quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Um sub-17 nos convocados para Manchester


Um dos 18 jogadores convocados para o desafio de hoje em Manchester é Tomas Martins Podstawski (na foto anterior, referente ao treino de adaptação ao relvado, é o jogador mais à esquerda).

Nascido no Porto a 30 de janeiro de 1995 (filho de pai polaco e mãe portuguesa, fez recentemente 17 anos), Tomás Podstawski começou no Boavista e foi contratado pelo FC Porto quando tinha 14 anos. Capitão da equipa de sub-17, é um médio defensivo que, nos últimos jogos, tem sido utilizado como defesa-central.

Nunca o vi jogar e, provavelmente, hoje também não verei (deve ficar sentado no banco), mas a estreia deste jogador numa convocatória da equipa principal, num jogo de grau de dificuldade máximo, diz bem da forma como foi construído o plantel 2011/12, relativamente aos jogadores portugueses e/ou da formação, e das limitações que daí advêm em termos de competições europeias.

P.S. Evidentemente, não está em causa o valor do Tomás Podstawski o qual, espero, revele a qualidade suficiente para, daqui a uma ou duas épocas, vir a integrar o plantel principal do FC Porto.

3 comentários:

Pedro disse...

O nosso plantel neste altura salvo erro é dos mais pequenos da Liga. E a confirmar-se a saida de CR para o Grémio ficamos entregues a 22/23 jogadores para a restante temporada.

Além do mau planeamento a nivel de jogadores portugueses tivemos uma restruturação péssima em Janeiro. Saem 3 médios para entrar Lucho... E se Fernando se lesiona....

reine margot disse...

Quando os jogadores da formação não tem espaço: - o que é feito da formação? para que serve o 4711, etc.. quando é convocado um puto promissor, que deve estar a sonhar acordado, é miserável a construção da equipe este ano!
!!!

José Lopes disse...

Reine Margot,

O puto promissor só foi convocado porque não havia mais ninguém...