terça-feira, 4 de dezembro de 2012

Erros fatais


1. Danilo já mostrou qualidades, é bom a atacar, mas a defender é cada buraco... Logo nos instantes iniciais, o PSG aproveitou o espaço dado pelo internacional brasileiro e, após um centro da esquerda, Ibrahimovic quase que inaugurava o marcador.
Perto da meia-hora, mais uma autoestrada aberta por Danilo, obrigando Otamendi (grande joga!) a fazer falta e a ver o cartão amarelo. Da falta, cruzamento para a área e o lateral que custou quase 20 milhões fica a ver Thiago Silva saltar e a colocar a bola no ângulo da baliza de Helton. 1-0.
Após o que se viu nos últimos dois jogos, tenho cada vez mais dúvidas que o Danilo seja a melhor solução do plantel para alinhar a lateral-direito nos jogos contra adversários mais fortes.

2. Helton estava a fazer uma boa exibição, com algumas defesas de grau de dificuldade elevado, mas o peru que esteve na origem do 2-1 é difícil de engolir.

3. Tal como aconteceu na passada sexta-feira em Braga, numa altura em que o FC Porto tinha o jogo perfeitamente controlado, foi um erro individual que deitou tudo a perder.

4. Apesar da enorme machadada que foi o 2º golo do PSG (até pela forma como foi sofrido), a equipa reagiu bem e, tal como aconteceu em Braga, criou ocasiões flagrantes para voltar a empatar o jogo. Mas quando um "matador" como Jackson Martínez falha um golo feito só com o guarda-redes pela frente e, na recarga, já sem guarda-redes na baliza, um jogador da categoria do Lucho, em posição frontal, remata por cima da barra...

5. Varela é esforçado, ajuda bastante na defesa mas, mais uma vez, mostrou não ser um extremo ao nível que é exigido por uma equipa com as ambições do FC Porto.
Porque não entrou Atsu mais cedo? Talvez a resposta esteja nas exibições do jovem ganês nos últimos jogos.

6. É quase dramático (passe o exagero) olhar para o banco de suplentes do FC Porto e ver quais eram as alternativas ofensivas à disposição de Vítor Pereira. E o problema é que no resto do plantel não há melhor.
O jeitaço que daria a Vítor Pereira ter no plantel um segundo avançado como Lima ou Éder (que foi dado como contratação do FC Porto, mas acabou em Braga a custo zero...).

7. A arbitragem foi caseirona e, logo nos primeiros cinco minutos, a forma simpática como reagiu às entradas de Ibrahimovic sobre Otamendi e de van der Wiel sobre James, mostraram para que lado ia estar inclinado o relvado. Depois ainda houve dois foras-de-jogo assinalados a Jackson, quando o ponta-de-lança portista já ia isolado, e que a realização francesa não repetiu...
Só quem não viu a forma como o senhor Craig Thomson conduziu o jogo, pode estranhar que três jogadores portistas - James, Danilo e Mangala - tenham perdido a cabeça e visto cartões amarelos nos últimos minutos do desafio de Paris.

8. Apesar destas duas derrotas seguidas terem sido em Braga e Paris, com expulsões, auto-golos e "perus" pelo meio, a comunicação social lisboeta não irá perder esta oportunidade para "deitar sal" para cima da ferida.
E nós? Em vez de iniciarmos a caça as bruxas, com a queima do treinador na fogueira da contestação, parece-me que seria mais produtivo que, dentro das possibilidades financeiras da SAD, a Administração tentasse colmatar as evidentes lacunas que existem no plantel 2012/13.

46 comentários:

Pedro disse...

Depois de uma semana inteira de disparates, nao haveria muitas dúvidas de qual seria o resultado hoje.
Eu até estava contra as poupanças de Braga, mas hoje percebi, é que a jogar a este ritmo avassalador, a equipa de facto nao é capaz de fazer 2 jogos por semana.
Enfim, no último jogo a culpa, aparentemente, foi do Danilo e do manco do Kléber, hoje a culpa, aparentemente, foi de mais uns quantos, até do único ponta de lança que o Porto tem no plantel. O que vale é que o colectivo continua a impressionar pela sua fantástica qualidade de jogo, e assim, no próximo contratempo, podemos continuar entretidos a atribuir culpas individuais, nao é para isso mesmo que servem os 25 jogadores do plantel.
Felizmente estamos cada vez mais resumidos aos erros individuais dos jogadores, mas a verdade também pouco mais há para falar sobre os jogos do Porto.

Joaquim Lima disse...

Aconteceu o que se esperava... O PSG entrou muito forte e muito agressivo e acabou por marcar numa das muitas oportunidades que teve. O Helton estava a fazer um bom jogo mas acabou por borrar a pintura com o frango que costuma dar por época. Espero que tenha sido o último desta!

Agora olhando para os outros grupos, eu não sei se terá sido mau termos ficado em segundo. Dos grupos de hoje podemos apanhar Shalke, Málaga ou Dortmund em vez de Arsenal, Milan ou Real Madrid. Resta saber amanhã os restantes possíveis adversários. Se fossem só os dos grupos de hoje, o mal maior foi o milhão de euros que não recebemos!

P.S.: Por que é que este não é o equipamento alternativo do Porto?! É muito mais bonito que aquele roxo horroroso...

Louro disse...

Estou farto deste Guarda Redes que dá meia duzia de frangos por época , apenas um guarda redes mediano nada comparado ao enorme Vitor Baia que deu 2 ou 3 frangos em toda a Carreira....!Esta época já vai no 2º frango ( o outro foi frente á Académica), no ano passado deu frente ao Shaktar , tal como frente ao Chelsea ou contra o Arsenal...A isto se chama um Frangueiro que enterra sempre o Porto nas competições europeias...
vejam alguns dos seus frangos em http://youtu.be/cn5Hpi70wjE

De resto só tenho a dizer uma coisa , a equipa lutou e não teve sorte , lamento que as poupanças para a taça, nos tenham custado um troféu e tambem se vê que não temos banco - em Janeiro um ponta de lança e um extremo por favor!!
Não entendo que perante uma exibição tão apagada de Varela ( James tb este mal),o treinador só coloque o Atsu a 6 mns do fim e com Kleber , Kelvin e Iturbe demasiado imberbes para poderem ser opção.
Não é só treinador, mas tambem o planeamento da temporada muito aquem das expetativas..
Relativamente ao Danilo , falha atras, mas fez a segunda assistencia consecutiva para golo - de facto parece ter mais qualidades de medio que defesa...regressa Fucile s.f.f.

Pedro disse...

Para o circulo ficar completo, só faltou VP queixar-se da falta de ritmo dos seus jogadores, devido a uma paragem demasiado longa.

Anónimo disse...

Comentário oportuno e equilibrado ao jogo.

Exibição agradavel do FCP em jogo desgastante e exigente fisicamente, contra um dos melhores planteis da prova.

Fernando e Alex ainda não em forma especialmente Fernando.

E James que tão importante é no jogo ofensivo da equipa acusou o jogo de Braga.

De facto se houver viabilidade economica dava um jeitaço 1/2 reforços de qualidade com caracteristicas ofensivas.

joao abel calais disse...

... pois é , a paragem foi grande , muito descanso e há jogadores que em Novº já Rebentam com duas corridas ...e se os cavalões do PSG ,corriam ! Danilo é um buraco,mas o Lopes, não é melhor : Varela,nem sei que diga : quando faz o aquecimento e contacta com a relva não escolhe . depois os pitons apropriados?`Tenho repardo que é o jogador que mais escorrega e às vezes de maneira bem caricata . Moutinho!acabou-se o pulmão ? James ... jogou ? Fernando ...preso por arames ? ... A 2ª parte foi a jogar p'ró empate ? Poupou-se em Braga , porquê ? "Frete " ?! Na Taça de Portugal ?!... Ai, ai ,tanta pergunta !
Saudações Portistas
João Carreira

Anónimo disse...

Assim como quem tem sorte, necessita de trabalhar para isso, como foi e bem aplicado em Braga para o Campeonato. Neste caso o azar também tem explicação.
1º temos um treinador apático e normalzinho. Não empolga jogadores, nem massa associativa. Lá vai evoluindo a custa de umas boas asneiradas. Com ele, até Messi ficava sastifeito com um golito por jogo.
2º Os Administradores do Porto devem andar a contar as notas de 500 euros que recebem, e esqueceram-se de formar um banco de jogadores alternativos e com credibilidade. O que tinhamos hoje? Atsu? aind está verde, como muitos jogos já provaram.Kleber? Só se fosse para jogar com dez. Iturbe? ainda não jogou dois jogos seguidos! Ai se tivessemos um Belluschi. Ah espera, dava-se mal com o Treinador. E um Guarin? Que na epoca do AVB até entrou pela area do benfas a dentro. Ah espera parece que dava mau ambiente ao grupo.Agora temos bom ambiente, não jogamos é nada.
E Fucile? Cheirava mal dos pés? comparar a garra de Fucile com a displicencia de Danilo até mete dó.
Por outro lado o rapaz - Danilo, até já disse logo no inicio que nao gosta de jogar a defesa. E realmente o Muricy - Santos que nao percebe nada de futebol, foi alternando a sua posiçao entre D direito e Meia. Mas foi nessa posição de Meia,que foi reconhecido o seu talento, na Libertadores. Agora expliquem lá ao vitinho o que é Meia no Brasil!!!

Hugo disse...

Oportunismo nojento neste tipo de críticas.

José Rodrigues disse...

O José Correia não quer caças às bruxas e q se queime o treinador, mas já não se coíbe minimamente de o fazer com jogadores (começando até mesmo com a foto no artigo). Não deixa de ter a sua ironia...

José Correia disse...

A imagem mais forte que fica deste jogo é o peru monumental dado pelo Helton, o qual, infelizmente (para os portistas), fica diretamente associado ao resultado final do jogo. Daí a foto que escolhi para ilustrar o artigo.

José Correia disse...

Isso não significa que eu pense que o FC Porto está mal servido de guarda-redes, ou que o Helton deva deixar de ser titular.

José Correia disse...

Quanto ao Danilo, não me surpreende aquilo que vimos nos últimos dois jogos.
A SAD investiu quase 20 milhões neste jogador, tendo-o contratado para jogar a lateral-direito (daí as dispensas de Fucile e Sapunaru), mas o jogador prefere jogar a médio-direito (posição em que jogava no Santos) e, inclusivamente, já o referiu publicamente mais do que uma vez.
No meio disto tudo, o treinador tem feito o possível para que o Danilo se adapte à posição de lateral-direito, mas são nítidas (principalmente contra adversários mais fortes) as lacunas defensivas que o Danilo evidencia.

Hugo disse...

Adoro estes que choram pelo Iturbe,esse grande craque do Twitter.

DC disse...

Baía é o meu guarda redes favorito na história do Porto mas deu MUITO MAIS que 2 frangos na carreira.

DC disse...

O Porto não era a melhor equipa do Mundo antes desta derrota, nem tinha qualquer hipótese de ganhar a Champions, e não passou a ser uma péssima equipa depois disto.
Há adeptos que vêem um série de vitórias e começam logo a pensar em finais de Champions, depois quando a realidade lhes bate à porta é a depressão, é o fim do Mundo.

Era óbvio que uma equipa com o banco do Porto iria ter alguns problemas na Champions. Aliás até agora o saldo é muitíssimo positivo, pena seja que o PSG tenha feito uma Champions muito boa até ao momento.
Temos hipótese de passar a próxima eliminatória com um bom sorteio, tudo o resto já é pedir demais para o plantel que temos.
E não haveria treinador nenhum a fazer melhor, o Mourinho por exemplo, com um banco de 200 milhões de euros onde está um ex-bola de ouro nem 1º conseguiu ser.

Anónimo disse...

Apesar das mazelas emocionais, que estes ultimos resultados trazem para os adeptos, acho que há iliações positivas.
Otamendi está a evoluir positivamente. Capacidade de antecipação, que vai até a zona do 6, como se exige a um bom central. E vai se sentindo mais a vontade para sair a jogar. O jogo de cabeça não é o melhor, mas para isso está lá o Mangala. Que para mim é melhor jogador que o Maicon, especialmente sabe-se posicionar e olhar para de onde vem os atacantes. No jogo com o Braga um desarme em carrinho ficou-me na retina, e prova que o rapaz pode evoluir. Alex Sandro não tenho dúvidas, que vai dar que falar. Sempre concentrado, com fibra a encostar nos adversários, e rápido e prático no ataque. Só falta encontrar um Defesa Direito a altura. Danilo nitidamente não tem perfil.É um jogador fino, bons pés, boa aceleração e remate. Mas qualidades para ser Def. direito, não tem a agressividade exigida. E com o VP ao leme, nunca será capaz de evoluir para esses lados. Ele é uma espécie de Ramirez, um jogador que sabe posicionar-se defensivamente, quando perde a bola. Ataca o flanco de forma apoiada. Pensa o jogo de ataque, e nada de correrias loucas pelo flanco, estilo Hulk ou Salvio, ou Maxi Pereira. Danilo está talhado para jogar na ala com James ao meio, tendo em conta que ambos podem trocar no processo ofensivo de posição.
Quanto ao meio campo. Fernando é o dono do lugar 6, esteja ele em boa forma. Mas Defour, apesar das criticas do universo portista, é um jogador que se pode valorizar para a posição.
Moutinho está bem, é aluno de 14 a 16. Lucho, não está mal para a idade. Mas só VP ( e SAD?) acredita que aguenta 90 minutos de alto nivel durante epoca desgastante. Daí que após aquele brilhante inicio de Campeonato e bom jogo na Rússia, começou a cair as produções. É URGENTE contratar um avançado que possa jogar com Jackson e mudar em alguns jogos o sistema para 442 migrando James para o meio e Varela para o banco. O Atsu, não está mal. É jovem, veio do Rio Ave e tem jogado uns pares de minutos. Umas vezes bem, outras verde como é natural da idade. Concluindo temos uns jovens bem promissores, mas precisamos de uns retoques no plantel se queremos ter voos mais altos.

Assinado:O Anónimo

Dragus Invictus disse...

Bom dia,

Ontem fiquei mesmo fodido com o resultado.
E não é por esta derrota nos ter deitado para o segundo lugar do grupo.
É me indiferente que calhe Barcelona ou qualquer outra equipa. Somos um dos maiores emblemas da Europa e por conseguinte entramos na champions para a vencer, e temos de ter estofo para vencer qualquer adversário.

Fiquei fodido, porque uma vez mais cometemos erros primários que em alta competição são imperdoáveis. Mais um golo sofrido de bola parada, falhar golos cantados e como se não bastasse mais uma desconcentração individual que resultou num frango.

Somos melhores que o PSG, e ontem mesmo com erros primários não merecíamos a derrota.

Os atletas tem de ter estofo e tranquilidade e assumir o peso da camisola que envergam, caso contrário qualquer adversário nos vencerá na próxima eliminatória.

Já em Braga, além da lentidão de leitura e reacção ao jogo de VP, os nossos atletas não tiveram a perspicácia de entender que havia um Larápio em campo, e que portanto é preciso ronha e manha.

Por falar em manha, ontem a TVI mais uma vez demonstrou que tem profissionais que prestam um péssimo serviço ao jornalismo desportivo. "Mute" foi a solução para poupar a minha paciência.

Os portistas presentes no estádio mereciam mais empenho e concentração.

Há que agora recuperar a equipa e olhar em frente.

Abraço e boa semana

Paulo

pronunciadodragao.blogspot.pt

Miguel Lourenço Pereira disse...

Excelente resumo do Zé Correia,

Se algo ficou demonstrado nesta semana é que esta é uma equipa sem sorte. Contra dois rivais directos, um doméstico e um europeu, dois jogos controlados perfeitamente, tanto no resultado no no terreno de jogo, transformam-se em duas derrotas comprometedoras por erros individuais.

Acho que os adeptos têm de ter consciência que não temos um dos melhores treinadores do mundo mas que também este não tem um banco à altura para sonhar em fazer algo mais. Somos uma equipa de 15 jogadores e no futebol moderno isso é impraticável com as exigências fisicas de jogos constantes de clubes, selecções, taças, provas europeias e ligas. O que eu espero é que não dêem o berro antes de tempo porque ficou claro que há jogadores com mais minutos do que deviam e outros que têm de jogar porque as alternativas não cumprem.

Danilo assusta-me na sua "brasileirice" como lateral, mas Miguel Lopes não é opção. Faz-me lembrar, cada vez mais, o argentino Ibarra, bom nos processos ofensivos e um desastre a defender. O Varela é um jogador a espaços, que está bem para consumo interno mas sem concorrência no plantel a tendência para dormir sobre si mesmo é assustadora. E um meio-campo onde não possamos ter alternativas lógicas e válidas, até para mudar o desenho táctico, não é um meio-campo de alto gabarito europeu.

Fico contente com o apuramento, visto os dois potes há boas equipas para o FCP num lado e outro e tanto podemos apanhar o Barça ou o Dortmund como o Schalke 04 ou o Man Utd, por isso esperemos para ver. Mas se em Fevereiro não houver ajustes no plantel, é dificil pedir mais. Analisem os planteis de todos os qualificados e vejam qual deles é, em traços gerais, muito pior do que o nosso!

Miguel Lourenço Pereira disse...

Pedro,

É verdade que os jogos não são entusiasmantes, mas quando a equipa controla o marcador e o jogo jogado, em teoria o papel está cumprido. Falta-lhe o toque de excelência, é certo, mas salvo o Barça, conheço poucas equipas que mantenham um ritmo de excelência constante.

E quando os erros individuais custam pontos, eliminatórias ou apuramentos, é preciso dizê-lo. Porque 10 gajos não têm a culpa pelo erro de 1!

Miguel Lourenço Pereira disse...

Louro,

Baía é, para mim, o melhor guarda-redes português de sempre e por arraste, um dos melhores da história. Mas vi muitos, muitos frangos dados tanto no Porto como em Barcelona e com a selecção. O Helton dá um ou dois frangos por época, nos piores momentos é certo, mas reformou o Baía por mérito próprio e desde então não tivemos um jogador à sua altura.

E é um lider, e disso temos mais falta ainda!

Pedro M. disse...

O Danilo esteve mal ontem e esteve mal no lance do autogolo em Braga. Não sei se o rotulo dos 20M lhe está a criar muita pressao. Ainda assim, acho que não ganhamos nada em rotulá-lo dessa forma.. É um jogador muito novo e com muito potencial mas que ainda precisa que lhe ensinem a defender. Contrariamente ao Alex S., que chegou cá e esteve uma época no banco a ver e aprender com um jogador de topo no seu lugar, o Danilo não tem esses exemplos no plantel e também é responsabilidade da equipa técnica incutir-lhe alguns aspectos básicos do jogo, podendo para isso usar várias movimentações erradas verificadas nestes últimos jogos.

Em relação ao jogo, penso que a exibição do FCP até foi razoável. Defensivamente não estivemos muito bem, com o PSG a criar varias ocasiões de golo mas nós também as tivemos.

Nota para as tentativas de tuneis do Fernando a meio campo. Ontem teve duas situações onde tuneis falhados criaram desequilíbrios na nossa equipa. Tem de ter mais cuidado com o local onde o tenta fazer e se ganha alguma coisa com isso.

Ontem o Atsu deveria ter entrado bem mais cedo mas discordo em absoluto de quem pede outro extremo para Janeiro. O Varela é, dos jogadores ofensivos, aquele que mais se sacrifica a nível defensivo e é bastante inteligente nas movimentações ofensivas (sendo também um jogador que garante alguns golos). Não tem a qualidade técnica e irreverência de outros, mas para isso temos o Atsu (ou mesmo Iturbe e Kelvin).

Em relação ao avançado concordo em absoluto que falhamos redondamente ao deixar escapar Lima e Eder, e que devemos tentar arranjar algum substituto minimamente capaz para as eventuais ausencias do Jackson.

Joaquim Lima disse...

José Correia, tendo em conta as equipas que passaram em primeiro e as que passaram em segundo... acho que ainda vamos agradecer ao Helton o frango que deu!

Joaquim Lima disse...

E se os grupos de hoje terminarem como estão podemos apanhar Barcelona, Manchester Utd, Valência e Shakhtar em vez de Bayern Munique, Juventus, Celtic e Galatasaray. A partir de agora não haverá jogos fáceis, mas com este panorama a probabilidade de apanharmos uma equipa mais acessível é de 50%, o que é muito bom para quem termina o grupo em segundo.

João disse...

Não sei que jogo é que vocês viram. Eu vi (mais) um jogo onde o Porto falhou clamorosamente na saída para o ataque, entregando sucessivamente segundas bolas ao adversário, e acabou por perder limpinho. O empate teria sido muito lisongeiro. Demasiado. Ganhou quem jogou melhor, quem já no Dragão tinha tido oportunidade de fazer outro resultado. O PSG foi e é melhor e venceu o grupo sem espinhas. Jogassem à bola.

Rui Anjos (Dragaopentacampeao) disse...

Quando se joga para o empate, como penso que o FC Porto jogou, face às diferentes atitudes adoptadas, antes e depois de estar a perder, pelas duas vezes, arrisca-se a perder.

Essa máxima voltou a funcionar em pleno.

Efectivamente, os Dragões só mostraram o que valem nessa situação, o que convenhamos, não é a atitude certa para quem tem ambições europeias. Isso mais um conjunto de erros primários e fatais, que em alta competição se pagam caras ditaram a merecida derrota.

Esta equipa tem que ser mais consistente se quer continuar na prova. Eu acho que não está ainda suficientemente madura para ambicionar voos mais altos, qualquer que seja o próximo adversário.

Um abraço

LC disse...

Jogar para o empate resulta em derrota! Foi o que VP fez, mas para isso não precisava de ter feito o frete em Braga!E qt a mim o frete não foi por ter posto a 2ª equipa, foi isso sim por ter demorado uma eternidade a fazer a substituição depois do Castro cacete ter sido expulso.
Importante muito importante, os jogadores de hoquei terem um atraso de 3 meses de ordenado! Lamentavel, simplesmente lamentavel.

Anónimo disse...

Fisicamente o jogo de Braga pesou no rendimento do James e prejudicou-nos ofensivamente.

Hugo disse...

Adoro estes portistas pseudo-criticos que agora saem todos da toca . Ja agora nao sei que jogo viste no Dragao

José Lopes disse...

Concordo completamente, Miguel.

Apenas ressalvo que o Danilo tem qualidades mais compativeis com o meio-campo do que com a defesa. Falta-lhe, acima de tudo, agressividade. A correcta ocupacao de espacos e' uma coisa que se aprende mais facilmente.

Quanto ao meio-campo, precisavamos de ter mais um jogador de bom nivel, capaz de entrar em qualquer jogo (estilo Defour). Podia-se, como alternativa, arranjar um defesa direito que fosse mais fiavel que o Miguel Lopes e passar o Danilo para o meio-campo. Em relacao aos alas, principalmente tendo em conta a ida do Atsu a CAN, acho que precisaremos de mais algum jogador. Imagine-se uma lesao do Varela e o Iturbe tornar-se-a titular... Pior que tudo, os avancados, em que so temos um (excelente) no plantel. O Kleber nao conta, so entra para fazer descansar o Jackson, ate porque acho que ja nem o treinador acredita que vai tirar dali qualquer coisa.

José Lopes disse...

Jose Correia,

Vi apenas a segunda parte do jogo em directo, mas depois vi-o inteiro na Fox Soccer em diferido. Francamente, acho que ver jogos sem ser em directo e ja sabendo o resultado ajuda-me a ter uma percepcao mais real do jogo, porque toda a emocao fica de lado. Assim, acho que globalmente estivemos bem e pecamos no que ja sabemos que sao as nossas limitacoes. Ou seja:

1) Temos claros problemas a defender bolas paradas. A equipa nao e' alta e, perante isso, parece-me haver falta de agressividade (o caso do Danilo e' paradigmatico) no ataque a bola, defendendo nos a zona.

2) Frequentemente essa mesma falta de agressividade ve-se tambem no jogo corrido. Parecemos defender com pincas, demasiado atras, e sem a necessaria pressao neste tipo de jogos, tornando demasiado facil para os adversarios entrar na nossa area.

3) O Varela e' um bom jogador, defende bem, mas nao e' um craque nem um jogador que alguma vez sera regular. Jogos em que pouco acrescenta e escorrega mil vezes acontecerao sempre.

4) A nossa falta de opcoes no banco para o meio-campo e para o ataque condiciona fortemente a nossa capacidade de virar jogos contra adversarios fortes. Veja-se as substituicoes de ontem e a falta de um plano de emergencia por nao haver gente com que se possa contar.

5) Precisamos claramente de um avancado que o Kleber nunca sera. Um extremo tambem nao seria mau (o Atsu vai para a CAN) e deviamos repensar a utilizacao do Danilo como lateral (provavelmente arranjando outro lateral que concorresse com o Miguel Lopes e passando o Danilo para a frente).

6) Usando uma expressao inglesa, cometemos o erro de "overplaying" com frequencia. Tentamos muitas vezes sair a jogar em situacoes que nao o aconselham. Ontem vimos isso varias vezes, exemplo maior foi o Fernando. Tambem me pareceu haver falta de ritmo geral, o que nos fez perder muitas segundas bolas e saidas para o ataque.

Gosto de ouvir comentarios aos jogos do Porto feitos por comentadores estrangeiros que saibam de futebol. Ontem era o caso na FOX. Houve muitos elogios ao Jackson e alguns ao Otamendi, bem como ao futebol da equipa, a capacidade que apresentamos de ter boa posse e abrir espacos. As criticas foram a forma de defender bolas paradas e, claro, ao Helton. Os comentadores em causa nao vem os jogos dele na Liga Portuguesa, portanto a imagem que tem dele e' a dos frangos... Alias, as criticas ao Helton comecaram logo na primeira parte.

Abraco.

Anónimo disse...

Caro José Correia, excelente análise!
Caro José Lopes, excelente análise igualmente. Assim vale a pena vir a este forum.
Acabou por fazer bem ao ver num canal estrangeiro. Ontem tive mesmo de desligar o som da tvi porque os comentários são intragáveis. Não consigo ver futebol assim. Nem estou a falar parciais ou não. simplesmente parece um jogo comentado por miudos que se enganam 300 vezes no nome do jogador, sem emoção nenhuma. Horrivel!

Anónimo disse...

Caro João,

Você estava a nanar no jogo do dragão (porto-psg). Até me dá vontade de rir. Até pode dizer que o PSG podia ter marcado nesse jogo, mas o porto tambem e muitas mais vezes. enfim, há quem goste do fcporto e há quem goste de criticar.

Juca

José Lopes disse...

Obrigado pelo elogio! Vi na Fox porque vivo nos EUA e tenho o canal. O nivel dos comentarios e', em geral, bastante bom, sempre dando o desconto de nao verem jogos da Liga Portuguesa. No EURO 2012, que acompanhei pela ESPN, o nivel tambem e' bem superior ao que normalmente se ouve em Portugal e nao corremos o risco de ouvir gente parcial...

Pedro disse...

Caro Miguel,
É verdade que por vezes posso ser injusto, até porque para mim este futebol é uma treta, e por mais que tente gostar, dou por mim a arrancar cabelos com estas exibiçoes. É verdade que me ia deixando iludir durante 3 ou 4 jogos, em que pensei que iríamos descolar desta mediocridade, infelizmente hoje já nao tenho qualquer esperança.
A equipa, independentemente do adversário, dá sempre todas as hipóteses destes lutarem até ao fim, porque parece que muitas vezes o objectivo da equipa é jogar o menos possível, se está a ganhar 1-0, lá entra esse teórico controlo do jogo e do marcador, sempre num registo mínimo, em que qualquer erro pode dar um contra-ataque, uma bola parada, ou outra qualquer situaçao e lá vai borda fora esse controlo de jogo e lá surge mais um jogador sacrificado para oferecer aos adeptos. Apenas em 2 jogos, vi aqui a ser colocado em causa os seguintes jogadores: Helton, Danilo, Kléber, Varela e Jackson e só nao acrescento Fernando porque o árbitro perdoou um penalty, senao era mais uma para a fogueira. Neste ritmo nao haverá um único jogador que preste para jogar pelo Porto. Já para nao falar que nao existe, aparentemente, um único suplente para a frente de ataque.
Ontem o que vi foi um PSG melhor que o Porto em quase todos os aspectos de jogo e ganhou de forma limpa e justa, esta ideia de que o Porto só perdeu graças a um erro individual, para mim nao faz qualquer sentido.
O problema da equipa, para mim, está claramente no seu colectivo. O ataque, por exemplo, vive única e exclusivamente do talento de James, sendo raras as vezes que é capaz de tirar proveito de 2 laterais tao ofensivos como sao Danilo e Alex Sandro, e isso acontece por falta clara de uma dinamica que possa maximizar os jogadores que estao no plantel.
A minha tristeza nao se devem a estas derrotas, e até nao gosto muito de comentar nestas ocasioes, mas também é verdade que foi o clube que decidiu dar a este encontro uma importancia que ele nao tinha, e arriscou ser eliminado da segunda prova nacional mais importante devido ao jogo de ontem, sendo derrotado em toda a linha.
Tudo isto pode parecer demasiado duro, até porque nao tenho nada de relevante contra VP, mas continua a ser dificil ver esta equipa, que eu acho ter excelentes jogadores (posso estar enganado neste ponto) ficar tao longe daquilo que penso que é o seu potencial.
Cumps

José Rodrigues disse...

Nao me vou expandir nos comentarios porque estou com muito pouco tempo. Digo apenas:

1) O FCP fez um jogo bem razoavel (mesmo nao tendo sido um 'grande' jogo). Infelizmente tinha pela frente uma equipa muito boa, motivada, e a jogar em casa, sendo esse o maior problema. A exibicou nao deslustrou, acho q caimos de cabeca erguida.

2) Peco desculpa mas acho ridiculo falar em 'falta de sorte'. Sejamos honestos: o jogo foi equilibrado, mas se e' verdade q falhamos uma excelente oportunidade de golo, tb e' verdade q o PSG falhou umas 4 ou 5 (em parte devido a excelentes defesas do Helton, q alguns agora querem crucificar pelo frango sofrido). Se e' verdade q o empate seria provavelmente um resultado mais justo, tb e' verdade q a haver uma equipa q merecia mais a vitoria essa equipa era o PSG e nao o FCP.

3) O treinador tal como os jogadores nao esta' (nem ontem, nem 6a feira, nem nunca) isento de ser alvo de criticas, por isso nao me venham pedir q seja poupado a criticas falando mesmo em 'caca 'as bruxas' (?!).

Dito isto, nao tenho grandes reparos a lhe apontar no jogo de ontem (ao contrario do jogo de 6a feira).

4) A haver 'cacas 'as bruxas', acho q essa existe ao apresentar-se grandes queixas do... arbitro (como foi feito no artigo). Desculpem la' mas se o arbitro quisesse mesmo ser caseiro teve uma excelente oportunidade para o demonstrar, num lance na nossa grande area na 2a parte em q podia muito bem ter assinalado penalti (mesmo q tal seja muito discutivel). O facto e' q apesar de ter ali um bom pretexto para ser caseiro, nao o fez.

José Rodrigues disse...

Por amor de Deus: a maioria dos jogadores do PSG levavam pelo menos mais 150mins nas pernas do q os nossos nos ultimos 10 dias, e isso nao se notou minimamente em campo!

José Rodrigues disse...

Ah, so' mais uma coisa...

tal como outros comentadores, acho q se enveredou (de forma algo previsivel) por um exagero no destaque a erros individuais e a criticar jogadores.

Eu nao tenho reparos por ai' alem a fazer aos jogadores, sem excepcao. Houve erros? Sim, pois houve, mas tenho uma novidade: e' uma coisa q faz parte do futebol, e nao foram tantos erros como isso.

O Helton frangou? Pois frangou, mas tb nos salvou com optimas defesas em 2 ou 3 lances. E felizmente e' rarissimo q frangue, q e' o mais importante.

O Jackson falhou uma optima oportunidade? Pois falhou, tal como um Ibrahimovic (q e' o Ibrahimovic) quis fazer um 'bonito' no jogo no Dragao em q tinha tempo para receber a bola com calma, tomar um cafe' e escolher o sitio da baliza onde meter a bola.

etc

Como ja' disse, o nosso maior problema ontem foi a qualidade do adversario, q para mais jogava em casa.

O q nao invalida q havera' um ou outro reparo a fazer e uma ou outra possivel contratacao no defeso, mas isso e' conversa para artigos sobre o assunto (q inevitavelmente vao surgir daqui ate' ate' Janeiro).

Mário Faria disse...

A primeira parte do jogo de ontem foi excelente, na minha opinião. Na segunda, estivemos menos bem, mas o PSG não esteve muito melhor. Ganhou com um golo de "bola parada" e com um frango de Helton. Nada a dizer quanto à vitória: o PSG tem melhores jogadores que o FCP e, ontem, alguns deles estiveram a um nível muito alto. Para além disso, marcou mais um golo, tal qual como nós na primeira volta.

Não houve nenhuma “humilhação” e é uma derrota natural. O FCP foi, é e será sempre um outsider na CL. Chegar aos oitavos é bom, tudo o que vier por acréscimo é excelente. Obviamente, fiquei com uma grande beiça, porque considero que estivemos perto de não perder o jogo. E sobre isso convém desfazer um equívoco : neste tipo de provas ocorreu com muita frequência o FCP assumir-se como o mais fraco e optar por jogar todos ao ataque fechadinhos cá trás e, depois, tentar ganhar o jogo no contra-ataque. E ganhou muitas vezes.

Aliás, um dos males do actual FCP é tentar assumir o jogo e não ter argumentos (leia-se jogadores) suficientemente sólidos, em quantidade e qualidade. O FCP teve 50% de posse de bola o que significa que dividiu o jogo, embora reconheça que o PSG foi sempre mais vertical nas transições ofensivas, porque tem homens mais rápidos e muito bons de bola, nomeadamente no meio campo e ataque, e não contou com o melhor Ibra que, apesar disso, incomoda, obriga e atrai uma atenção tão especial cujo proveito os colegas acabam por colher.

Tivemos bola, tivemos oportunidades, duas das quais anuladas por foras de jogo, muito, muito duvidosos. Os últimos desaires já foram, resta esperar que a equipa colha os ensinamentos, mas não entre em depressão. Ainda há muita coisa a jogar, e o mais importante é o próximo jogo.

Anónimo disse...

Hugo,
Clube onde não há criticas, é aquele das palas encarnadas.
Eu não quero um clube assim, e você?
Saudações Portistas.

assinado: anónimo

Louro disse...

Helton deve ser uma vaca sagrada, porque criticá-lo é nojento, mas fazê-lo ao Kleber, Iturbe, Varela, Danilo ,não!
Para quem se habituou-o a ver Amaral, Fonseca, Ze Beto, Mlinarczik e Baia , não gosto de Helton porque lhe faltam algumas qualidades tecnicas.
Joga bem com os pes,é lider no balneario mas não é TOP na baliza.Jesualdo chegou a substitui-lo sem sucesso pelo Nuno e V.Baia saiu quando começou a render menos!
Já agora recordo que falha sempre nas competições europeias e em momentos de decisão:
- 1\8 champions 2006\2007 frente ao chelsea ,Quaresma faz 1-0 e Helton oferece o empate com grande frango., perdemos 2-1 e fomos eliminados!
- 1\8 champions 2007 \2008 frente ao Shalke , perdemos 1-0 na 1ª mao com golo sofrido logo aos 4mns porque Helton defendeu mal e para a frente , na 2ª mao ganhamos 1-0 e perdemos nos penaltis.
- 1\8 Champions 2008 \ 2009 , em Madrid frente ao atletico local empate 2-2 com um grande frango de Helton! passamos a eliminatória (0-0 na 2ªmão)
- 1\4 Champions 2008 \ 2009 no dragão frente ao Manchester sofre um golo a 40 mts do ronaldo porque estava mal colocado e não se fez ao lance da melhor forma!eliminados depois de empatar 2-2 em Manchester!
- 1\8 Champions 2009 \ 2010 em Londres frente ao Arsenal , levamos 5-0 com o 1º golo sofrido aos 10 mns apos saida disparatada de Helton e com a ajuda de Fucile., eliminados depois de vencer 2-1 em casa!
- Champions 2011 \ 2012 fase de grupos frente ao Shakthar vencemos 2-1 com um golo sofrido por grande peru de Helton! 3-1
No jogo seguinte em Sao Petersburgo derrota por 3-1 depois de estar a vencer por 1-0, mas Helton resolve fazer uma defesa incompleta para a frente (!) e sofrer o empate...
1\16 frente ao Manchester city no dragão perdemos 2-1 depois de estar a vencer ao intervalo por 1-0 , no entanto, helton tem uma saida extemporanea da baliza com a ajuda de Alvaro Pereira e sofremos o golo do empate!eliminados por 4-0 na 2ª mao!
E agora mais outro frente ao Paris St Germain e sem falar no consumo interno!
Será Helton um guarda redes de TOP e para os pergaminhos de um FC Porto?

José Correia disse...

Somos uma equipa de 15 jogadores e no futebol moderno isso é impraticável com as exigências físicas de jogos constantes de clubes, selecções, taças, provas europeias e ligas. O que eu espero é que não dêem o berro antes de tempo porque ficou claro que há jogadores com mais minutos do que deviam e outros que têm de jogar porque as alternativas não cumprem. (...) se em Fevereiro não houver ajustes no plantel, é difícil pedir mais.

Não podia estar mais de acordo.

José Correia disse...

O treinador tal como os jogadores nao esta' (nem ontem, nem 6a feira, nem nunca) isento de ser alvo de criticas, por isso nao me venham pedir q seja poupado a criticas falando mesmo em 'caca 'as bruxas' (?!)

Nada tenho contra as criticas e muito menos contra as criticas feitas de boa fé, no sentido de se tentar corrigir o que está mal ou melhorar o que está menos bem. E nisto incluo jogadores, treinadores e dirigentes.
Evidentemente, o Vítor Pereira, como qualquer outro treinador do FC Porto, será sempre alvo de criticas, umas com as quais estarei de acordo e outras não. Isso é pacifico e não é isso que está em questão.

O que está em questão é se, nesta altura, o Vítor Pereira é o principal, ou um dos principais, problema(s) da equipa/plantel do FC Porto e, por via disso, deve ser um "alvo a abater". Eu penso que não e foi por causa disso que escrevi...
"Em vez de iniciarmos a caça as bruxas, com a queima do treinador na fogueira da contestação, parece-me que seria mais produtivo que, dentro das possibilidades financeiras da SAD, a Administração tentasse colmatar as evidentes lacunas que existem no plantel 2012/13".

José Correia disse...

A haver 'cacas 'as bruxas', acho q essa existe ao apresentar-se grandes queixas do... arbitro (como foi feito no artigo)

Como?!
Considerar, como eu considero, que a arbitragem foi caseirona (e dar alguns exemplos disso) é fazer uma caça às bruxas em relação ao árbitro?

José Correia disse...

neste tipo de provas ocorreu com muita frequência o FCP assumir-se como o mais fraco e optar por jogar todos ao ataque fechadinhos cá trás e, depois, tentar ganhar o jogo no contra-ataque. E ganhou muitas vezes. Aliás, um dos males do actual FCP é tentar assumir o jogo e não ter argumentos (leia-se jogadores) suficientemente sólidos, em quantidade e qualidade. (...) Tivemos bola, tivemos oportunidades, duas das quais anuladas por foras de jogo, muito, muito duvidosos

Inteiramente de acordo.

José Correia disse...

Da minha parte, não houve nenhuma intenção de crucificar o Danilo, o Helton, o Jackson ou o Lucho.
Considero que todos eles são bons/excelentes jogadores e que devem continuar a ser habituais titulares do FC Porto.
As criticas ou reparos que lhes fiz foram devidamente enquadradas e explicadas (não vou estar a repetir, quem quiser que (re)leia).

José Correia disse...

A referencia que fazes ao falhanço do Jackson deveria ter sido devidamente enquadrada.
Conforme está claro no início desse parágrafo, o que eu escrevi foi, essencialmente, para salientar que a equipa tinha reagido bem ao 2º golo do PSG e, logo de seguida, criado ocasiões flagrantes para voltar a empatar o jogo.
Além disso, tive o cuidado de dizer que o Jackson era um "matador", bem como, salientar a categoria do Lucho.
Mais uma vez, quem quiser que (re)leia o parágrafo completo.