domingo, 9 de setembro de 2012

A caminho do abismo

A SAD do SCP foi a primeira dos 3 grandes (se é que ainda são um grande...) a publicar as contas da época 2011/12 (curiosamente, ainda não estão disponíveis no seu site, mas apenas no da CMVM... será da vergonha?). E que resultados, meus amigos...

Conseguiram a proeza de ter um retorno nos proveitos de cerca de... - 100%. Os proveitos totais foram de cerca de 46M de Euros, mas os custos foram exactamente o dobro, nomeadamente 92M, traduzindo-se pois em resultados liquidos negativos de 45,831,000 Euros.

Verdade seja dita que não houve propriamente uma enorme surpresa com estes números, bastava seguir muito por alto as contas da SAD do SCP e os eventos no último ano e meio (compras, vendas, performance europeia): aqui há uns bons meses comentava eu com amigos que o SCP caminhava alegremente para o abismo, e que ou um sheik das Arábias comprava a SAD ou então bem possivelmente muito em breve iam passar a jogar só com ex-júniores...

O próprio presidente admitiu no R&C que estes resultados eram previsíveis e estavam mesmo programados, mas isso é como se o Napoleão dissesse no fim da batalha de Waterloo que já estava programado levar uma tareia dos Aliados... se era suposto servir para acalmar as «tropas» lagartóides, não me parece que deva ter tido muito sucesso.

O resultado por si só até não seria um desastre se os detalhes e o contexto fossem muito diferentes. A própria SAD do FCP já teve um prejuízo de 30M de Euros em 05/06, o nosso recorde negativo (não tão alto como este do SCP, mas bastante alto) e não foi por aí que tivémos problemas graves nos anos seguintes.

Acontece no entanto que:

- ao contrário do que aconteceu connosco em 05/06, esses resultados vêm na senda de maus resultados nos anos anteriores (prejuízo nas duas épocas anteriores, enquanto tinhamos feito um lucro acumulado de 23M em 03/04 & 04/05), de tal forma que os capitais próprios do SCP caminham alegremente na direcção dos 100M... negativos (já vai nos 75M). Em contraste, os nossos capitais próprios a Junho de 2006 eram de 7M positivos.

- ao contrário do que aconteceu connosco na altura, o SCP não dispõe de um conjunto de jogadores com elevado valor que perspectivem grandes encaixes futuros (acima de tudo porque nem 50% do passe detêm no caso da maioria dos jogadores: por exemplo, 35% de Wolfswinkel, 35% de Insua, 30% de Carrillo, 37.5% de Schaars)

- o balanço «estrutural» do SCP é muito pior do que o nosso na altura: os resultados operacionais excluindo compras e vendas de passes é de 25,5M negativos, quando em 05/06 era de 5,5M negativos no nosso caso. A isso acrescente-se também um contexto pior em termos de custos financeiros (devido aos altos % juros que as SADs pagam hoje em dia em empréstimos, seja o FCP, o SCP ou o slb).

- finalmente, a situação desportiva do SCP é bem pior do que a nossa em Setembro de 2006: SCP fora da Liga dos Campeões (com o que isso implica nas receitas e «montra» de jogadores) e não é nada provável que terminem nas 2 primeiras posições nesta temporada.

É caso para perguntar como é que continuam a funcionar... bem, pelo que vejo no R&C é em boa parte à custa de empréstimos bancários de médio e longo prazo (uns brutais 80M). 

Concluindo, penso que aquilo está mesmo à beira de dar o estouro e só com alguém a comprar a própria SAD (mais não seja tomando controlo através de um aumento de capital) é que vejo forma de evitar isso. Não vai ser certamente através de parcerias em compras de passe ou muito menos através da «potencialização da marca SCP», como o presidente da SAD se propõe fazer. Da forma que as coisas estão, talvez fosse mais acertado tentar contratar o Harry Potter...

Finalmente: fico à espera dos nossos resultados anuais e respectivo R&C, isso sim muito mais importante. Aceitam-se apostas, mas eu penso que deveremos ter tido um prejuízo em 11/12 entre 10M e 20M de euros.

27 comentários:

José Correia disse...

Interessante artigo do José Rodrigues e muito pertinente a comparação da situação atual da scp SAD com a do FC Porto em 2005/06.

O José Rodrigues fala na hipótese de um sheik das Arábias comprar a scp SAD. Infelizmente, para os sportinguistas, parece que os árabes estão mais virados para clubes ingleses e franceses.
Mas eu já ouvi o Godinho Lopes a falar em "investidores" chineses e indianos...

Alexandre Burmester disse...

A mim o que me impressiona mais é que os bancos, se se tratasse de uma qualquer empresa industrial, por exemplo, há muito que tinham fechado a torneira e a empresa teria falido. Apesar de tudo, os clubes de futebol, ou pelo menos alguns deles, beneficiam de tratamento especial por parte da banca.

Pelo que li n'O Jogo - por alto, diga-se - o Godinho Lopes parece estar optimista quanto a arranjar "investidores", mas isso pode ser só conversa para acalmar os sócios.

José Correia disse...

"É caso para perguntar como é que continuam a funcionar... bem, pelo que vejo no R&C é em boa parte à custa de empréstimos bancários de médio e longo prazo (uns brutais 80M)."

Pois, parece que a banca nacional (BES e BCP) ainda vai mantendo o "doente" ligado ao oxigénio. Falta saber até quando é que os accionistas destes bancos e o próprio Banco de Portugal, irão permitir que se continue a financiar uma sociedade desportiva com os resultados operacionais e a dívida acumulada da scp SAD.

Alexandre Burmester disse...

Não sei se o Banco de Potugal pode interferir nesse aspecto da gestão bancária, José Correia, mas os accionistas decerto que sim. Mas, como é típico de empresesas e bancos portugueses, meia-dúzia de accionistas controlam os bancos credores do SCP, ou seja, não há grande perigo de pequenos accionistas poderem por em causa qualquer aspecto da gestão.

José Correia disse...

"fico à espera dos nossos resultados anuais e respectivo R&C, isso sim muito mais importante. Aceitam-se apostas, mas eu penso que deveremos ter tido um prejuízo em 11/12 entre 10M e 20M de euros"

Estou de acordo com a tua previsão.
Mas, ao apresentar um resultado negativo dessa ordem de grandeza, irá ser dito (e é verdade) que não estão contabilizados os 7,5 milhões de euros que a FCP SAD recebeu da venda do Alvaro Pereira e os 40 milhões da venda do Hulk (os quais já entram no exercício 2012/13).

Ou seja, com estes 47 milhões à cabeça, fica garantido que o exercício 2012/13 irá fechar com resultados positivos (mesmo que não sejam vendidos mais jogadores e o percurso na LC não seja brilhante).
E isto, entre outras coisas, é uma grande diferença em relação ao caso da scp SAD.

Alexandre Burmester disse...

Reparemos bem, a propósito deste artigo, que ali para as bandas da Av. Boavista há outro morto-vivo que ninguém entende como ainda funciona...

José Correia disse...

Alexandre, foi público que o Banco de Portugal estava preocupado com a carteira de crédito de vários bancos portugueses.
E, além disso, é imoral (para não dizer outra coisa), que os contribuintes portugueses estejam a pagar a recapitalização da banca portuguesa e depois alguns desses bancos estejam a emprestar dinheiro a empresas falidas (é o caso da scp SAD) e cuja perspectiva de apresentarem resultados líquidos positivos é remota.

José Correia disse...

Lembras bem. Contudo, no caso da SAD boavisteira, tenho ideia (do que li nos jornais) que a banca há muito deixou de a financiar. Se assim for, essa é uma grande diferença em relação ao caso da scp SAD.

O José Maria Espírito Santo Ricciardi não fazia parte dos órgãos sociais do sporting?

Alexandre Burmester disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Alexandre Burmester disse...

Sim, entendo e concordo, José Correia, especialmente com o aspecto moral da questão.

O Banco de Portugal decerto tem uma palavra a dizer acerca da carteira de crédito global de cada banco versus o seu capital, mas não creio que se pronuncie sobre créditos individuais.

Alexandre Burmester disse...

Sim, José Correia, fez parte, mas acho que foi na anterior Administração (José Eduardo Bettencourt).

RBN disse...

Não quero comentar o problema dos outros, e já de alguns anos até a data de hoje que muito se fala na belenensização da lagartada a passos de coelho.

Se fosse ao contrário, eles os viscondes e os leitores orelhudos estavam a rir e a festejar à brava da nossa desgraça, portanto eles que se virem.

O que me traz aqui é que parece que finalmente os "narizes em pé" na imprensa brasileira estão "descobrindo" quem realmente é Hulk.

Os queridinhos Lucas, Oscar ou Neymar, principalmente este último a quem a imprensa lambe botas até enjoar, até agora não rendem (ou renderam) na seleção principal metade do que eles querem ou imaginam quando pintam os garotos de "craques já feitos", enquanto que Hulk, como todos nós cá já estamos cansados de saber, mesmo quando raramente está em dia não, raramente joga mal e é sempre a lufada de ar fresco e vitamina que muitas vezes muda o destino de uma equipa, de um jogo, de um campeonato.

Espero que finalmente comecem a respeitá-lo e valorizá-lo na sua terra natal, porque mesmo com os oportunistas como romário a criticá-lo por tudo e por nada, que ele responda na seleção o que respondeu aqui aos orelhas, delgados e freteiros de plantão:com golos e grandes atuações nas 4 linhas!

RCBC disse...

Os lagartos merecem tudo pelo que estão a passar… Por mim podiam já acabar amanha que era para o lado que dormia melhor…

E pior que os seus jogadores e dirigentes, são mesmo os seus adeptos, uma sub-espécie da 2ª circular, muitos deles são mais anti-portistas que propriamente lagartos… Sempre muito preocupados em tudo o que tenha a ver com o FC Porto, sempre a relembrar patetices como o apito dourado e outras tonterias, mas na realidade não olham para a VERGONHA que é o seu clube… Há muito que se eu fosse daquele clube teria VERGONHA de ter os desempenhos desportivos que se vêem… Há 3/4 anos que o Braga já lhes passou em termos de candidato ao título…

Por mim, quero é que se lixem, e que os seus patetas adeptos fiquem apegados às suas teorias parvas em relação ao sistema (como o xexé do presidente que tinham repetia vezes sem conta), vendo o seu clube acabar até cair no fosso completo…

The Best Man... disse...

Creio que do Álvaro serão 7,5M€ e ainda falta contabilizar o Belluschi que segundo ouvi/li (não vi confirmação de números em lado nenhum), o Porto terá encaixado entre 1,5M€ e 2,5M€. Parece pouco mas grão a grão...E o Sporting (fazendo uma comparação) vendeu o seu único activo pouco acima destes números.
Com 50M€ à cabeça e será legítimo acreditar que o Porto faça pelo menos seis pontos na Liga dos Campeões, juntando ao prémio da fase de grupos, teremos no mínimo um encaixe de 60M€ previsto para a próxima época desportiva.
Se o FCP tiver uma boa prestação desportiva talvez para a próxima época esteja em melhores condições para se sentar à mesa das negociações, ou quem sabe, nem precise de vender nenhuma das jóias, isto se ninguém assumir comportamentos "estranhos" como nestes últimos anos (Guarins e Álvaros...).
Cumprimentos,
Filipe Miguel Lopes

Alexandre Burmester disse...

Pois, é verdade, José Correia (e eu estou de acordo com o vaticínio do José Rodrigues), mas assim como já temos contabilizada agora a transferência do Hulk nas contas de 2012/13, também a do Falcão entrou nas contas de 2011/12, e isso não impediu que se registe o buraco que vai aparecer. Convém não esquecer os nossos enormes compromissos de curto prazo, dos quais, sei bem, estás ciente.

Alexandre Burmester disse...

A propósito ainda de José Maria Ricciardi, devo referir que ele é também Roquette, pela sua avó paterna.

Carlos disse...

sempre que falta dinheiro aparece um cheque do Major a cobrir a falta de liquidez
na pratica está a devolver aquilo que tirou ao clube ao longo de tantos anos

Mário Faria disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
meirelesportuense disse...

Não me interessa nada o que se passa com o Sporting, a única coisa que me desperta a atenção é que esta gente -do mesmo espectro da do Governo- não consegue ser competente em absolutamente nada...Só se interessam com os seus bolsos.

Mário Faria disse...

Portugal caminha, se não para o abismo, para um empobrecimento generalizado, que por cá ficará durante largos anos. Por isso, excepto ao SLB que merecerá sempre um tratamento positivamente descriminado, os outros clubes terão muitas dificuldades de sobrevivência, na primeira divisão do futebol europeu.

Seria interessante que os nossos técnicos sobre assuntos económicos do universo da blogosfera portista, especulassem sobre os efeitos da descida da TSU, do provável aumento da taxa de SS de 7% para os jogadores profissionais de futebol e da contracção que haverá nas receitas.

2013 e seguintes vão ser terríveis

José Correia disse...

Sim Alexandre, tens razão mas, no caso do Falcao, penso que as mais-valias da sua transferência terão sido de "apenas" cerca de 20 MEuros.
No caso do Hulk estou à espera de mais-valias da ordem dos 25-30 MEuros.
Se a isto juntarmos as mais-valias das transferências de Alvaro Pereira + Belluschi e, principalmente, o facto de a SAD ter gasto muitíssimo menos em contratações, penso que o cenário (económico-financeiro) para esta época será bastante melhor.

José Rodrigues disse...

"[...]Ou seja, com estes 47 milhões à cabeça, fica garantido que o exercício 2012/13 irá fechar com resultados positivos"

Nao, nao fica garantido, embora fique bastante mais proximo de tal objectivo.

O buraco operacional (e financeiro) e' maior do q no ano passado, e as mais-valias necessarias para o tapar nunca serao inferiores a perto de 40M, certamente mais do q vamos encaixar com estas vendas de A Pereira e Hulk.

Depende naturalmente tambem de como correr a campanha europeia, claro.

José Rodrigues disse...

De resto e no q diz respeito ao SCP nao me acredito minimamente que um sheik qualquer queira comprar um clube de futebol num campeonato periferico e sem prestigio europeu. O SCP como "brinquedo" nao tem nem pouco mais ou menos o interesse de um clube ingles, mesmo que secundario.

A unica hipotese nesse campo a meu ver seria um petro "sheik"... angolano.

Silva Pereira disse...

Boa tarde,

Eu aceito aposta e acho que o resultado será negativo mas inferior a 10 Milhões. Como faz referência o último relatório a receita de entrada na LC e as receitas dos jogos importantes efetuaram-se nesse trim e acho que a venda do Guarini também será registada nesse relatório, assim é previsível que seja inferior a 10M.
Quanto a nova época para além do que todos referenciaram à que ter em conta um forte diminuição da massa salarial, por isso os resultados operacionais (sem vendas) terão uma forte melhoria.
Quanto aos lagartos é mais um exemplo como a imprensa funciona para se ter uma ideia o BCP para já só garantiu um comparticipação no aumento do capital da ordem da divida do SCP (100 Milhões), e BES os 200 Milhões de divida davam para garantir 1/5. Como acionista desses 2 bancos gostava de saber se esses créditos estão provisionados, pois que não vejo possível o SCP garantir se quer o pagamento dos juros quanto mais a sua amortização. Sinceramente não sepercebe como ainda não fechou as portas, fazendo uma conta de merceeiro (O FCP e o SLB pagam juros nos seus empréstimos obrigacionistas 8%) então só em juros no mínimo o SCP tem 24 000 000€ encargos (50% da receita), então porque continua a sua atividade é um mistério.
Quando o SCP está à espera que o FCP venda a “maça podre” para conseguir a sua melhor receita está tudo dito, para estes Cali meros infelizmente já ninguém compra títulos nobiliárquicos senão podiam vender o titulo conde de Alvalade ou então “casar” o conde com um burgues da India ou um barão da droga da Rússia.

José Correia disse...

«O Sporting tem apenas a totalidade dos passes de oito jogadores do plantel principal: Carriço, Pereirinha e Izmailov, e mais os reforços Boulahrouz, Gelson, Rojo, Viola e Pranjic (contratações posteriores a 30 de Junho, das quais não há informação sobre a percentagem do passe que a SAD detém, pressupondo-se que seja 100 por cento). Todos os outros já não pertencem integralmente à SAD leonina, informou a sociedade no Relatório e Contas relativo ao período de 1 de Julho de 2011 a 30 de Junho de 2012.

A SAD leonina tem vindo a alienar partes dos passes a fundos de investimento. Do médio Elias, por quem pagou ao Atl. Madrid, em Agosto de 2011, 8,850 milhões de euros (pela totalidade do passe), o Sporting já só detém 50 por cento dos direitos económicos. A SAD vendeu a outra metade a um fundo por três milhões e 850 mil euros, ou seja, menos de metade do que gastou no brasileiro.

Do passe de Wolfswinkel, um dos mais cotados do plantel, os leões têm apenas 35 por cento, ou seja, caso venda o avançado holandês pelo valor da cláusula de rescisão, cifrada em 22 milhões de euros, a SAD leonina só recebe 7,7 milhões - o jogador custou 5,075 milhões.

Também os casos de Cédric e André Carrillo são sintomáticos da dificuldade que o Sporting terá em realizar encaixes financeiros significativos, no futuro, com a venda de jogadores: dois jovens de 21 anos, com enorme margem de valorização, de quem resta à SAD 30 por cento do passe. »
in Correio da Manhã

----------

Com base em que garantias é que a banca portuguesa continua a financiar a sporting SAD?

José Correia disse...

Sim, mas não podemos olhar apenas para o valor das vendas.
A diferença entre vendas e compras neste defeso é muito maior do que há um ano atrás.

ae disse...

24 milhões.