quarta-feira, 7 de novembro de 2012

Um empate com sabor a vitória!


Foi um jogo intenso: o Dinamo entrou agressivo, procurou ganhar os duelos pela maior envergadura física, explorando o jogo directo na expectativa de chegar mais depressa e ganhar as segundas bolas. Criou algum frisson, não criou perigo. O FCP, paulatinamente, foi-se recompondo e passou a controlar o jogo, tirando a bola ao adversário e circulando-a a propósito. Jogou-se, prioritariamente, longe das balizas, mas o FCP sempre com mais e melhor posse. Havia que dominar a fera e fizemo-lo muito bem. Um lance de golo e para o nosso lado: assistência de James, cabeça de Martinez (muito apertado) e uma excelente defesa do guardião adversário. Uma primeira parte muito séria. Um porto, à antiga, que me agradou

Na segunda parte, entrámos muito bem. Criámos várias jogadas de perigo e uma excelente oportunidade de golo que Varela falhou por pouco. Continuámos a controlar e impor o ritmo ao jogo que mais nos interessava. Perdemos alguns lances por má definição do último passe. E foi alguma falta de lucidez nesses momentos que retiro como menos positivo da nossa parte. Aos 66 minutos, Danilo atrasou-se no movimento para colocar em fora de jogo o adversário mais adiantado, e o Dinamo criou a sua melhor oportunidade. A partir daí, o jogo ficou mais divido e partido. Houve ameaças dos dois lados, mas o FCP foi sempre uma equipa muito solidária. Não comungo da convicção que o Dinamo é uma equipa menor: considero que fez um jogo intenso, agressivo, lutou até à exaustão e obrigou-nos a dar o litro . Não era jogo que apelava para a nota artística, mas, apesar disso, fomos de longe muito melhores tecnicamente e respondemos sempre com uma coesão que esta equipa ainda não tinha mostrado, como hoje. Provámos que sabemos sofrer e lutar. Gostei muito deste FCP e sinto-me muito orgulhoso com a exibição de hoje

Não realço nenhum jogador individualmente, porque neste jogo o todo foi superior à soma das partes. Se na época passada da presença na CL ficou alguma frustração, na presente época já garantimos a presença nos oitavos. Excelente!

9 comentários:

P. Ungaro disse...

Boas ,

Antes de mais o objectivo foi atingido, 10 pontos em 4 jogos é obra.
Quanto ao jogo acho que fomos pragmáticos, aguentamos a pressão inicial do Dinamo e depois controlamos como tinha que ser feito.
Na minha opinião faltou um pouco de calma e mais objectividade no ultimo passe, no entanto contra factos não ha argumentos ... estamos nos oitavos.
Com 3 ausências importantes, Maicon, Fernando e Alex Sandro ... fundamentalmente este que dá mais profundidade ao flanco, devo destacar 3 jogadores, primeiro Mangala, excelente na entrega e combatividade, joga simples e não perde bolas, depois Helton, tranquilidade e segurança como lhe é apanágio e por ultimo Varela ... está em grande e a subir de forma.

Agora ha que lutar pelos milhões que faltam e pelo primeiro lugar.

Um abraço

http://fcportonoticias-dodragao.blogspot.pt/

reine margot disse...

100% de acordo !
Um jogo de confiança e personalidade, e os oitavos já cá cantam...

(Eu que achei que não tínhamos banco... ontem viu-se que "por cada um que cai, outro se levanta"...)

Dragus Invictus disse...

Bom dia,

O FC Porto marcou o ponto e garantiu matematicamente a passagem aos oitavos-de-final da prova rainha das competições europeias.
Nada de surpreendente, face à tradição do nosso clube na competição, que confirmou assim o seu favoritismo.
Quanto aos destaques individuais, são de realçar as boas prestações de Abdoulaye e Mangala.
O jovem Ba, não comprometeu, e na estreia europeia não tremeu e efectuou uma exibição prometedora.
Mangala teve pela frente Yarmolenko, o jogador mais perigoso do Dinamo de Kiev, e marcou bem o ucraniano.
Helton perante uma defensiva pouco rotinada, teve um papel fulcral no seu comando, estando muito bem nas saídas dos postes, agindo muitas vezes como um autêntico libero.
James fez um excelente jogo, assim como Varela, que se encontra em grande forma.
Jackson, Moutinho e Danilo foram outros elementos em destaque.
Otamendi foi nitidamente o melhor do onze portista.
Marcou com primazia Milevsky, que deveria ter sido expulso por agressão ao argentino, e foi importante no equilíbrio e comando defensivo, varrendo bem a sua zona de acção, e saiu com qualidade a jogar.

Esta passagem aos oitavos garantiu 3,5 milhões mais 0,5 milhões pelo empate, que acrescem aos 11,6 milhões de euros já arrecadados, uma quantia muito importante para equilibrar as contas do clube.

Garantido o apuramento, agora o objectivo passa pela obtenção do primeiro lugar do grupo.
Vamos a Paris lutar pelo primeiro lugar do grupo como salientou El Comandante.

Abraço e boa semana

Paulo

pronunciadodragao.blogspot.pt

José Rodrigues disse...

Gostei. O empate era um resultado muito bom, mas o FCP jogou com personalidade e fiel a si proprio, sem grandes adaptacoes tacticas ou "autocarros" - com o resultado de um jogo com muito pouco sofrimento, e personalizado.

VP esta' a subir na minha consideracao, ha' q dize-lo. Espero q seja para continuar (e melhorar continuamente, se possivel).

O jogo em si foi bastante interessante, ainda q nem sempre muito bem jogado (mais da parte do Dinamo do q da nossa).

Agora e' ganhar ao D. Zagreb para depois ir "sacar" outro empate a Paris. E' optimo poder encarar estes dois jogos de forma tranquila, o q pode ajudar (em certa medida) 'a gestao de esforco e jogadores (tal como o aspecto psicologico, i.e. sem grandes ansiedades).

luis disse...

Viva,
desculpem a perguntar fora do contexto, mas sabem dizer se no nosso clube:) cada sócio representa um voto ou se os associados mais antigos tem direito a mais do que um voto?

saudações portistas

Pedro M. disse...

acho que a equipa jogou bem, com todos os jogadores a contribuirem positivamente para o desempenho colectivo.

no entanto, acho que o abdoulaye tem de ter bastante mais prudencia na abordagem aos lances. Ele é rápido, alto, forte fisicamente... mas se não se acalmar um bocado cheira-me que ainda irá tomar banho mais cedo com alguma frequência.

J.Ferreira disse...

Luis é um sócio um boto.

Silva Pereira disse...

Boa tarde,

para ter sido excelente faltou o estocada final, o último passe e a concretização.
Excelente a defesa, mas uma palavra para Abdoulaye (alguém se lembrou de Rolando) rápido, acertivo e sem tremideira, o amarelo foi em beneficio da equipa teria que ser cortada a jogada, não se pode exitar.
Só espero que o SLB perca ou então empate.
Caso fiquemos em 1º não interessa nada a qualificação do Braga e do SLB, se ficarmos em 2º já não faz diferença.

Carlos Santos disse...

Com todo o respeito..."exitar"?!?!...