segunda-feira, 5 de março de 2012

A impunidade de Javi Garcia

Época 2009/10, SC Braga x slb
Com Meyong caído no relvado, Javi Garcia passa pelo jogador bracarense e atinge-o na cabeça.



Época 2011/12, slb x FC Porto
Com Lucho caído no relvado, Javi Garcia passa pelo jogador portista e atinge-o na cabeça.



Dois lances quase tirados a papel químico, protagonizados pelo mesmo jogador, e que não mereceram qualquer sanção disciplinar da parte dos árbitros (nem, à posteriori, análise detalhada de comentadores ou “especialistas de arbitragem”).

Mas mais do que um novo episódio violento protagonizado por Javi Garcia, o que este caso revela é a impunidade encarnada, a qual é flagrante dentro e fora dos relvados.

E ainda têm a distinta lata de se queixarem das arbitragens…

14 comentários:

Anónimo da Silva disse...

É vergonhoso e cada vez mais irritante continuar a ver este animal a usufruir de tamanha impunidade.
Já perdi a conta ás agressões só desta época, quanto mais de toda a carreira em Portugal, mas continua a ser o Bruno Alves a ser o caceteiro e ele o jogador viril.

Vai ser mais um, tal como o David Luiz, que quando perder a protecção de que goza em Portugal, depressa perderá a máscara de bom jogador e será visto como merece. Como um caceteiro sem fair-play!

Traficante de pneus disse...

Que pena não termos jogadores como Rodolfo, João Pinto, André, Paulinho e Fernando Couto, Jorge Costa ou Maniche, entre outros...para meter no seu devido lugar este espanholito...

SANGRIAman disse...

Há pelo menos mais uma assim. Ao Hélder Postiga na meia final da taça da liga, na Luz.

Esse gajo é um animal. O Bruno Alves nunca deu pontapés na cabeça de pessoas no chão.

José Correia disse...

Agressão de Javi Garcia a N´Diaye
http://www.youtube.com/watch?v=vdGzl7ollvo

José Correia disse...

Agressão de Javi Garcia a Varela
http://www.youtube.com/watch?v=S6Lhsp3sG8A

r.m.silva da costa disse...

Quer no meu blogue pessoal quer em comentários que faço noutros que sigo, tenho vindo a denunciar o carácter violento de Javi Garcia sob a impunidade que a arbitragem portuguesa lhe concede. Em Portugal, em nenhum outro clube senão o benfica lhe seria permitida, sem punição, esta forma deliberadamente agressiva de actuar.

Costa disse...

Julgo que no jogo de sexta no estádio da Lucy, quem dá um pontapé quando o Lucho está no chão é o Miguel Vitor...

José Correia disse...

Costa disse...
quem dá um pontapé quando o Lucho está no chão é o Miguel Vitor

O Miguel Vítor fez a falta que derrubou o Lucho, mas quem o atingiu na cabeça foi o Javi Garcia.

Tasqueiro Emigrante disse...

Tenho ideia que foi o javi que lhe acertou na cabeça...quem mais havia de ser senão esse espanhol racista? É que é sempre o mesmo!

Pedro Reis disse...

Não importa muito, mas julgo que quem atingiu o Lucho foi o Maxi Pereira (a falta é do Miguel Vitor)...

Velasquez disse...

Foi o super mini pereira que deu a canelada na cabeça do Lucho.

José Correia disse...

@Pedro Reis, Velasquez
Pela sequência das imagens (que as televisões continuam a procurar esconder), estava convencido que tinha sido o Javi Garcia. Contudo, se foi o Maxi Pereira, a consequência disciplinar deveria ter sido a mesma: expulsão!

Perante tudo aquilo que fez neste jogo, é inacreditável como o Maxi Pereira terminou o jogo apenas com um cartão amarelo.
E ainda se queixam do sócio Pedro Proença...

Pedro Reis disse...

Eu só consegui perceber porque o porco espanhol usa o cabelo rapado dos lados e uma especie de crista de galinha ridicula em cima e o porco uruguaio usa o cabelo rapado na íntegra! :-)

Anónimo disse...

Força Javi, continua assim a foder lagartixas e tripeiros! Guerreiro!