SAD do nosso Clube com metade dos sócios.
Quanto à "salvação financeira" dos Clubes não dever ser resolvida pelas Câmaras, basta ver o que acontece na Madeira com o Marítimo e o Nacional ou as benesses que foram dadas aos clubes da 2ª Circular aquando da construção dos estádios do Euro.
E continuo a dizer: no Boavista, quem está falido é a SAD não é o Clube.
Abraço

Alexandre Burmester disse...

Caro JOSE LIMA,

Isto não é uma questão de fé, e de qualquer modo não sei que tem o Benfica a ver com esta conversa. Mas se o Boavista tem de facto 24.000 sócios (mão sei quantos habitantes de Agramonte este número incluirá), então tem gente suficiente para resolver os problemas em que os seus dirigentes o enfiaram. Oxalá o consiga.

Quanto ao que se passa na Madeira ou em Lisboa, foi por essas e por outras que o país chegou onde chegou.

Abraço

David Duarte disse...

A ajuda das Camaras aos clubes não é em si mesmo algo de mau. Os clubes são optimas referências da cidade ao nivel internacional e neste sentido tem toda a logica receberem apoio das Camaras (a mesma coisa se passaria no Porto se o Rui Rio não tivesse aproveitado do FC Porto para afirmar a sua autoridade).

Agora, como é obvio, estas ajudas devem ser transparentes e submetidas à logica das prioridades (existem situações mais graves na vida de uma cidade que a ajuda a clubes... sobretudo quando estes têm mais facilidade em encontrar dinheiro que algumas camaras).

José Rodrigues disse...

"Oh José Rodrigues, essa do FC Porto ter 2.5 milhões de adeptos é tão credivel como o Benfica ter 6 milhões!"

Ja' vi numeros iguais ou superiores a estes em sondagens minimamente crediveis (ao contrario de outras encomendadas ou "aconselhadas" pelo slb em q o clube do regime ate' chegou ao ridiculo de ter alegadamente milhares de adeptos em paises que... nao existem, como a "Indochina").

Por tudo o q ja' vi sobre este assunto, parece-me q o mais provavel e' q o FCP tera' uns 2,5 milhoes de adeptos, o SCP um pouco menos e o slb uns 4 milhoes.

Alias, basta olhar para um dado avulso para perceber q a diferenca e' muito mais pequena do q os lamps gostam de fazer crer: as audiencias televisivas dos jogos dos dois clubes (em q a diferenca e' muito pequena).

E nao me venham dizer q isso e' porque a maioria dos lamps costuma ver um FCP - Pacos de Ferreira, por exemplo, enquanto os portistas nunca veem os jogos do slb...

José Rodrigues disse...

"Existem muitos boavisteiros no Porto não?"

LOOOOL

Se forem 50mil no total (e ja' incluindo aqueles q tendo uma simpatia nao seguem de todo o clube) ja' e' muito.

E nisto ja' incluo a totalidade do Grande Porto, onde vivem uns 1,5 milhoes (mas uns 80% dos "entretelas" serao mesmo da cidade, e mais especificamente de Ramalde e aquelas bandas).

Isso da' uns 3 a 4% da populacao do grande Porto... na cidade em si de certeza q nao passam os 10-15% (o q sempre e' mais q lagartos, va' la').

Quantos aos 25mil socios, nao disputo os numeros (embora duvide imenso q haja tantos pagantes) mas assinalo apenas q muitos dos socios nem sequer sao boavisteiros, sendo apenas socios por serem praticantes das modalidades.

David Duarte disse...

José Rodrigues, penso que foi evidente que o meu comentario sobre os 2.5M de adeptos portistas foi uma bicada e não a pretensão de afirmar o que quer que seja.