domingo, 7 de outubro de 2012

Jackson van Martinez

O Sporting alinhou com três holandeses como titulares, mas o único herdeiro da escola técnica maravilhosa dos "van" Basten e companhia, vinha das profundezas da América Latina, da memória literária de Marquez, da poesia visual de um por do sol nas Caraíbas.

O golo de Jackson "van" Martinez vai entrar, seguramente, na galeria dos melhores marcados no Dragão. Uma verdadeira obra-de-arte de um avançado que tem começado a justificar plenamente o investimento realizado pela SAD. Foram 9 milhões e justificar uma quantia dessas, principalmente depois de viver com o melhor avançado dos últimos largos anos do futebol mundial, nunca é fácil.





A Jackson faltam apenas golos de sabor Europeu, como os que consagraram Benny McCarthy, o dianteiro com quem mais se parece, tanto em físico como em estilo de jogo. Golos que lhe permitem chegar ao mesmo nível do sul-africano, como um dos melhores avançados da história do clube nos últimos anos. Partindo do principio que Falcao, como Jardel e Gomes, pertence a outra dimensão, e que Lisandro e Derlei, como Madjer, existem noutro espaço e tempo no terreno de jogo, pensando nos avançados que tivemos desde a saída de Super-Mário (Pena, Postiga, Jankauskas, Adriano, Farias, Janko, Kleber) parece claro que Jackson "van" Martinez tem todas as condições para saltar para o segundo patamar de goleadores de azul e branco.

Um golo que vale a pena ver e rever (e rever, e rever) e um jogador que vale igualmente a pena continuar a acompanhar com atenção. Da sua eficácia, do talento de James e da eficácia de Lucho, Moutinho, Varela e Fernando depende muito a campanha desta época.

Para justificar um investimento financeiro tão grande não há nada como um retorno imediato. A SAD está de parabéns e o nosso "holandês-colombiano" também!


PS: Este é o segundo grande jogo consecutivo no mandato Vitor Pereira. Em pouco mais de um ano, estes cinco dias são talvez o seu melhor ciclo como treinador do FC Porto. Tenho pena que agora a paragem para os jogos internacionais não permita continuar com a dinâmica que temos visto.

16 comentários:

Tezcatlipoca disse...

Tenho de discordar com o PS, quanto ao golo nada mais há a dizer, mas o jogo do FCP foi péssimo contra um Sporting moribundo...
O VP continua a comandar uma equipa de dia sim dia não.

P. Ungaro disse...

Boas ,

Antes de mais 3 pontos.

Depois de o grande jogo de 4ª feira o Porto entrou muito bem pressionando e dominando os primeiros 20 minutos. Depois do golo o Porto baixou as linhas, no meu entender sem sentido, os passes começaram a falhar, a pressão deixou de existir, e é aí que temos que melhorar. Não pode acontecer, somos superiores, independentemente do cansaço que pode existir, temos que como disse VP depois do Rio Ave continuar a procurar o 2º golo.
Relativamente as queixas dos calimeros, comecei a ficar preocupado quando o arbitro começou a distribuir cartões aos jogadores do Porto logo no inicio do jogo o que penso que tambem nos limitou ... os penaltis são claros, a expulsão ja deia ter sido mais cedo, por isso os calimeros continuam a chorar ... e se não se põem finos ainda vão lutar para não descer de divisão.
O golo do "Action" Jackson ... fabuloso !!!! e penso que com mais meia duzia de jogos vai melhorar ainda mais ... temos ponta de lança.

Um abraço

http://fcportonoticias-dodragao.blogspot.pt/

José Correia disse...

Golo fantástico de Jackson Martinez que veio destronar o melhor golo do campeonato, que também já era dele.

José Correia disse...

Sem dúvida que Jackson Martinez é um bom ponta-de-lança e já leva 5 golos no campeonato (dois dos quais de uma execução extraordinária), mas precisa de se adaptar melhor ao futebol europeu e ser mais rápido na recepção e execução dentro da área.

Pedro disse...

grande golo, mas o homem tem margem para melhorar e tem de o fazer para saltar de dimensão. tem, essencialmente, de rematar como deve ser. no ar é forte, talvez seja o seu melhor atributo.

quanto ao jogo, foi fraco da nossa parte. faltou criatividade lá à frente. não q tenha deixado grande marca no porto, mas só me lembrava q podia ter entrado o belluschi e não havia necessidade de o vendermos.

Snob disse...

Ñ esquecer craques goleadores cm kostadinov rui barros e domingos, um pouco antes da era jardel...

Quanto ao jogo,os primeiros 20m foram bons,depois deixaram o scp comandar o jogo,cm umas oportunidades de golo po fcp pelo meio.

Na 2 parte fcp voltou entrar forte,ñ marcou de penalty..e la voltou o scp para cima outra vez..o porto faz entrar c.atsú e ai demonstra claramente q quer o 2 golo,mesmo assim o fraquinho scp consegui assutar aos 80m naquele livre de prajnic e depois no canto.

Quanto ao segundo penalty acho q era escusado ,duvidoso,muito duvidoso...

O resultado ajusta.se ao q se passou dentro de campo.

No mercado de inverno era vender rolando(10m),walter(1,5m 45%passe),souza(2.5 50%passe),fucile(4m),kleber(7m)... e contratar 1 ou 2 jogadores(um avançado solto e rapido q possa jogar nas alas e cm p.l e anderson q ñ faz parte dos planos de alex fergunson(q o quer vender)..isto tudo hipoteticamente se o jogador baixar o ordenado e for vendavel entre 5 a 10m)

Emprestar kelvin para jogar regularmente e apostar mais em iturbe.

Acho tb q a equipa b merecia melhores jogadores e mandar embora o central de 35 anos ze antonio, os defesaa esq e drto brasileiros,o stefanovic(ate kadu me parece melhor)..o mikel ñ gosto nada,so da porrada..

Mefistófeles disse...

Melhor o resultado que a exibição. Lamentável, uma vez mais, o uso das desculpas da arbitragem por parte dos calimeros para justificar a derrota. Até metem dó.
A Bolha de hoje afina pela mesma imbecilidade, para não variar.
Enfim...os cães ladram e a caravana passa. Mais 3 pontos contra um candidato(?)e o recreativo em sentido.

Dragus Invictus disse...

Bom dia,

Ontem tivemos uma entrada forte na partida e obtivemos a vantagem. Depois dominamos e controlamos o jogo.
Na segunda parte voltamos a entrar fortes, e foi com naturalidade que obtivemos o segundo golo.

Pena foi que Jorge Sousa tenha efectuado uma má arbitragem. Muitos amarelos, dois penaltis duvidosos a nosso favor, sempre a quebrar o ritmo de jogo etc.

O dérbi merecia um melhor árbitro, que não fosse na manhosice do jogador típico do nosso campeonato que se atira ao tapete mal sente o calor humano.

O Sporting pode observar que existiram penaltis duvidosos, mas sem qualquer influência no resultado.

O Sporting não criou uma única oportunidade de golo.
Sinceramente esperava um Leão mais bravo, a querer mostrar valor.

Mas foi um Sporting amorfo.

Ao FC Porto aponto novamente o erro de depois da vantagem cair no marasmo e não resolver logo a contenda.

Quanto aos jogadores, estiveram bem colectivamente, com Jackson a apontar mais um golo de belo efeito.
James cada vez mais cimenta a sua posição no plantel, Varela está em boa forma e Moutinho é aquela máquina, sempre com o eucalipto Fernando a secar tudo à sua volta e Lucho a comandar.

Danilo e Alex Sandro muito bem no papel de laterais, a saber temporizar o seu jogo ofensivo e defensivo.

Excelente ambiente nas bancadas. A família azul e branca está com a equipa.
Estamos em evolução e isso distingue-nos dos adversários que já estão espremidos.

Abraço e boa semana

Paulo

pronunciadodragao.blogspot.pt

José Rodrigues disse...

O Lucho ontem esteve muito mal. A continuar assim...

Rui Anjos (Dragaopentacampeao) disse...

O FC Porto entrou bem e fez um quarto de hora de excelente nível, altura em que justificou não só o espectacular golo de Jackson como também merecia ter dilatado o marcador.

Depois caiu numa toada sofrível, caracterizada por excessivas perdas de bola e erros primários que os calimeros nunca souberam explorar.

Parece inexplicável a atitude portista, só ligeiramente atenuada pelo facto de, à falta de melhores argumentos, os calimeros tenham enveredado pelo recurso da «sarrafada», com a complacência do árbitro, que apesar de os carregar de amarelos, não teve coragem de expulsar mais cedo, dois ou três infractores recorrentes. Por causa disso Fernando viu um amarelo.

O trabalho do árbitro foi, ainda assim, obviamente contestado, no final, pelo já habitual mau perder dos calimeros. Se como já afirmei, não esteve bem disciplinarmente, tecnicamente esteve bem melhor. Não cometeu grandes falhas e a única dúvida terá sido a segunda grande penalidade, que no Estádio me pareceu correcta. De resto, em seis jogos do campeonato, este foi o primeiro em que o FC Porto, em termos técnicos, não foi prejudicado.

Um abraço.

Anónimo disse...

Rui Barros era um goleador?

Anónimo disse...

Rolando 10M e Kleber 7M, a sério este Snob mata-me de riso!!!

LARGA O FM!

Joaquim Lima disse...

Pior foi mesmo o relvado! Não me lembro de ver um relvado tão mau no Dragão...

Daniel Gonçalves disse...

Quando marcámos, ou melhor Jackson marcou(e que golo), logo aos 9 minutos, pensei que íamos embalar para uma vitória confortável e talvez por números gordos, mas enganei-me. Resta saber se a saída forçada do Maicon por lesão, afectou psicologicamente a equipa.
Comparando com os 5-0 ao slb, onde também marcamos cedo, faltou um "motor" que impulsionasse a equipa para a goleada, e aqui tenho de reconhecer que Lucho não esteve bem: lento, com passes imprecisos. O Pedro, no comentário que deixou, referiu o Belluschi, convêm lembrarmo-nos que foi este que, aquando dos 5-0, "produziu" o 2º e 3º golo apontados pelo Falcão, pensou que foi o que faltou ontem, alguém no meio-campo que catapultasse a equipa, em vez de um certo abrandamento de ritmo, que com outro adversário poderia ser fatal.
Passando aos oitavos da Champions, e com adversários de calibre superior ao que actualmente possuímos no grupo, poderá ser necessário irmos ao mercado ver um centrocampista, porque Lucho parece-me inconstante, e mesmo no seu melhor nível dura 60 minutos de jogo. O Snob falou do Anderson, é uma excelente hipótese, resta saber se o Manchester prescinde dele e, se sim, quais os números de venda, assim como se o jogador aceita regressar.

Daniel Gonçalves disse...

O Snob falou na venda do Rolando, o que, face às boas actuações da defesa actual (Maicon, Otamendi) e da alternativa existente no banco (Mangala), é a melhor solução. A situação é que já deveria ter sido vendido no Verão, penso que só não o foi porque não apareceram compradores, e portanto agora, sem jogar, como é que os potenciais compradores vão analisar e decidir por uma compra. Não sou defensor de uma venda do Rolando ao desbarato, mas temos um problema a solucionar, porque se não joga desvaloriza, para jogar temos de encostar um dos actuais titulares.

Nuno Leal disse...

Já agora, no meio de todos estes comentários, perdoem-me mas falta tirar o chapéu ao Danilo, que foi quem fez o maravilhoso passe para o JMz