quinta-feira, 10 de novembro de 2011

Vítor Pereira não merece

«Vítor Pereira não merece o que lhe estão a fazer
Autor: Eugénio Queirós

Não conheço Vítor Pereira, o treinador do FC Porto.
Apenas sei o que a casa gasta.
Se o FC Porto o escolheu para treinador é porque acredita nas suas qualidades.
É uma aposta de risco mas o risco no FC Porto é sempre controlado.
Apesar do fogo cruzado, disparado até pelos jovens turcos do regime, o treinador do FC Porto nada perdeu esta época pois da final com o Barcelona até Villas-Boas tinha medo.
O FC Porto está na frente do campeonato e ainda pode apurar-se para a Champions e se não o conseguir estará pelo menos na Liga Europa, onde terá a possibilidade de ir muito mais longe.
O que se critica em Vítor Pereira? Tudo!
O dress code, o discurso, o tom de voz, as atitudes, as opções e até o bigode do adjunto Rui Quinta.
É dado adquirido: ele não serve para estar à frente do FC Porto.
Mas está.
E vai continuar a estar.
A coisa pode não correr bem mas se correr vai haver muita gente que vai ter de engolir baleias, navios e alforrecas (todos eles bastante indigestos, aviso).
Só por isto, gostava de ver Vítor Pereira vencer no FC Porto.
A dar um bigode a este coro de exaltados fanáticos travestidos de comentadores e paineleiros.»
in record.pt

----------

O que Vítor Pereira não precisa é desta pseudo preocupação de quem é fidagalmente anti-portista, para com as criticas de que tem sido alvo. Soa a falso.
O que Vítor Pereira não merece é que um individuo como o EQ venha traçar cenários cor-de-rosa ("está na frente do campeonato e ainda pode apurar-se para a Champions e se não o conseguir estará pelo menos na Liga Europa"), quando é sabido que, no seu intimo, o que ele deseja é o pior para o FC Porto.

Realmente, tudo acontece a Vítor Pereira. Depois dos "elogios" de Luís Filipe Vieira e dos destaques de A Bola, só cá faltava a compaixão do Geninho do Apito Dourado.

P.S. Sobre o ex-marido da jornalista Tânia Laranjo, recomendo a leitura de um comentário do Zé Luís (do 'Portistas de Bancada'), no blogue do próprio EQ, em 4 de Abril de 2009.

10 comentários:

Armando Pinto disse...

Huuummm... Para ser um benfiquista destes a dizer isto, não me soa bem...!

Zé Luís disse...

Porra, como é que eu escrevi aquilo?!

Nem eu me lembrava, nem o Geninho melhorou da diarreia mental. Mas ao menos o Sócrates foi de vela, ainda que ande a bolinar por aí.

Como é que te deu para gravar isso? Dás-te a cada trabalho, Zé Correia...

Zé Luís disse...

ah, não sabia que agora é "ex". Como estou desactualizado. Bem, sempre fiquei a saber mais alguma coisa. O resto que saia dali não me interessa minimamente.

Bom, mas aí dos conjuges não quero dizer mais nada, porque pode cheirar mesmo mal.

André disse...

O comentário do Zé Luís é qualquer coisa de fantástico...

José Correia disse...

Zé Luís disse...
Como é que te deu para gravar isso? Dás-te a cada trabalho, Zé Correia...

Não gravei, mas cheguei lá de uma forma tortuosa.
Ao fazer umas pesquisas, li este comentário na caixa de comentários do blogue do António Boronha (um tal Herr qualquer coisa fez copy/paste para lá) e foi daí que dei o salto para a caixa de comentários do blogue do EQ.

José Correia disse...

André disse...
O comentário do Zé Luís é qualquer coisa de fantástico...

Por isso recomendei a sua leitura. É que dois anos e tal depois continua actual e delicioso de ler.

E convém relembrar estas coisas, não vá haver portistas, mais distraídos, que levem a sério este "apoio" do EQ ao Vítor Pereira.

David Duarte disse...

Sinceramente, seguindo a logica do comentario do zé luis, se o "sistema" permitiu em determinados anos que o Sporting fosse campeão duas vezes em três anos, que mesmo o Boavista tenha sido campeão e que o Benfica o fosse em 2005... não sei por que razão não podemos pensar que os 20 titulos do FC Porto nos ultimos 30 anos não tenham sido permitidos por esse mesmo sistema...

A não ser que o FC Porto seja um poço de virtudes e que nessas virtudes se encontre a força para ganhar contra tudo e contra todos... mas acho que mesmo os portistas não são assim tão ingenuos.

E antes de me meterem na guilhotina (mas na verdade ao fazer este comentario fui eu que me dirigi volontariamente a ela) saibam que este discurso do sistema, venha ele de onde vier, é algo que me irrita... é que não faz sentido nenhum, sobretudo quando vem de adeptos de um clube que domina completamente o futebol em Portugal desde 95. Argumento demagogico, sei bem, mas um facto que não pode ser negligenciado quando se fala de sistema.

Joao Goncalves disse...

Eu gosto do contrário... quando eles nos chamam nomes... é sinal que estamos a fazer algo bem feito.

Se eles estão tão solidários, então estamos MESMO com um grande problema...

já agora, novo espaço portista se puder ser adicionado ali na direita ;)

http://fcpsempredragao.blogspot.com/

MrCosmos disse...

Pois eu acho que dão destaque a mais ao que este indivíduo diz.

Quem admite que um atestado à sua própria virilidade física e mental, como a que o Zé Luís passou a este E.Q. , permaneça escarrapachada no seu próprio blog, só demonstra a massa "mansa" de que é feito.
Quem não se sente não é filho de boa gente, pá!

Sem dúvida.

Zé Luís disse...

"li este comentário na caixa de comentários do blogue do António Boronha (um tal Herr qualquer coisa fez copy/paste para lá)"

Ah, bom, eu já deixei de ligar a esse blog só para idiotas que são os habituais frequentadores.

Foi no auge do caso CQ e contrapus sempre argumentos às teorias subjectivas desse tipo que também não foi consensual como chefe das selecções. Depois desliguei de vez. É demasiado faccioso para o meu gosto, sendo que não é, supostamente, um blog clubista a que deve dar-se um descontos. Logo, não é sério, querendo passar por sê-lo e a generalidade dos intervenientes acompanha o registo.

Mas, entretanto, fui lendo por ali algumas coisas desse teor que relatas, Zé Correia. Vi ali como que queixinhas, copiando comentários ou posts meus. Não me aquece nem arrefece, até porque um dos pastes ali feitos era precisamente uma crítica feroz que eu fiz no PdB a AB, que nem contestou na sua caixa de comentários nem veio dizer alguma coisa à minha portanto aceitou como boas as observações que fiz ao seu comportamento - creio que, agora, está mais distante dos acontecimentos e nem aceita comentários, mas é só uma teoria minha não comprovaa.

Portanto, nada disso me admira. Os benfas vivem e habituaram-se a ser delatores rascas, invariavelmente insultando quem tem uma opinião diferente e incapazes de uma autocrítica ao seu clube tão mal frequentado.

Mas registo também esse pormenor. Amiúde sei de muitas coisas através de terceiros, porque na verdade são muito reduzidos os meus pontos de interesse na blogosfera, felizmente aprendendo boas matérias. Esta é uma delas, o que agradeço.