domingo, 1 de abril de 2012

Com um brilhozinho nos olhos …..


Foi um jogo entretido. O FCP fez as despesas do jogo, o Olhanense foi de tração atrás. Sem impor um ritmo alto, o FCP manteve o domínio, esteve mais solto, soube acelerar com critério e levar o pânico à defesa adversária que teve a liberdade para jogar de forma rude, demasiadas vezes.

Criamos muitas situações de golo que fomos desperdiçando, muito por mérito do guarda redes adversário que fez uma excelente exibição.

Começamos o jogo com uma perdida, e essa foi uma constante durante a partida. Mantivemos a pressão atacante e a iniciativa durante todo o jogo e conseguimos estar mais tempo no meio campo adversário que o habitual. Lucho esteve mais activo e Moutinho fez uma exibição de encher o olho. O meio campo produziu mais e melhor. James e Hulk estiveram em bom nível e a defesa mais concentrada.

Notei que Fernando ainda não está no seu melhor e Janko sempre muito esforçado não foi feliz e esteve muito desencontrado com as movimentações dos colegas. Foi a exibição menos conseguida.

As substituições foram bem vistas: não esgotar Lucho, dar descanso a Alvaro e tempo a Varela, continuando a praticar a opção Hulk no eixo do ataque.

Saí mais satisfeito, embora a vitória tivesse sido escassa em função das muitas o ocasiões perdidas. Não foi uma exibição de encher o olho, mas deixou um brilhozinho nos olhos dos adeptos portistas e alguma alma para o próximo jogo.

6 comentários:

Saci Pererê disse...

Espero que o FC Porto esteja atento ao mercado nacional, porque este Fabiano é para manter debaixo de olho.

Rui Anjos (Dragaopentacampeao) disse...

Vitória importante e saborosa num jogo de domínio absoluto mas com um desperdício exagerado de oportunidades de golo, que poderiam ter levado o resultado para números pouco habituais.

Vamos ver se a liderança, agora conquistada, nos catapulta para um final condizente com a história do Clube. Queremos ser campeões? Então vamos lá fazer um último esforço, com classe e convicção.

Um abraço

Paulo disse...

O mito do pior treinador de sempre.


---epoca------- V ---- E ---- D

2011/2012 ---- 18 ---- 6 ---- 1 | Pontos 60
2010/2011 ---- 23 ---- 2 ---- 0 | Pontos 71 *
2009/2010 ---- 16 ---- 5 ---- 4 | Pontos 53
2008/2009 ---- 17 ---- 6 ---- 2 | Pontos 57 *
2007/2008 ---- 20 ---- 3 ---- 2 | Pontos 63 *
2006/2007 ---- 19 ---- 2 ---- 4 | Pontos 59 *
2005/2006 ---- 16 ---- 6 ---- 3 | Pontos 54 * (18 equipas)
2004/2005 ---- 12 ---- 9 ---- 4 | Pontos 45
2003/2004 ---- 20 ---- 5 ---- 0 | Pontos 65 *
2002/2003 ---- 21 ---- 3 ---- 1 | Pontos 66 *
2001/2002 ---- 15 ---- 3 ---- 7 | Pontos 48
2000/2001 ---- 15 ---- 4 ---- 6 | Pontos 49

* Porto Campeao

Nos campeonatos com 16 equipas so duas vezes Porto teve mais de 60 pontos na jornada 25.
So duas vezes desde 2000 o porto teve menos derrotas(ou seja nenhuma).
Acho mesmo,surpreendente os resultados do Vitor Pereira tendo em conta o nivel de criticas que o treinador é alvo pelos portistas.
Este é o annus horribilis do portista de bancada, nunca como o hoje os portistas se deixaram levar na conversa da imprensa centralista(este ano é decisivo para clube do regime que vai ter eleicoes).Ontem praticamente nao fizeram um remate perigoso com a excepção do segungo golo e impresa diz que o jogo foi um hino ao futebol.
Onde VP perde é no discurso.O homem nao tem dom da palavra, precisa de um assessor de imagem e um RP.

Sabado vou estar em Braga para festejar com o campeão.

Um abraço

M. Teixeira disse...

Ainda que dentro do habitual registo, lento, ja se praticou um futebol mais agradavel, mais dinamico e com mais solucoes. Realco a colocacao de Rolando no banco, nada mais acertado!
Moutinho esta numa forma soberba e pode ser decisivo neste sprint final.

Nightwish disse...

Paulo, acrescente a isso o melhor ataque e melhor defesa.

littbarski disse...

Já agora, Paulo, acrescente também a eliminação do Porto da Taça de Portugal (num terreno onde não perdia há 40 anos), da Liga dos Campeões (onde não conseguiu vencer o poderoso APOEL) e da Liga Europa (com uma goleada histórica). Não falo da Taça da Liga porque aqui não há nada de novo.

A época não é só campeonato. Mas mesmo no campeonato, nesta altura, o Porto podia ter um avanço confortável na classificação. Bastava não ter empatado 2 dos últimos 3 jogos (depois de ter ganho na Luz!). Pelo menos isto. Agora vai ter de vencer jogos muito mais difíceis (ou esperar que a concorrência não faça melhor).

Este não é um plantel qualquer. Perdeu um jogador da época passada. Um. Por muito bom que seja, não devia haver uma diferença tão grande de rendimento de uma época para a outra. Dos jogadores que entraram, caros, quase todos, não há nenhum que se destaque.

Todas as épocas são decisivas para clubes que gastam as enormidades que Porto e Benfica gastam. Todas. Vamos ver quanto vai custar ao Porto o mau rendimento europeu desta época. O Benfica está nos quartos-de-final da Champions.