terça-feira, 4 de setembro de 2012

Tentar decifrar o negócio Hulk

Hulk já se foi e não volta, pelo menos não nos próximos tempos a não ser que seja para nos assustar com os seus misseis indefensáveis. Ainda não ficou de todo claro, e talvez nunca fique, como se processou um negócio que há cinco dias, por 50 milhões, foi rejeitado pelo jogador ou pelo clube, vá-se lá saber, e que no limite dos limites do fecho das inscrições na UEFA se realizou por 60 milhões. Um valor que fica bem para o pódio de compras e vendas mas que para nós nos diz pouco. 40 milhões é o que chega ao FC Porto, é com 40 milhões que vamos ter de começar a pensar.

Ainda não sei se desse valor terão de sair comissões, velhas promessas ao jogador e ao agente, e a percentagem fundo de solidariedade. 85% de Hulk a 60 milhões equivale a 51 milhões, pelo que deduzo que esses 11 milhões que desapareceram sejam para pagar esses pontos pendentes. Se os russos pagaram ao fundo 9 milhões ou não, isso é com eles.

O negócio realizado in extremis é um grande negócio financeiro, um mau negócio desportivo e, sobretudo, um negócio necessário face a situação financeira do clube. Nenhum adepto gosta de ver sair os seus jogadores de referência, seja porque valores sejam, mas nós já estamos habituados a isto. Os valores hoje em dia são mais elevados porque os custos dos próprios jogadores e a sua massa salarial também. Mas a lenga-lenga é a mesma de sempre. Vender para sobreviver.

Pensem nos adeptos do AC Milan que viram Berlusconi negar que venderia Ibrahimovic e Thiago Silva e que depois acabou por aceitar a oferta mareante do PSG. Desportivamente foi um erro, financeiramente uma necessidade. O AC Milan também está com a corda na garganta, Berlusconi não encontra investidores e do dinheiro embolsado quase nada foi gasto no mercado para procurar alternativas. Não há margem de manobra.

O nosso caso é parecido ao dos italianos, com a diferença que nós estamos habituados a isto e eles não.
A venda de Falcao no ano passado, também em cima da hora, seguiu o mesmo percurso. Orquestrou-se uma renovação para manter vivo o fantasma da cláusula (continua sem sair um jogador do FCP pela cláusula até hoje) e a vontade do jogador sair, mas na base estava a necessidade urgente da SAD em fazer dinheiro com os seus melhores activos. Hulk, que aparentemente não queria ir a lado nenhum, entre outras coisas porque lhe dá mais jeito estar no Porto, ao lado de Danilo e Alex Sandro, para chamar a atenção de Mano Menezes do que ir para a Rússia, lá teve de aceitar a evidência. Se não saísse, especialmente depois de Moutinho ter ficado a minutos de ir para Londres, não haveria dinheiro para lhe pagar o salário. O dele e de outros. Tal como sucedeu no ano passado.

Desportivamente está claro que o FC Porto fica mais débil.
Perde o homem que decidia os jogos na Liga em campos pequenos, fechados e com a defesa de dez do outro lado. Perde o homem-golo, perde o líder espiritual em campo, perde a referência para os adeptos e o efeito surpresa que só um jogador como Hulk pode dar. Não vou entrar em comparações com as vendas dos rivais porque não pode ser assim que um clube pense, mas não creio que deixemos de ser favoritos a renovar o título.
Na Champions League, onde tivemos um grupo acessível, perdemos a superioridade que muitos analistas - e que eu próprio - dava face a Dynamo Kiev e Dynamo Zagreb. Creio que continuamos a ser superiores aos croatas mas com os ucranianos as coisas nivelam-se bastante mais. E as distâncias com o PSG aumentam. Que é possível passar? Claro que é, para isso está cá o treinador (que não desperta muita confiança) e o resto do plantel. E porque com Hulk, no ano passado, também não se seguiu em frente num grupo igualmente equilibrado.



A nível futuro seria muito difícil valorizar mais ainda Hulk.
É um jogador de 26 anos, já titular com a selecção do Brasil, medalha de prata olímpico e jogador conhecido e reconhecido em toda a Europa. Ao contrário de Falcao, que acredito que se vá valorizar ainda mais, especialmente porque os golos pagam-se mais caros, creio que seria impossível fazer uma venda melhor do que aquela que foi feita. São (aparentemente) 40 milhões por um jogador que custou 19 e que servirá para pagar salários, cumprir com o pagamento dos empréstimos obrigacionistas que chegam agora e tentar respirar. Sobretudo, tentar respirar.

Agora falta pensar o futuro.
Temo que em Janeiro, quando o mercado reabra, o FC Porto sinta a necessidade de pegar em parte desse dinheiro e ir ao mercado. Dependerá dos resultados da Champions, do eventual apuramento para os Oitavos (e do sorteio que se segue) e de como for a prova interna. Se a SAD já sabia que teria de vender Hulk este ano, sim ou sim, para manter as contas, também deveria ter consciência de que o plantel que fica deveria ser suficiente. É extremamente jovem, gerido por um técnico que não é propriamente competente, mas não pode depender de chegadas inesperadas e caras para tapar as previsões de agora. Da mesma forma que foi preciso ir buscar Janko primeiro e Jackson depois, porque não se encontrou alternativa a Falcao, espero que se tenha no clube a consciência de que não há outro Hulk no mercado e que é com o que temos que o navio tem de chegar a bom porto. Se não o ciclo de saldo negativo nunca se inverterá.

Por fim fica a questão do adepto ambicioso, do adepto que acredita que o FC Porto pode e deve ser algo mais. 
Não são muitos, a maioria parece ter-se contentado com a hegemonia indiscutível a nível nacional (que já dura 3 décadas, parabéns aos homens que a conseguiram, SAD incluída) sem pensar que depois de 2004 o clube podia ter dado um salto qualitativo importante.
O campeão por excelência da 5º liga dos ranking UEFA, o único clube nos últimos 15 anos a vencer a Champions League fora das grandes ligas, não pode arrancar cada época com o pensamento de passar a Fase de Grupos da Champions League.



Uma coisa é que, por motivo X, Y e Z, não se consiga passar. Desde que o torneio começou só o Real Madrid logrou passar sempre da fase de grupos. Outra é dar o objectivo por cumprido e por os Oitavos como objectivo mínimo. E não devia. O clube devia desenhar um plano de presente e futuro para fazer, de uma vez por todas, do FC Porto um clube de Quartos de Champions.
Se não chegamos lá todos os anos, paciência, haverá justificações para isso, tanto financeiras como desportivas. Mas devemos ambicioná-lo, devemos trabalhar para isso. APOEL, Benfica, Shaktar, Bordeaux, O. Lyon, Fenerbache, PSV e Villareal são equipas que o lograram nas edições posteriores ao nosso titulo europeu. Nenhum desses clubes vale mais, desportivamente, que o FC Porto. E salvo o Shaktar, apoiado por um milionário ucraniano com negócios no Brasil, nenhum é financeiramente muito mais poderoso que o FC Porto. Portanto esse passo não é uma utopia.

Sem Hulk, sem Falcao, sem Alvaro e companhia será sempre mais difícil dar esse salto. O clube optou por salvar o pescoço da situação financeira em que ele próprio se meteu. Parece-me muito bem, antes de comprar um carro há que ter de comer. Mas saciada a fome é preciso começar a pensar quando vamos poder comprar o carro e dar o salto que nos merecemos. Talvez então seja mais fácil dizer adeus quando um grande como Hulk se tenha de ir.

88 comentários:

Anónimo disse...

Por fim fica a questão do adepto ambicioso, do adepto que acredita que o FC Porto pode e deve ser algo mais.
---
Eu também tinha muitos projectos mas com a tremenda crise que vai por aí e está para durar...

Silva Pereira disse...

Boa tarde,

Muito bem só acrescentaria que o projeto (já nem me lembro de quantos anos) de criar uma escola de futebol e projetar jovens na equipa principal vai de mal para pior.
Tenho visto os jogos da equipa B e daconcorrência e sinceramente fico com a sensação de que do lado do FCP está a criar-se uns betinhos e do lado da concorrência o contraário, aquela imagem de até os comemos parec que se está a transformar numa caricatura de meninos de coro sem garra e preocupados com o penteado.

Anónimo disse...

MAs quais 60? Querem enganar quem? Vocês querem ser parvos sejam... mas não mintam mais.

Mais uma grande negociata com muita mentira no meio. O Zenit diz que pagou 40... se assim foi e com todas as comissões, o Porto recebe 29,9. Pouco mais do que os 22 milhões que pagou por Hulk.

E em comissões são 9 milhões (3 no ano passado e 6 agora) + 5% da venda do passe (mais 2 milhões). 11 milhões de euros??? para quem??? Pagos onde???

D,Pedro disse...

40 milhoes de euros limpinhos o resto são tretas e sabe-se lá que mais.

D,Pedro disse...

Ò sr, Pereira quem tem na B talentos como:

Stefanovic,Tiao,Edu,Sergio Oliveira,Vion,Fabio,Seba etc pode ainda não ter equipa mas tem jogadores.

Anónimo disse...

Pelos vistos temos TARZANS por aqui!

Nightwish disse...

Eu ainda não faço ideia do que seja o fundo de solidariedade... Alguém me explica?

Anónimo disse...

Segundo o empresário, a venda está fixada em 60 milhões que, teoricamente, deveriam ser entregues ao FC Porto. E a SAD declarasse esse valor no comunicado oficial, as contas estariam corretas. A SAD entregaria:

- 9 milhões ao fundo pelos 15% dos direitos económicos;
- 6 milhões pela comissão de 10 por cento por intermediação;
- 3 milhões ao fundo de solidariedade, equivalente a cinco por cento do valor global;
- 2 milhões pelos prémios desportivos a receber pelo jogador e pelo agente.

Sobrariam 40 milhões e essa seria a receita desta venda.

Como a SAD só declarou que recebe 40 milhões e que o Zenit se responsabiliza pelo fundo de solidariedade - mas sem se saber o seu valor oficial -, as outras contas são as do empresário. Estará ele a falar verdade?

O Zenit já anunciou oficialmente os valores envolvidos?

Quem paga os milhões dos 15% do fundo e sobre que valor é calculado?

Quem paga os milhões pela comissão de 10 por cento por intermediação e sobre que valor é calculada?

Quem paga os 2 milhões pelos prémios desportivos a receber pelo jogador e pelo agente?

Para mim, continua por decifrar o Código de Da Hulk.

Anónimo disse...

Vamos ver se depois de tanta glória, não vamos herdar um clube falido e a passar vergonhas por causa dos salários em atraso.

meirelesportuense disse...

Um outro elemento não muito falado que dá também para sustentar a venda do Hulk:-O Porto poupou -vai poupar- nestes 4 anos que faltavam 20 milhões de Euros pelo menos...Porque o Hulk ganhava 5 milhões por época e se ficasse o Porto teria eventualmente que lhe melhorar as condições, imaginemos que passava de 5 para 6 milhões só isso daria 24 milhões em encargos.
-Agora quanto à boca do anónimo das 19,40 apenas uma pergunta: -O benfica não vai descontar nada ao que recebeu?...Pelas contas que vêm no JN dos 40 milhões entregues -pagos faseadamente por três anos- só restarão 26 depois de feitos os acertos necessários enquanto o Porto não tem que fazer acertos nenhuns...

Duarte disse...

Aqui estou totalmente de acordo, Miguel.
Devemos ambicionar sempre mais e prepararmo-nos para o futuro.

Um abraço!

Anónimo disse...

Não, não sou Tanrzan... Sou alguém que está farto dos milhoes das comissões e de ver gente a enriquecer à custa do clube. Sei bem como estão as finanças do clube para estar preocupado. Tenho filhos e sobrinhos nas amadoras e sei bem o que se passa.
Farto de garotos que acham que sabem tudo. Quero é que desmintam o que disse o representante do Zenit.

Anónimo disse...

Tenho muita pena que o Zenit não se tenha lembrado de vir buscar o Defour pela valor da cláusula de rescisão que é de 50 milhões por 100& do passe. Esse é que seria um negócio grandioso.

Apostámos no cavalo errado. Devíamos ter trazido o Witsel. Já comemos os vermelhos várias vezes mas desta vez fomos comidos.

Continuo a dizer que tenho mesmo muita pena que o Zenit não se tenha lembrado de vir buscar o Defour pela valor da cláusula de rescisão.

GOD disse...

Podem ver o vosso e-mail, por favor?

Cumprimentos,

Alexandre Burmester disse...

Fundo de solidariedade foi o termo encontrado pela FIFA para descrever a percentagem que tem de ser paga aos clubes onde um jogador fez a sua formação, caro Nightwish.

Miguel Lourenço Pereira disse...

Creio que queremos todos Duarte, o problema está em ver qual vai ser o nosso futuro a médio prazo, porque a curto prazo a situação não deve mudar rapidamente ;-)

Alexandre Burmester disse...

A verdade é que ninguém disse que o Zenit comprou a totalidade do passe, isto é, os tais 15% podem continuar nas mãos do Figger, ou do Rentistas, ou seja lá de quem for. Isto também explica a dificuldade de uma transferência do Hulk para Inglaterra, pois clube inglês que o adquirisse teria de fazê-lo a 100%, pois por lá não são aceites estas "parcerias" - quase que dizia "parcerias público-privadas"! :-)))

Alexandre Burmester disse...

Seguindo a sua lógica, caro Meireles, mais poderíamos ter poupado se nunca tivéssemos adquirido o Hulk! Bem-aventurados os felizes!

Anónimo disse...

Em 31/03/2012 tínhamos:

Passivo Corrente (dívidas a liquidar até 31/03/12): 167.533.480 €

Activo Corrente (valores a receber ou em caixa até 31/03/12): 52.683.659 €

Como se compensava este diferencial?

Por que razão o Hulk foi vendido? Está respondido.

Resolve o problema?
Não, mas ajuda.

Pedro Albuquerque disse...

Peço desculpa, mas não vendemos o Pepe, Ricardo Carvalho e Anderson pela Clausula?

Cumprimentos.

Alexandre Burmester disse...

Nada tem de que pedir desculpa, meu caro, mas eu não sei sequer se algum dos que refere tinha cláusula. Mas se tinham, agradecia me dissesse quais eram os respectivos valores.

As "cláusulas", embora já existissem há uns anos, só se generalizaram após o caso-Webster, de que fomos vítimas aquando da transferência do Paulo Assunção para o Atlético de Madrid.

Miguel Lourenço Pereira disse...

Pedro,

Se não estou em erro uma coisa é sair pelo valor e outra é sair pela cláusula. No caso de sair pela cláusula não há acordo, como estipulam os Relatórios de Contas nessas vendas, e o clube comprador tem de depositar o 100% do dinheiro de forma imediata para poder levar o jogador.

Outra coisa é o clube aceitar vender por esse valor, de base, e depois definir datas de pagamentos, prémios, valores futuros que englobam no valor da transferência. Lembro-me de Pinto da Costa por o euro que faltava na transferência de Quaresma para o Inter para dizer que foi pela cláusula. Isso não é cláusula ;-)!

Anónimo disse...

Caro meireles,

Em primeiro lugar, quero cumprimentar-te e recordar-te os velhos tempos passados no bibóportocarago com muitas "discussões".

Em segundo lugar, se essa fosse a boa notícia, acho que deveríamos vender ou oferecer o plantel todo. Jogaríamos só com os júniores. Quanto é que não pouparíamos em salarios? Mais de 30 milhões seguramente.

DC disse...

Acredito sinceramente que o negócio foi feito por 60 milhões, recebendo o Porto os tais 40.
Todas as declarações por parte do Porto e do empresário envolvido apontam nesse sentido.
Abola porém, obviamente a mando do 5LB quer tentar desvalorizar o negócio e vai pegar em tudo o que puder para isso. As eleições estão aí e há que aproveitar.

Não confio totalmente porém na notícia do JN porque também sei que é fácil à direcção do Porto "plantar" lá uma notícia se quiser.
Nos R&C se verá.

Agora como o Miguel diz e bem há que preparar o futuro. E o futuro não estará preparado com uma equipa B miserável e equipas de juníores de onde não sai um único jogador com capacidade sequer para a 1ª liga.
E pergunto, onde estão os júniores campeões há 2 anos? Eu confesso que acompanhei muito pouco essa equipa, mas assumo que o Atsu deve ter ganho o campeonato praticamente sozinho porque não saiu um único jogador além dele para um clube sequer da 1ª liga. E os que andavam na 2ª raramente eram titulares.
Há que reformular completamente o nosso modelo de formação. Instituir métodos, tácticas e valores comuns. O treinador não pode estar lá por ser ex-jogador ou ser muito portista, tem que estar lá e saber o que anda a fazer. Este Rui Gomes da equipa B de onde saiu? Que futebol miserável é este?

Espero que o Porto tome atenção a isto. Não precisamos de comprar sempre lá fora, já houve tempos em que pelo menos éramos a melhor escola de centrais da europa. Agora...

meirelesportuense disse...

Meu caro contas são contas, aliás lembro-me muito bem que quando o Hulk foi contratado, muitos portistas acharam que ele era um barrete damasiado caro.Depois achavam que o Porto deveria ter comprado o passe todo logo no início.
Agora esses, porventura acham que ele foi vendido ao desbarato.
Esta é que é a verdade, com Portistas como alguns que existem não precisamos de nenhum benfiquista a aborrecer...Estamos bem servidos.
Desculpe, mas já agora, sem querer ofender, "mal-aventurados os infelizes".

Anónimo disse...

No comunicado do FC Porto:

"Os 40 milhões líquidos que o FC Porto encaixa correspondem a substancialmente mais, porque aí não estão incluídos os 15% que pertenciam a um investidor, como era conhecido através das contas da Sociedade, os cinco por cento de solidariedade ou a comissão de intermediação."

Mas não diz qual o valor a que correspondem os 40 milhões líquidos. Porquê?

Se tivessem dito que correspondem a 60 milhões oficialmente estaria tudo desvendado.

E o mistério continua.

Pelo menos, há um reconhecimento oficial que os 40 milhões são líquidos. Ou será que se pode mentir em comunicados com a CMVM atenta? Não me parece.

Alexandre Burmester disse...

Portanto, caro Meireles, posso concluir que, quando o FCP deu 5,5 M de euros pela metade do passe de um perfeito desconhecido, que o Figger tinha adquirido no Japão por dez réis de mel coado, você aplaudiu e logo lhe anteviu grande futuro?

Anónimo disse...

A cláusula de rescisão é uma cláusula que permite ao jogador rescindir legalmente o contrato sem justa causa.

Imaginemos que não existia a cláusula de rescisão. Um jogador poderia rescindir ilegalmente sem justa causa. Obviamente, teria que pagar uma indemnização mas bem inferior ao valor da cláusula.

Além disso, uma cláusula de rescisão elevada dá uma maior margem de manobra para o clube vendedor. Se a cláusula de rescisão do Hulk fosse 20 milhões iria o Zenit pagar 40 milhões ao FC Porto? Não me parece.

Joao Goncalves disse...

Que dividas a liquidar? Passivo corrente não significa dividas a liquidar até 31/03/12... mal fosse... tal é essa asneira! meu deus que gente tão cega!

Passivo Corrente significa capital em divida, como empréstimos a bancos, fornecedores, passes de jogadores, etc.., que podem muito bem ter uma temporização de 10 anos.

Portanto Hulk não foi vendido para tapar esse buraco... se assim fosse o Benfica com um Passivo Corrente de -400M€ e o Sporting de -300M€ estavam a fechar as portas não?

Contabilidade lido por quem não percebe dá nisto

Alexandre Burmester disse...

Onde o anónimo das 21:57 escreveu "passivo corrente", quereria provavelmente dizer "passivo de curto prazo", e esse, caro João Gonçalves, em termos líquidos, era a 1 de Janeiro de 2012 de cerca de € 100 M, a verdade é essa. E, como sabemos, por "curto-prazo" quer-se significar 12 meses.

Não há como escapar, e basta ler os R&C, que não são coisa assim tão difícil de interpretar, a não ser para leigos preguiçosos, o que não é, claramente, o seu caso.

RBN disse...

O presidente do zenit disse que pagou ao FCP 40 milhões pelo Hulk, que é o que o clube recebeu(ou vai receber) e que está na CMVM...
A pergunta é:onde andam 20 milhões?

Anónimo disse...

João,

Leia o último relatório de contas. Estão bem definidos passivo e activo corrente que neste caso correspondem ao período de 12 meses. Leia e informe-se antes de dizer disparates.

Joao Goncalves disse...

Como é assim tão inteligente então porque não vai ao relatório de contas seu preguiçoso de meia tigela?

Pensa que falo aqui sem saber do que falo como você?

Página 15, passivo corrente, 167M... não é passivo de curto, médio ou longo prazo é passivo corrente que engloba todos tal e qual disse acima e esse passivo corrente não se pode ler simplesmente como abatimento com venda de passes pois existe toda uma panóplia de receitas que irão cair para fazer face aos pagamentos mensais ... tss... tss...

Joao Goncalves disse...

A declaração do FCP foi clara, ao contrário do que querem aqui fazer passar... 85% do passe 40M€ e os outros que se entendam com os restantes valores que como aqui já foi dito foi:
Hulk - 60M
40M para o FCP
9M para o fundo
3M para o fundo de solidariedade fifa
2M para o Hulk e empresário
6M em comissões de intermediação

Joao Goncalves disse...

O que aqui é dito não tem qualquer base em lado nenhum, principalmente na vertente financeira.

É público que o Porto tem 40M€ á haver de credores.

É público que tivemos cerca de 11M€ de mais valias, nas vendas que deveram ir a 8-9M€ depois de descontado tudo.

Agora com as saídas desta época, e acrescentando Hulk, devemos reduzir em cerca de 8M€-10M€ em despesas com pessoal no final da época o que equivale a uma redução muito grande.

É falso que o FC Porto tenha alguma vez ficado a dever algum valor a qualquer jogador de Futebol... ficaram ordenados em atraso nas modalidades, por pertencerem a outra empresa que não o Clube ou a SAD primária, como é o caso do Futebol... questão que ficou resolvida com um empréstimo da SAD à empresa que trata das modalidades, como tem de ser em empresas cotadas em bolsa que não se pode simplesmente transferir o dinheiro sem um processo administrativo por detrás.

Anónimo disse...

Continuo a dizer que 5,5 milhões por 50% do passe do Hulk foi muito caro. Pagou-se 3 vezes mais do que seria razoável.

Da mesma forma, se o Real Madrid tivesse pago 98 milhões pelo Ronaldo quando saiu do sporting, todos diriam que estavam loucos. Hoje ninguém discute o valor da compra ao Manchester.

Há 2 tipos de avaliações dos jogadores: as do momento e as à-posteriori.

E então o Walter? 6 milhões por 75% do passe quando um ano antes Falcao foi contratado por 5,4 milhões por 100% do passe? No momento foi caro e à-posteriori foi muito caro.

Meu caro meireles, capiche?

Alexandre Burmester disse...

A ira, meu caro João Gonçalves, além de ser um pecado mortal, é má conselheira. Li e dei a única interpretação possível.

Miguel Lourenço Pereira disse...

João,

Não é certo. O FC Porto deveu salários, não na totalidade mas alguma percentagem, não a todos os jogadores mas sim a alguns, no plantel de futebol da primeira equipa no final do ano passado!

Alexandre Burmester disse...

http://www.knoow.net/cienceconempr/contabilidade/passivocorrente.htm

Anónimo disse...

João,

9M para o fundo
3M para o fundo de solidariedade fifa
2M para o Hulk e empresário
6M em comissões de intermediação

Esses valores foram apresentados pelo empresário. Valem o que valem. Podem ser reais ou não. E como o Zenit não os confirma e são eles que teoricamente teriam de os pagar, nem você, nem eu poderemos afirmar categoricamente que o valor global da venda se cifrou em 60 milhões.

Se nenhum dos clubes o confirma, esta venda do Hulk por 60 milhões entrará na galeria do "acredite se quiser".

Serão mais de 40 milhões? Não parece haver dúvidas.

Serão 60 milhões? Acredite se quiser.

Joao Goncalves disse...

Isso nunca tive qualquer conhecimento e não foi publico... houve dividas ao Hoquei a e ao Basquetebol pelas dificuldades financeiras das devidas empresas e foram liquidadas com o empréstimo da FC Porto SAD.

Se assim o for então não se entende de maneira nenhuma os quase 30M€ de investimento (que devem rondar os 20M€ com os investidores e não sei quem mais) no Danilo e Alex Sandro e a recompra do Passe do Moutinho assim como a compra de uma parte importante do passe do Hulk.

E ainda menos se compreende a recusa dos 22M€ pelo Álvaro Pereira, portanto existe qualquer coisa estranha ou vamos assumir que os nossos administradores são todos uma cambada de loucos.

Anónimo disse...

Off-topic:

Toni (treinador) no Irão em conferência de imprensa. Imperdível.

http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=1si1x-TckDM

Anónimo disse...

Há gente que fala do que não sabe.

meirelesportuense disse...

E eu relativamente ao Hulk não antevi nada, apenas me coloquei como fico sempre, numa perspectiva positiva.Como agora.
Depois sempre posso avaliar melhor.
A verdade é que o negócio Hulk atingiu segundo é do conhecimento geral os 60 milhões de Euros, se o Porto acaba por arrecadar apenas 40 isso quer dizer que esse é o valor escorrido retirada a escória como acontece nas embalagens de azeitonas...Não quero criticar o que desconheço na plenitude.
A Comunicação Social pegou nos valores que o Porto declarou como ganhos efectivos e tratou de manipular as duas situações para ridicularizar o nPresidente.
Se calhar o Benfica gostaria de poder fazer o mesmo mas não pode ou não pôde...Impostos sobre 40 não representam o mesmo que sobre 60...O problema é que porventura o Benfica tem que descontar tudo nos 40 milhões e não pode fugir a isso, porquê? Talvez porque não teve talento para tal...Vendeu por 40 e assim declarou, o Porto vendeu por 60 mas conseguiu que os encargos extra-Clube fossem carreados fiscalmente para o Zenit!...Por muito que a Bola, a Sic e a TVI digam outras coisas e também o seu contrário...
O que eu critiquei antes, criticarei sempre.
O Porto para mim está primeiro que os nomes, sejam eles quais forem, mas a realidade é insofismável...

RBN disse...

Era simples explicar isto:
Hulk 60M
FC Porto - 40M
Investidor que detinha 15% - 9M
Teodoro Comissão - 6M
Direitos de formação - 3M
Prémios ao Jogador - 2M
O FC Porto recebeu 51M, e pagou o resto das obrigações, ficando com um total liquido de 40M.

Foi a 5ª maior transferência da história do Futebol, em que o FC Porto gera, mais uma vez (!), um valor recorde em Portugal, e isto é o que lhes dói.

É difícil explicar ou perceber isto?

Do bibóporto carago.

Nelson Carvalho disse...

Caro GOD, não recebemos nada. Queira, por favor, enviar-nos novamente o e-mail.

Abraço

Keyser Soze disse...

Já vendemos pela cláusula de rescisão um senhor chamado André Villas-Boas (15 milhões de €). Não é jogador mas sim treinador mas... Cláusula é cláusula, certo?

Cumprimentos a todos.

Silva Pereira disse...

Boa noite,

vai para aqui um ruído que me parece que estão a esquecer o fundamental e até parecem os invejosos da capital, que passaram de campeões da pré-época para campeões das transferências.
O Core business do FCP como o próprio nome indica é o futebol e nisso estamos conversados ninguém no MUNDO tem ostitulos do FCP ponto, o resto é poeira.
Eu revisitei o Rel dos chifrudos e deixem que lhes diga a dívida da SAD 5LB aos bancos é de 280 MILHÔES e em DEZEMBRO LIQUIDA UM DIVIDA OBRIGACIONISTA DE 50 M parece-me que por muita areia que a bolha atira aos ceguinhos talvez se perceba porque das reuniôes com o srº TV

Oque me interessa principalmente´são os titulos desportivos o resto é música para os meus ouvidos.


Silva Pereira disse...

Boa noite,
Resposta ao anónimo das 21:57 se não sabes ler e muito menos ler as demonstrações contabilisticas não digas asneiras, deves ter tirado o curso junto dos paspalhões dos média do regime, para te popar tempo consulta o Rel da SAD do FCP páginas 33 a 35 e preocupa-te com o teu clube, que esse sim tem uma divida a liquidar até 31 Dezembro próxima dos 100 000 000€

Talvez se a estupidez pagasse imposto o déficite do país estava liquidado só em IVA

José Rodrigues disse...

"Eu revisitei o Rel dos chifrudos e deixem que lhes diga a dívida da SAD 5LB aos bancos é de 280 MILHÔES"

Atencao q comparar isso com os cerca de 90 M no caso da nossa SAD e' comparar batatas com bananas.

Isto porque no caso do slb o estadio esta' incorporado na SAD (e por consequencia as dividas geradas pelo dito-cujo), e no caso do FCP nao. Logo para termos algo q seja minimamente comparavel temos q acrescentar o q ainda devemos pela construcao do estadio (nao me lembro ao certo, mas penso que sera' para ai' uns 100M).

Mas sim, o slb (tambem) esta' em fortes apuros, de qualquer forma.

José Rodrigues disse...

Foi aqui perguntado porque e' que o FCP nao comunicou oficialmente o valor total da transferencia (os tais 60M, q tem como unica fonte - nao oficial, claro - o empresario do Hulk, que podera' estar ou nao a dizer a verdade; pessoalmente acredito-me que seja verdade).

Bem, eu acho q o FCP nao tem nada q comunicar isso. Alias acho mesmo q nao pode, porque tudo o q seja a pagar pelo Zenit e' la' com eles - a fazer alguem uma comunicacao oficial, esse alguem sera' o Zenit (mas ja' deu para ver q transparencia nao e' com eles).

José Rodrigues disse...

Ja' agora, a grande pergunta e' porque e' q desta feita foi o Zenit a arcar com despesas q normalmente somos nos a arcar/distribuir.

Foi avancado o argumento dos impostos; bem, isso comigo nao cola, a nao ser q me expliquem direitinho a logica. E' q com Falcao tal como na esmagadora maioria das vendas costuma ser ao contrario.

Obviamente a SAD nao acordou para isso agora, nao tendo reparado anteriormente nesse beneficio, e nao existem nenhuns impostos diferentes em Portugal quando se vende para Espanha ou para a Russia (ou para a Conchinchina).

Anónimo disse...

Alias acho mesmo q nao pode, porque tudo o q seja a pagar pelo Zenit e' la' com eles - a fazer alguem uma comunicacao oficial, esse alguem sera' o Zenit (mas ja' deu para ver q transparencia nao e' com eles).
--
Oh J.Rodrigues provavelmente os russos terão o seu interesse em apresentar o negocio assim.
E o FCP respeita.
São negocios e há muita gente, alguns, até neste momento fazem-se passar por portistas ( a net e serve para todo o tipo de estrategias) que nem um quiosque dirigiu.

D.Pedro disse...

04/09/2012
O Tarzan

Rui Gomes da Silva, vice-presidente do Sport Lisboa e Benfica e administrador da SAD, pediu ontem no programa Dia Seguinte, da SIC Notícias, que fosse tornado público o contrato de transferência de Hulk para o Zenit, porque o “presidente do FC Porto tinha dito que não venderia por menos de 50 milhões e afinal vendeu por 40”.

Os 40 milhões líquidos que o FC Porto encaixa correspondem a substancialmente mais, porque aí não estão incluídos os 15% que pertenciam a um investidor, como era conhecido através das contas da Sociedade, os cinco por cento de solidariedade ou a comissão de intermediação.

Mas, por uma questão de reciprocidade, fica o repto ao Benfica para tornar público o contrato de transferência de Witsel, para se saber se foi paga comissão de intermediação, quem paga o mecanismo de solidariedade e quanto pertencia a uma terceira parte, a título de mais-valias.

É também por sucessivos disparates como este que nos corredores da Luz já é conhecido como Rui Gomes da Selva.
_________

Para mim este comunicado do FCP, chega e é bem claro a falar em valores liquidos.
O FCP é um clube auditado e as finanças como alguém disse passam a vida a visitar-nos...
Cada um que acredite no quiser.
Alguns parecem acreditar "na intoxicação social murmelha".OK...

miguel87 disse...

Sugiro uma proposta para a próxima assembleia geral do clube:
alteração da denominação do clube de FCP-Futebol Clube do Porto para CCP-Contabilidade Clube do Porto!
Já estou a ver o Atsu de fato e gravata a correr isolado para a CMVM anunciar uma venda milionária! Ou o Maicon de camisa branca de suspensórios a entrar de carrinho a um emissário do Tottenham com uma mala cheia de libras!

Anónimo disse...

Meireles,

O conhecimento geral dos 60 milhões é apenas do empresário. Nenhum dos clubes confirmou esse valor. E quase toda a gente portista quis assumir que esse é o verdadeiro. É um caso claro de «wishful thinking». Querem todos acreditar que 60 milhões é o valor real. Dá jeito. Como dá jeito pensar que afinal os 40 milhões do witsel afinal são 26 milhões porque o JN o diz. Outro caso de «wishful thinking».

Não sei onde está verdade, mas estará por aí algures.

Anónimo disse...

Meireles,

E por que será que na venda do Falcao ao Atlético de Madrid a SAD declarou os 40 milhões e não apenas o valor líquido da venda que se cifrou em pouco mais de 20 milhões «retirada toda a escória»? Faltou talento?

Impostos sobre 40 milhões não representam o mesmo que sobre 20.

Luchugo disse...

Para quem tem dúvidas sobre a diferença entre transferência e rescisão através de cláusula contratual aconselho a informarem-se sobre a situação de Javi Martinez que assinou pelo Bayern Munique à revelia do Atletico Bilbao. Resumindo o próprio jogador é que tem de depositar na conta do clube o valor estipulado na cláusula. Neste caso Marrtinez não quer fazer isso porque incorre num pagameto de imposto sobre essa maquia...

Anónimo disse...

sinceramente vendemos um jogador que contribuiu para três campeonatos e um título europeu

vendemos por uma pipa de massa.

e anda tudo nervoso

não entendo...

há uma corrente clara de má vontade que anda a fazer o enterro à SAD desde 1999...

e para isso tudo serve. mesmo uma venda que em teoria permite um encaixe de 40 milhões de euros... num jogador que veio da segunda divisão japonesa

se não fosse triste era cómico
---
Concordo

agostinhop disse...

Preparar o futuro do clube passa acima de tudo por equilibrar as contas do clube, pois temos que a hegemonia dos ultimos 25 ou 30 anos, possa ser abalada pelas dificuldades financeiras que atravessamos e das quais o exemplo mais paradigmático, foi a extinção da equipa de basket, recentemente campeã. Muito ajuda poder fazer bons negócios como este de Hulk todos os anos. Precisamos de manter aberto esse filão, pois se ele falhar, tudo se complica.

Anónimo disse...

Em 25/08/2008, o FC Porto comprou 50% do passe do Hulk por 5,5 milhões ao Clube Atlético Rentistas.

Em 13/05/2011, o FC Porto comprou mais 40% do passe do Hulk por 13,5 milhões ao Clube Atlético Rentistas.

Os restantes 15%, supostamente, pertencem/pertenciam ao Clube Atlético Rentistas.

Escusado será dizer que o Hulk nunca lá jogou, tal como o Walter que também foi comprado ao Clube Atlético Rentistas por 6 milhões por 75% do passe e nunca lá jogou.

A quem pertence o Clube Atlético Rentistas?

O Juan Figger deve saber a resposta.

E quem é o Juan Figger? Um amigo que já na década de 80 e 90 tinha negociado os jogadores Casagrande, Elói e Paulinho César para o FC Porto.

E por que motivo o comité disciplina da FIFA andou este ano a investigar os negócios do Figger, incluindo, naturalmente, as transferências do Hulk e do Walter?

O Juan Figger também deve saber a resposta.

Franco Baresi disse...

Algumas pistas:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Juan_Figer

Manuel disse...

Vamos supor que de facto o Porto recebe 40M€ líquidos a serem pagos em 3 anos, 36 meses. O Hulk custou 22M€ já com comissões, pelo que o lucro líquido do negócio, sem as remunerações, fica em 18M€. Fácil, não é?

No caso do Witsel, porque o Zenit obrigou o Benfica a vender batendo a cláusula, os 40M€ são líquidos pagos a pronto, e todos os outros custos ficam a cargo de quem bateu a cláusula e forçou o negócio, o Zenit. Para além disso e porque não deram 48 horas de lei antes de baterem a cláusula, existem ainda 6M€ negociados de objectivos.

Portanto, o Witsel custou 7,5M€ há um ano pelo que o lucro é de 32,5M€ num ano. De longe, o melhor negócio alguma vez feito em Portugal.

Franco Baresi disse...

Mais uma "matéria" interessante:
http://placar.abril.com.br/materias/os-cinco-donos-do-jogo.html?print=true&post_id=85472
Notar um dos clubes "barriga de aluguel" do empresário Kia Joorabchian (no "infográfico" "O Jogo da Estratégia")...

Anónimo disse...

No relatório de contas de 2008/09, está indicado que detínhamos 50% do passe de Hulk em 30.06.09 com o fim de contrato para Junho de 2013.

No relatório de contas de 2009/10, está indicado que detínhamos 45% do passe de Hulk em 30.06.10 com o fim de contrato para Junho de 2014 e que detínhamos 50% do passe de Hulk em 30.06.09 com o fim de contrato para Junho de 2013. O que até contraditório com o relatório anterior. Os 5% do passe que "desapareceram" não são explicados no relatório.

No relatório de contas de 2010/11, está indicado que detínhamos 85% do passe de Hulk em 30.06.11 com o fim de contrato para Junho de 2016.

No relatório de contas de 1º trimestre de 201/12, está indicado que detínhamos 85% do passe de Hulk em 30.12.11 com o fim de contrato para Junho de 2016. Finalmente, aparece a tal alínea a) que diz que "Para além da percentagem de passe do jogador detida por terceiros, a FCP SAD comprometeu-se ainda a entregar o montante equivalente a 5% de uma receita líquida futura ao agente do jogador."

Anónimo disse...

Retirado do site oficial do Zenit:

"— Please tell us about the financial side of the contract, since various sources have named differing figures.
— Hulk`s transfer was made under advantageous conditions for Zenit. Our total payment of 40 million Euros will be distributed over three years, and there is no need to increase our budget currently. Furthermore, we`re going to make our payment from Zenit`s own income, including earnings in the Champions League, rather than from any funds of the group of gas companies.

It was a matter of principle for us to sign Hulk under the same conditions as we signed Danny in 2008. We bought Danny for 30 million Euros for a period of 4 years, and we signed Hulk for 40 million for a period of five years, so the sum per year is approximately the same. The personal contracts of the two players are also identical. The information about Hulk`s contract that several media outlets published recently is not true. It`s not out of the question that these false news reports were published in the interest of agents who can use them to cover their positions, and ask for artificially high sums, thereby explaining to managers of other Russian clubs why one or another player couldn`t be purchased."

http://en.fc-zenit.ru/main/news/ct3/56047.html

Luís Negroni disse...

Tentar decifrar o negocio Hulk...Pinto da Costa soltou uma fanfarronada, ha uma semana - onde sobressaiam 50 milhoes de euros - quando julgou que ia haver negocio Moutinho e nao ia haver necessidade de negocio Hulk; Entretanto, o negocio Moutinho gorou-se - diz-se que por causa de detalhes burocraticos de ultima hora - e voltou a haver necessidade do negocio Hulk; O Zenit nao foi alem dos 50 milhoes de euros; O negocio era absolutamente necessario; O conselho de administraçao da SAD do FCPorto nao podia fazer perder a face ao seu pressidente; Assim sendo, tivemos, em vez de qualquer coisa do genero "A Futebol Clube do Porto – Futebol, SAD, nos termos do artigo 248º nº1 do Código dos Valores Mobiliários, vem informar o mercado que chegou a um acordo com o FC Zenit São Petersburgo para a cedência, a título definitivo, dos direitos de inscrição desportiva do jogador profissional de futebol Givanildo Vieira de Souza, mais conhecido como Hulk, pelo valor de 50.000.000 € (cinquenta milhões de euros)", o comunicado sui generis que tivemos, que evita que la conste 50 milhoes de euros, mas que basta le-lo e fazer contas simples para se concluir que o negocio global foi de 50 milhoes. Entretanto - numa manobra de diversao tambem ela visando o salvar da face do nosso presidente - o empresario de Hulk fez o jeito de vir a publico falar num negocio de 60 milhoes de euros, precisando os pormenores. Pinto da Costa, muito oportunamente, teve de efectuar uma intervençao cirurgica delicada - que teria sempre de fazer mas que foi grande coincidencia ter sido feita na altura em que foi - que o livrou de ter de dizer ou deixar de dizer qualquer coisa a respeito deste negocio.

Off-Topic
"O clube devia desenhar um plano de presente e futuro para fazer, de uma vez por todas, do FC Porto um clube de Quartos de Champions.
Se não chegamos lá todos os anos, paciência, haverá justificações para isso, tanto financeiras como desportivas. Mas devemos ambicioná-lo, devemos trabalhar para isso. APOEL, Benfica, Shaktar, Bordeaux, O. Lyon, Fenerbache, PSV e Villareal são equipas que o lograram nas edições posteriores ao nosso titulo europeu."

Escreve-se cada coisa! O Porto falhou nas ultimas 5 possiveis passagens aos oitavos, uma, o slb falhou 4, ha la comparaçao possivel!? E quem e o Apoel, cujo palmares na CL se reduz ao que fez na epoca passada? E quem e o Villareal, nao e uma equipa que desceu a 2ª divisao espanhola e se fartou de encaixar goleadas na CL? Dizer que estas equipas fizeram qualquer coisa que o Porto nao fez ja em dobro ou em triplo, e de bradar aos ceus. O Porto ja fez muito mais na CL que todas estas equipas juntas, inclusive ganha-la, coisa que nenhuma das equipas apontadas sabe o que e.

Anónimo disse...

Será mesmo verdade que?

1. O treinador principal do FCPorto, Co Adriaanse, foi castigado pelo Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) com uma suspensão de 15 dias por ter gritado "É falta!".

2. O treinador do Benfica, Jorge Jesus, foi suspenso 15 dias pelo Conselho de Disciplina da Federação. Em causa estão estas «afirmações proferidas após o final do jogo nº 12105», entre Benfica e FC Porto, na Luz, e que culminou com o triunfo azul e branco por 3-2, na 21ª jornada da liga 2011/12.
Jorge Jesus foi suspenso por duas semanas e multado em 1500 euros, na sequência de uma queixa do árbitro assistente Ricardo Santos, que auxiliou Pedro Proença nesse clássico da Luz. Ricardo Santos foi o visado pelas críticas do treinador do Benfica, que protestou o lance do terceiro golo portista, apontado por Maicon. Devido à paragem do campeonato para os compromissos da seleção e da Taça de Portugal, Jorge Jesus não perde qualquer encontro da equipa encarnada.



Não posso acreditar que isto seja verdade.

AB disse...

Na mesma época, e não noutra das calendas, o treinador VP diz que querem levar ao coo a outra equipa e não recebe castigo nenhum.

Eu também "Não posso acreditar que isto seja verdade."

Luís Negroni disse...

Pois, e os 12 milhoes que o Jorge Mendes recebeu por fora? E o que foi parar aos bolsos de quem detinha 20% do passe? Os adeptos do slb sao campeoes em desonestidade intelectual

Miguel Lourenço Pereira disse...

Luis,

Desde que vencemos a Champions League só fomos 1 vez - UMA - aos Quartos de Final da Champions League. Foi em 2008/09. O Benfica foi duas, o Villareal foi a uma meia-final e apesar de ter descido de divisão este ano é um clube com um passivo de 10 milhões de euros, não de 200, desenhado para ser auto-sustentável. E se o APOEL aparece é, precisamente, para ressalvar que impossible is nothing.

Eu não digo que o FC Porto tem de estar TODOS OS ANOS nos Quartos. O que digo é que tem condições a todos os niveis para ser equipa de Quartos e que esse objectivo devia ser público e interiorizado pela equipa. Depois, ano a ano, veriamos como corriamos as coisas. Entendido?

Mário Faria disse...

"…. 40 milhões é o que chega ao FC Porto, é com 40 milhões que vamos ter de começar a pensar..... Ainda não sei se desse valor terão de sair comissões, velhas promessas ao jogador e ao agente, e a percentagem fundo de solidariedade…. O negócio realizado in extremis é um grande negócio financeiro, um mau negócio desportivo…"

Caro Miguel se o FCP SAD vendeu o Hulk por 40m€ e se desconhece se desse bolo (40m€) ainda temos de retirar o valor das comissões, dos prémios ao jogador e ao agente e a percentagem do fundo de solidariedade, então não poderemos concluir que é um grande negócio financeiro (como fez) porque lhe falta esclarecer demasiadas dúvidas e que se intrometem nessa avaliação. Diria, que os 40m€, não líquidos desse custos, não compensavam o prejuízo desportivo, e que só se explicaria esta alienação, nessas circunstâncias, numa situação de extrema necessidade. E, isso, seria muito mais preocupante que a saída do HulK, pois significaria que a capacidade de solver os nossos compromissos de curto prazo está no limite e obriga a medidas extraordinárias que passariam não por comprar em Janeiro, mas para vender mais algumas joias da coroa, na abertura do mercado.

Mário Faria disse...

"…. na base estava a necessidade urgente da SAD em fazer dinheiro com os seus melhores activos….."

A SAD só realizará “dinheiro” com a venda dos melhores activos. No actual plantel já não sobram muitos. Mas, temos muita rapaziada com potencial que podem ser cobiçados e garantir algumas mais valias interessantes, a médio prazo. James à cabeça. Mas deve-se cortar as despesas e ser tão selectivo na aquisição de jogadores como foi esta época, pelos menos para já.

"….espero que se tenha no clube a consciência de que não há outro Hulk…."

Não há Hulk e espero que não se tente comprar um sósia, porque como disse o Miguel não há outro igual. O FCP tem que viver com o que tem e o treinador tentar optimizar o rendimento dos que ficam. Se James for mais regular (bom é ele) , se Varela atingir o seu melhor nível, se Atsu continuar a crescer e Kelvin complementar a sua capacidade de desequilibrar com uma integração tática mais consistente, então podemos estar optimistas. Mas, é preciso que tuco corra bem. E quem o pode garantir ?

"… que é com o que temos que o navio tem de chegar a bom porto…..O clube devia desenhar um plano de presente e futuro para fazer, de uma vez por todas, do FC Porto um clube de Quartos de Champions..."

Não me parece que estes dois objectivos sejam afins. Chegar a um bom porto nesta hora de incerteza já é suficiente. Na minha perspectiva, ser campeão e, logo a seguir, chegar à CL são os objectivos primários. Depois, tudo o que vier por acréscimo é lucro e quanto mais melhor. Não é realista , insisto na minha opinião, pedir mais e não há desenhos nem planos que possam garantir, neste momento, a passagem aos quartos de final da CL . Serviria para compor o orçamento e uma forma de responsabilizar quem se obrigou a considerá-lo como meta, ainda que não tenha condições para tal. Pode ocorrer que os jogadores do actual plantel se valorizem tanto quanto Hulk ou Falcãso no FCP, pode acontecer que o FCP compre “barato” e transforme os atletas em vedetas rapidamente, mas não é credível que isso venha a ocorrer.
Se tudo correr de forma perfeita, podemos ajustar a nossa ambição. Neste momento, cabe-me ser comedido e pedir o possível.

Miguel Lourenço Pereira disse...

Mário,

Creio que ainda estamos todos um pouco na mesma posição de não saber realmente de que números se compõe a operação. A minha suposição de 40 milhões de lucros advém de uma primeira análise mas não excluo de todo que desse valor ainda seja necessário retirar a sangria habitual, o que faria deste negócio algo ainda mais problemático. Agora não tenho dúvidas que Hulk sai porque não há outro remédio, porque as finanças estão mal e porque seja por 30, 40 ou 50, o FCP perdeu a margem de manobra para dizer que não a nada.

Miguel Lourenço Pereira disse...

Mário,

1) Sem dúvida, esse é o caminho!

2) Será dificil exigir tanto de jogadores tão novos como o Kelvin, o Atsu e até mesmo o James, sem uma referência como era o Hulk. E mais ainda num treinador que não convence. Veremos.

3) A situação actual advém de erros gravissimos de gestão dos últimos anos de um clube que vendeu jogadores por cerca de 500 milhões de euros desde 2002 e que mesmo assim tem um passivo enorme para a realidade do futebol português. Esse caminho devia ter sido assumido junto com os gastos realizados e não foi. Agora será mais dificil e acredito que a prioridade seja a solvência financeira. Mas não pode ser uma ideia que o portista perca porque a ambição fez deste clube o que ele é, um dos maiores da Europa!

Luís Negroni disse...

Miguel,

O slb foi duas, e um facto, mas tambem foram as duas unicas vezes que passou a fase de grupos, desde que o Porto venceu a CL. O Porto, mesmo com 2 anos maus, passou 5 e ainda ganhou uma Liga Europa e uma Taça Intercontinental para compor o ramalhete. Quem esteve melhor? Quem ganhou trofeus, passou 5 fases de grupos, mesmo que so com uma ida aos quartos da CL, ou quem nao ganhou nada, passou apenas duas fases de grupos e ainda fez campanhas miseraveis na europa, como nao me lembro de ver fazer ao Porto, como e o caso daquela (epoca Quique Flores) em que fizeram apenas 1(UM) ponto na fase de grupos da Taça Uefa/Liga Europa?

Miguel Lourenço Pereira disse...

Luis,

Eu não disse que o Benfica esteve melhor do que nós. O que eu disse foi que, desde que ganhamos a Champions, só voltamos uma vez aos Quartos. É o pior registo de uma equipa campeã europeia de sempre em tantos anos desde o triunfo desde que começou a Champions. Aliás, não quero que esta discussão seja clubistica porque não faz sentido, dei vários exemplos, incluindo o Benfica, não só.

Aqui a questão está em saber o que quer ser o clube. O senhor da liga portuguesa, como temos sido sem grandes problemas nos últimos 30 anos, ou uma equipa respeitada na Europa? Porque para isso temos de ser uma equipa com melhores prestações Champions e isso implica estar algumas vezes nos Quartos e uma que outra meia-final. Já nem falo em finais porque não é ser realista!

PS: A Europe League para mim não conta. Não só porque é uma clara segunda divisão europeia como se tem visto e também porque espero não voltar lá tão cedo!

Nightwish disse...

Resta saber o valor legal dessas clausas milionárias...

meirelesportuense disse...

Nem sempre os negócios se realizam da mesma forma...Mas para mim não tem muita discussão, quem quer ganhar esta guerra que a leve até onde quiser...Uma coisa é certa, mesmo que o Porto tivesse realizado apenas 40 Milhões isso referia-se a 85% do valor total do passe, o que sem lhe acrescentar nada mais, atira as coisas na totalidade para 47 milhões...O 1º lugar no pódium está garantido.
Querem ganhar outra vez na secretaria?

Pedro Albuquerque disse...

http://web3.cmvm.pt/sdi2004/emitentes/docs/fsd0436.pdf

Vendemos o Jardel ao Galatasaray pela Cláusula.

Anónimo disse...

A lampionagem agora anda muito por estes lados.
Fazem uma vez na vida um negócio razoável e parecem logo perus!
Felizmente daqui a uns meses nós vamos ao galinheiro rebaixá-los ao estatuto habitual de pintaínhos.

Tibério Sousa disse...

Caro Miguel Lourenço,

Parece-lhe normal o empresário do Hulk apresentar os contornos do negócio antes mesmo da SAD comunicar a venda do Hulk à CMVM?

Lembra-se de algum negócio do FC Porto em o que empresário veio explicar quem ficava com o quê respeitante a uma venda?

Está a imaginar o Jorge Mendes a explicar, antes mesmo da SAD anunciar a venda do Falcao, que afinal a venda líquida do Falcao eram 20 milhões num negócio de 40? O impacto desta hipotética situação na altura da venda seria o mesmo que se verificou passados uns meses quando que se tornou público o relatório de contas?

Concorda ou não que a explicação do empresário - que não a tinha de a fazer, nem isso lhe competia, muito menos antes da SAD comunicar à CMVM - deu cá um jeitaço à SAD?

Imaginemos que o empresário não tinha dito nada. O que seria quando a SAD comunicou a venda por 40 milhões? Seria a gargalhada geral do país.

Acha ou não que a explicação do empresário foi concertada com a SAD para preparar terreno para os 40 milhões?

Manuel disse...

Tu leste bem o que escrevi? Eu escrevi, "E TODOS OS OUTROS CUSTOS FICAM A CARGO DE QUEM BATEU A CLÁUSULA".
O que é que o Jorge Mendes tenha a receber é sempre pago pelo Zenit, que foi quem forçou o negócio. O Benfica foi obrigado a vender, embora o não quisesse.

O Benfica detinha 100% do passe do Witsel!

Era do Javi que o Benfica detinha apenas 80%, com os outros a pertencerem ao Fundo de que o Benfica também é dono e de que tinha já recebido 2,8M€.

AB disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Miguel Lourenço Pereira disse...

Tibério,

Ainda há uma zona cinzenta muito grande neste caso.

No entanto, a actuação do agente de Hulk não é de todo inocente. A actuação dos agentes nunca o é. Se o fez em concluio com a SAD é perfeitamente possível, não é o mesmo vender à imprensa um negócio de 60 ou 40 milhões. Mas, sinceramente, a mim não me importa se o Zenit comprou a percentagem do fundo e arcou com os custos ou não. O que me importa saber é se é o FC Porto quem vai pagar os gastos de comissão, o prémio pendente ao jogador e ao agente pela renovação e o fundo de solidariedade.

Se assim seja, o negócio é bastante pior do que se pinta actualmente. Caso tenham sido gastos a cargo do Zenit, continua a ser um negócio nos mesmos moldes. O que me parece inequivoco - e muito sério - é que em ambos os casos o clube vendeu porque não tinha outra hipótese. Porque não há dinheiro nas arcas para salarios, para pagar o empréstimo obrigacionista e para sobreviver.

E isso, mais do que qualquer jogador, é o que mais me preocupa neste momento, por muita falta que nos faça Hulk!

Nightwish disse...

Qualquer pessoa que já tenha passado por uma auditoria sabe que é uma brincadeira enganar aquilo...

Luís Negroni disse...

Santa Ignorancia (ou Pura Ma Fe, va-se la saber)! Mas qual custos a cargo de quem bateu a clausula? Mas qual clausula? Uma coisa e a clausula ser exercida, outra coisa, bem diferente, e vender-se de forma negociada, pelo valor da clausula de rescisao, como esta, alias, explicito no comunicado do clube do regime a CMVM. O slb vendeu, porque quis, porque precisa, pura e simplesmente.

E dos 40 milhoes, vai ser tirado tudinho o que houver para tirar: Comissoes, direitos de formaçao, etc..

Luís Negroni disse...

Ainda nao consegui perceber porque e que os adeptos do slb brandem as declaraçoes dos responsaveis do Zenit como se brandissem as tabuas da lei. O comunicado do Porto a CMVM fala em 40 milhoes, as declaraçoes do presidente do Zenit tambem. O mesmo presidente do Zenit, em momento algum diz que foram 40 milhoes por 100 ou 85 ou 60% ou outra qualquer percentagem do passe. Tambem nao diz, em momento nenhum, que o Zenit nao vai pagar os 5% dos direitos de formaçao nem os vulgares 10% de comissao de intermediaçao. Onde e que estao as contradiçoes entre o que diz o Porto e o que diz o Zenit?

Contradiçao, ostensiva, so entre o que diz um alto responsavel do Zenit quando afirma que Witsel sera pago em duas tranches ate 2013 e o que a comunicaçao social portuguesa vermelha mentirosa diz quando faz passar a ideia de que foi accionada a clausula de rescisao (Sera que nao leram sequer o comunicado do seu - deles - querido slb?). Disso e que os adeptos do glorioso clube do regime deviam fazer copy and paste.