quinta-feira, 4 de outubro de 2012

Que idade tem James?



«On a joué contre une équipe qui a pratiqué un très bon football. C'est la raison pour laquelle on a perdu ce soir», a estimé Carlo Ancelotti mercredi, après la défaite du PSG (0-1) à Porto lors de la deuxième journée de la Ligue des champions. (...) Selon l'entraîneur italien, la différence s'est jouée sur «l'expérience». «On en n'a pas encore assez pour venir ici et faire jeu égal. Porto a beaucoup de qualités et d'identité».
in www.lequipe.fr


Que idade tem o homem do jogo, o genial James?
Que idade e, principalmente, quantos jogos nas competições europeias têm Danilo, Alex Sandro, Jackson Martinez ou Atsu?
Os jogadores e treinador do PSG têm falta de experiência? Pois...

(O JOGO, 03/10/2012)


Com James a jogar a este nível, se Jackson Martinez começar a pensar e a executar a ritmo europeu e se Danilo elevar o patamar das suas exibições, penso que podemos sonhar com qualquer coisa de significativo nesta Liga dos Campeões.

38 comentários:

Anónimo disse...

da próxima venham às compras no dragão!

Louro disse...

Uma grande exibição,um grande golo, uma consistência e um coletivo de louvar.
Só espero que mantenham os indices no proximo domingo para não acontecer o mesmo que em vila do conde.
Os franceses sofreram a 1ª derrota da temporada e há muita gente que esta a comer e a calar, incluindo vários portistas que só batem na equipa.
SOMOS PORTO e na EUROPA reconhecem o nosso valor!
PS. O Varela fez uma 1ª parte de grande nivel

Joaquim Lima disse...

Um jogador que me surpreendeu e tem surpreendido muito pela positiva é o Alex Sandro! Vi-o jogar no Dragão no ano passado e em alguns jogos pela tv e não tinha gostado nada, mas mesmo nada, do que tinha visto. Neste início de época tenho que mudar a minha opinião. A defender ainda comete algumas, mas cada vez menos, falhas. Ataca muito bem e sobe muito bem pelo flanco! Já ninguém fala do Álvaro Pereira... Temos lateral-esquerdo!

José Lopes disse...

Se o Ancelotti substituir "experiencia" por tempo para ter a equipa formada, ai ja consigo entender o discurso. Seja como for, com os milhoes que gastaram, exige-se sempre mais. O problema do PSG e que jogou contra uma equipa que foi claramente superior, mais ambiciosa e que contou com alguns jogadores a grande nivel. A diferenca de nivel dos dois meios-campos foi imensa. Seria uma pena empatar hoje e certamente ficariamos com vida mais dificil para conseguirmos aquele que tem de ser o objectivo - o primeiro lugar. Quatro pontos contra o Dinamo de Kiev e temos o apuramento garantido!

Silva Pereira disse...

Sublime excelente um jogo à FCP o melhor jogo da era VP Parabéns atodo a equipa e a VP.

Só vou destacar na excelência dois casos em particular pois que fui muito critico com a sua paostura com o RA. J Moutinho esteve excelente do melhor que já vi, uma prestação que só foi pena não ter a felecidade de ter concretizado aquele remate na àrea e tb para VP esteve excelente até nos comentários.

Agora as minhas criticas:
Tinha razão quando escrevi que estava a preensivo quanto ao FDP do chifrudo do MU nomeado pelo mafioso do Platini desta vez não expulsou mas mais um penalti por marcar.

Agora um reparo ao péssimo trabalho (revejam o jogo) do FDP do Freitas Lobo, se num jogo da LC não consegue passar o tempo a elogiar o PSG e desmerecer o jogo do FCP, prova o facciosismo dele. Eu vou cancelar a minha assinatura e irei mais uma vez enviar mais um mail dando queixa das sua escolhas de comentadores para os jogos do FCP. Temos sempre que levar com o FDP do Lobinho de Vila do Conde.

Faço aqui um apelo aos portistas para que se juntem ao meu protesto

Anónimo disse...

Os portistas que criticam não são inferiores aos outros, só querem que a equipa ganhe e de preferência com exibições agradáveis. Depois de ver o jogo da champions, mais motivos temos para criticar a exibição em vila do conde. Vamos deixar de ser arrogantes e vir para os fóruns dividir entre os bonzinhos que nunca criticam e os demonios que falam mal de alguém responsável no clube.

Miguel Oliveira

Anónimo disse...

Viva o Vitor Pereira Carago!!

José Rodrigues disse...

Uma vitoria assim ja' nao sabia tao bem ha' bastante tempo: jogo muito importante, FCP a dominar e golo ao cair do pano. Delicioso!

Justica seja feita a VP q ontem esteve bem, subiu um bocadinho na minha consideracao. Basicamente fez tudo aquilo q eu pedia, do 11 inicial ao assumir o jogo sem cautelas demasiadas, 'as movimentacoes dinamicas e trocas posicionais entre os jogadores.

Pena q isso seja tao raro.

Anónimo disse...

Há várias formas de criticar...

DC disse...

Tal como eu tinha referido noutro post, comprova-se que a polémica da posição do James não faz sentido.
Hoje James voltou a alternar entre a ala e o meio e foi com o triângulo do meio-campo mais defensivo (tão criticado por ter sido usado nos minutos finais em Vila do Conde) que acabou por sobressair e marcar.
VP esteve muito bem inclusive nas substituições, sendo que algumas delas até foram iguais às do último jogo.

Outra coisa que penso que começa a sobressair é que sem cancros na equipa como Álvaro, Fucile ou Rolando o Porto até parece outra coisa, parecem todos ter ganas e vontade de brilhar. Queres ver que às tantas a culpa era mesmo de alguns jogadores?

José Rodrigues disse...

...mais um comentario: o lance do golo e' um exemplo do q se pede.

Moutinho a surgir sobre uma ala (a esquerda), a cruzar (com pe' esquerdo...) para um James na ala contraria, depois de ja' ter pisado outros terrenos (ora sobre o centro, ora sobre a esquerda).

E' precisamente esse tipo de movimentacoes dinamicas de q precisamos. Ontem fomos pouco previsiveis a atacar, com trocas posicionais dinamicas muito boas envolvendo varios jogadores, ao contrario do q e' costume.

Quantas vezes se ve^ um Moutinho descaido sobre uma ala, por exemplo?

José Rodrigues disse...

"Outra coisa que penso que começa a sobressair é que sem cancros na equipa como Álvaro, Fucile ou Rolando o Porto até parece outra coisa, parecem todos ter ganas e vontade de brilhar."

Bullshit!

Na Liga dos Campeoes tem eles todos "ganas e vontade de brilhar". E' assim com estes jogadores, e era assim com os Alvaros e Fuciles do passado. Nestes jogos da LC (e principalmente quando o adversario e' de peso) nao e' preciso incutir motivacao nos jogadores, eles "auto-motivam-se".

E' PRECISAMENTE nos outros jogos em q temos essa "prova do algodao", e nao precisamos de recuar mais do q uns meros dias (Vila do Conde) para verificar q nao ha' qualquer melhoria nas "ganas e vontade de brilhar" entre estes jogadores e a equipa do ano passado com os "cancros" [sic] de q o DC fala.

E Vila do Conde foi muito mais a regra dos jogos desta epoca do q a excepcao, nesse aspecto.

José Rodrigues disse...

Quanto ao nr de boas oportunidades goradas: a ausencia de killer instinct e' uma autentica praga em equipas portuguesas...

Nos ultimos 30 anos tivemos 3 excepcoes apenas: "Bibota", "Jardas" e "Falcone". Talvez McCarthy, tambem.

Mas verdade seja dita q isso tb faltou ao PSG em alguns lances (o proprio Ibra esteve um bocado irreconhecivel nesse aspecto, pq teve umas 3 oportunidades q normalmente nao falha).

A bem dizer o resultado deste jogo podia muito bem ter sido para ai' 5-3...

A defender o q menos gostei foi uma defesa em linha algo ineficiente, falhou uma mao cheia de vezes (felizmente nao dando em nada). O lance mais flagrante foi aquele na 1a parte em q o Ibra tinha tempo para tomar cafe' e marcar, mas decidiu-se por fazer um "bonito".

De qq forma, fizemos uma exibicao muito boa, provavelmente a melhor da era VP. Olhando para diante, ha' umas arestas a limar defensivamente (e nem e' sequer uma questao dos jogadores recuarem mais no terreno).

José Rodrigues disse...

"há muita gente que esta a comer e a calar, incluindo vários portistas que só batem na equipa."

Eu acho q e' preciso ser-se muito parvo para pensar que ha' portistas criticos de VP (ou dos jogadores) q ficam chateados com exibicoes e vitorias como a de ontem. Esses ficam tao contentes como os outros, se nao ainda mais.

Peco desculpa por ser curto e grosso, mas sinceramente estou farto de ver frases do genero q sao autenticas barbaridades mesquinhas. E acho q ate' estou 'a vontade para falar de forma idonea pq estou muuuito longe de ser dos mais criticos do treinador e plantel, como se pode ver pelos meus artigos e comentarios.

Mais: entre os mais criticos de um VP, o q costumo ver e' um desejo de q tudo lhe corra pelo melhor se nao for substituido, pq o q e' bom para ele e' bom para o FCP (enquanto ele for o treinador).

Ontem a sua reputacao (VP) subiu um bocado, sem qualquer duvida. Esperemos q a consolide ou aumente mesmo ainda mais.

DC disse...

Recomendo-lhe o visionamento dos jogos com o Zenit e Apoel na época passada então.
O Álvaro devia estar com uma imensa vontade de brilhar quando após o empate no Chipre se esqueceu que o jogo ainda não tinha acabado e deixou uma auto-estrada para o 2º golo.
E se forem precisos mais exemplos é só pedir!

Dragus Invictus disse...

Bom dia

O FC Porto encarou o jogo, como deveria encarar: Favorito!

O adversário, novo rico da Europa do futebol, levou um banho de bola perante um dos melhores clubes europeus.

Fomos agressivos, dominamos e controlamos perfeitamente o jogo, permitindo apenas por duas vezes que o PSG criasse real perigo.

O nosso trio do miolo, ritmou o jogo, foi inteligente tácticamente, pressionando na saída de bola a equipa francesa.

Foi neste sector da equipa que residiu o segredo para a vitória, com Moutinho sublime.

VP esteve bem na substituição de Varela por Atsu, pois nos últimos 15 minutos, dava a ideia que a equipa já se havia conformado com o empate, e já começava a irritar o jogo da nossa equipa, pois nós somos melhores e sentíamos que se apertássemos venceríamos.
O jovem africano foi o elemento que despertou o nosso jogo e nos empurrou para a frente, e eis que apareceu James no jogo, que até então estava encolhido, e até poderia ter sido alvo de substituição.

Moutinho o melhor em campo, numa excelente iniciativa proporcionou a El Bandido uma finalização sublime de primeira, garantindo-nos assim a justa vitória e um passo importantíssimo rumo aos oitavos-de-final.

O resultado foi escasso face ao nosso domínio e oportunidades criadas.

Agora há que não embandeirar em arco, ser humildes, e encarar todos os jogos com a mesma atitude.
Temos de melhorar muito na finalização. Jackson aparece muitas vezes perdido, parecendo que a bola foge dele.

Abraço
Paulo

pronunciadodragao.blogspot.pt

Anónimo disse...

Ora bem, experiência não se resume apenas aos jogadores que constam uma equipa. é muito mais que isso. tem a ver com os intervenientes que o preparam, com a estrutura de balneário.
ontem o fcporto era uma má equipa, remendada e que devia mudar de táctica só porque empatou com o rio ave. hoje já é uma equipa que pode fazer qualquer coisa significativa na champions. por outro lado se não vencermos o sporting, o VP já tem de ir pra rua porque em vez de estar ordens aos jogadores está a escrever no livrinho.

à parte disso gostei do nosso fcp como todos nós. mais do que criar oportunidades foi uma equipa com garra, com lição estudada,muito competente e com muita personalidade. No entanto, Fernando notou-se aqui e ali que ainda não está na sua melhor forma física, Danilo também tem de evoluir mas para isso tem de jogar de forma mais consecutiva. maicon e otamendi ainda tremem e não é pouco.


Cumps,
Juca

José Correia disse...

ontem o fc porto era uma má equipa, remendada e que devia mudar de táctica só porque empatou com o rio ave. hoje já é uma equipa que pode fazer qualquer coisa significativa na champions

Sugestão: Antes de escrever este tipo de comentário, reveja se o autor dos artigos a que se refere é o mesmo.

Miguel Lourenço Pereira disse...

O VP fez ontem o seu primeiro grande jogo europeu e não acredito que exista alguém capaz de dizer o contrário. Fomos tudo aquilo que não fomos o ano passado e mais, um jogo completo a todos os níveis e um resultado que só pecou por tardio e escasso.

Isso não quer dizer que devemos embandeirar em arco, cuidado, mas quanto ao apuramento para os Oitavos - que devia ser o mínimo exigido - parece resolvido. Duas vitórias em casa com os Dinamos são suficientes e podem servir até para ganhar o grupo.

Miguel Lourenço Pereira disse...

José,

Esse era o discurso do ano passado também e depois de perderem o título com o Montepellier começa a ficar gasto. O Ancelotti é um treinador que me dá um pouco de miga, tem títulos mas não tem estilo e isso notou-se na falta de ambição do PSG, como se nota no City com o Mancini, mas também é preciso deixar as coisas claras: ontem fomos superiores a todos os níveis e quem não deixou jogar foi o Porto!

Carlos disse...

Off-topic:
só um aparte:
Clube formador do incrível terá direito a cinco por cento da transferência. Zenit pediu o contato do Serrano FC mas há outro clube com o mesmo nome...

Então o Rui Gomes da Selva não nos tinha garantido que seria o Porto a ter de pagar estes direitos de formação?! o Zenit está equivocado.

Rui Anjos (Dragaopentacampeao) disse...

Foi no fundo a vitória do colectivismo ainda que o resultado tenha sido colorido com uma autêntica obra de arte de James.

Quando se joga com esta atitude, o mais provável é ganhar. Pena foi a ineficácia no remate, que a não acontecer, transformaria este magro resultado num outro mais amplo e mais justo.

Apesar de tudo, ainda houve algumas falhas defensivas de «palmatória», felizmente sem consequências, mas que convém não repetir.

Estão todos de parabéns e espero que daqui para a frente todos se empenhem da mesma forma, seja que adversário for.

Um abraço

José Rodrigues disse...

"ntes de escrever este tipo de comentário, reveja se o autor dos artigos a que se refere é o mesmo"

Nao me parece de todo q o comentador se estivesse a referir ao autor do artigo (nao o deixou nem implicito quanto mais explicito), nem sequer a alguem em especial.

Esta parece-me daqueles comentarios "'a politico" em q se pega em declaracoes de um tipo e em declaracoes de outro (ou de varios) e se mistura na mesma frase como se fosse do mesmo, so' para se passar a mensagem que dava jeito ;-)

Anónimo disse...

E que tal um elogio ao treinador? e agora já não questionam o que se pagou por Alex Sandro e Danilo?! Eu sei,eu sei...

DC disse...

E assim se apanham os mentirosos (Zenit incluído, que tinha afirmado que era 40 milhões e nada mais).

DC disse...

Na minha humilde opinião Alex Sandro vai ser o melhor defesa esquerdo de sempre do Porto (se por cá ficar alguns anos) e será no futuro uma referência na sua posição ao nível dum Marcelo ou Ashley Cole.

AIRES disse...

Saí do DRAGÃO orgulhoso pela exibição da equipa, mas depois questiono-me como é possivel esta diferença de atitude, de jogo jogado, dum jogo para outro.


VIVA O FUTEBOL CLUBE DO PORTO

Anónimo disse...

Grande jogo!

Aos críticos de VP será sempre um exemplo que confirma a regra, aos defensores, a excepção foi o jogo do Rio Ave.

O que me parece verdade é que nem ele nem a equipa são tão maus como o que se pinta depois do jogo de Vila do Conde, nem são tão bons como daria a entender depois do PSG.

Ainda assim fiquei contente de ver alguns dos críticos mais calados. É Bom sinal. Quer dizer que se enganam. O mesmo diria sobre MST - que tem tanta dificuldade em admitir um julgamento errado, que mesmo numa hipótese de tremendo sucesso faria recair sobre outros alguma quota parte de responsabilidade que VP teria.

Quando não se gosta de alguém, não há muita volta a dar.

ℙΣ₦₮∀ ➀➈➆➄℠ disse...

caríssimas(os),

num dia a todos os níveis frustrante, só mesmo o nosso FC Porto nos conseguiu dar uma alegria e encher-nos de orgulho!

que a exibição de ontem tenha continuidade já no próximo encontro, é o que mais desejo!


somos Porto!, car@go!
«este é o nosso destino»: «a vencer desde 1893»!

saudações desportivas mas sempre pentacampeãs a todas(os) vós! ;)
Miguel | Tomo II

Antonio Silva disse...

O Branco já não é ninguém?

DC disse...

Acho que se enganou no comentário ao qual queria responder, mas sim acho que o Alex Sandro caso cá fique uns anos pode atingir um nível superior ao Branco.

João disse...

O que eu pagava para ver estes comentários versão "Ibrahimovic espta-nos os dois milhos que falhou clamorosamente". A sério.. Vá, contabilidades que qualquer treinador (e adepto) com meio cérebro deveria fazer depois deste jogo:
- Nº de cantos de que o Porto beneficia que não dão em rigorosamente nada ou em contra-ataque
- Nº de passes (para a frente) do Lucho que saíram por qualquer uma das 4 linhas
- Nº de vezes que o portador da bola não tinha um colega de equipa nem uma linha de passe num raio de 20 metros (pela esquerda foi um abuso, o Alex Sandro já saía a jogar sem sequer olhar)
- E por aí fora..

Enfim, alguns viram um grande jogo, um massacre (!), a realidade dos factos viu 4 ou 5 oportunidades do PSG que eu duvido que falhasse e 85% do jogo ofensivo do Porto completamente inconsequente contra uma equipa que concedeu pelo menos 4 lances de golo iminente à entrada da área só em perdas de bola daqueles dois centrais deles.

Anónimo disse...

Admitindo que o seu (confuso) post faz algum sentido, diria que lhe falta concretizar com dados estatísticos mais palpáveis. Quantos é que foram mesmo os cantos? quantos foram os passes acertados/falhados?

Porque da maneira como escreve dá ideia de que só se o Porto não falhasse um único passe e o PSG não tocasse na bola é que se podia considerar uma boa exibição.

Enfim, tenho pena por si, parece-me evidente que não gostou do jogo tanto quanto outros (nos quais eu me incluo). Tenho pena porque apesar de aparentemente eu não ter o meio cérebro que referiu, tive um prazer imenso em ver a minha equipa jogar, prazer esse que aparentemente lhe escapou.

Louro disse...

Para bom entendedor , meia palavra basta!
Quando me refiro aos criticos , falo dos jornalistas, comentadores, treinadores, adetos adversários e alguns portistas como o Miguel Sousa Tavares que criticam e não gostam do Moutinho do Vitor Pereira entre outros sabe-se lá porquê.
A critica deve ser construtiva e vozes de burro não chegam ao céu.Sempre defendi os jogadores e o treinador dá o seu melhor.
Vejo 99 por cento dos jogos no dragao e nunca assobiei um jogador, estou lá nas horas boas e más, no entanto nós é que somos parvos!

Snob disse...

killer instinct vi e muito em jogadores cm l.lopez,derlei,kostadinov,domingos,rui barros, ate Pena no seu 1 ano.

Espero q j.martinez seja o proximo,26 anos..ja alguns golos no campeoanto..espero tb q sai kleber e entre outro avançado.

José Rodrigues disse...

"alguns portistas como o Miguel Sousa Tavares que criticam e não gostam do Moutinho do Vitor Pereira entre outros sabe-se lá porquê"

Acho q nao ha' misterio nas razoes por que o MST nao gosta muito de Moutinho ou VP, ele ja' se explicou. Nao e' certamente por causa do penteado ou da cor dos olhos...

Claro q pode discordar-se veemente das razoes q ele da' (e eu muitas vezes ate' discordo bastante), e pode-se (argumentando) acusa-lo de ser simultaneamente um bocado cata-vento e casmurro, mas acho q ja' nao pode ser acusado de embirrar com este ou aquele "porque sim" - ele aponta as suas razoes.

De resto caro Louro ha-de explicar-me direitinho porque e' q criticar e' sinonimo de assobiar no estadio... e' q eu conheco uns quantos q criticam muito este ou aquele jogador (ou treinador) nos cafes e na net, mas simultaneamente vao ao estadio puxar pela equipa e nao assobiam. Sao duas coisas distintas.

José Rodrigues disse...

Vejo exagero no comentario do Joao mas ele toca num ponto que me parece merecer relevancia: o pessoal costuma so' lembrar-se bem das suas oportunidades, esquecendo as do adversario. E' humano.

E de facto o PSG teve umas quantas boas oportunidades em q foram displicentes, em alguns casos frutos de displicencia do nosso lado, e podiam ter ganho o jogo (injustamente), em cujo caso os comentarios de muita gente agora seriam bem diferentes.

No computo geral tivemos mais oportunidades, mas como ja' disse anteriormente podia ter ficado 5-3. Onde discordo muito do Joao e' q eu acho q de facto a nivel ofensivo (defensivo nem tanto) fizemos um jogo muito bom, apesar de haver sempre por onde melhorar claro.

João disse...

Anónimo estou completamente disponível para esclarecer qualquer confusão que o meu post lhe possa merecer. Em relação ao suporte estatístico para o que disse, eu não preciso dele para fazer as aferições que faço, porventura o anónimo terá que prestar mais atenção ao jogo para também ter uma noção desse tipo de incidências e já evitamos ter que andar à procura. Mas podemos fazer o inverso.

O Porto terá beneficiado de 8 ou 9 pontapés de canto, se me souber indicar um que tenha levado qualquer medida de perigo à baliza adversária, faça o favor de o fazer.
Se se conseguir recordar de algum passe de ruptura completo feito pelo Lucho neste jogo, esteja completamente à vontade. E quanto à péssima disposição ofensiva com que abordamos a grande maior parte do jogo já não lhe posso fazer muito, mas pode sempre rever o jogo (http://osreformados.com/index.php?topic=71292.0) e ver se foi algo que eu inventei.

Não me vou reportar à sua capacidade cognitiva mas sim, parece-me muito redutor considerar-se este jogo um jogo tão conseguido contra uma equipa que dá tantas abébias e que, mesmo assim, podia facilmente ter-se colocado em vantagem e ter levado os 3 pontos em 3 ou 4 situações que dispôs para isso. A mentalidade "o que interessa são os 3 pontos" não é o meu forte, lamento.