quinta-feira, 15 de novembro de 2012

SMS do dia

A todos os amigos portistas que gostariam de ver Vitor Pereira ser rendido do seu cargo - apesar da significativa melhoria de resultados e exibições - há um novo nome disponível no mercado com mais do que credenciais para a cadeira de sonho. Fica à vossa - e da SAD - consideração:

"Jesualdo Ferreira já não é o treinador do Panathinaikos. O português foi demitido por causa dos maus resultados.
A equipa grega, que também foi castigada com a redução de dois pontos no início da época, só venceu três dos dez jogos realizados no campeonato e está já a 15 pontos do líder Olympiakos, treinado por Leonardo Jardim.

No fim-de-semana, o Panathinaikos empatou (0-0) no estádio do Kerkyra.

Na Liga Europa, a carreira do clube também não tem sido famosa: ainda não venceu e soma apenas dois pontos em quatro jogos, ocupando o último lugar do Grupo J. "
in Publico

37 comentários:

ℙΣ₦₮∀ ➀➈➆➄℠ disse...

@ Miguel Lourenço Pereira

convém acrescentar, como adenda à notícia em causa e como o próprio visado afirma, que as condições que o clube grego lhe proporcionou para esta época não foram as ideais para lutar/ombrear na luta pelo título com o Olympiacos.

desculpa-me o reparo, as postar "algo assim", "soa" não só a ressabiamento mas a (muita) ingratidão

somos Porto!, car@go!
«este é o nosso destino»: «a vencer desde 1893»!

saudações desportivas mas sempre pentacampeãs a todas(os) vós! ;)
Miguel | Tomo II

Pedro disse...

confesso que nao percebo estes posts, ainda por cima com um ex-treinador do clube que ganhou 3 campeonatos.
Cumps

José Rodrigues disse...

Vamos por pontos:

1) Com Jesualdo tivemos um "virar da pagina", e nao havera' condicoes (eu atreveria a dizer "nunca" para ele voltar. Por outras palavras, nao vejo qq margem de manobra para um novo "ciclo Jesualdo".

O mesmo e' verdade para os outros treinadores q passaram pelo FCP e q estao no activo, com a possivel excepcao de AVB. Alias nos ultimos 30 anos do FCP penso q so' uma vez repetimos um treinador (Ivic), e no q se traduziu numa ma' experiencia.

2) Jesualdo foi um treinador muito competente no FCP, ponto. Quem dera ao VP daqui a 2 anos poder dizer q teve o mesmo desempenho no campeonato e LC q o Jesualdo conseguiu no FCP!

Isso nao invalida q o seu ciclo no FCP tenha chegado ao fim com razao justificada, devido a varios factores (alguma inflexibilidade, futebol pouco atractivo, ...).

3) No q me diz respeito (e penso q com a esmagadora maioria dos adeptos) nao faria o minimo sentido despedir VP neste momento ou a muito curto prazo.

Renovacao de contrato, isso ja' e' outra historia (neste momento ainda nao tenho opiniao formada... vamos a ver como correm os px meses).

Silva Pereira disse...

Boa tarde,

Também acho que cheira a provocação e o sentido que tem acho infeliz, porque o prof jesualdo Ferreira não o merece.

Saudações

Pyrokokus disse...

Não faz sentido o VP ser trocado pelo JF. Neste momento não sei se traria alguma melhoria para a equipa.
Se no ano passado o VP conseguiu manter-se na frente da equipa, penso que não vai ser agora que o vão substituir.

Miguel Lourenço Pereira disse...

Parece que o meu objectivo não foi entendido.

Eu sou um grande admirador de Jesualdo Ferreiro. Creio que não havia outro treinador capaz de aguentar o que ele aguentou, tanto em exposição mediática - com o clube calado durante os meses do Apito Dourado - em perder ano após ano jogadores chave, na potencialização de jogadores que geraram fortunas. Para mim foi uma figura fundamental na história recente do clube apesar de não ser um treinador de excelência.

O post tinha, apenas como objectivo, lembrar aos mesmos que criticam agora Vitor Pereira que no passado também criticaram Jesualdo Ferreira por algo similar e no entanto ali está um homem que nos deu 3 títulos e boas prestações europeias. Nada mais! Sei quais foram as condições de trabalho de Jesualdo e seguramente, ele é o menos culpado do estado actual do clube!

Amphy disse...

Creio que poderia ser uma mais valia contratar o Jesualdo para treino específico de jogadores. Acho que ele valorizou a maioria dos jogadores com quem trabalhou, talvez com a excepção do Hulk.

Aliás, quando Jesualdo saiu do cargo de treinador, foi-lhe proposto pelo PdC qualquer coisa como ser o coordenador do futebol.

José Rodrigues disse...

"O post tinha, apenas como objectivo, lembrar aos mesmos que criticam agora Vitor Pereira que no passado também criticaram Jesualdo Ferreira por algo similar"

1) Quem, ao certo, sao os "mesmos"??
2) No que consiste ao certo o tal "algo similar"?

Sinceramente, acho q esta "clarificacao" do objectivo do artigo so' serviu para confundir mais.

Nao percebo qual e' q relevancia da experiencia Jesualdo para discussoes sobre o VP. VP nao tem (ainda??) nem pouco mais ou menos o CV de Jesualdo; e VP e' VP e Jesualdo era Jesualdo.

E ate' digo mais: apesar das criticas (algumas muito fortes) q tenho lido ao VP, nao vi nos comentarios do RP NINGUEM a pedir q VP seja agora despedido. Ninguem.

Miguel Lourenço Pereira disse...

Zé,

O Jesualdo foi, possivelmente, o treinador mais contestado - entre os ganhadores - da história recente do FCP. Nos anos em que foi campeão e no ano em que não o foi. Foi criticado pelo estilo de jogo, pela gestão do plantel, pelo não aproveitamento da formação, por falar e por estar calado e na minha perspectiva sempre houve um grande grupo de adeptos que não descansou nas criticas enquanto não foi substituido.

Esse mesmo grupo, ou pelo menos um grupo com uma filosofia similar, tem exactamente o mesmo discurso sobre o Vitor Pereira, os mesmos problemas e a mesma solução, já li vários adeptos, tanto aqui como noutros blogs portistas, a pedirem um novo treinador (uma forma mais bonita de querer despedir o actual) por entender que este não "merece" ser treinador do FCP.

P. Ungaro disse...

Boas,

Para ja é ridiculo falar em mudança de treinador, nesta altura do campeonato. Isto ja parece noticia do pasquim da queimada.
Realmente não faz sentido que JF volte a ocupar o lugar de treinador principal, fundamentalmente porque nunca foi um bem amado, alias como VP, da massa associativa azul e branca.
No entanto e verdade seja dita seria uma mais valia na estrutura fundamentalmente ligado ao desenvolvimento dos jogadores como tem sido dito por Hulk e Falcao só para citar estes. Ou então na equipa B, que certamente seria uma mais valia.

A ver vamos ...

Um abraço

http://fcportonoticias-dodragao.blogspot.pt/

Anónimo disse...

Isso é provocação.

O cabo dos trabalhos que foi para mandar esse dodot lampião daqui para fora.

Este clube merece muito mais do que dodots e Pereiras, haja mais exigência e menos carneirismo, somos um clube com orçamento na casa dos 100 milhões.

Já não somos o clube que contava tostões.

Upgrade

João disse...

FCP a jogar à Carcavelinhos em Old Trafford contra qualquer agremiação que aparecesse no calendário? Não, muito obrigado. Para me por a nanar e trazer a carroça cheia sempre que se vai a Inglaterra tem chegado este e até tem vindo a melhorar muito. Mais uma vez, para treinador principal, longe! Para outra função qualquer, é sempre bem vindo.

Miguel Lourenço Pereira disse...

Parece que vou ter de ser ainda mais explicito meus amigos. Não estou a falar de uma mudança de treinador, não estou a desejar o regresso de Jesualdo, não estou a criticar um treinador TRI-campeão nacional!

Estou, pura e simplesmente, a relembrar aos criticos de Vitor Pereira que a mesma lengalenga já se ouviu com Jesualdo!

irra!

Anónimo disse...

Acho uma piada imensa a alguns portistas que por aqui passam. Agora defendem o professor jesualdo e dizem que é uma provocação porque ganhou 3 campeonatos. Ora eu tenho boa memória e lembro-me perfeitamente do que foi o "inferno" para o jesualdo enquanto esteve ao comando do porto. Era criticado tal e qual VP quando ganhava jogos, quando perdia jogos, até quando goleava. só o tri campeonato calou todos estes críticos. Até que apareceu VP que o substituiu na perfeição. é criticado quando perde, quando ganha. é criticado por beijar o crucifixo quando a equipa marca e é criticado quando não festeja.
Agora mais a sério,leonardo jardim tem de ser o proximo treinador do porto. em todos os lugares onde esteve teve sucesso.

Joaquim Lima disse...

Creio que um treinador com o CV do Jesualdo não aceitaria uma opção destas... nem no FCP! Normalmente quem aceita este tipo de trabalhos são treinadores medianos, coisa que o Jesualdo não é!

DiLaurentis disse...

O Artur Jorge também treinou o FC Porto em duas ocasiões.

Despedir o VP? Ontem já era tarde.

Jesualdo no FC Porto? Mantenham-no longe.

José Lopes disse...

Miguel,

O teu post foi infeliz e e' obvio que ninguem percebeu o sentido que lhe quiseste dar. Foi infeliz, porque da maneira que o escreveste, incluindo a parte da noticia do Publico que refere a situacao desportiva do Panathinaikos, deixou a entender que a culpa da ma epoca deles e exclusivamente do Jesualdo e que os que pedem que o VP saia deviam ver o que o Jesualdo fez na Grecia e perceber que se calhar nao vale a pena mudar. Se este nao era o teu objectivo, ainda bem, falo por mim, porque Jesualdo foi um excelente profissional e teve resultados mais que meritorios.

Um abraco.

José Lopes disse...

Miguel,

O teu post foi infeliz e e' obvio que ninguem percebeu o sentido que lhe quiseste dar. Foi infeliz, porque da maneira que o escreveste, incluindo a parte da noticia do Publico que refere a situacao desportiva do Panathinaikos, deixou a entender que a culpa da ma epoca deles e exclusivamente do Jesualdo e que os que pedem que o VP saia deviam ver o que o Jesualdo fez na Grecia e perceber que se calhar nao vale a pena mudar. Se este nao era o teu objectivo, ainda bem, falo por mim, porque Jesualdo foi um excelente profissional e teve resultados mais que meritorios.

Um abraco.

José Lopes disse...

Tambem repetimos o Artur Jorge!

Abraco.

Andre Correia disse...

Jesualdo???? Por amor de deus apesar de ter sifo tri campeao era fraquissimo ....perfiro o VP ....este ja ganhou 2 supertacas 1campeonato e ja nos aporou para os 1/8 final da champio s em 4 jogos ta a cumprir direitinho nao vamos continuar com as palermices de sempre e criticar este homem.......nao me digam que quem e contra o VP queriam que ganhasse 3 campeonatos num ano....poupem-me e agradecam a bravura de um homem que ate ao momento esta a realizar um grande campeonato e champions sem hulk falcao guarin belluchi fucile e alvaro pereira jogadores chave da era do AVB.....forca grande Votor Pereira eu apoio-te

Andre Correia disse...

Haaa aqui administradores qie nem parecem ser portistas .....e cada artigo enfim .....

Anónimo disse...

De um Simpatizante Portista (I Parte)

A VISÃO DE UM SIMPATIZANTE

Antes de mais declaro que sou simplesmente simpatizante do FC Porto. O meu clube de coração do qual eu sou sócio é a Académica de Coimbra. Faço esta declaração de interesse ainda antes de comentar este tópico, por uma razão muito importante; é completamente diferente viver a realidade de um clube de coração, com um do qual só simpatizamos.

É que enquanto adeptos o nosso amor e muitas vezes as nossas análises se tornam um tanto ou quanto irracionais; discutimos mais com o coração do que com a razão e não conseguimos ver em perspectiva. Já como simpatizantes somos mais críticos e analíticos á realidade dos acontecimentos e vemos e sentimos as vitórias ou derrotas do clube de quem simpatizamos de forma totalmente diferente e independente da nossa simpatia.

Em conclusão como adepto quando a minha equipa vence; é porque a vitória foi merecida e fomos os melhores; mesmo que tenhamos ganho com uma grande penalidade que não foi, ou com um golo completamente em fora de jogo. Já quando perdemos o pensamento é bem diferente; fomos os melhores, mas a sorte ou arbitro esteve a favorecer o adversário etc. Como simpatizantes fazemos muito melhor as destrinça dos méritos e desméritos da equipa por quem simpatizamos e do adversário.

Tendo em conta o que acabei de escrever, vou dar a minha visão como simples SIMPATIZANTE do FCP sobre o tema recorrente V. Pereira.

Esta discussão e dissonância em ralação a VP, só irá acabar ou com a saída deste do cargo, ou então com vitórias aliadas a boas exibições de forma constante e não muito esporadicamente como tem acontecido. Pois só assim haverá consenso entre os que o criticam (a maioria) e os que o apoiam (uma minoria…se houver)

O tema V. Pereira é recorrente dentro da massa adepta do FCP, por uma única e simples razão; VP não é um técnico consensual entre os adeptos como o não é e nunca o foi dentro da direcção. A única e verdadeira força motora da entrada e manutenção de VP como técnico principal é e foi Pinto da Costa; mas esta escolha foi uma escolha de recurso e não premeditada pelo presidente e a sua manutenção também.

Para se compreender esta escolha e o amor/ódio… se há aqui algum amor em relação a VP, temos que viajar á entrada para a última época do treinador que deu azo a este texto do Miguel Lourenço; precisamente Jesualdo Ferreira e entrelaçar com o treinador preferido para o substituir por parte de Pinto da Costa; Jorge Jesus.

Daniel Gonçalves disse...

José Rodrigues disse "nos ultimos 30 anos do FCP penso q so' uma vez repetimos um treinador (Ivic)..."

Também repetimos o Artur Jorge após a saída do Quinito abrindo a possibilidade do regresso do Artur Jorge após a experiência no Matra Racing em França. Conjuntura muito diferente da actual.

Anónimo disse...

De um Simpatizante Portista (II Parte)

O QUE É QUE TEM J. JESUS E J. FERREIRA HAVER COM VILLAS-BOAS?

Não sei por esquecimento ou por pura distracção a maioria dos portistas já se esqueceram que foi JORGE DE JESUS o escolhido de PINTO DA COSTA para substituir JESUALDO FERREIRA, um dos melhores técnicos portugueses e dos mais bem preparados e actualizados a tudo o que envolve universo e o comando de uma equipa de futebol desde os tempos da sua passagem pelo Benfica e das Selecções Nacionais e principalmente como um dos adjuntos de ERICKSON a par de TONI. Só que JF teve sempre um grande se não que sempre em causa todas as outras capacidades várias vezes demonstradas: O péssimo relacionamento interpessoal com jogadores e outros. Essa falha deve-se em muito á sua má forma de comunicar e interagir com os outros e isso sempre se reflectiu não só com jogadores como com adeptos; a somar a isto o futebol menos atractivo praticado pelas suas equipas, contrastando com a eficácia demonstrada quer no Benfica, Selecções e principalmente no FC Porto, onde veio a tornar-se Campeão Nacional.

Pinto da Costa, rapidamente compreendeu que JF era um técnico vencedor, mas não muito apreciado pelos adeptos; logo quando chegou o momento de mudar; a intenção foi de o substituir que lhe garantisse vitórias; que fosse português e tão bom ou melhor que JF; mas que fosse respeitado e apreciado pelos jogadores e acima de tudo que desenvolvesse um futebol de ataque e atractivo ao FCP e aos seus adeptos. E goste-se ou não depois de MOURINHO, JJ era o mais indicado.

Como se sabe e hoje é público JJ, foi a escolha do presidente para substituir JF no fim da época, ficando o 1º a “marinar” em SC Braga, até ao dia da saída de JF. O problema veio a seguir quando de forma inteligente, LFV presidente do SLB avançou ainda antes de JJ acabar o contrato com SCB e contra tudo o que já estava combinado entre FCP e SCB… este último foi para ao rival Benfica com os resultados conhecidos e reconhecidos por PC.

A 2ª opção era Domingos, mas aqui também o SCB se antecipou a PC; o que levou a uma 3ª opção e mais arriscada, a contratação do jovem VILLAS-BOAS; não era a 1ª nem a 2ª… mas tudo resultou melhor que o esperado. O futebol nem sempre foi o mais desejado, mas os resultados alcançados foram esmagadores. No fundo era um técnico português, com escola de Mourinho e que conseguiu criar empatia com os adeptos, aquilo que JF nunca conseguiu e ainda por cima PORTISTA; caso quase raro na história do clube.

Estava assim encontrado por parte de Pinto da Costa o substituto ideal de JF; E até Domingos que também estava na calha se algo corresse mal com VB; deixou de interessar e mesmo Jardim que chegou a entrar nos pensamentos também.

O problema chegou mais tarde, quando após muitas juras de amor e fidelidade ao FCP e a PC por parte de VILLAS DÁ de BOAS; este “CAGOU” para a cadeira de sonho a troco de umas milhares de libras a cheirar a “RUSSO MAL AMANHADO” e deixou o FCP e Pinto da Costa pendurados; PC que dias antes tinha afirmado em entrevista a Fátima Campos Ferreira na RTP… o amor incondicional de VB ao FCP.

Se a atitude de VB já por si não era digna de um “DRAGÃO DE OURO” o timing escolhido ainda era pior; o início da época estava á porta e ao contrário do que afirmou PC não havia alternativa á mão. JJ ainda foi contactado, mas já estava blindado ás investidas esperadas por parte da direcção do SLB, por parte do FCP e PC; Domingos, que poderia voltar a ser a hipótese, já estava no SCP e por dois anos e Jardim que seria uma aposta tipo VB, já estava a caminho do SCB… sem opções… restou o que estava mais á mão e que já conhecia as regras da casa… VITOR PEREIRA.

Anónimo disse...

De um Simpatizante Portista (III Parte)

O QUE SE SEGUIRÁ?

Para Pinto da Costa nomear VITOR PEREIRA não era uma aposta de risco; pois ninguém ia esperar que ele ganha-se o título; VP só teria que colocar a equipa a jogar o tal futebol atractivo e de qualidade, as vitórias viriam depois e com isto os adeptos nem se lembrariam de VB e muito menos nas vitórias “feias” de JF… era o casamento perfeito… mas não foi.

As vitórias chegaram mais rápido do que o esperado; já quanto ao tal futebol atractivo e de qualidade que empolgasse adeptos e os levassem ao estádio; esse raramente se viu e quando se vê é a espaços; os activos do clube mais preciosos como é caso dos jogadores desvalorizam desde o dia que VB saiu; De tal forma que o até outra hora mal amado JESUALDO FERREIRA é hoje relembrado.

É como eu escrevi no principio só vitórias não chegam para gerar consenso e bom futebol por si só também não chega. O que os portistas querem é uma equipa a jogar avassaladoramente e a ganhar; mas esse tipo de futebol nestes últimos anos só aconteceu por duas vezes em Portugal, com o FCP de MOURINHO e o SLB de JORGE JESUS.

E eu como simples simpatizante do FCP; dou por mim nestas duas últimas épocas a ver e a simpatizar mais com o futebol do BENFICA de JESUS do que com o FCP de VITOR PEREIRA; mas isso sou eu que sou só um simpatizante e como tal posso dar-me ao luxo por querer ver a melhor equipa a ganhar… para IRRACIONALIDADES, essas guardo para a minha ACADÉMICA de COIMBRA superiormente dirigida por P. EMANUEL como há uns anos tinha sido por VILLAS BOAS.

Cumprimentos a todos vós de um simpatizante do FCP

Anónimo disse...

Completamente de acordo com o Miguel.

Quanto á frase: "Nada mais! Sei quais foram as condições de trabalho de Jesualdo e seguramente, ele é o menos culpado do estado actual do clube!"

Bem quem segue o nosso clube nestes últimos 30 anos e excepto a altura de José Maria Pedroto e Mourinho.
A culpa de tudo de bom ou mau é e será responsabilidade de Pinto da Costa. Na altura de JMP e JM e ao que ao futebol diz respeito mais de 80% foi da sua responsabilidade.

Anónimo disse...

Miguel eu por acaso compreendi a sua intenção em relação ao texto que colocou. Mas essa da "lengalenga" é que não. Os criticos até podem ser os mesmos mas as capacidades de Vitor Pereira como treinador estão a anos luz das de Jesualdo Ferreira e olhe que eu também fui um critico de JF, mas por razões diversas ás que sou de Vitor Pereira. Eu sou um critico de VP porque ele no minimo é um treinador mediocre e sem estatuto e conhecimentos para ser treinador do nosso Porto. Enquanto a Jesualdo eu era critico ao "estilo" de futebol praticado, que não era bonito nem espetacular, muitas vezes até era feio; mas era um futebol estruturado, eficaz e que se via que havia ali muito trabalho. já o futebol de VP é um futebol de trambulhões, sem estrutura sem chama etc.

Anónimo disse...

De um Simpatizante Portista (I Parte)

A VISÃO DE UM SIMPATIZANTE

Antes de mais declaro que sou simplesmente simpatizante do FC Porto. O meu clube de coração do qual eu sou sócio é a Académica de Coimbra. Faço esta declaração de interesse ainda antes de comentar este tópico, por uma razão muito importante; é completamente diferente viver a realidade de um clube de coração, com um do qual só simpatizamos.

É que enquanto adeptos o nosso amor e muitas vezes as nossas análises se tornam um tanto ou quanto irracionais; discutimos mais com o coração do que com a razão e não conseguimos ver em perspectiva. Já como simpatizantes somos mais críticos e analíticos á realidade dos acontecimentos e vemos e sentimos as vitórias ou derrotas do clube de quem simpatizamos de forma totalmente diferente e independente da nossa simpatia.

Em conclusão como adepto quando a minha equipa vence; é porque a vitória foi merecida e fomos os melhores; mesmo que tenhamos ganho com uma grande penalidade que não foi, ou com um golo completamente em fora de jogo. Já quando perdemos o pensamento é bem diferente; fomos os melhores, mas a sorte ou arbitro esteve a favorecer o adversário etc. Como simpatizantes fazemos muito melhor as destrinça dos méritos e desméritos da equipa por quem simpatizamos e do adversário.

Tendo em conta o que acabei de escrever, vou dar a minha visão como simples SIMPATIZANTE do FCP sobre o tema recorrente V. Pereira.

Esta discussão e dissonância em ralação a VP, só irá acabar ou com a saída deste do cargo, ou então com vitórias aliadas a boas exibições de forma constante e não muito esporadicamente como tem acontecido. Pois só assim haverá consenso entre os que o criticam (a maioria) e os que o apoiam (uma minoria…se houver)

O tema V. Pereira é recorrente dentro da massa adepta do FCP, por uma única e simples razão; VP não é um técnico consensual entre os adeptos como o não é e nunca o foi dentro da direcção. A única e verdadeira força motora da entrada e manutenção de VP como técnico principal é e foi Pinto da Costa; mas esta escolha foi uma escolha de recurso e não premeditada pelo presidente e a sua manutenção também.

Para se compreender esta escolha e o amor/ódio… se há aqui algum amor em relação a VP, temos que viajar á entrada para a última época do treinador que deu azo a este texto do Miguel Lourenço; precisamente Jesualdo Ferreira e entrelaçar com o treinador preferido para o substituir por parte de Pinto da Costa; Jorge Jesus.

Anónimo disse...

De um Simpatizante Portista (II Parte)

O QUE É QUE TEM J. JESUS E J. FERREIRA HAVER COM VILLAS-BOAS?

Não sei por esquecimento ou por pura distracção a maioria dos portistas já se esqueceram que foi JORGE DE JESUS o escolhido de PINTO DA COSTA para substituir JESUALDO FERREIRA, um dos melhores técnicos portugueses e dos mais bem preparados e actualizados a tudo o que envolve universo e o comando de uma equipa de futebol desde os tempos da sua passagem pelo Benfica e das Selecções Nacionais e principalmente como um dos adjuntos de ERICKSON a par de TONI. Só que JF teve sempre um grande se não que sempre em causa todas as outras capacidades várias vezes demonstradas: O péssimo relacionamento interpessoal com jogadores e outros. Essa falha deve-se em muito á sua má forma de comunicar e interagir com os outros e isso sempre se reflectiu não só com jogadores como com adeptos; a somar a isto o futebol menos atractivo praticado pelas suas equipas, contrastando com a eficácia demonstrada quer no Benfica, Selecções e principalmente no FC Porto, onde veio a tornar-se Campeão Nacional.

Pinto da Costa, rapidamente compreendeu que JF era um técnico vencedor, mas não muito apreciado pelos adeptos; logo quando chegou o momento de mudar; a intenção foi de o substituir que lhe garantisse vitórias; que fosse português e tão bom ou melhor que JF; mas que fosse respeitado e apreciado pelos jogadores e acima de tudo que desenvolvesse um futebol de ataque e atractivo ao FCP e aos seus adeptos. E goste-se ou não depois de MOURINHO, JJ era o mais indicado.

Como se sabe e hoje é público JJ, foi a escolha do presidente para substituir JF no fim da época, ficando o 1º a “marinar” em SC Braga, até ao dia da saída de JF. O problema veio a seguir quando de forma inteligente, LFV presidente do SLB avançou ainda antes de JJ acabar o contrato com SCB e contra tudo o que já estava combinado entre FCP e SCB… este último foi para ao rival Benfica com os resultados conhecidos e reconhecidos por PC.

A 2ª opção era Domingos, mas aqui também o SCB se antecipou a PC; o que levou a uma 3ª opção e mais arriscada, a contratação do jovem VILLAS-BOAS; não era a 1ª nem a 2ª… mas tudo resultou melhor que o esperado. O futebol nem sempre foi o mais desejado, mas os resultados alcançados foram esmagadores. No fundo era um técnico português, com escola de Mourinho e que conseguiu criar empatia com os adeptos, aquilo que JF nunca conseguiu e ainda por cima PORTISTA; caso quase raro na história do clube.

Estava assim encontrado por parte de Pinto da Costa o substituto ideal de JF; E até Domingos que também estava na calha se algo corresse mal com VB; deixou de interessar e mesmo Jardim que chegou a entrar nos pensamentos também.

O problema chegou mais tarde, quando após muitas juras de amor e fidelidade ao FCP e a PC por parte de VILLAS DÁ de BOAS; este “CAGOU” para a cadeira de sonho a troco de umas milhares de libras a cheirar a “RUSSO MAL AMANHADO” e deixou o FCP e Pinto da Costa pendurados; PC que dias antes tinha afirmado em entrevista a Fátima Campos Ferreira na RTP… o amor incondicional de VB ao FCP.

Se a atitude de VB já por si não era digna de um “DRAGÃO DE OURO” o timing escolhido ainda era pior; o início da época estava á porta e ao contrário do que afirmou PC não havia alternativa á mão. JJ ainda foi contactado, mas já estava blindado ás investidas esperadas por parte da direcção do SLB, por parte do FCP e PC; Domingos, que poderia voltar a ser a hipótese, já estava no SCP e por dois anos e Jardim que seria uma aposta tipo VB, já estava a caminho do SCB… sem opções… restou o que estava mais á mão e que já conhecia as regras da casa… VITOR PEREIRA.

Anónimo disse...

De um Simpatizante Portista (III Parte)

Para Pinto da Costa nomear VITOR PEREIRA não era uma aposta de risco; pois ninguém ia esperar que ele ganha-se o título; VP só teria que colocar a equipa a jogar o tal futebol atractivo e de qualidade, as vitórias viriam depois e com isto os adeptos nem se lembrariam de VB e muito menos nas vitórias “feias” de JF… era o casamento perfeito… mas não foi.

As vitórias chegaram mais rápido do que o esperado; já quanto ao tal futebol atractivo e de qualidade que empolgasse adeptos e os levassem ao estádio; esse raramente se viu e quando se vê é a espaços; os activos do clube mais preciosos como é caso dos jogadores desvalorizam desde o dia que VB saiu; De tal forma que o até outra hora mal amado JESUALDO FERREIRA é hoje relembrado.

É como eu escrevi no principio só vitórias não chegam para gerar consenso e bom futebol por si só também não chega. O que os portistas querem é uma equipa a jogar avassaladoramente e a ganhar; mas esse tipo de futebol nestes últimos anos só aconteceu por duas vezes em Portugal, com o FCP de MOURINHO e o SLB de JORGE JESUS.

E eu como simples simpatizante do FCP; dou por mim nestas duas últimas épocas a ver e a simpatizar mais com o futebol do BENFICA de JESUS do que com o FCP de VITOR PEREIRA; mas isso sou eu que sou só um simpatizante e como tal posso dar-me ao luxo por querer ver a melhor equipa a ganhar… para IRRACIONALIDADES, essas guardo para a minha ACADÉMICA de COIMBRA superiormente dirigida por P. EMANUEL como há uns anos tinha sido por VILLAS BOAS.

Cumprimentos a todos vós de um simpatizante do FCP.

P.S: Esta é a 2ª tentativa de enviar os meus textos; espero que não seja por estar identificado como SIMPATIZANTE DO FCP; pois normalmente participo sem me identificar como tal e nunca houve problemas! Mas como desde a minha 1ª tentativa já entraram comentários novos estou achar estranho... terá sido um problema de servidor? Este P.S não necessita de ser publicado é só para informar os moderadores. Abc

Anónimo disse...

Concordo com ambos e acrescento Jesualdo valorizava jogadores e Vitor Pereira destroi e desvaloriza jogadores.

E eu que cheguei a pensar que no futuro P. Bento poderia ser uma solução interessante para o Porto; até porque havia jogadores sub-aproveitados no FCP como varela que P.Bento ajudou a recuperar e valorizar na selecção.

Mas acabo de ouvir e ler as declarações de P.Bento ás declarações de Pinto da Costa sobre o jogo da selecção no Gabão e tenho a certeza que este nem na selecção se vai aguentar muito tempo. Agora vamos ver como o nosso presidente vai reagir.

Paulo disse...

"Nada mais! Sei quais foram as condições de trabalho de Jesualdo e seguramente, ele é o menos culpado do estado actual do clube!"

Usar o facto de ser responsável pelo estado actual do clube como uma crítica, ultrapassa os meus horizontes. Eu acho que Jesualdo é responsável, mas vejo isso como um elogio.

É o clube com mais títulos em Portugal - Jesualdo muito contribuiu para isso -, é o clube com mais títulos internacionais em Portugal e financeiramente não está pior que os seus mais directos concorrentes nacionais.

É bicampeão. Ganhou 5 nos últimos 6, com Jesualdo directamente ligado a essa hegemonia.

Dito isto, ele não é responsável pelo estado actual do clube? O estado actual do clube é mau?

Que falta de juízo...

José Lopes disse...

Paulo,

O clube em causa nesse comentario era o Panathinaikos e nao o Porto, acho eu.

Abraco

José Lopes disse...

Paulo,

O clube em causa nesse comentario era o Panathinaikos e nao o Porto, acho eu.

Abraco

Miguel Lourenço Pereira disse...

@José,

Citei o Público porque foi ao ler a notícia que me lembrei do SMS, nada mais. Sou o primeiro que diz, convictamente, que o tetra da era Adriaanse-Jesualdo só foi possível porque o professor segurou os pilares de uma instituição que estava com muitos e sérios problemas internos.

@Anónimo1

Não estou de acordo, vi jogos com Jesualdo muito melhores que jogos de Vitor Pereira e Vilas-Boas e vi jogos de Vitor Pereira muito melhores que jogos de Jesualdo e Vilas-Boas. Jogos com trabalho, com ideias implementadas e com filosofia futebolística. Não julgo quem dos dois é o melhor - sinceramente acho que o Jesualdo era um técnico mais previsível mas também mais esperto - mas não acredito que ao VP lhe faltem ideias futebolísticas.

@Anónimo2

Não vi nenhum jogador desvalorizado por Vitor Pereira, sinceramente.

Daniel Pinto disse...

Que post mais impertinente... ridículo!!! Nem parece deste blog!

miguel87 disse...

Primeiro jogo após a saída de Jesualdo:
Vitória por 2-0 sobre o PAOK (2º classificado)...