sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Fucinaru ou Sapucile…


Olhando para o plantel do FC Porto, qual a melhor opção para lateral-direito?

Nas últimas três épocas (2008/09 a 2010/11), os treinadores do FC Porto tiveram perspectivas algo diferentes.

A primeira opção de Jesualdo Ferreira para lateral direito foi sempre Jorge Fucile (jogador que descobriu enquanto fazia um “zapping” numa madrugada de 2006) e, em Junho de 2009, o professor fez mesmo as seguintes afirmações públicas:

«O Miguel Lopes é um jogador com grande intensidade de jogo, com espírito ofensivo muito marcado, com algumas dificuldades no plano defensivo. Um lateral no futebol moderno toda a gente observa apenas pela forma como ataca, quando eu penso que, fundamentalmente, tem de se observar pela forma como defende. Creio que terá muito trabalho a fazer a este nível para que possa vir a jogar no FC Porto.»
Jesualdo Ferreira, LUSA, 03/06/2009

«O Sapunaru veio da Roménia, teve dificuldades defensivas no início, mas reequilibrou-se. Foi sempre um jogador que não conseguiu uma estabilidade definitiva. Terá ficado aquém, esse sim, do que eu esperava.»
Jesualdo Ferreira, PUBLICO, 05/06/2009


Já André Villas-Boas, na época passada, optou mais vezes por Cristian Sapunaru, em detrimento de um Fucile que começou a época algo deslumbrado pelo que tinha feito no Mundial da África do Sul (foi eleito pela Gazzetta dello Sport para o onze ideal do Mundial 2010).

Esta época, Vítor Pereira voltou a apostar no internacional uruguaio, até porque Sapunaru tem tido muitas pequenas lesões, inclusivamente em treinos.

Repito a pergunta, qual dos dois é melhor opção para lateral-direito?

Se tivesse de responder há um ano e meio atrás, não tinha dúvidas, mas actualmente…

De forma simplista, eu sintetizaria da seguinte forma os principais aspectos positivos e negativos de Fucile e Sapunaru:

Fucile (+): garra, espírito à Porto, polivalência;
Fucile (-): instabilidade emocional, atitudes intempestivas em prejuízo da equipa, elevada percentagem de perdas de bolas.

Sapunaru (+): alto, bom jogo de cabeça, posicionamento defensivo, concentração competitiva;
Sapunaru (-): alguma lentidão, dificuldade em recuperar no terreno, capacidade limitada em cruzamentos.


Fucile não é um portento de técnica e muito menos um predestinado para o futebol mas, quando está em boa forma física e com a cabeça no lugar, cumpre e faz bem a posição de lateral-direito, com a vantagem adicional de “comer a relva”. Nestas circunstâncias, seria a minha primeira opção para a maior parte dos jogos.

Contudo, convém lembrar que à frente do lateral-direito do FC Porto joga Hulk, um jogador que arrisca, perde muitas bolas e praticamente não defende. Ora, levando em conta este aspecto e as características dos dois defesas direitos do plantel, a opção Sapunaru passa a fazer mais sentido.

Mas o que realmente dava jeito era termos no plantel um Fucinaru ou um Sapucile…

P.S. A ficha clínica de hoje inclui os nomes de Fucile e Sapunaru (ambos em tratamento).

10 comentários:

João Saraiva disse...

Ter um Danilo no plantel também era capaz de dar jeito.

Tribunal daz'Antas disse...

E que tal Ivo Lopes ou Miguel Pinto?!

Acho que estes dois portugueses, seriam mesmo a melhor solução...
Miguel Lopes (encostado por ser "cliente" Gestifute) e Ivo Pinto (Leiria)...

Jorge disse...

junto-me à festa com as minhas opiniões: http://www.porta19.com/2011/08/duelos-para-temporada-parte-i/

abraços,
Jorge

reine margot disse...

reverso da medalha :
qualquer deles, Sapucile ou Fucinaru já cá não estavam...
(um gajo com a altura do Sapu e a velocidade e garra da Fucile faria os 9 aos 100,e ia deixar o Bosingwa nas covas, e a sua movimentação iria dar-lhe muitos golos de cabeça... por outro lado um Fucile com a lentidão do Sapu seria uma desgraça total...)

Dragão disse...

O ivo pinto não tem qualidade para jogar no Fcp, ainda tem que crescer bastante para isso. Das escolas do Porto num futuro próximo vejo apenas o castro e o atsu com condições para terem sucesso na equipa principal.

Quanto ao Miguel lopes tinha muita boca e isso no FCp não funciona, aqui somos uma equipa.

Para mim Fucile podia ter sido dos melhores defesas direitos da Europa, ele tem muito azar a nível das lesões, quando as épocas lhe estão a correr bem, aparece sempre uma lesão. É verdade que nem sempre mantém a concentração no jogo, mas para mim é um jogador que até parece que foi formado o clube, a maneira de falar e tudo.

Sapunaru para mim tem características mais de central do que defesa direito, mas cumpre bem o que lhe pedem, claro que muitas vezes não sobe porque não aguenta assim o jogo todo.

Danilo é o futuro, claro que se não demoramos meio ano a por-lo a jogar pode ser o titular de caras e ai sim se tivéssemos um treinador capaz de treinar estes diamantes em bruto podíamos fazer do sapunaru um central, porque o ser Porto o Sapunaru já o sente.

Fernando B. disse...

Já vi Danilo várias vezes.
Será titular, até ser vendido.
(Lesão não conta.)

Agora se começar o choradinho, "ele é muito novo" "tem que se adaptar ao futebol europeu" "ainda está a conhecer a casa" e outros blá, blá... nada feito!

Radamel Furacao disse...

@Tribunal : Miguel Lopes nao tem label Gestifute.

José Correia disse...

João Saraiva disse...
Ter um Danilo no plantel também era capaz de dar jeito.

Talvez, embora tenha lido que o Danilo preferia jogar a médio.

José Correia disse...

reine margot disse...
qualquer deles, Sapucile ou Fucinaru já cá não estavam...

Sem dúvida.

Nightwish disse...

Nesta altura, depois de ver o que jogam neste momento, Maicon.