sábado, 24 de novembro de 2012

Guilherme, Hélio, cunhas e (des)lealdades

«Luís Guilherme, que perdeu a presidência do Conselho de Arbitragem por um voto, no dia em que o delegado da A. F. Viana teve um desarranjo intestinal e não pôde votar, demitiu-se do Centro de Treinos de Árbitros de Lisboa depois de ter visto o CA da FPF [presidido por Vítor Pereira] vetar o nome de Hélio Santos, antigo árbitro de 1.ª categoria, indicado por Guilherme para colaborar, graciosamente, com o Centro de Treinos. O próprio Luís Guilherme fez questão de afirmar que Hélio Santos é padrinho de um filho seu
Eugénio Queirós, 23 novembro de 2012 | 19:15
in record.pt


Este texto, publicado ontem por Eugénio Queirós no seu blogue, é muito interessante e remete para alguns dos tentáculos que o slb teve (tem?) no chamado SISTEMA.

Recuemos uns anos...

Luís Guilherme deixou a arbitragem e assumiu funções na APAF em 1998 e, em 2002, foi convidado (segundo se disse na altura por indicação do slb) a presidir à Comissão de Arbitragem da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP), onde esteve quatro anos.

No mesmo período, 2002 a 2006, um ex-responsável pelo futebol dos encarnados, Cunha Leal, exerceu (e de que maneira!) o cargo de director executivo da LPFP.

«As cunhas desleais não honram o futebol nem os lugares, quando se percebe que o objectivo é prejudicar o FC Porto»
Rui Santos, 16/05/2008
in record.pt

Hoje pode parecer estranho, mas na altura vivia-se na Liga o período de ouro da aliança entre o Boavista dos Loureiros (pai e filho) e o slb de Luís Filipe Vieira, uma santa aliança forjada contra Pinto da Costa e contra o FC Porto (em que uma das primeiras vitimas foi José Guilherme Aguiar).

Fui convidado por Valentim Loureiro, mas provavelmente por indicação do Benfica
Cunha Leal, 2 junho de 2002

Hélio Santos, outro dos protagonistas desta história, é um ex-árbitro filiado na Associação de Futebol de Lisboa, que teve como seu árbitro assistente um tal de... Luís Guilherme!

Ao longo da sua carreira, as tendências benfiquistas do árbitro Hélio Santos foram sempre notórias, mas o jogo que o projectou para a história do futebol português foi um célebre Estoril-Benfica, da época 2004/05, disputado no estádio do... Algarve (!).

«se [Cunha Leal] cumprisse o seu dever de isenção, não teria autorizado a farsa que constituiu a marcação do Estoril-Benfica para o Algarve, na jornada 30 do campeonato de 2004-05, cujo desfecho foi decisivo para a atribuição do título nessa temporada»
Rui Santos, 21/05/2008
in record.pt

A nomeação de Hélio Santos já dava algumas “garantias” mas, não fosse o diabo tecê-las, o seu compadre (Luís Guilherme) também nomeou para o mesmo jogo Devesa Neto, um ex-árbitro assistente que foi apanhado a jantar com José Veiga (ex-diretor desportivo do slb) no restaurante Sapo e que, conforme se ouviu nas escutas entre João Rodrigues (ex-dirigente do slb e ex-presidente da Federação Portuguesa de Futebol) e Pinto de Sousa, tinha o condão de acalmar os dirigentes benfiquistas...

O jogo, da 30ª jornada, realizou-se no dia 24 de Abril de 2005 e, tal como a data sugere, fez lembrar os tempos da outra senhora.
Seria exaustivo (e difícil) referir todas as "roubalheiras", perdão, os casos de arbitragem que ocorreram durante os 90 minutos, por coincidência quase todos em prejuízo do Estoril, mas os mais significativos foram os seguintes:
Aos 24 minutos, numa altura em que o Estoril vencia por 1-0, deu-se a expulsão do estorilista Rui Duarte, naquela que foi a expulsão mais rápida dessa época;
Aos 37 minutos, ficou por assinalar um penalty clarissimo contra o slb, bem como, a expulsão do defesa central encarnado Ricardo Rocha;
Aos 75 minutos, uma falta do médio encarnado Petit foi transformada em falta contra o Estoril, e deu origem ao golo do empate;
Finalmente, aos 79 minutos, nova expulsão de um jogador do Estoril (vermelho direto para João Paulo, por palavras), abrindo caminho ao 2º golo do slb, que haveria de ser marcado por Mantorras dois minutos depois.
O jogo terminou com sete cartões amarelos e dois vermelhos para jogadores do Estoril, um cartão amarelo para jogadores do slb e, claro, com a vitória dos encarnados (1-2), como tinha de ser.

Missão cumprida, após o jogo soube-se que o árbitro o tinha apitado com botas emprestadas pelo slb. Tudo normal, aliás o próprio Hélio Santos confessou que, no final, lavou as botas e as devolveu. Só faltou engraxá-las...

Mas, aquilo que para a História do futebol português ficou conhecido como Estorilgate, teve ainda outros contornos pouco claros, envolvendo pressões sobre jogadores do Estoril, que foram denunciadas pelos próprios treinadores dos canarinhos (Litos, treinador principal e Carlos Xavier, treinador-adjunto).

Enfim, tudo claro e limpinho, como os benfiquistas gostam...

43 comentários:

João disse...

Mais uma vez, porque é que não deram continuidade à página do facebook? Este é o tipo de artigos que devia ser partilhado em que tudo que é lugar. Muito bem!

JOSE LIMA disse...

Caro José Correia
Das manigâncias do clube da "verdade desportiva" estamos conversados.
Quanto aos outros comparsas da arbitragem, com o chefe Vítor Pereira e os seus cãezinhos amestrados à cabeça, parece que continuam com as costas quentes. Um tal Mário Figueiredo está a mexer os cordelinhos (até já chegou ao Governo) para que se tornem "profissionais". Livra!
Outra das farsas preferidas do senhor Figueiredo é a pressão para que o TAD (Tribunal Arbitral do Desporto), composto pelos “amigos” do costume, assuma plenos poderes.
Então é que vai ser lindo. Com "esta" Liga e o TAD (cujas decisões não são passíveis de recurso para nenhuma instância desportiva) encavalitados na FPF (que nem sequer sobre o Conselho de Disciplina tem quaisquer poderes), o clube da treta vai voltar ao antigamente. Está a estratégia montada, para qualquer dia conseguir um título.
Enquanto isso nós andamos entretidos a pôr e tirar a relva do estádio.
Abraço

rogério almeida disse...

A acrescer ainda o "detalhe" da contratação relâmpago de Rui Duarte pelos encornados. Jogador que, como se previa, e a exemplo de vários outros, nunca viria a vestir a camisola do clube da "verdade desportiva". Uma contratação cirúrgica para os efeitos pretendidos. A mudança intencional do local do jogo foi apenas a menor das artimanhas usadas, em desespero, para a conquista desse miserável Campeonato.

Zé Luís disse...

Fazer a súmula de factos (sublinho factos) e relacioná-los, estabelcer relação de causa-efeito, assimilar e PROCESSAR informação. Eis a importância deste escrito que enaltece quem o faz e demonstra a sagacidade que já falta na Imprensa onde o abjecto EQ é (ainda) duque de paus mandados e pobre saloio de caca na cabeça polvilhada de caracóis que, como lesmas, seguem o seu caminho sem destino e rumo.

É a diferença, de enaltecer, entre dar uma pseudo-notícia e não a concretizar de forma sábia e enfática para que tudo se torne claro.

O José Correia, por quem rapidamente nutri grande afecto na bluegosfera, dá mais um exemplo do que é ser um blogger inteligente e activo, revelador das cruas realidades da vida, contra a (in)diferença de um pseudojornalista de investigação rasteira que não se ergue do charco em que viceja.

(daí o JC, que há tempos me SURPREENDEU com uma descrição que fiz muito antes do personagem citado, perceber o que escrevi e porque escrevi algo que decerto passou ao lado de muita gente que vem e lê mas percebe pouco do que se passa e amanhã esquece tudo sem depois poder relacionar factos com nomes e pessoas com casos, vide o Pífio Dourado de que me orgulho ter desmascarado e cunhado tal nome. Como me sinto mais Messi, pouco propenso a falar de mim próprio, e menos CR7 capaz de dionisicamente me eleger o melhor de tudo, nem me atrevo a descrever o que descrevi do EQ e associar o que deixo aqui como outro testemunho do que "isto é", exposto no post e que me motiva a escrever agora. Mas o JC sabe do que é que estou a falar).

Parabéns pelo a,b,c do que deve "ser isto".

Anónimo disse...

SIMPATIZANTE DESPORTISTA (sócio Académica)

Eu como simples simpatizante portista e portanto de uma forma mais fria e distante, quando vejo estas noticias até me arrepio; até porque não gosto do compadrio e corrupção que é publico que existe e se calhar continua a existir não só na sociedade em geral como no futebol em particular.

Logo não tomo parte das dores de coração em relação a tudo o que se sabe ou se vai sabendo em relação a estes casos quer envolva FCP, SLB, SCP ou outros. Para mim um crime não justifica outro; seja o Papa ou um desconhecido que o cometa; o que é condenável é sempre condenável e não o deixará de ser só porque a personalidade ou a entidade envolvida é do meu agrado.

Dai e como simples simpatizante portista; faz-me um pouco de espécie quando vejo pessoas ligadas ao FC Porto atirar pedras aos que tem telhados de vidro e se esquecem que infelizmente está provado há muito na praça pública que o FCP não só tem telhados, como paredes etc… tudo de vidro e do mais frágil.

Só como exemplo; Está bem presente na minha memória que durante a época do organismo autónomo o presidente do FCP, Pinto da Costa, era ao mesmo tempo presidente do dito organismo e por inerência do cargo, era também o presidente dos árbitros. O que já na altura me fazia espécie, não só ele não ter recusado um dos cargos, tendo em conta os conflitos de interesse no mínimo; como antes dos jogos PC dirigia-se ao balneário da equipa de arbitragem, como presidente do AO, como ele afirmava e logo de seguida ia sentar-se no banco de suplentes do FCP como Delegado ao jogo; onde bastas vezes como era observável durante esses jogos levantar-se e criticar e “mandar vir com os árbitros”; quem não se lembra do Pratas a fugir da equipa do FCP numa Super Taça contra o Benfica em Coimbra (onde estive presente apoiar o FCP) e com o PC e o RT a incitar os jogadores do FCP á pressão sobre o árbitro. E no fim dos jogos lá ele ia falar ao árbitro e aí já ninguém conseguia compreender se era como presidente de quê ou se era só mesmo delegado ao jogo.

Já mais recentemente e durante o processo apito dourado e quando ouvia as escutas ainda fiquei mais atordoado com tudo o que se lá ouve; inclusive se percebe como Deco após atirar uma bota ao árbitro leva uma condenação mais branda que muitos vermelhos por entradas faltosas e depois vejo virgens ofendidas a querer condenar Luisão por uma peitaça. Eu não defendo o Luisão nem o SLB; mas este é um exemplo como funcionam as coisas no futebol português; há sempre dois pesos e duas medidas para casos semelhantes ou até iguais. Também é nessa gravação que se pode ouvir ANTERO HENRIQUES a afirmar alegremente directamente a PINTO DA COSTA que este último é um GRANDE CHANTAGISTA, para agrado de PINTO DA COSTA… como o ser CHANTAGISTA seja uma qualidade e não um defeito.

Isto já para não falar na VERGONHOSA no mínimo, visita de um arbitro a casa de Pinto da Costa na véspera do jogo com o Beira-Mar e que foi justificada com uma esfarrapada história que só pode lembrar ao diabo e em que só os seus discípulos podem acreditar.

Só para terminar; já repararam que o Dr. Lourenço Pinto companheiro de uma vida de Pinto da Costa; inclusive com um historial de sociedades comerciais e outros negócios; que foi e é seu advogado pessoal e que é uma pessoa ligada ao FCP… é o actual presidente da AFP.

Eu sei que pelo conteúdo; este não vai ser um comentário de agrado da maior parte dos leitores deste blogue; incluindo os seus autores. Mas eu como simples simpatizante e sabendo que este é um blogue livre, onde a palavra ditadura e censura não se praticam e como gosto olhar para o todo e não só para os outros aqui fica a minha opinião.

Cumprimentos a todos até mesmo os que não estiverem de acordo.

Miguel Monteiro disse...

Já conhecem o novo restaurante do James Rodrigues? Em Leça da Palmeira

Aproveitem a promoção só até amanhã.

http://pt.dzcount.com/porto/deal/desconto-menu-restaurante-ancora-violeta

José Correia disse...

Por que razão fez questão de se apresentar como sócio da Académica e simpatizante portista e depois escreveu um extenso comentário, sem falar uma única vez no Estorilgate (o tema deste artigo), e cujo conteúdo e tom tresanda a adepto do slb?

José Correia disse...

Você apresenta meias verdades como se fossem factos e faz uma amalgama de casos que nada têm a ver entre si e que, em alguns casos, distam temporalmente entre si mais de uma década!
E, claro, nem uma palavra acerca do Estorilgate.

LF Vieira? Cunha Leal? José Veiga? Devesa Neto? Hélio Santos?
Nem uma palavra.

José Correia disse...

durante a época do organismo autónomo o presidente do FCP, Pinto da Costa, era ao mesmo tempo presidente do dito organismo

E sabe porquê, ou isso não lhe interessa?
Sabe qual era o enquadramento da época, nomeadamente a relação entre a Liga e as Associações?
Por acaso, por mero acaso, sabe com quantos votos é que o Pinto da Costa foi eleito presidente do Organismo Autónomo?
E o seu slb, perdão, você é "simpatizante portista" (LOL), votou a favor ou contra a eleição de Pinto da Costa?

É óbvio que nada disto lhe interessa. Você limitou-se a ler esta treta num qualquer blogue benfiquista e isso chega-lhe.

Não quer dizer nada de concreto sobre o Estorilgate que, por acaso, é o tema central deste artigo?

José Correia disse...

antes dos jogos PC dirigia-se ao balneário da equipa de arbitragem, como presidente do AO, como ele afirmava e logo de seguida ia sentar-se no banco de suplentes do FCP como Delegado ao jogo

Em que blogue benfiquista é que você leu esta treta?
E isso aconteceu em todos os jogos do FC Porto?
E em que período (basta dizer o mês e o ano)?
Vá lá, não se acanhe, que é para a gente se divertir um bocado.

E, já agora, aproveite e diga-nos o que pensa de um dos maiores escândalos de sempre da História do Futebol português - o Estorilgate - e do papel que nele tiveram figuras como Cunha Leal, José Veiga, o primo do José Veiga, os dirigentes do Estoril (que eram ex-dirigentes do slb), Luís Guilherme (presidente dos árbitros), o árbitro Hélio Santos e o árbitro assistente Devesa Neto.

Costa disse...

Ó 'portista',

Pega na lancheira e vai levar o almoço ao pai...

Anónimo disse...

Caro J.Correia; fica já a saber que eu partilho da sus opinião que o "Estorilgate" é um dos maiores escandalos da história do futebol português, mas longe de um "Penafielgate" de um caso como o do Guimaro, mais conhecido por "quinhentinhosgate" ou de outros como um determinado clube pagar viagens a árbitros; mas deve reconhecer que qualquer destes escândalos são brincadeira de criança comparados com o maio escândalo do futebol português; o infelizmente e inesquecível processo "Apito Dourado".

Cumprimentos do Simpatizante Portista e Sòcio da Académica.

P.S: Continua

Anónimo disse...

E o Manuel Damásio quando foi presidente da Liga era presidente de quem ?!

Anónimo disse...

Da Academica cheira a "mouro".

Anónimo disse...

Caro J.C; quanto á informação que me pede como sabe é pública e pode ser encontrada em qualquer biblioteca municipal que disponha jornais em arquivo.

Mas posso acrescentar que em casa de um familiar meu grande portista e de quem eu gosto muito (vem dele a minha simpatia pelo FCP) e que já fez parte da direcção do FCP e que até conhece pessoalmente Pinto da Costa e a sua forma de ser e estar na vida; esta situação e actuação por parte de PC quando era presidente do OA era já falada e comentada lá em casa

Já agora vá ver umas K7 dessa altura e vai ver o presidente OA e do FCP, ou seja, PC sentado no banco do FCP como delegado ao jogo.

Cumprimentos do S.Portista e S.Académia

Anónimo disse...

Esse senhor da Academica que passe o filme do jogo Benfica/Boavista com o Isidoro Rodrigues a arbitrar no tempo do Damásio, na Luz e vai ver como é que é.

Ou então um Benfica/BoAVISTA NO bESSA COM jOÃO fERREIRA .

Mas a "intoxicação social" branqueia tanta coisa DA 2ªCIRCULAR.

Anónimo disse...

Vê-se logo que o "homem" e´da Academica....

Anónimo disse...

Caro J.C; Como tive o cuidado de referir, eu sou simplesmente simpatizante e não sócio do FCP, mas sim da Académia, logo não voto. Agora como já aqui escrevi, eu sou simpatizante do FCP por influencia de um familiar meu que é um grande portista e no passado fez parte da direcção.

Mas daquilo que sei pelo o meu familiar de Pinto da Costa ou de Reinaldo Teles tanto como dirigentes do FCP como na sua vida pessoal; se fosse sócio do FCP, nunca teriam o meu voto, porque tudo o que ouvi de ambos e depois o que tomei conhecimento através do que foi tornado público no processo Apito Dourado (miudezas) deu para apagar tudo de bom que PC fez pelo o clube.

P.S: por já saber que em círculos Portistas quem fala contra tudo o que toca e queima Pinto da Costa, leva logo o rótulo de benfiquista; tive o cuidado de enquadrar o meu comentário com simples simpatizante do FCP que sou e nem mais ou menos. Mas essa de atirar areia para os olhos em forma de Benfica é uma das tácticas dos seguidores cegos desta direcção para enviesar a realidade do que se discute, Que é a favor do homem é um bom portista, quem é contra é de certeza benfiquista.

J.Antonio disse...

Simpatizante portista... Covardolas!!!!

Anónimo disse...

Caro J.C; não sei se reparou em momento algum coloquei em causa no meu primeiro comentário nem nos de resposta o caso "Estorilgate", o que é estranho para aquilo que o sr. Afirma que tem um conteúdo e tom que "tresanda" a adepto do Benfica; calculo que se duvidasse do "Estorilgate", então tinha levado com o rótulo de sócio do Benfica. No tempo da antiga senhora era assim que funcionava a ditadura, quem fosse contra o pensamento instalado era apelidado de comunista... Mesmo que o opositor fosse igualmente anti-comunista.

Mas pelo menos o J.C não pratica a censura no seu blog e não só publica os comentários que não lhe agradam (como eu tive o cuidado de referir no fim do mesmo) como dá direito ao contraditório.

Assim mais uma vez cumprimentos para si.

D.Pedro disse...

Eu não esqueço o "CAMPEONATO dos TUNEIS" .

José Correia disse...

é nessa gravação que se pode ouvir ANTERO HENRIQUES a afirmar alegremente directamente a PINTO DA COSTA que este último é um GRANDE CHANTAGISTA

Já vi que percebe muito de escutas, algo típico dos benfiquistas...
Mas diga lá, nas muitas escutas que ouviu, quem são as pessoas que aparecem a ser chantageadas pelo Pinto da Costa?

Em alguma delas aparece o Pinto da Costa, em conversa com o presidente da Liga (Valentim Loureiro), a recusar/escolher árbitros?

Em alguma delas aparece o Pinto da Costa, em conversa com o presidente da Liga (Valentim Loureiro), a dizer que vai tratar do assunto (arbitragem) por outra lado?

Diga-me em que escutas é que aparece o Pinto da Costa com este tipo de afirmações e comportamento.

José Correia disse...

durante o processo apito dourado e quando ouvia as escutas ainda fiquei mais atordoado com tudo o que se lá ouve

Em alguma das escutas que ouviu aparece um dirigente do FC Porto a combinar jantares com árbitros no restaurante Sapo, ali para os lados de Penafiel?

Em alguma das escutas que ouviu aparece um vice-presidente do FC Porto a dar instruções para depositar 2000 euros na conta de um árbitro?

Pois, já sei, há as escutas que interessam e as que não interessam, ou não sequer foram feitas...

E sobre o Estorilgate, não é capaz de dizer nada de concreto?
Vá lá, um ou dois parágrafos, só para a gente perceber melhor o que pensa um benfiquista, perdão, um sócio da Académica e simpatizante portista de um dos maiores escândalos de sempre do futebol português.

José Correia disse...

um determinado clube pagar viagens a árbitros

De que viagens está a falar?

Dos árbitros que foram à China, integrados na comitiva do sporting, após na véspera um deles ter arbitrado um final da Taça de Portugal entre o sporting e o FC Porto?

Da viagem a Inglaterra do árbitro Devesa Neto, integrado na comitiva do slb, para acompanhar/apoiar o seu benfica num jogo das competições europeias.

Desconfio que não é destas viagens que está a falar.
Sim, porque estas viagens nunca existiram, pelo menos para os sportinguistas e benfiquistas...

José Correia disse...

quem fala contra tudo o que toca e queima Pinto da Costa, leva logo o rótulo de benfiquista

Está enganado. Você levou o rótulo de benfiquista, porque só um benfiquista escreve da forma que você escreve e porque o conteúdo dos seus comentários tresandam a benfiquismo doentio.

Mais. Quem é portista, não precisa de iniciar o seu primeiro comentário batendo com a mão no peito dizendo que é simpatizante portista, algo que você sentiu necessidade de repetir mais do que uma vez, para tentar credibilizar aquilo que escreveu.

José Correia disse...

Com o apoio do benfiquista de Fafe - Laurentino Dias - já esvaziaram a Liga e levaram novamente a sede da Arbitragem e da Disciplina para Lisboa.

Abraço

José Correia disse...

Caro Zé Luís, obrigado pelo simpático comentário.

Quanto ao essencial, espero continuar por cá mais algum tempo e, de vez em quando, aproveitar estes "atrasos ao guarda-redes" feitos por indivíduos como o EQ, para "interceptar a bola e tentar marcar uns golos na baliza dos adversários".

Abraço

José Rodrigues disse...

Concordo com o José Correia, e digo mais ao pseudo-adepto da Académica: está muito enganado quando diz q no universo portista quem não é seguidor acrítico de PdC é apelidado de benfiquista. Basta assinalar q eu e outros autores do RP já aqui escrevemos artigos críticos de PdC, mas o q se viu agora aqui foi bem diferente.

Anónimo disse...

Lol lol lol

Eu por acaso sou Sportinguista e por causa da minha namorada portista algumas vezes paço os olhos por este blog, acabo de ler o que vai para aqui e não paro de rir; eu não sei se o homem é Académica, se é simpatizante portista ou lá o que é. Agora que escreveu umas valentes verdades, lá isso escreveu e que tirou muita gente do sério tb é uma realidade.

Lol lol lol

HULK 11M disse...

E quanto ao processo do "apito", pode-nos dizer, "este senhor academista", em que jogo é que ficou provado que o FCP foi beneficiado, entre as dezenas de jogos do FCP que foram passados a pente fino, quer pelos homens da PJ quer pelos do Ministério Público?
Olhe que os portistas, sejam ou não, cegos seguidores de PdC, sabem bem responder a esta questão!

Anónimo disse...

Lol lol lol

Ontem durante a noite deixei aqui um comentário sem ofender ninguém, só afirmei que estava farto de rir com a reacção que o simpatizante portista tinha provocado e agora reparo que o meu comentário foi simplesmente ignorado ou seja, pelo visto afinal aqui neste blog existe o famoso lápis azul tantas vezes utilizado durante a ditadura de Salazar para censurar tudo que não era do agrado do regime

Lol lol lol

Do Sportinguista para todos aqueles que tem medo da liberdade de expressão e são contrários ás boas praticas democráticas

Pelo menos sr José assuma que para si a liberdade de expressão é crime ao SEU ESTADO DE DIREiTO

RCBC disse...

Será que o “especialista em escutas” já se esqueceu das escutas em que “orelhas” e o presidente da liga de então escolhem o arbitro da meia-final da taça de portugal 03/04 que posteriormente os bois encarnados venceram num final frente ao FC Porto de Mourinho? Sim, nessa escuta o “orelhas” ficou célebre pela seguinte frase: “O João pode ser….” E sim este árbitro era o João Ferreira celebrizado por tantas e tantas “boas” arbitragens a favor da transparência do futebol português nos últimos anos…

Se o “especialista em escutas” é mesmo portista, então é um portista parvo… Não tem a ver com ser anti ou a favor de Pinto da Costa, trata-se de uma questão de parvoíce… e com certeza também poderão haver portistas parvos… Como parece ser o caso desse “especialista”!

RCBC disse...

"Eu por acaso sou Sportinguista e por causa da minha namorada portista algumas vezes paço os olhos por este blog, "

Escreve-se passo e não paço... Convinha saber escrever português...

O teor do seu comentário é similar à sua capacidade em escrever português correctamente, ou seja ZERO!

Carlos Santos disse...

Acredito perfeitamente que este blogue o faça rir, é que a sua equipa não se pode dizer que lhe tenha dado muita vontade de rir nos últimos anos...por outro lado, a nós Portistas, tanto a sua equipa como a outra sua vizinha têm-nos proporcionado uns bons momentos de comédia! Por isso sinta-se à vontade para rir com os portistas já que com a sua equipa a coisa está difícil...

Já agora, que tal aprender a escrever? Nunca fez mal a ninguém..."algumas vezes paço os olhos por este blog".

José Correia disse...

Eu assumo é que me divertem alguns anónimos que "paçam" por aqui... LOL

José Correia disse...

E sobre o Estorilgate, o anónimo supostamente sportinguista com uma namorada portista, não quer dizer nada?

Anónimo disse...

Do Simpatizante do FCP-PARTE I

José Correia infelizmente tem sido por falta de disponibilidade que ainda não respondi a tudo o que me pede; mas lá vou tentando.

“E, claro, nem uma palavra acerca do Estorilgate…José Veiga?... Nem uma palavra.”

Então aqui vai; vamos lá falar um pouco do Estorilgate e de uma só personagem como JOSÉ VEIGA para melhor resumir tudo que anteriormente escrevi:

No dia desse jogo estava eu numa reunião de família em casa do meu familiar que já fez parte da direcção do FCP de Pinto da Costa; quando em conversa começamos a discutir a vergonha com tudo o que se estava a passar e que ficou conhecido como ESTORILGATE: Claro que eu comecei logo a dizer que só desta forma é que o SLB ganhava campeonatos e que o VEIGA era uma MAFIOSO etc…

O meu familiar esteve sempre de acordo comigo e com outras opiniões do género de outras pessoas presentes e que estavam a seguir o jogo. No fim levantou-se e afirmou o seguinte: O Benfica vai ganhar este campeonato e se J. VEIGA continuar como dirigente; os próximos anos serão de domínio do Benfica e nem com a sagrada aliança entre o “ALTERNADEIRO” (escuso-me a referir a quem o meu familiar se estava a referir) e o “PAPA” (igualmente aqui) conseguiram derrubar o novo “MONSTRO DO MAL” do futebol português: J. Veiga. Claro quem estava presente quis saber em concreto o que é que ele quis dizer com tudo aquilo. E ele pacientemente e com pormenor lá explicou a todos nós o que realmente significava a sua afirmação.

De forma que seguidamente aqui vou resumir, mas sem os grandes pormenores de exemplos concretos; mas todos eles de carácter no mínimo desonesto e muitos de carácter criminal desportivo e civil que o meu familiar connosco partilhou.

José Correia disse...

O seu comentário "Do Simpatizante do FCP-PARTE II" não foi publicado.
Se quiser que seja publicado refaça-o e retire todas as expressões insultuosas para dirigentes do FC Porto.
Senão, passe muito bem.

Daniel Gonçalves disse...

Caro sportinguista das 13:20,

de que fundamentos se julga possuidor para vir dar lições de moral aos outros? Acusações de censura???? Um Estado de Direito suporta restrições à libertinagem e ao livre arbítrio para protecção do próprio Direito e da Liberdade. Suponhamos que alguém entra na sua intimidade a ofendê-lo a si ou à sua família, não é de considerar uma "censura" para defender o direito à propriedade, ao bom-nome e à honra das pessoas, a liberdade de expressão não implica difamar os outros. Nestas condições tal "censura" não é fascista ou salazarista. Se tudo fosse permitido regressaríamos à selva e a uma sociedade primitiva. Uma coisa é a censura por motivos políticos, para afirmar uma tirania e defender um regime de partido único e uma outra coisa é uma "censura" para defender a liberdade, defender intimidade das pessoas sem que tal seja incompatível com as “boas práticas democráticas". Portanto não venha dar lições de moral ou de ciência política, e quanto a "boas práticas democráticas" olhe para a história do seu clube, para o seu passado e para o presente, como as mais recentes eleições para presidente da instituição.


"que escreveu umas valentes verdades, lá isso escreveu e que tirou muita gente do sério tb é uma realidade..." A mim nada das falsidades ou patetices escritas pelo anónimo, que se declara simpatizante portista (embora eu não acredita em tal), me tiraram do sério ou me incomodaram, assim como também não acredito que tiraram do sério os autores e leitores deste blog. Mas para si parece que umas chalaças sem sentido misturadas com difamações idiotas, que apenas servem para atacar o FC Porto, o divertem. O Sr. deve é preocupar-se com a tragédia que o seu clube actualmente atravessa, a ver se o Sr. também se diverte e se congratula com umas verdades do seu SCP.

José Correia disse...

A finalizar deixo aqui uns links de uma reportagem jornalística da RTP...

Obrigado, mas não irei permitir que um benfiquista anónimo venha para o 'Reflexão Portista' fazer propaganda a uma pseudo reportagem jornalística que foi um nojo.

Quer falar do Estorilgate?

Quer falar do papel que o diretor executivo da Liga, o ex-dirigente do slb Cunha Leal teve no Estorilgate ou, por exemplo, na inscrição ilegal do Ricardo Rocha?

Quer falar do papel que ex-dirigentes do slb, escolhidos por José Veiga para dirigentes do Estoril, tiveram no Estorilgate?

Quer comentar as denúncias (nunca investigadas pelo MP!) dos treinadores do Estoril - Litos e Carlos Xavier - segundo os quais alguns dos jogadores do Estoril foram pressionados por elementos ligados ao slb, na semana que antecedeu o Estoril x slb?

É que se não quer falar do Estorilgate e apenas escrever comentários que fedem a benfiquismo doentio e fundamentalista, sugiro-lhe que poupe o seu tempo.

Miguel disse...

Acho uma piada a estes indivíduos que vêm para aqui falar em familiares e tal e coisa, ''tenho um familiar que tal e coisa, que esteve presente, que conhece este e aquele, etc etc''. O tal familiar que o senhor diz já ter sido da direcção do FCP, nunca lhe contou nenhuma história do SLB que possa partilhar connosco??? Ou será que o seu familiar só conhece os podres de Pinto da Costa e Reinaldo Teles??? Curioso, muito curioso. Se o ridículo pagasse imposto, havia muita gente sem dinheiro para comer.

J.António disse...

E como é que está o processo instaurado a um dirigente do SCP que fez depósito de uma certa quantia de euros na conte de um arbitro?

José Rodrigues disse...

"A mim nada das falsidades ou patetices escritas pelo anónimo [...] me tiraram do sério ou me incomodaram"

Amen. Idem aspas. Mas convenhamos q ate' tirou do serio alguns comentadores portistas...

Caro D. Goncalves, tem toda a razao: aqui no RP nao ha' delito de opiniao, mas ha' um ou dois principios basicos de filtragem de comentarios (se lhe quiserem chamar "censura", estejam 'a vontade), nomeadamente: comentarios com o mero intuito de fazer publicidade a websites etc; insultos gratuitos; comentarios totalmente offtopic.

Sendo assim, se alguem opinar num artigo sobre um dado jogo q o FCP foi beneficiado nesse jogo, esta' 'a vontade para o fazer q sera' publicado. Se e' para meramente insultar dirigentes do FCP ou outros comentadores, ai' ja' nao.

Por exemplo: no q me diz respeito e so' falando desta discussao, tanto "censurei" aqui um comentario anti-FCP (q nao respeitava esses principios) como tambem censurei um comentario de um portista com insultos ao pseudo-simpatizante portista.

Um abraco