domingo, 12 de fevereiro de 2012

Já vi melhor

Os números não são exagerados para a diferença entre as equipas - isto é o mínimo que se pede. Mas 4-0 pode dar a ideia de um bom jogo o que não foi de todo o caso. Nomeadamente na 1ª parte.

Esta equipa pode jogar muito melhor, esta equipa deve jogar muito melhor. 

Quando vi a equipa inicial, não pude deixar de interrogar: "O Varela?" Este não é decididamente um bom ano para ele, mas mais que a sua inclusão é a exclusão do James que é difícil de entender. Claro que é coincidência e fruto do desgaste dos 60 minutos anteriores, mas 5 minutos após a entrada em campo James faz a assistência para o 1º - embora o mérito vá mais para o Moutinho. 


Estava feito o mais difícil e o resto é história.

Foi uma 2ª parte contra 10, mas com 10 ou 11 a equipa da Marinha Grande é fraquinha e tem um treinador com ideias fraquinhas - aquilo é anti-jogo do 1º ao último minuto, todos fechadinhos lá atrás à espera de um milagre e depois poder dizer: "tivemos azar" ou "fomos gamados". Jogar com 10 ou 11 foi só uma questão de tirar o gajo que estava lá na frente a fazer nenhum, em termos defensivos foi absolutamente igual. Por falar em gajo plantado lá na frente, não pude deixar de recordar aquele golo ao 90º minuto na baliza sul, infelizmente deve ser o único momento marcante da carreira do Bruno.

Quando um guarda-redes a meio da 1ª parte em vez de marcar um pontapé de baliza se põe a beber água da garrafinha, só me apetece ir às trombas ao jogador, ao treinador e ao árbitro - sim ele é em última instância o culpado por permitir isto. Irritam-me muito mais esta situações que um possível fora de jogo ou grande penalidade. Num fora de jogo admito o erro, numa situação destas não percebo por que motivo se é complacente.

Os restantes golos:

14 comentários:

Daniel Gonçalves disse...

Só me ocorre que estes jogadores do nosso plantel com outro tipo de treinador rendiam o dobro que rendem actualmente.
No geral concordo com o comentário do João saraiva.

Duarte disse...

Pergunta do jornalista da Antena 1: "porque é que não colocou o James a jogar de início e porque é que, atendendo à má exibição de Varela, demorou tanto tempo para pôr o colombiano em campo na segunda parte?", ao que o palhaço responde: "colocou a questão de um modo tão individualizado que nem lhe vou responder".

I rest my case. O Porto não tem um treinador, tem um lunático.

Louro disse...

Mais um penaltie por marcar a favor do FCP esta epoca...começam a ser muitos!
Gostava que fizessem uma análise ás estatisticas dos Jogos do FCP e do 5lb e depois comparem para verificarem que as equipas contra o FC Porto trazem os camioes , os autocarros etc..enquanto lá para baixo jogam sempre taco a taco.
Ou os treinadores são burros ou então o Jesus é um iluminado.
O discurso convence os seus e a imprensa, nós nunca jogamos uma beata mas fazemos mais ataques, mais remates mais cantos etc....
Já agora , continuamos a marcar golos sem a necessidade de carambolas, autogolos ou penalties caídos do céu..!
Uns têm os cinco magnificos, outros têm Hulk ,Danilo, Lucho, Moutinho, James e Fernando ..ou seja SEIS!

Rui Anjos (Dragaopentacampeao) disse...

Este jogo resume-se ao antes e depois, de James claro.

Foram 60 minutos desperdiçados, com futebol pouco inspirado e nada prático, frente a uma equipa acantonada na sua área.

Vítor Pereira reconheceu no final que o jogo estava a pedir a entrada de James! Porquê esperar uma hora?

Sendo certo que o FC Porto ficou a dever a si próprio o facto de ir para as cabines com o resultado em branco (Janko desperdiçou um golo cantado) a verdade é que com a entrada do colombiano tudo se modificou.

Apareceram os espaços (e não foi pela justa expulsão do mouro emprestado, as oportunidades em catadupa e os golos. A equipa transfigurou-se.

Aquilo que estava a ser difícil tornou-se fácil. Foram quatro golos mas poderiam ter sido o dobro.

De resto, uma equipa que joga como o Leiria de Cajuda jogou deveria ter sido derrotada por 10-0.

Um abraço

dragaovenenoso disse...

Talvez seja por este ano assistir aos jogos do FCPorto muito pouco entusiasmado, mas não vi grande jogo. Observei diferença entre antes e depois da expulsão do jogador do leiria, que é perfeitamente justa, depois de ver na TV até fiquei arrepiado. Não me lembro se o James entrou antes ou depois da expulsão, eu penso que foi mais ou menos coincidente, mas talvez a conjugação de ambos tenha desembocado numa maior dinâmica de jogo.

Eu tenho é pena que o Varela não esteja tão bem como no ano anterior, porque se tivéssemos dois jogadores em boa condição e para a mesma posição o treinador podia dar-se ao luxo de os trocar. o desgaste no defesa esquerdo seria muito.

Já agora, o Janke podia ter sido expulso por causa do pontapézinho que deu no redes. Só na TV é que deu para perceber. E no 1º golo do Porto ele está em fora de jogo posicional, o juiz de linha é que decidiu não marcar. O passe para trás é que o coloca novamente em jogo.

dragaovenenoso disse...

Mas continua a ser muito pouco para quem vai defrontar o City. Receio bem que este treinador fique para a história do nosso clube como o recordista dos falhanços...

Nuno Nunes disse...

Depois deste jogo acho que está definitivamente encontrado o responsável para as más exibições esta época. Nem com excelentes jogadores no plantel este treinador consegue pôr a equipa a jogar à bola. Impressionante.

Como é que o James fica no banco 60 minutos em detrimento de um Varela completamente inócuo e displicente? Mais um tiro no pé que Vitor Pereira deu no jogo de ontem.

Deêm-lhe James, Hulk, Lucho, Moutinho ou Fernando. Este treinador não faz a mínima ideia do que é pôr uma equipa a jogar futebol. Fica-se com a sensação que os jogadores se encontram ao fim de semana para uma futebolada. Como são craques, lá vão desenrascando uns golos.

Espero que a SAD, "que está muito à frente", já tenha um conjunto de treinadores referenciados para a próxima época.

ℙΣ₦₮∀ ➀➈➆➄℠ disse...

caríssimas(os),

eis só eis o meu estado de espírito para hoje:
«amo-te FC Porto»!

somos Porto!, car@go!
«este é o nosso destino»: «a vencer desde 1893»!

saudações desportivas mas sempre pentacampeãs a todos vós! ;)
Miguel | Tomo II

Pedro M. disse...

penso que este é o tipo de jogo (como sao a maior parte dos jogos do campeonato portugues) em que nao se pode deixar um jogador criativo como o James de fora tendo em conta que estamos a jogar contra um leiria ultra-defensivo.
ainda assim, o minimo que se exigia era que entrasse ao intervalo.


agora em relação ao Varela, é um facto que ele está bastante em baixo de forma mas o publico do Dragao tb n ajuda minimamente o jogador a recuperar os índices de confiança.
Acho que é de uma ingratidão mt grande a atitude do público em relação a um jogador que já nos deu muito.
Público exigente? acho mt bem que o seja mas ser exigente não implica assobiar um jogador da nossa equipa quando recebe a bola por ele ter falhado no lance anterior.

Além disso, em jogos mais diputados (um bom exemplo será o jogo no galinheiro), acho preferivel jogar com um Varela ou CR10 em vez do James porque o miudo tendo um enorme talento ainda tem algumas dificuldades de ordem táctica e defender não é mt com ele.
Acho que jogar na luz ou mesmo contra o city com Hulk, James e mais um PDL pode ser suicida.

Pedro Reis disse...

Domingos já não é treinador do SCP

Gonçalo Verdasca disse...

Parece que o Domingos foi despedido. Resta saber para quando a mudança.

Pedro Reis disse...

Sinceramente preferia que fosse despedido o AVB e que fosse ele a mudar-se para o Dragão...

M. Teixeira disse...

De facto, parece-me que jogar contra uma equipa forte (leia-se Man. City, Benfica,..) com Hulk, James e PL é desiquilibrado. Nem Hulk nem James têm vocação defensiva, facilmente deixam escalar o lateral pelo seu corredor deixando o trio de meio campo entregue à sua sorte. Tal raciocínio não se aplica, obviamente, a um jogo no Dragão com o Leiria. O jogo de ontem pedia James, se pedia. As declarações do VP no final do jogo mais não foram que uma auto-crucificação. Dito isto, nada justifica os muitos assobios que ontem se ouviram no Dragão. Mas sobre isto já eu falei muito.

Carrela disse...

Para quando um elogio a VP?
Nem que seja pelo jogador que Maicon está a ficar, não?

Quanto ao James, já chateia tanta fixação pelo lado negativo de TODO para criticar VP.
Eu pergunto James que entrou de início nos seguintes jogos porque não os desbloqueou??

Gil Vicente 3-1 FC Porto
FC Porto 0-0 Zenit
Olhanense 0-0 FC Porto
FC Porto 1-1 APOEL
Zenit 3-1 FC Porto
Feirense 0-0 FC Porto


Será que James num jogo como no de Domingo, contra um auto-carro, e se as coisas não começam bem, teria disponibilidade física e/ou mental para fazer mudar as coisas? Para não dizer que nem foi tanto por James que mudaram, porque sabemos bem que nestes casos o que costuma custar é o 1º golo e esse é 90% mérito de Moutinho. Mas há uma obsessão doentia em "bater" em VP e prontos... Faz lembra o MST, quando ganha é porque tem um HULK, já o AVB o ano passado ganhava por outros méritos, apesar de ter tido igualmente 1 HULK E IMAGINE-SE 1 FALCAO!!

Haja paciência para tanto bater... depois somos obrigados a comer as merdas que a CS vomita ao dizer que um certo clube é quem melhor joga, o tal clube que à dias para levar de vencida o Feirense foi o que foi... ENFIM!!!!!