segunda-feira, 22 de outubro de 2012

As contas das últimas 5 épocas

O quadro seguinte foi construído com base em comunicados oficiais dos resultados consolidados da FC Porto Futebol SAD e contém os valores das últimas cinco épocas, bem como, a projeção - Orçamento - que a Administração da SAD fez para a época atual (2012/13).

(clicar na imagem para a ampliar)


Os números falam por si mas, por serem bastante significativos, chamo à atenção para a evolução de 2007/08 a 2011/12, nos valores das seguintes rubricas:
- Fornecimentos e Serviços Externos
- Custos com Pessoal
- Amortizações e perdas de imparidade com passes de jogadores
- Resultado (custos) Financeiro

Sob pena do futuro da FC Porto SAD estar em risco, parece-me evidente que é preciso arrepiar caminho e travar a fundo nesta espiral de custos. O orçamento para a época 2012/13, que irá ser apresentado na próxima AG da SAD, é um sinal nesse sentido. Veremos se, ao contrário do orçamento para a época 2011/12, este irá ser cumprido.

Nota: No caso de detectarem algum erro no quadro, agradeço que o comuniquem na caixa de comentários ou através do e-mail do blogue.

52 comentários:

Donnie Darko disse...

Boas,

só umas duvidas:

- mechandising para 2012/13 está em branco. Será erro? Eu já comprei as duas camisolas desta época. já dá uns 160 euritos...

- A quebra de bilheteira está relacionada com o aumento do Iva, certo?

- A publicidade e sponsorização não têm uma queda anormal mesmo considerando a conjuntura?

- Corporate Hospitality? diz respeito ao quê ao certo? e já agora o porquê da queda acentuada.

- A diminuição dos FSE's não parece utópica?

- A venda do Hulk e Palito ficam ainda aquém do orçamentado para transações de jogadores. Quanto é que precisamos mais?

Abraços e Obrigado

PS: só por curiosidade, as comissões pagas estão incluidas nos custos com pessoal ou nos FSE's ?

Rui Fernandes disse...

Boa Tarde

muito obrigado pelo vosso trabalho fico a saber muito mais do nosso clube, em relação ás contas parece-me que temos de arrepiar caminho,aliás esse caminho está a ser feito já este ano com poucas contratações,menos custos com salários, compra de jogadores muito jovens,permanencia de outros jogadores que noutros tempos eram emprestados...comissões a empresários é um pau de dois bicos, porque se não oferecemos boas comissões e bons ordenados alguns jogadores não teriam vindo, lembro a guerra que foi o Falcão,Alvaro Pereira,C.Rodriguez, o próprio J.Rodriguez fora aqueles que nada sabemos,e isso acarreta muito custo mas por outro lado tem dado grandes alegrias...bilheteira está descer por causa da crise deste ano e do próximo, mas a nossa equipa tem culpa na descida dos proveitos na bilheteria,tem de começar a jogar de forma mais apelativa,as pessoas pagam para ver também um bom espetáculo e isso demasiadas vezes não acontece.

Zefansa disse...

Tambem não percebo como podem projectar um FSE de metade do gasto este ano, seria excelente mas surgiria a duvida da razão pela qual se teria pago este ano tanto se se podia reduzir desta maneira.

Pelo que se percebe e estando projectado receitas com passes de jogadores de 59M de euros e tendo já sido realizado 40 do hulk e mais 5M de pereira aproximadamente ainda serão precisos 13M de mais valias o que implica pelo menos 2 jogadores vendidos.

Os nossos custos com o pessoal estão a um nivel muito elevados. Não sei se já alguma vez aqui no blog analisaram a rubica dos custos do pessoal na perspectiva do dinheiro gasto em tecnicos e administrativos http://milfotos.org/images/e16cbecb9ce1fe0af6e6dc6e0ae3f8a4.png coloco esta tabela referente á epoca de 2009/2010 dado que no ultimo Relatorio nao aparece. 10,4M se retirarmos o valor aufeido pela equipa tecnica principal á data de jesualdo e colocarmos o valor em 2M de euros, seriam gastos nos restantes tecnicos e administrativos 8M de euros, sendo que se gastava 28M com salarios de jogadores parece-me um valor astronómico.

José Correia disse...

mechandising para 2012/13 está em branco. Será erro?

A informação que consta da coluna 2012/13 foi extraída do quadro com a proposta de Orçamento de Exploração para o exercício de 2012/2013 (Ponto 5 da Ordem de Trabalhos da AG da SAD convocada para o dia 8 de Novembro).

O documento em questão pode ser consultado/obtido em:
http://web3.cmvm.pt/sdi2004/emitentes/docs/CONV41835.pdf

José Correia disse...

A quebra de bilheteira está relacionada com o aumento do IVA, certo?

Talvez. Contudo, nesta rubrica, o problema principal deve ser a diminuição no número de dragon seats vendidos, bem como, a notória baixa nas assistências aos jogos.

José Correia disse...

A publicidade e sponsorização não têm uma queda anormal mesmo considerando a conjuntura?

Penso que não. Esta é uma das áreas em que o impacto da crise e baixa do consumo privado se faz sentir com maior intensidade. E a quebra só não será maior porque o FC Porto tem contratos pluri-anuais que (ainda) estão em vigor.

Anónimo disse...

Lamento, mas do quadro não se pode extrair grande leitura, exceto que há grandes incoerências resultantes de critérios diversos utilizados nos diferentes anos, aliás explicados nos relatórios, como, por exemplo,as que resultam da criação da FCP-Serviços Partilhados.

José Correia disse...

há grandes incoerências resultantes de critérios diversos utilizados nos diferentes anos

Conforme é dito no artigo, o quadro foi construído com base em comunicados oficiais dos resultados consolidados da FC Porto Futebol SAD, os quais podem ser consultados no website da CMVM.
Se existem grandes incoerências (quais?), a responsabilidade é da Administração da FC Porto SAD.

Duarte disse...

José Correia, já foram divulgados o número de Dragon Seats vendidos este ano? E se sim, qual foi a diferença para o ano passado (se é que houve)?

Muito obrigado.

Mário Faria disse...

Comparando a distribuição das rúbricas do orçamento com os valores do relatório, verifiquei que as transferências têm um desvio para -31.795m€ e as amortizações um desvio para +2.727m€. Está aqui a explicação do prejuízo, se não me enganei nas contas.
A dimensão de tal diferença decorre, a meu ver, das altas expectativas que a SAD tinha de vender Hulk a tempo e por um preço bem superior aos 40m€.
Acontece aos melhores e aos construtores de castelos na

José Correia disse...

mechandising para 2012/13 está em branco. Será erro? Eu já comprei as duas camisolas desta época. já dá uns 160 euritos...

Uma possível explicação é o merchandising (receitas e custos) ter sido cedido a uma outra empresa do Grupo FC Porto.

José Correia disse...

como podem projectar um FSE de metade do gasto este ano, seria excelente mas surgiria a duvida da razão pela qual se teria pago este ano tanto se se podia reduzir desta maneira

Uma possível explicação é as comissões irem baixar
substancialmente na época 2012/13 (isto partindo do princípio que as comissões são incluídas na rubrica FSE's).

José Correia disse...

tendo já sido realizado 40 do hulk e mais 5M de pereira aproximadamente ainda serão precisos 13M de mais valias o que implica pelo menos 2 jogadores vendidos

Depende do(s) jogador(es) que for(em) vendido(s). Se, por exemplo, em Janeiro o Rolando saísse do FC Porto num negócio semelhante ao do Guarín (1,5 ME + 10 ME), o orçamento 2012/13, no que a esta rubrica diz respeito, ficaria praticamente cumprido (recordo que as vendas de Janko e de Belluschi também irão entrar neste exercício).

Anónimo disse...

Há um problema na comparação dos valores do R&C com o orçamento.

Para os valores do histórico foi utilizado o R&C consolidado, mas o orçamento apresentado é o individual. Assim sendo para comparar com esse orçamento - uma vez que é o único existente - ter-se-á de refazer o quadro com os valores do R&C individual da SAD.

Só assim é que este quadro faz sentido.

Daí o merchandising não aparecer no orçamento, uma vez que isso está na porto comercial e não na SAD. Os valores do FSE aproximam-se. Assim como o Corporate Hospitality.

Depois é verdade que existem diferenças na forma de contabilizar determinadas verbas ao longo dos anos, que levam a discrepâncias, mas ao contrário do que diz o anónimo das 20:35 não são assim tão impeditivas de fazer uma análise global.

José Correia disse...

No texto do artigo está escrito o seguinte:
«O quadro seguinte foi construído com base em comunicados oficiais dos resultados consolidados da FC Porto Futebol SAD e contém os valores das últimas cinco épocas, bem como, a projeção - Orçamento - que a Administração da SAD fez para a época atual (2012/13). (...)
chamo à atenção para a evolução de 2007/08 a 2011/12, nos valores das seguintes rubricas»

Ou seja, a evolução de 2007/08 a 2011/12 é toda ela feita com base em quadros oficiais de resultados consolidados.

Anónimo disse...

Sim, é verdade que estão previstos 59M de mais valias com passes de jogadores.

O Hulk foi vendido por 40 e o AP por 10, mas isto são valores de vendas, para o orçamento contarão só as mais valias, ou seja a estes 50M é preciso subtrair as eventuais comissões e o valor contabilístico. A fazer contas assim por alto deverão render em termos de mais valias qq coisa entre os 30 a 35M.
Assim, para cumprir o orçamento de 59M deverá ser necessário fazer ainda mais uns 25 a 30M de mais valias. Atendendo ao estado do mercado e ao facto de os jogadores mais interessantes para o mercado não serem 100% pertença do FCP. Para cumprir o orçamento será necessário vender pelo menos 2 jogadores - e para estes valores só vejo Moutinho e James. Ou conseguir vender um deles e tentar vender depois 4 ou 5 por valores mais pequenos.

Isto se o orçamento for para levar a sério.

José Correia disse...

Eu não conheço o número de dragon seats que foram vendidos para a época 2012/13, mas a informação que me chegou é que a quebra foi significativa.

Anónimo disse...

Se se comparar só os R&C consolidados essa é uma comparação correcta.

Mas ao incluires a última coluna com o orçamento, a comparação deixa de ser correcta.

Vamos a um exemplo:
Nos FSE para esta época temos o valor de 15.157.740, então temos de comparar este valor com o valor equivalente dos anos anteriores. E esse valor vamos obtê-lo ao R&C individual da SAD e não ao consolidado. Assim vamos comparar esse valor 15.157.740 com:

2011/2012 - 16.984.000 (estes valores estão arredondados)
2010/2011 - 16.775.000
2009/2010 - 14.696.000
2008/2009 - 15.000.000
2007/2008 - 12.600.000

e por aí fora. Este é o exemplo dos FSE, se calhar o item mais crítico. Mas o mesmo exercício deve ser efectuado para os restantes pontos.

Só assim é que faz sentido comparar os valores dos R&C dos últimos 5 anos com o orçamento apresentado para esta época.

José Correia disse...

A maior parte das rubricas dos Proveitos Operacionais são iguais no R&C Consolidado e no R&C Individual da SAD. Exemplos: Bilheteira, TV, Provas UEFA, ...

O mesmo acontece com as rubricas de 'Amortizações e perdas de imparidade com passes' e 'Resultado das transações de passes'.

Contudo, volto a dizer que no artigo eu chamei à atenção para a evolução de 2007/08 a 2011/12, a qual, sem precisar de qualquer comparação com o Orçamento previsto para 2012/13, é por si só elucidativa.

Zefansa disse...

Apenas temos 85% do passe do rolando e como foi dito acima o que está previsto são mais valias, e se saisse por 10+1 daria uns 5-6 M de mais valias, para atingir os 59M tem que sair uma "truta" pelo menos, o ideal seria otamendi se fizer boa epoca...

Anónimo disse...

Eu sei que a maior parte das rubricas são iguais no R&C consolidado e no individual.

Eu sei que a análise da evolução de 2007/08 a 2011/12 é elucidativa.

O que eu chamei à atenção é que depois não se pode comparar esses valores com a coluna do orçamento e isso não é claro nem no quadro nem no texto.

Uma coisa é analisar a evolução passada e se o quadro fosse só isso era perfeito. Objectivo alcançado.

Mas o quadro é mais que isso, tem uma coluna com o orçamento, logo o "normal" é que se comparem esses valores.
Basta ver as dúvidas colocadas, por exemplo, na 1ª resposta ao artigo (pelo Donnie Darko)

- mechandising para 2012/13 está em branco. Será erro? Eu já comprei as duas camisolas desta época. já dá uns 160 euritos...
- - Corporate Hospitality? diz respeito ao quê ao certo? e já agora o porquê da queda acentuada.
- A diminuição dos FSE's não parece utópica?

e porquê estas perguntas?
Não podendo responder pelo Donnie Darko, posso fazer a minha interpretação das dúvidas dele, e para mim faz estas perguntas porque está a comparar os valores do quadro, e quando nos FSE se vê uma diminuição de 35M para 15M, esta é a pergunta óbvia que se retira do quadro.

Quando na realidade o valor de 15M tem de ser comparado com 17M (do R&C individual) e não com 35M (do R&C consolidado).

Ou seja, a SAD prevê reduzir os FSE em 2M e não em 20M. Acho que é significativamente diferente.

E ao distorcer estes números não se dá realce ao verdadeiro ponto do orçamento que é:
- Como vamos fazer 59M de mais valias com jogadores até ao final de Junho de 2013?

Eu posso pôr reticências na capacidade de reduzir 2M aos FSE, mas é um n.º alcançável - cortando aqui e ali.
Agora chegar aos 59M até ao final de Junho em ano em que não há Mundial nem Europeu, só mesmo começando a vender em Janeiro. Senão em Junho ninguém vai comprar, vão arrastar para Julho e Agosto (como aconteceu este ano com o Hulk e o AP) e logo nunca entrarão nas contas desta época.

Duarte disse...

Bom, mas para a próxima época também já estarão contemplados no R&C os valores alcançados com as transferências do Hulk e do AP. Ou seja, já estarão contemplados pelo menos uns 40 milhões, pelo que na prática ficam a faltar "apenas" 19M, não?

Pedro Mota disse...

Não entendo como com saida dos salários de Hulk,Cebola,Pereira,Belushi,Sapunaru,Janko,beto,Kierzek e entrada essencialmente do salario de Jackson Martinez os custos com pessoal da epoca 2011/12 pra o orçamentado pra 2013 só baixa 2,9M de euros??Como é possivel,quando só Hulk ganhava pelo menos 3M por ano..

HULK 11M disse...

Segundo as contas feitas pelo "Anónimo22 de Outubro de 2012 21:43", com as quais eu concordo, "... para cumprir o orçamento de 59M deverá ser necessário fazer ainda mais uns 25 a 30M de mais valias".
Para se obter esse montante de "mais-valias" terá que se conseguir um valor absoluto bem superior em vendas.
Aproveito para dar os parabéns ao "RP" por disponibilizar a discussão deste tema tão importante na vida do nosso FCP.

Carlos disse...

A quebra de bilheteira:
a assistencia face à época 10/11 caiu cerca de 5% para a 1º Liga. adicionalmente a fraca prestação na LC contribuiu para a queda de receita de bilheteira

Carlos disse...

"tendo já sido realizado 40 do hulk e mais 5M de pereira aproximadamente ainda serão precisos 13M de mais valias "

penso que o correcto seria referir 13M de vendas

José Correia disse...

Anónimo das 23:04 disse...
Eu sei que a maior parte das rubricas são iguais no R&C consolidado e no individual.

Estamos de acordo.

José Correia disse...

Anónimo das 23:04 disse...
Eu sei que a análise da evolução de 2007/08 a 2011/12 é elucidativa.

Estamos de acordo.

José Correia disse...

Anónimo das 23:04 disse...
O que eu chamei à atenção é que depois não se pode comparar esses valores com a coluna do orçamento e isso não é claro nem no quadro nem no texto.

Vamos por partes.
1º) O título do artigo é: "As contas das últimas 5 épocas". Ou seja, logo no título é claro qual o focus e o ênfase do artigo.

2º) No texto do artigo é claro que as colunas de 2007/08 a 2011/12 se referem a resultados e a de 2012/13 é uma mera projeção.

3º) No texto do artigo tive o cuidado de referir: "chamo à atenção para a evolução de 2007/08 a 2011/12".

4º) O objetivo de colocar a coluna referente à época 2012/13, foi para dar uma ideia de quais são as intenções da Administração da SAD para a época atual (2012/13), até porque não se podem comparar resultados com projeções.

5º) Foi um lapso meu (e agradeço que o mesmo tenha sido indicado de uma forma civilizada e construtiva) não ter referido que a coluna do Orçamento para a época 2012/13 se refere apenas à SAD e não ao perímetro de consolidação que abrange seis empresas do Grupo FC Porto.

6º) Apesar de, repito, não se poderem comparar resultados com projeções, a introdução da coluna com o Orçamento dá uma ideia da evolução prevista pela Administração da SAD para a época 2012/13, até porque a maior parte das rubricas são iguais no R&C consolidado e no R&C individual da SAD.

José Correia disse...

Anónimo das 23:04 disse...
chegar aos 59M até ao final de Junho em ano em que não há Mundial nem Europeu, só mesmo começando a vender em Janeiro

Nas contas do exercício 2012/13 irão ser incluídas as vendas dos passes dos seguintes jogadores:
- Alvaro Pereira
- Belluschi
- Janko
- Hulk

Qual é o valor das mais-valias globais resultantes destas quatro vendas?
Podemos especular, mas penso que, nesta altura, só a Administração da FC Porto SAD saberá.

Num comentário anterior, eu escrevi que se em Janeiro o Rolando saísse do FC Porto num negócio semelhante ao do Guarín (1,5 ME + 10 ME), o Orçamento 2012/13, no que a esta rubrica diz respeito, ficaria praticamente cumprido. Mas, de facto, é provável que seja insuficiente para atingir os estratosféricos 58,8 MEuros em mais-valias, que a Administração da SAD prevê no orçamento.

Zefansa disse...

"Não entendo como com saida dos salários de Hulk,Cebola,Pereira,Belushi,Sapunaru,Janko,beto,Kierzek e entrada essencialmente do salario de Jackson Martinez os custos com pessoal da epoca 2011/12 pra o orçamentado pra 2013 só baixa 2,9M de euros??Como é possivel,quando só Hulk ganhava pelo menos 3M por ano.."
-----------------------------------------

Existe um prémio que é atribuído pela passagem aos 1/8 da champions tal como um que é atribuido em caso de vitoria no campeonato. Estando prevista a passagem aos 1/8 está tambem incluído esse prémio nos custos com o pessoal.

José Rodrigues disse...

"Qual é o valor das mais-valias globais resultantes destas quatro vendas? Podemos especular, mas penso que, nesta altura, só a Administração da FC Porto SAD saberá."

Nao e' preciso especular muito: a partir do R&C e' possivel determinar esse valor, com um intervalo relativamente apertado.

Antes de mais nada, Belluschi e Janko resultaram nao em mais-valias, mas sim em menos-valias ja' registadas nas contas de 11/12 como "perdas de imparidade", segundo o R&C (ver pag. #54). Ou seja, nao ajuda absolutamente nada.

A venda de Hulk tera' certamente resultado em mais-valias entre 25 e 30M de euros. Ja' A. Pereira tera' rendido uma meia-duzia de milhoes de mais-valias (de assinalar ja' agora q so' detinhamos 75% do seu passe).

Ou seja, para chegar aos 59 milhoes previstos no orcamento faltam ainda uns 25 a 30 milhoes.

Nao sera' facil atingir esses valores quando por ex so' temos 85% do passe de Moutinho e 75% de James (e em ambos os casos, o seu valor contabilistico deve andar pela meia-duzia de milhoes, q tera' q ser descontado no valor da venda - tal como comissoes por ex - para chegar 'as tais mais-valias).

De qq forma no q me diz respeito nunca levei os orcamentos da SAD muito a serio e nao vai ser agora q vou comecar a faze-lo.

Alias, estou certo q o valor de lucro previsto de 11M foi escolhido apenas e so' porque e' o valor necessario para repor os capitais proprios para cima de zero, o q "demonstra" (ahem) q a SAD tem "intencoes" de retirar os capitais proprios do vermelho.

De resto e sobre o artigo constato apenas q se andou a misturar um bocado alhos com bugalhos como o anonimo ja' assinalou, nomeadamente no q diz respeito ao orcamento (q nao e' consolidado).

José Correia disse...

José Rodrigues disse...
Antes de mais nada, Belluschi e Janko resultaram nao em mais-valias, mas sim em menos-valias ja' registadas nas contas de 11/12 como "perdas de imparidade", segundo o R&C (ver pag. #54)

Belluschi - Tendo o FC Porto chegado a acordo com o Bursaspor (Turquia) em 24 de Agosto, não é estranho que as perdas de imparidade tenham sido registadas no exercício 2011/12 (que terminou em 30 de Junho de 2012)?

E o mesmo se passa com Janko, visto o acordo entre o FC Porto e o Trabzonspor ter sido alcançado no dia 28 de Agosto.

José Correia disse...

José Rodrigues disse...
A venda de Hulk tera' certamente resultado em mais-valias entre 25 e 30M de euros.

É provável, mas podes explicar como chegaste a estes valores?

José Correia disse...

José Rodrigues disse...
sobre o artigo constato apenas q se andou a misturar um bocado alhos com bugalhos como o anonimo ja' assinalou

Pois, e eu constato que o comentário que escrevi às 10:58 foi tempo perdido. Paciência.

José Rodrigues disse...

Facil: deduzindo o q se gastou no passe dele (incl. premios de renovacao e comissoes, e descontando amortizacoes de exercicio tendo em conta o tempo q passou e a duracao do contrato).

Os 5,5M (mais uns pozinhos) nos 50% iniciais deviam estar quase completamente amortizados (digamos q sobrava 1 a 2M de valor contabilistico no momento da venda); para alem disso em Maio de 2011 gastamos 16,5M em 40% do passe, q um ano depois deviam "valer" contabilisticamente uns 12M (+ ou -) descontando um ano de amortizacao.

Possivelmente havera' ainda uns pozinhos de comissoes finais (mas pronto, a crer nos comunicados do FCP vou presumir q nao havia).

Ora 40 menos uns 11 a 14 milhoes -> os tais 25 a 30M de mais-valias no momento de venda.

José Rodrigues disse...

A resposta curta e grossa e': "who cares??" (para nao utilizar uma expressao inglesa ainda mais coloquial...).

Estamos a falar de valores irrelevantes nas contas do FCP: as menos-valias em causa certamente nao ultrapassam a ordem de grandeza de 1 milhao de euros (o valor exacto nao e' explicitado no R&C; apenas q tivemos perdas de imparidade totais de 4M devido a esses dois mais Sapunaru, Beto, Addy, Pawel, Dias e Soares).

O q interessa e' q nao vamos ver qualquer ajuda nas mais-valias em 12/13 destas 2 vendas, infelizmente (ao contrario da esperanca q demonstraste no comentario a q respondi).

José Rodrigues disse...

Bem, eu escrevi o meu comentario antes de ler esse. De qq forma, nao faz grande diferenca, ainda q ajude; a confusao comeca com a inclusao dessa coluna comparativa na tabela (sem qq mencao no artigo ou tabela de q se tratava de universos diferentes de dados) e com a frase do artigo:

"O orçamento para a época 2012/13 [...] é um sinal nesse sentido"

...levando depois a uma discussao sobre porque e' q por ex os FSE iam diminuir tanto, especulando-se por ex q era devido a menos comissoes e diabo e quatro quando era apenas por uma grande parte dos FSE estarem em outro lado.

(Ja' agora, esclareco q a esmagadora maioria das comissoes nas compras/vendas de passes nao entra em FSE, mas sim nas "amortizacoes" dos passes).

José Rodrigues disse...

So' mais comentario, e porque se falou aqui nos patrocinios e na sua descida: assinalo q a principal razao para terem descido de 10/11 para 11/12 nao tem nada a ver com "crise", renegociacoes de contratos ou algo do genero, mas pura e simplesmente com o facto de q em 11/12 recebemos bonus extra dos sponsors por objectivos, nomeadamente por ganharmos a Liga Europa (como explicitado no R&C, alias).

E mais uma vez: nao se pode comparar esta rubrica nos resultados consolidados com o orcamento (nao consolidado) para a SAD, ha' receitas nesta rubrica q so' aparecem nos resultados consolidados.

José Rodrigues disse...

Lamento mas nao sao, nao.

Os custos com pessoal sao diferentes.
O merchandising e' muito diferente.
OS FSE sao muito diferentes.
A publicidade e patrocinios sao diferentes.
As amortizacoes (excluindo passes) sao diferentes.
"Outras prestacoes de servicos" sao diferentes.
Os resultados financeiros sao diferentes.

Em suma: para ai' metade das rubricas sao diferentes, incluindo todas as grandes rubricas (com a excepcao de direitos de TV e bilheteira e acima de tudo "resultados com passes").

José Rodrigues disse...

Esqueci-me acima de mencionar o "Corporate hospitality", q tb e' completamente diferente.

Anónimo disse...

Mas se os FSE não são as comissões são o quê?
Já ouvi alguns rumores a colocar suspeitas sobre esses valores, dizendo que o Porto pagava uma parte do salário a alguns jogadores através de empresas externas utilizando essa rubrica de FSE...

luis vcf disse...

Uma coisa é certa, o fcp vendeu percentagens de jogadores por x e passados uns tempos comprou-as por x+y, ou seja, existe aqui agua na fervura e é por estas que nao sou sócio.

Bruno Miguel Guedes disse...

Boa noite.
Mais uma vez continuam a existir negócios que não entendo, tenho menos idade do que o nosso Presidente tem de presidencia mas isso não impede que ao longo dos anos não tenha cometido erros. A gestão do nosso clube na minha opinião não tem sido melhor e a nossa sorte é continuar a ganhar pois o que me preocupa é quando tivermos uns três, quatro anos sem ganhar nada. Preocupa me o futuro do clube pois este Presidente não será eterno e como tal eu prevejo que as contas se continuarem assim vamos pagar isto mais tarde. O clube está sempre na champions e tirando um ou outro ano passamos sempre aos oitavos de final e como tal o encaixe é muito grande, nos últimos 10 anos só o Barcelona tem mais titúlos europeus do que nós, vendemos jogadores atrás de jogadores e o passivo não sai do mesmo sítio inclusive aumenta. E porquê? Muito simples alguém ganha muito dinheiro por fora, senão vejamos como é possivél pagarmos tanto a intermediários de negócios? Quem são essas pessoas? Tantos milhões em comissões tantos miçhões perdidos. A uns anos atrás ouvi falar de um projecto que era se não me engano o 2006/2011 onde o clube se proponha a está altura ter na equipa principal jogadores formados no clube, estamos a caminho de 2013 e quantos jogadores desse projecto caro estão na equipa principal? Será que o Professor Luis Castro não tem competência? Continuam negócios esquesitos como o do Fucile, do Souza, do Walter, é óbvio que muitos estarão a dizer que temos o Falcao, o James, o Hulk mas se fizermos relação preço com o lucro obtido vemos que não é assim. O FCP tem feito bons mas também fazemos negócios muito maus que as vezes servem para calar os adeptos, o negócio do danilo é o mais recente, custou 18 milhões não sei por quanto será vendido mas se for por esse valor já será muito bom. Vejamos os negócios de Beluschi, Alvaro Pereira, Rolando será o mesmo caminho isto é maus negócios e com muito prejuizo e por fim o que mais me deixou triste que foi o Cebola. Sim o Cebola para muitos se calhar era um fraco jogador, para mim um dos jogadores que mais tive orgulho de ver jogar com a camisola do FCP. Sempre que entrou deu o litro, AVB quando precisou de garra chamou a equipa titular ( Vilareal em casa, apagão na Luz, virada na taça de Portugal)e mais é preciso não esquecer a vida negra que o clube lhe fez nesta última época mesmo assim foi incapaz de dizer mal de um clube que como é obvio pagava muito mas que jusificou sempre com grande entrega.
Não estou com isto a ofender ninguém nem tão pouco a dizer que fazia melhor apenas estou a fazer a minha analise. Muitos estarão a dizer que estou mal habituado pois o FCP agora ganha e muito e ainda bem, mas o meu Pai sempre me ensinou muita coisa e uma das coisas que também me ensinou foi um pouco da história do FCP. Ele explicou me o que era passar 19 sem ver um titúlo, ele esteve no celebre jogo de 78 contra o nosso arquirival em que empatamos o jogo quase no fim, sim o meu Pai tal como muitos estiveram no jogo que mudou o nosso clube, onde já eramos e seremos sempre enormes, mas que não ganhavamos pois eramos bons rapazes e no tempo que ao atrevessar mos a Ponte D.Luis estavamos a perder. Tenho medo que esses tempos voltem por isso esta critica, se tiverem respostas a estas minhas dúvidas então fico feliz e com uma esperança muito maior do que tenho agora. Para quem possa pensar que serei anónimo ou simples adepto, apenas digo que já sou sócio há 17 anos.
A vencer desde 1893

José Rodrigues disse...

De facto ha' algumas operacoes dificeis de explicar. O fenomeno q o luis descreveu aconteceu por exemplo com o Moutinho, em q vendemos parte do passe para a re-comprar meses mais tarde por um valor mais elevado.

José Rodrigues disse...

O q sao os FSE?

E' so' consultar a pagina 89 do R&C consolidado, q esta' la' explicado onde foram gastos 35M (bem, ate' certo ponto...).

Os FSE incluem algumas comissoes (mas q alegadamente nao tem nada a ver com operacoes com passes), honorarios (presumo q advogados, consultores, ...) e despesas relacionadas com "prospecao de mercado".

No entanto, o grosso dos FSE vai para: despesar de organizacao (viagens, eventos no estadio), manutencao do estadio e centros de treinos, outras rendas e alugeres, publicidade e propaganda (so' aqui quase 5M!), vigilancia e seguranca.

De qq forma os FSE sao claramente uma % exagerada das receitas do clube e estao algo descontrolados (eram de 13M em 05/06, agora sao 36M, perto do triplo), acho q ha' ali muita "gordura" por onde cortar. Vou escrever um artigo sobre isto.

Anónimo disse...

Infelizmente para o nosso amado FC Porto; a sua gestão nos últimos anos faz lembrar o que se está a passar em Portugal. É a politica de gastar e ganhar sem olhar a meios e toca a "empurrar com a barriga" tudo de mau para quem vier a seguir que se amanhe se ainda houver alguma coisa para amanhar.

Anónimo disse...

Obrigado pelo esclarecimento. Ainda bem que estão explicados ficando assim eu descansado em relação a esses rumores.
Não fico porém descansado tal como o José diz em relação a esse montante enorme!
É que essa publicidade, propaganta, eventos no estádio, etc não deviam trazer benefícios? Será que trazem?

Anónimo disse...

Caro Bruno.

É salutar saber que existem mais portistas que pensam o FC PORTO como um clube com passado, presente, mas também que é necessário ter futuro. Infelizmente as suas dúvidas têm toda a razão de ser. Também eu sou PORTISTA e SÓCIO, com a diferença de já o ser ainda antes de PINTO da COSTA ser o “nosso”Presidente.
Para o bem e para o mal há e haverá um FCP antes e depois da sua presidência e como já todos começam a perceber a herança que a sua presidência de mais de 30 anos não será a mais agradável.
Nestes 30 anos todos aqueles que apareceram a querer discutir o FCP e a forma como ele tem sido gerido, de uma forma ou outra acabaram por ser silenciados. A verdade é que a culpa é em grande parte de todos nós que de olhos tapados com a VENDA das VITÓRIAS nada VEMOS ou queremos VÊR, o tudo de mau ou o menos transparente que tem acontecido neste últimos 30 anos de Presidencialismo absoluto.
Por exemplo a realidade das escutas do “Apito Dourado”, a vergonhosa passagem de borracha na história da fundação e respectivos fundadores do clube (substituindo a realidade pela ficção), os tais “negócios” que o BRUNO não entende e muitos de nós; relembro a compra de HULK que custou 5M por 50% do passe e que o FCP ficou com a opção de compra dos outros 50% por mais 5M e no fim veio a custar cerca de 20M, ou mesmo, por ex a recente alienação de uma parte do passe de J. Moutinho que custou cerca de 11M por 100% do passe e passado um mês a FCP Sad recomprou parte do que tinha alienado e feitas as contas finais ficou SÓ COM 85% do passe por mais de 11M… reportando uma MENOS VALIA de cerca de 2M em 30 dias. Pois é, alguém anda a encher os bolsos com OBSCENAS COMISSÕES de compra, recompra, venda e volta a vender de jogadores do para e do FC PORTO… mas esse alguém nunca é o FCP, este só serve seja a vender ou comprar para pagar comissões… a realidade é que ano para ano o PASSIVO aumenta, mas a ADIMINISTRAÇÃO mesmo que seja com prejuízos de MILHÕES continua a ganhar PRÉMIOS pelas VITÓRIAS da equipa de futebol, mas nada paga pelos prejuízos ACUMULADOS ANO após ANO.

Portanto caro DANIEL eu AFIRMO: FC PORTO a vencer desde 1906 e a JOSÉ MONTEIRO da COSTA o podemos agradecer como o REAL fundador do FC PORTO.

Daniel Gonçalves disse...

Caro Anónimo das 14:52,

todos os portistas se sentem preocupados relativamente às contas do FC Porto, e ainda bem que existe transparência e abertura, por parte da Administração, em demonstrar verdadeiramente gestão financeira do Clube. É natural que existam aspectos negativos ou a melhorar na gestão do Clube, ninguém é perfeito, mas é possível melhorar, a actual Administração merece o benefício da dúvida. Também valorizar espaços como o Reflexão Portista" e os seus autores para analisar estes temas.
Já o tom cínico, rancoroso e ressentido do seu comentário não me parece natural vindo de um portista. Mais desconfiado fiquei quando se referiu ao Presidente do FC Porto utilizando as aspas em "nosso", ora nenhum portista, quer se identifique ou não com a actual Presidência, utilizaria aspas nessa situação, portanto o Sr. Anónimo parece-me um benfiquista a fingir ser portista. Depois as insinuações infundadas, como quem atira tiros para o ar apenas para assustar, quem só essas pessoas que foram ou são silenciadas quando querem discutir a gestão do FC Porto? Diga nomes.
Anónimo disse " a vergonhosa passagem de borracha na história da fundação..." Em primeiro lugar ninguém passou uma borracha na fundação do Clube, isso significava apagar algo ou factos e inventar outra história no lugar dessa, o que aconteceu foi recuar a fundação do clube, porque se entendeu - discutível, como muitos factos e acontecimentos, mas não inverosímel ou falso - que existia uma relação causal e directa com os factos de 1893, nunca se pagou ou inventou factos/acontecimentos. A questão é saber se os factos de 1893 são a causa directa e causal, ou apenas uma relação débil e indirecta e portanto injustificada, com a fundação do clube, mas ninguém apagou nada - portanto a utilização da palavra «borracha» parece-me despropositada e mal-intencionada - nem ninguém inventou factos ou acontecimentos, e António Nicolau D'Almeida foi uma pessoa real e não inventada. Neste assunto os seus argumentos são semelhantes, que coincidência!, aos dos benfiquistas.

"a herança que a sua presidência de mais de 30 anos não será a mais agradável." Sim, concordo que, para os benfiquistas, os últimos 30 anos a ver o FC Porto ganhar não tenha sido psicologicamente fácil. Considero pouco credível que um portista, como o Sr. Anónimo se denomina, que era sócio antes de Jorge Nuno Pinto da Costa chegar à Presidência do FC Porto - e portanto angustiado com 19 anos de jejum e com o desrespeito com que o FC Porto era encarado pelas instâncias políticas e desportivas em Portugal - se sinta desagradado com 30 anos de vitórias, não tem sentido nenhum. Que tenha críticas a efectuar à gestão financeira, ou a pormenores da mesma, do FC Porto é uma coisa, que se sinta desagradado ou angustiado com 30 anos de vitórias é outra.
Finalizando, o Sr. Anónimo começou o seu comentário em resposta ao Bruno - e ao comentário deste -, mas termina dirigindo-se a um DANIEL (utilizando letras maiúsculas), quando ainda nenhum «Daniel» tinha comentado o post. Alguma indirecta a alguém?

Daniel Gonçalves disse...

No meu texto era inverosímil e não «inverosímel», erro meu.

Anónimo disse...

Porto a vencer desde 1893 r nao 1906 cromo