terça-feira, 17 de janeiro de 2012

Entra Danilo e sai Fucile (a custo zero)


«O presidente Luis Alvaro, do Santos FC, e o diretor Antero Henrique, do Porto, de Portugal, acertaram, na tarde desta terça-feira (17), por telefone, a liberação do TMS (Transfer Matching System) do atleta Danilo para o time português e o empréstimo por um ano, sem custos, do lateral Jorge Fucile para o Santos.
A formalização do acordo se dará nas próximas horas.
O atleta uruguaio ainda não tem data marcada para a realização dos exames médicos e assinatura do contrato, detalhes que serão informados nos próximos dias.»


O texto anterior faz parte de uma Nota Oficial publicada hoje (17h03, hora brasileira) no site oficial do Santos FC.

Recordo que, em Julho de 2010, Fucile foi eleito pela Gazzetta dello Sport para o onze ideal do Mundial 2010. Um ano e meio depois sai do FC Porto pela porta pequena, num empréstimo não remunerado, e como moeda de troca para o clube brasileiro "liberar" o TMS de Danilo. Nem sei o que dizer.

14 comentários:

Pedro Reis disse...

Caro José Correia, eu sei bem o que dizer...
É uma vergonha o que se anda a passar no FCP! O Danilo já tinha sido barato e agora ainda tivemos que emprestar de borla o Fucile para o Danilo poder jogar estes 5 meses... Tudo isto ajuda a mostrar o porquê de caminharmos para um ano " a pão e água"! Que tristeza...

Amphy disse...

Este negócio atinge contornos de uma índole algo estranha...

Pareceu-me que quem tinha mais interesse em terminar este assunto da forma menos "espalhafatosa" possível foi o FC Porto. Li em algum lado que o presidente do Santos disse que não libertava o certificado devido a atrasos no pagamento do Danilo. Mas também já li que tinha sido pago na hora. Estranho tudo isto. PdC tem fama de duro negociador. Nem deixou o Palito sair no Verão. Será que não interessa fazer mais ondas e enterrar tudo isto? Porquê? Emprestar sem custos um jogador que vale, sei lá, pelo menos 5M?

É estranho, só isso.

Será que as (pseudo?)dificuldades de tesouraria podem fazer todos estes estragos?

É bem verdade:

Ao pobre, até os cães lhe mijam nas pernas.

André Oliveira disse...

Estranho estranho... é já estarmos no dia 17 e nada de Ponta de Lança. Assim não vamos lá!

Mário Faria disse...

Este empréstimo denota que alguma coisa correu mal na negociação de Danilo e, só por isso, o FCP não fica bem na fotografia. Porém, se o Santos ficou com todos os encargos salariais relativos ao jogador, o FCP passou a poupar esses custos e permitiu ao Fucile jogar a bola e sair de um clube onde parece não ter espaço. Que seja muito feliz e, se algum dia regressar, que venha acompanhado daquele espírito “tripeiro” que tanto nos sensibilizou e que parece ter perdido.

Se o Fucile foi a custo zero para o Santos ou se o FCP tiver ficado com uma parte dos encargos salariais de Fucile, considero este negócio lesivo dos interesses do clube e muito desprestigiante para quem o tratou, a SAD do FCP.

Pedro disse...

É o negócio possivel. A SAD,e o treinador, lá entendeu que mais vale Danilo já do que Fucile.

É uma poupança no salário de um jogador, que não obstante a distinção da Gazzetta, é banalissimo e que já nos custou muitas derrotas com as suas famosas desatenções.

como já disse em discussões anteriores, a raça não faz um bom jogador. Tem de ser bom jogador com raça. E Fucile só tinha raça.

José Rodrigues disse...

Pedro disse: "É uma poupança no salário de um jogador"

Onde e' q o Pedro leu q o Santos paga o salario por inteiro?

Acho q era so' o q faltava q nao fosse o caso, mas a verdade e' q os detalhes do salario nao foram noticia em lado nenhum, por isso presumo q o Pedro esta' a especular ao fazer essa afirmacao.

José Rodrigues disse...

Pedro disse: "Fucile [...]é banalissimo"

A SAD certamente discorda, caso contrario nao tenho duvidas q o tinha vendido no Verao.

Independentemente do q eu, o Pedro ou qq outro portista possa pensar, um jogador q se distingue num Mundial (e ja' tinha cartaz da LC) e sendo ainda jovem (26 anos) seria sem qualquer duvida vendido no Verao por no minimo dos minimos meia duzia de milhoes de euros, se a SAD assim o quisesse.

Na altura foi precisamente isso q defendi, ja' q o Fucile tinha atingido a sua valorizacao maxima na carreira e nao iria fazer grande falta, mas o facto e' q ficou. Acho portanto q a SAD nao o quis vender, pura e simplesmente, ou entao esticou imenso a corda (preco).

Sendo assim e' um fracasso total ve-lo agora sair por um ano por emprestimo sem q o FCP veja um tostao. Alias, nao se arranjava quem pagasse agora 4 ou 5 milhoes pelo passe? Era certamente preferivel.

De resto e' inadmissivel q se tenha gasto mundos e fundos num jogador (Danilo) para q o Santos, 6 meses depois de o vender, nos faca chantagem para libertar o jogador q tinhamos comprado (e pelos vistos com razao, ja' q conseguiram o q queriam). Essa historia (dos detalhes do contrato do Danilo) ficou muitissimo mal contada.

José Correia disse...

José Rodrigues disse...
Essa historia (dos detalhes do contrato do Danilo) ficou muitissimo mal contada

A contratação de Danilo teve tantos contornos pouco normais (vou chamar-lhe assim) que, espero, um dia alguém conte toda a história desta novela.

José Correia disse...

Pedro disse...
um jogador, que não obstante a distinção da Gazzetta, é banalissimo

Se o Fucile é um jogador banalissimo, porque razão é (era) habitualmente convocado para a selecção uruguaia?

Se o Fucile é um jogador banalissimo, porque razão é que a FCP SAD não o aceitou vender após o Mundial 2010, fazendo finca pé na clausula de rescisão de 20 milhões de euros?

Se o Fucile é um jogador banalissimo, porque razão é que a FCP SAD lhe renovou e prolongou o contrato por um ano (até 2014) em Dezembro de 2010?

O Fucile pode não ser um craque, mas dizer que é um jogador banalissimo é de uma injustiça atroz.

José Rodrigues disse...

Com o CV q tem, e' mais do q obvio q o Fucile certamente nao e' um jogador "banalissimo" e tinha (e ainda devera' ter, ainda q menos) mercado consideravel. Nao estamos sequer a falar de um jogador com 30 e tal anos (tinha 26 na altura, fez 27 recentementemente).

Por consequencia e' mais do q obvio q a SAD fez uma PESSIMA avaliacao de oportunidade de negocio no ultimo Verao, com as consequencias q se vem agora.

Claramente sobre-avaliou-o na altura (o q e' ainda menos compreensivel quando o Sapu roubou-lhe a titularidade a lateral direito na maior parte da epoca passada).

José Rodrigues disse...

Ja' agora, compare-se o emprestimo de borla do Fucile por 1 ano com o milhao de euros q o FCP pagou pelo emprestimo por 6 meses pelo Mariano, q tinha um CV bem mais modesto q Fucile...

Perspectiva Desportiva disse...

Bom dia,

Gostaria de lhe propor uma troca de links entre os nossos blogs. Em caso de aceitar, avise-me por e-mail ou comentário.
Ao dispor.

Perspectiva Desportiva (http://perspectivadesportiva.blogspot.com)

Jorge disse...

Parece-me que o Fucile nao sai no verao por ser, naquela altura, opcao tanto para a esquerda, o Alvaro Pereira estava a recuperar da lesao (?), como para direita.
Alguma coisa se passou para que deixasse de ser opcao na direita e tendo o Danilo, torna-se possivel deixa-lo sair. O emprestimo nestas condicoes nao me parece ser a melhor solucao a nao ser que o Porto esteja com problemas de liquidez.

Miguel Pereira disse...

Á administração da SAD interessa claramente manter um personagem mal amado como VP até ao fim do ano como lhes interessou manter Jesualdo durante os anos dificeis do Apito Dourado. São os que levam as balas.

É inadmissivel que um clube de topo europeu se deixe apanhar nesta rede de negociatas de clube de bairro onde não se percebe nada a não ser que o FCP, por um lado, foi "enganado" de forma consciente pelo Atlético (devido ao historial do clube) e com o piscar de olhos de Mendes e alguns administradores e, por outro lado, meteu-se em negócios com dois clubes, Santos e Liege, que deixaram claro diante de todos que somos maus pagadores.

Diga o que disser a SAD, não me lembro recentemente de ver um clube ser acusado por outros dois, em casos distintos, de pagar tarde e a más horas. E ainda mais para contratar 4 jogadores sem antes garantir, de forma razoável, a liquidez e o espaço no plantel para todos eles. Sabemos bem que Danilo, Sandro, Mangala e Defour vinham cobrir as baixas de Alvaro, Fucile, Rolando e Fernando. Um podia ter escapado, ninguém é perfeito, os 4 parece-me um soberano disparate.

Antes que muitos venham dizer que o VP veio dizimar um plantel de sonho é preciso ver o que a SAD fez com esse plantel que hoje precisa de um avançado como pão para a boca e anda a oferecer laterais vencedores de Copa Americas, medalhados em Mundiais e com mercado na Europa pelo mesmo valor provavelmente do que se pagou pelo Danilo.

Dar um jogador para calar outro clube é algo que nunca pensei ver o FCP fazer. Enganei-me.

um abraço