quarta-feira, 4 de julho de 2012

Segunda oportunidade


André Villas-Boas vai treinar o Tottenham na época que agora se inicia. A imprensa inglesa afirma que foi concedida ao treinador português uma oportunidade para reconstruir a sua carreira de treinador de futebol. O anterior treinador dos Spurs, Harry Redknapp, foi despedido de forma controversa há um mês apesar de ter levado a clube ao top4 da Premier League por duas vezes em três épocas.
O presidente do clube londrino, Daniel Levy, mostra-se confiante quanto à capacidade e ao talento de André Villas-Boas:
“He has an outstanding reputation for his technical knowledge of the game and for creating well-organised teams capable of playing football in an attractive and attacking style. Andre shares our long-term ambitions and ethos of developing players and nurturing young talent, and he will be able to do so now at a new world-class training centre”
The Telegraph, 03/07/2012

Villas-Boas conhece o campeonato inglês bem melhor agora do que há um ano atrás quando se mudou para Stamford Bridge, tendo a possibilidade de começar do zero e evitar os erros cometidos ao serviço do Chelsea, num clube onde as exigências desportivas são bem menores. No entanto, esta pode ser a sua última grande oportunidade para treinar no estrangeiro. Será um duro teste. Mas quem abandona uma “cadeira de sonho” tem de estar preparado para tudo.

6 comentários:

António disse...

Tem aqui uma grande oportunidade de relançar a sua carreira! Força AVB!

José Correia disse...

Villas-Boas dedica a Liga Europa a Guardiola, Mourinho e Bobby Robson
http://www.youtube.com/watch?v=uCtJXmH2ahU

The Blue Factory of Dreams disse...

É o amor pelas Libras, esse sim, genuíno.

A propalada ambição de treinar pelos Chiles e Japões desta vida devem ser metidos no mesmo saco de todas as mentiras que tivemos que ouvir.

Satisfeito por se manter longe Do Porto, já chegou o vexame do dragão de ouro, estando longe... Pinto da Costa poderá recebê-lo menos vezes no Dragão...que é algo que me enoja.

Se ele tem sorte ou azar, é-me indiferente, desde que se mantenha longe...por mim tudo bem.

Antonio Silva disse...

Cavalo para burro e agora de burro para asno.

G. disse...

A ganhar o que ele irá ganhar e ganhando o que já ganhou em salários e indemnizações no Chelsea, quer-me parecer que ser apelidado de burro e de asno é-lhe totalmente indiferente.

Antonio Silva disse...

Bem, lá isso é verdade.

Mas passou duma cadeira de sonho para um banco de madeira. Agora contenta-se com um penico.