terça-feira, 15 de janeiro de 2013

1 derrota nos últimos 82 jogos

Nos últimos 82 jogos disputados para o campeonato nacional, os dragões averbaram apenas uma derrota.






A derrota que mancha este percurso notável (1 derrota, 13 empates, 68 vitórias), o qual teve início após o fim da suspensão do Hulk (na "longínqua" época do túnel da Luz), foi em Barcelos, no dia 29 de Janeiro de 2012, e ocorreu em circunstâncias especiais.
Havia um rodopio de jogadores a sair e outros a entrar no plantel (Lucho e Janko ainda não estavam disponíveis) e, além disso, Vítor Pereira não pôde contar com Fernando, nem com Hulk.
Por outro lado, o Gil Vicente (ou, na realidade, terá sido o slb?) pôde contar com os senhores Bruno Paixão e António Godinho (conhecem?), ambos do "armazém de Setúbal" e estrategicamente nomeados pelo senhor Vítor Pereira (o chefe dos árbitros) para este desafio.


Quadros: www.zerozero.pt
Infografia: desporto.sapo.pt

25 comentários:

Joaquim Lima disse...

Impressionante! Não tinha essa noção... Só ao alcance de alguns.. Em Portugal, só ao alcance do nosso Porto!

É impossível saber se fomos prejudicados ou beneficiados por erros de arbitragens em todos os jogos, mas na derrota com o Gil Vicente fomos claramente prejudicados!

Marco Enes disse...

Importante referir que não se tratou de uma derrota qualquer, foi uma com MUITA PAIXÃO!

Talvez a arbitragem mais escandalosa, com influência directa no resultado, a que assisti nos últimos anos...

Silva Pereira disse...

Boa tarde,
Desculpe mas parece-me que especialistas não é o titulo coreto deveria ser … por confrades do sistema.
PH – benfiquista que está ao serviço da TVI e como tal tem de seguir a voz do dono agravado neste caso por ser confrade do regime e camarada do MFA (ambos militares).
JC- como sabemos as suas análises é consoante acorda com os pés tapados ou destapados.
JL – corporativista que tenta desculpar os erros
Quanto ao Jornal O Jogo pouco criterioso na escolha dos lances, embora reconheço que não há comparação possível com os pasquins do regime, incluo obviamente as TV(s) da capital do império.
Basta ver o desplante com que defendem as expulsões dos jogadores das equipas adversárias…quantos golos marcaram com as equipas reduzidas … e os penaltis que marcados a seu favor descontem isso e depois digam-me a que fica reduzido o seu ataque dito rolo compressor.
A lata destes fdp dos servidores do regime quando as coisas são tão evidentes (a seu favor) os argumentos são sempre os mesmos que errar é humano … muito difícil de analisar … lance de TV … não há intenção de …, quando a camisola é outra esquecem esse argumentos e invocam outros é assim desde o tempo da TV preto e branco e sem internet.
Há e já me esquecia lá vem o apito … o Paulinho Santos o Fernando Couto.. A guerra Norte-sul e ninguém faz lembrar que a única guerra NS foi no tempo do Afonso Henriques quando conquistou Lisboa aos Mouros e se converteram em novos cristãos, todas as outras guerras foram dos centralistas contra o Norte, D João I – guerra da sucessão Lisboa apoiava Castela, guerra do absolutismo (D Miguel) o Porto esteve cercado um ano e é daí que vem os títulos que o Porto tem atribuído por D Pedro I

Por isso é que acho que nunca se deve dar o flanco

José Correia disse...

Caro Silva Pereira, este seu comentário fazia mais sentido no artigo 'O "roubo" da Luz visto por "especialistas"'.

DC disse...

E no entanto, há quem peça a cabeça de VP dia sim, dia não.
Felizmente, temos adeptos muito mal habituados.

Silva Pereira disse...

Boa tarde,

caro José Correia tem toda a razão, foi lapso meu.
Desculpem o lapso.

Não sei se vale apena recolocar?

Cumprimentos

Carrela disse...

VP um dia ainda vai ser reconhecido devidamente pelo trabalho que faz!!!

Carlos Santos disse...

Mais um facto muito oportunamente relembrado pelo Reflexão Portista, parabéns!

alex disse...

A época passada fui um acérrimo crítico do Vitor Pereira, principalmente, porque quem o ouvisse falar até parecia que o FCP estava a fazer uma grande época: fora da CL e da Liga Europa, fora das taças, a 5 pontos do 1º lugar etc. um autêntico desastre que a conquista do título só salvou muito relativamente. Mas vejam bem: O FCP, em relação ao ano do Villas-Boas, jogou, no Domingo, sem o Falcão, sem o Hulk, sem o James. Dizia alguém num dos pasquins de Lisboa que a postura dos jogadores do Porto neste jogo com o Benfica, se devia não tanto à acção do treinador mas sim ao ADN dos jogadores portistas... A verdade, porém, é que nos 4 anos de Jesualdo Ferreira nunca o FCP chegou à Luz e disse posso quero e mando como fez com o Villas, por duas vezes, e voltou a fazer, também por duas vezes, com Vitor Pereira!

Pyrokokus disse...

Está à vista de todos que este ano tudo se vai fazer para que o Porto não seja campeão. Vale tudo e este domingo foi só mais uma evidencia. Ainda bem que a nossa equipa esteve bastante bem pois ao mínimo deslize (toque dentro da área) tínhamos sofrido as consequências.
Agora, vamos ver a continuação deste campeonato. Não sei a quantidade de penaltis, golos irregulares que já beneficiaram o clube do regime, mas a ideia que tenho é que sem isso, eles iriam ai uns 4 pontos atrás de nós. E vai ser para continuar nesta toada. Uns penaltis a favor deles, outros para a gente que não são marcados... Penso que o Paixão em breve irá apitar um jogo nosso... Vão tentar fazer tudo para os descolar até á 2 ou 3 jornada da segunda volta.
Para sermos campeões vamos ter de ser perfeitos, e eu acredito que vamos conseguir :)

Anónimo disse...

Olha a Fiscal de Linha em Barcelos lá está o Godinho que não viu um grande fora de jogo e um penalty!!!!!!
Este é do mesmo nivel que o conhecido "Ferrari" !!!

iur disse...

Fantástico! Nunca me tinha passado pela cabeça. Excelente trabalho!

Um abraço

Anónimo disse...

de referir que, comparando com o ano do Villas Boas , os encornados no domingo jogaram sem o luisão, sem o fábio coentrão, sem ramires, sem o david luis e sem o caceteiro garcia...

José Correia disse...

Sim e, comparando com esse slb x FC Porto da época 2010/11, o FC Porto no domingo jogou sem Álvaro Pereira, Guarín, Belluschi e, principalmente, sem Hulk e sem Falcao.

Mais. Nesse jogo, as alternativas no banco de suplentes à disposição de André Villas-Boas eram: Sapunaru, Maicon, Ruben Micael, Belluschi, Cristian Rodriguez e James.
Não vale a pena comparar com os jogadores que, no passado domingo, estavam sentados no banco de suplentes ao lado de Vítor Pereira, pois não?

Antonio Silva disse...

@alex

Que me lembre o Jesualdo nos 4 anos em que foi à Luz jogar ganhou um jogo (trivela do Quaresma), empatou 2 e perdeu 1 (o do túnel com golo em fora de jogo).

Concordo contigo que nos 2 anos do AVB e VP o Porto chega à Luz e manda no jogo. Só não quero que se passe a ideia que o Jesualdo não tenha conseguido bons resultados na Luz.

Anónimo disse...

@josé correia

apenas quis evidenciar o lado do adversário, o Porto não joga sozinho...que sem dúvida nenhuma tem 1 plantel mais fraco...mas já que fala em Alvaro Pereira, temos agora Alex Sandro...trocava?
Belluchi, temos Lucho...trocava?
Guarin, temos Moutinho...trocava?

sem Hulk e sem Falcao, ponto. e tivemos Jackson...

o adversário tinha coentrao, agora tem lá 1 melga qualquer...sem ramires,tem lá o enzo perez, sem o david luis tem lá o jardel, sem o caceteiro tem lá o matic... vamos ser coerentes.

quanto às alternativas, sem comentários...toda a razão que á época de 2010/2011 eram outras...

Anónimo disse...

Se não fosse o lampião do Bruno Paixão, podia dizer que "desde que o meu filho nasceu o Porto ainda não perdeu".
Nota: nasceu em Abril de 2010 (e já diz GOLHO do POTO) ;-)

Dragão de Sesimbr@

Anónimo disse...

... a propósito, se o Porto tivesse ganho o jogo em questão, tinha batido o recorde de invencibilidade do campeonato que pertence ao Benfica (e agora tb ao Porto). Na altura quando vi a noticia (e posteriormente a nomeação), disse logo que o Porto ia perder.

Dragão de Sesimbr@

José Correia disse...

Mas que grande confusão para aí vai!
Moutinho? Jogou 90 minutos nesse jogo.
Ramirez e David Luiz? Já nem faziam parte do plantel do slb.

Se quiser ser rigoroso, o onze inicial do slb nesse jogo (slb x FC Porto da época 2010/11) foi o seguinte:
Roberto
Airton
Luisão
Sidnei
Coentrão
Javi
Aimar
Salvio
Gaitan
Saviola
Franco Jara

Na minha opinião, é um onze pior do que aquele que Jorge Jesus apresentou no último domingo.
Artur (apesar da culpa que teve no 2º golo) é um GR melhor do que Roberto.
Maxi Pereira (apesar de dever ter sido expulso) é muito melhor do que Airton (que nesse jogo foi uma adaptação a defesa direito).
Garay é melhor do que Luisão.
Jardel é melhor do que Sidnei.
Matic é melhor do Javi.
A dupla Lima + Cardozo é melhor do que a dupla Saviola + Jara.

DC disse...

Anónimo, ao 5LB faz muita falta o Ramires e talvez o Coentrão (apesar das épocas miseráveis em Madrid). De resto, não jogar o caceteiro Luiz e o caceteiro Garcia, quando se tem Matic e Garay, não é problema nenhum!

Anónimo disse...

tem razão José Correia, mea culpa. :)
o cão de água luis e o ramires sairam no mercado de inverno da época 2010/2011 e o moutinho ok, já lá estava...
o matic ser melhor que o caceteiro garcia...é possivel, são os da mesma raça!

alex disse...

Se não quiserem publicar este desabafo por estar fora do assunto, não faz mal.
90% dos destaques de 1ª página do jornal O Jogo que aparece há venda aqui, em Setúbal, donde sou e onde vivo, são iguais aos dos jornais Record e a Bola. Vai ao ponto de só darem destaque ao FCP quando jogou no dia anterior, mas se nesse mesmo dia jogarem também o Benfica e/ou o Sporting dão destaque aos clubes de Lisboa em detrimento do FCP...

Helder Coutinho disse...

Alex isso é normal, o jogo tambem é um jornal para agradar a todos, tem capa diferente no norte e no Sul, acaba por ser o maior "prostituto de todos, enfim...

José Correia disse...

Percebo o desconsolo e o consequente desabafo, mas pedia para, neste artigo, não continuarem com comentários a este off-topic. Não faltarão oportunidades noutros artigos.

Andre Correia disse...

Isto é record ????gostava de obter uma rsposta