domingo, 21 de outubro de 2012

Feio, chato e pobre !


Há jogos que correm mal. Não foi o caso de hoje. Foi demasiado mau o nosso desempenho e não encontrámos qualquer desculpa para esta exibição. Toda a equipa do FCP (técnicos e jogadores) mereciam uma justa assobiadela no final do jogo. Temos que aceitar os erros, mas não podemos caucionar a displicência competitiva e o desmazelo funcional, quer ao nível colectivo, quer individual. A postura em campo dos protagonistas que representaram o FCP não dignificou o clube nem respeitou os seus sócios e adeptos, muito particularmente os que acompanharam a equipa para a apoiar.

Se na primeira parte, sem deslumbrar, conseguimos estar por cima, dominar, controlar e sair para o descanso com um golo no bornal, na segunda parte foi um bocejo permanente. Os miúdos no FCP parecem incapazes de crescer e, dos graúdos, o único que esteve a um nível interessante foi Rolando, exibindo-se de forma desinibida, ainda que jogando no meio campo. Espantou-me quando recuou para central ter-se posicionado no lado esquerdo: foram novidades a mais, num péssimo jogo. Não houve pressão alta, média ou baixa. Intensidade: devagar e devagarinho.

Quase nada correu como devia. As mexidas na equipa ainda a tornaram menos organizada, o que parecia impensável. Varela só fez asneiras e Miguel Lopes mostrou uma sobranceria absurda, que já tinha manifestado ao serviço da selecção. Os miúdos estiveram demasiado irregulares. Kléber não atina, nem deu uma para a caixa. Danilo esteve bem no primeiro tempo e marcou um excelente golo. Desceu a pique quando foi para o meio campo. Fez o jogo todo e pareceu estourado no flash interview. Gostei do regresso de Rolando que mostrou à vontade na posição 6. Não era expectável.

Nas bolas paradas não fomos capazes de tirar partido da maior estatura dos nosso jogadores, em grande parte, diga-se, porque os livres foram mal executados. Não há treino específico?

Aviso: não é assim que se fideliza a presença dos sócios e adeptos no(s) estádio(s). Empenhem-se sff.

11 comentários:

Louro disse...

Só gostei do Mangala, não gostei da atitude dos restantes e do técnico na conferencia de imprensa, afinal de contas foi ele que montou a equipa, já para não falar das substituições!... demasiado mau mesmo..!
Começo a ficar preocupado visto que, não temos suplentes á altura das necessidades e a equipa B é uma miséria ....mais uma razão para perceber os 18 milhoes de Euros pagos a empresários e intermediários....

Duarte disse...

"Gostei do regresso de Rolando que mostrou à vontade na posição 6. "

Contra o Sta. Eulália também não era difícil fazer aquela posição.

Miguel Lourenço Pereira disse...

O problema da atitude de jogadores de clubes grandes neste tipo de jogos não é exclusivo dos jogadores do FCP, mas em jogos da Taça, nos últimos anos, os primeiros dois jogos têm sido sempre insuportáveis. A equipa qualifica-se mas sempre com serviços minimos, encarando o jogo como se fosse um da Taça da Liga.

Sinceramente acredito que utilizar os jogadores menos rodados nestes duelos faz todo o sentido mas a ausência de resposta deixa claro que, se houver um problema com os 14-15 titulares habituais, não há ali "fome" para agarrar um lugar.

D.Pedro disse...

Com tantas alterações não podia funcionar.

Hélder disse...

Haveriam de receber no final deste mês, os €500 que ganham os "trolhas" do Sta Eulália, para ver se abriam a pestana...

Anónimo disse...

Os visionários que defendem que o Iturbe deve jogar na equipa principal onde andam?

José Correia disse...

Porquê?
A jogar contra carteiros e professores tinha de funcionar, nem que fosse só com jogadores da equipa B.

José Correia disse...

Não se enganou no blogue?

Pedro disse...

Sinceramente, a exibiçao de ontem nao andou tao distante do que tem sido a média com VP.
Falta de atitude, sobranceria, falta de motivaçao? Onde é que já ouvi isso? Todas as semanas?
É a primeira vez que leio, alguém a relacionar estas exibiçoes com o nível de assistencias no estádio, finalmente.

Rui Anjos (Dragaopentacampeao) disse...

Santa quê?

Santa é a minha paciência para resistir a assistir a um jogo destes que mais parecia daqueles amadores do género solteiros contra casados!

Estes profissionais, pagos a peso de ouro não terão vergonha?

Onde ficou a responsabilidade de envergar a camisola do FC Porto? E o respeito por quem pagou para assistir a este deprimente espectáculo?

Agora que continuem a chorar porque não são convocados para jogos contra equipas mais fortes que esta do Sta. Eulália!

Tenham vergonha na cara e comportem-se como profissionais briosos.

Desculpem-me este desabafo, mas é preciso ter pachorra!

Anónimo disse...

Não!