quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

Um filme já visto

«22:13 - Final do jogo em Alvalade! Sporting e Nacional empatam 2-2.

90+6' - Golo do Sporting! Marca Schaars de livre direto!

90' - Vão jogar-se mais 5 minutos!

74' - Golo do Sporting! Marca Elias!

66' - Cartão vermelho para Márcio Madeira (Nacional)! O jogador insular faz falta sobre Diego Capel, vê o segundo cartão amarelo e recebe ordem de expulsão.

57' - Cartão amarelo para Vladan (Nacional), por perder tempo na reposição da bola.

55' - Cartão amarelo para Márcio Madeira (Nacional), por mão na bola.

53' - Cartão amarelo para Skolnik (Nacional), por falta sobre Schaars.

21:04 - Intervalo em Alvalade! O Sporting vai para o descanso a perder por 2-0 em casa com o Nacional.»
Retirado de www.rtp.pt


Amarelos em catadupa, expulsões de jogadores adversários e o SCP a dar a volta ao resultado APÓS ficar em superioridade numérica.
Onde é que eu já vi este filme?

Não há dúvida que esta época se está a trabalhar muito bem em Alvalade. E os árbitros voltaram a respeitar o SCP...

6 comentários:

Pedro disse...

o americano devia ter sido expulso e o golo do empate é irregular

José Correia disse...

Pedro disse...
o americano devia ter sido expulso e o golo do empate é irregular

Não vi o jogo, mas vou admitir que possam ter sido erros normais.

O que eu acho anormal é o padrão disciplinar que tem existido em muitos dos jogos do SCP esta época. Já perdi a conta ao número de jogos em que os adversários do SCP terminaram com menos um jogador.

Culé disse...

O lance do americano é no mínimo escandaloso, uma vergonha!!!!! estava 2-0 para o nacional!!!

José Correia disse...

"Em Alvalade não há só os apanha-bolas mais rápidos. Na metade direita à frente do banco do Sporting também acontecem muitas faltas. São pormenores com o qual não me quero desculpar, mas se calhar fazem parte da estratégia"
Pedro Caixinha, treinador do Nacional

Luís Negroni disse...

Calimeros, exibidores/incitadores de sectarismo, extremismo e violência, mentirosos do género piores que coxos, levados ao colo permanentemente pelos árbitros. Uma lástima de gente (gentalha). Tão maus ou piores que os encornados.

Márcio Madeira expulso à conta de uma simulação - só mais uma - do marreco com a cara sempre no chão. Mais uma agressão de um calimero, por punir. Equipa adversária mais uma vez corrida a amarelos, por tudo e por nada. Mais um golo muito duvidoso para os calimeros. E assim conseguiram um empate onde teria havido uma derrota folgada que os colocaria praticamente fora da final da taça.

O incrível da coisa foi ter-se repetido quase ao pormenor o filme de Paços de Ferreira. O mesmo parcial de 0-2 para os calimeros, o mesmo invertebrado árbitro, o mesmo modus operandi do dito cujo, expulsão praticamente no mesmo minuto e até a cor das camisolas adversárias era a mesma. Só o desfecho foi ligeiramente diferente.

Pedro disse...

O Polga está claramente fora de jogo. Resta saber se a bola já tinha ou não ultrapassado a linha de golo. Mas creio que não.

De resto o critério disciplinar na 2ª parte foi vergonhoso. Vale que são tão fracos que nem isso lhes valhe.

Ps: O Domingos está a ser contaminado com aquela cultura, está a dar passos firmes para nunca vir a ser treinador do FCP.