segunda-feira, 7 de janeiro de 2013

Medo, muito medo!

Pedro Proença errou, ano passado, no lance que deu o golo da vitória ao Porto, no Estádio da Luz. Não sou cego, e não tenho problemas em o admitir.

Como também foi erro quando, uns minutos antes, não marcou penalty a nosso favor por mão de Cardozo na área vermelha (aproveito para dizer que sempre digo “vermelho” quando me refiro a eles. Eu sou português, e em linguagem mais comum, a denominação para essa tonalidade é “vermelho”. Termos como “encarnado”, “escarlate”, “carmesim”, etc., são termos demasiadamente poéticos e, francamente, a Poesia é uma nobre Arte que eu não associo, de todo, ao clube da Luz). Mas há erros que vendem jornais desportivos lisboetas, e erros que não vendem jornais desportivos lisboetas.

Como o clube em questão parece ter mais poder neste país que o Governo, Parlamento ou Presidente, tentaram assassinar a carreira do dito árbitro declarando que “esperamos que não volte a arbitrar jogos do nosso clube”. Mas parece que vozes de burro não chegam a Nyon e Proença, com certeza eleito melhor árbitro europeu do ano conseguiu (feito inédito) ser nomeado para arbitrar as finais da “Champes Liga” e do Euro 2012.

Mas, nos últimos tempos, Proença parece querer aproximar-se novamente do seu (declarado clube do coração). Primeiro veio defender Luisão, no caso da agressão deste a um árbitro alemão num jogo “amigável”, demonstrando uma gritante falta de solidariedade de classe. Agora veio dizer que não se fez justiça no caso Apito Dourado.

Temo que, no caso de uma eventual posição de vantagem do Porto no jogo de Domingo, o árbitro possa se sentir tentado em pedir publicamente perdão, num clima emocionante de lágrimas de arrependimento, num momento fatela de opereta, num caso telenovelesco de TVI, com queridas manhas à mistura, tanto ao gosto do dito clube.

20 comentários:

Zé_Lucas disse...

A designação "encarnado" é um resquício do passado salazarista deste clube. Foi inventada para não usar o vermelho, já que, como parece óbvio, ele tinha/tem conotações políticas que na altura (tal como ainda agora para alguns) não eram simpáticas.
Se se procurar nas listas de cores, por ex:

http://pt.wikipedia.org/wiki/Anexo:Lista_de_cores

o carmesim e o escarlate constam mas o "encarnado" não.

Cumps

Carrela disse...

Apesar das dificuldades acredito que vamos lá mais uma vez ganhar!! Independentemente do árbitro!!!

A forma de jogar do FCP ao contrário do que mts insistem em pregar, é de longe mais consistente que a do benfica.

É só ver o que fazem os adversários a nós e o que fazem a eles!
O caso Moreirense é gritante, apesar das dificuldades que encontramos, o adversário teve 0 chances de golo... já os outros, os que jogam melhor que ninguém e que saíram da CL com o rabinho no meio das pernas ganharam com o colo tão habitual.

E isto é quase sempre a mesma coisa, qq merda que este clube faz é empolgado, já nós, pudemos ganhar 5-o ao Marítimo que não jogamos NADA, foi o adversário que foi fraco... E o que mais mete nojo é que os adeptos seguem isto... Os Portistas tb!!

VP, mostrou o ano passado que é um grande treinador, mas ainda hoje, muitos Portistas continuam à espera de ter a sua razão divina, que é como quem diz, assegurarem-se que VP é fraco!

Para falar do último jogo, obviamente que queria mais, queria não ter passado pelo sufoco que foi recear um chouriço num daqueles livres!
Mas a verdade é que falha-mos o 2-0, várias vezes! Ao contrário do que a generalidade dos que por cá andam pensam, os adversários existem e tb sabem jogar à bola, o FCP dominou 80% de jogo, mas o que conta são sempre os 5, 10, 15 ou 20% em que não dominamos! É nisso que se focam!

Confio totalmente nesta equipa, em VP e jogadores! E não, não é uma confiança só porque sim, é baseado na capacidade que a equipa tem demonstrado em dominar e controlar os jogos como ninguém no nosso campeonato!

Um bom Porto ganha a um bom benfica, em condições normais!

José Rodrigues disse...

Nothing new under the sun...

Como de costume, o arbitro para o slb - FCP vai estar sob uma enorme pressao: antes, durante e depois do jogo.

E' por isso mesmo q estou farto de criticar a SAD por ter "comido e calado" demasiado nos ultimos anos, porque se a pressao vier dos dois lados a possibilidade do arbitro (ainda q subconscientemente) beneficiar o slb diminui.

Por exemplo, ficou o mito do FCP ter sido beneficiado no ultimo jogo no galinheiro um bocado com a complacencia do FCP, q nao assinalou de forma firme e alto e em bom som os lances de q o slb beneficiou no mesmo jogo (como o lance de voleibol do Cardozo na sua grande area, mas houve mais).

Bogalho disse...

Caro Zé Lucas, o Benfica equipa de vermelho desde sempre, quando Salazar chegou, os clubes (Benfica, Sporting e Porto) e os seus equipamentos já existiam há muito tempo. A proibição do termo vermelho (em todas as áreas editoriais) foi puramente politica e nada teve haver com o Benfica, nem consigo perceber como é que a censura da própria cor de um equipamento de um clube pode servir para indiciar o seu passado salazarista.

Joaquim Lima disse...

José, até no voleibol aquilo era falta porque o Cardozo joga com o braço em dois momentos seguidos! ;)

KOSTA DE ALHABAITE disse...

Mas é que não tenha dúvidas; aliás, os árbitros este ano tên tido arbitragens tendencialmente prejudiciais ao Porto. Marcam "n" faltas contra, principalmente nas laterias, no meio campo defensivo do Porto, assinalam mais rapidamenta cartões contra jogadores do Porto, logo à 1ª falta, ao contrário do que perdoam aos adversários. Proença chegou onde chegou por mérito e não por apoio dos "encornados" (eu prefiro designa-los desta forma), mas sempre se soube que Proença é apoiante desse clube de carnide. Está, como muito bem diz, num processo de aproximação ao clube do seu coração. Não será de estranhar a sua nomeação para o clássico, nem tão pouco a tal tendência para perdoar pequenas faltas aos da capital e punir sem contemplação as faltas do Dragão. Infelizmente o nosso Clube, a nossa equipa, ao contrário de outras alturas, não me parece muito capaz de lutar, nesta altura, contra isso e antevejo um dos mais difíceis jogos das últimas décadas contra este adversário sulista... Espero enganar-me, como é óbvio, e as minhas preces e orações estarão com os Bravos do Porto... Porto, sempre!

Anónimo disse...

Caro Carrela; teria muito que comentar e discordar do seu comentário; mas depois de ler o seguinte:

"VP, mostrou o ano passado que é um grande treinador, mas ainda hoje, muitos Portistas continuam à espera de ter a sua razão divina, que é como quem diz, assegurarem-se que VP é fraco!"

Resolvi nem comentar... pois está tudo dito.

Abraço

HULK 11M disse...

Pois eu comento para dizer que continuo a desejar que o VP me prove que é um grande treinador, no que eu não acredito! Agora essa de vir para aqui dizer que os portistas que não gostam do perfil do VP querem que o FCP perca para ter razão é uma monstruosa idiotice!
Eu errei nas apreciações que fiz aquando da contratação do HULK e fiquei feliz pelo sucesso que teve no FCP!
Vamos lá a ser inteligentes. Para atrasados mentais já nos chegam a maior parte dos "seis Milhões".

Pedro M. disse...

só um aparte em relação ao jogo do ano passado e de conversas que tive com benfiquistas que me continua a fazer confusão:

no lance em que o porto marca o golo da vitória (em fora de jogo) quem errou foi o auxiliar. Creio que seria anedótico se o próprio Pedro Proença marcasse o fdj.

já no lance de andebol do Cardozo, o Pedro Proença tinha toda a autoridade para assinalar o penalty (mesmo tendo em conta que o fiscal de linha tinha provavelmente uma perspectiva melhor do lance).

Ou seja, mesmo esquecendo o resto do jogo (onde, na minha opinião, fomos constantemente prejudicados) nos dois lances "decisivos" do encontro (esquecendo aqui a falta inexistente do 2º golo por ser um lance como há muitos num jogo de futebol) o que fica claro é que o Proença não prejudicou o benfica.


Parece-me é que é mais vantajosa a propaganda contra o árbitro principal do que contra o auxiliar.
Além da tentativa evidente de condicionar as futuras arbitragens, ainda conseguiram apelar ao benfiquismo do Sr. Proença que certamente gozará de alguma impunidade por grande parte da sociedade (com destaque para a CS) quando se lembrar de novamente ajudar o seu clube

Pedro M. disse...

só um aparte em relação ao jogo do ano passado e de conversas que tive com benfiquistas que me continua a fazer confusão:

no lance em que o porto marca o golo da vitória (em fora de jogo) quem errou foi o auxiliar. Creio que seria anedótico se o próprio Pedro Proença marcasse o fdj.

já no lance de andebol do Cardozo, o Pedro Proença tinha toda a autoridade para assinalar o penalty (mesmo tendo em conta que o fiscal de linha tinha provavelmente uma perspectiva melhor do lance).

Ou seja, mesmo esquecendo o resto do jogo (onde, na minha opinião, fomos constantemente prejudicados) nos dois lances "decisivos" do encontro (esquecendo aqui a falta inexistente do 2º golo por ser um lance como há muitos num jogo de futebol) o que fica claro é que o Proença não prejudicou o benfica.


Parece-me é que é mais vantajosa a propaganda contra o árbitro principal do que contra o auxiliar.
Além da tentativa evidente de condicionar as futuras arbitragens, ainda conseguiram apelar ao benfiquismo do Sr. Proença que certamente gozará de alguma impunidade por grande parte da sociedade (com destaque para a CS) quando se lembrar de novamente ajudar o seu clube

Dany disse...

Caríssimo amigo, este artigo tinha tudo para não ser escrito agora... Às vezes devemos não dizer nada (como fez, e bem, o clube sobre o Edo Boch) em vez de dizermos asneira... E por 2 motivos. Um é que o único árbitro que até agora veio pedir desculpa públicas após um jogo foi o Duarte Gomes... E outro é porque fica mal a frase "Proença parece querer aproximar-se novamente do seu (declarado clube do coração)", pois com isto parece que queres dizer que ele esteve próximo de nós e só agora está a afastar-se em direcção ao 5lb. Mais cuidado com as palavras... Abraço

Silva Pereira disse...

Boa tarde,

Genéricamente estou de acordo com os comentários.
Cada vez mais se assiste a uma escandalosa lavagem ao cérebro por parte da corja mafiosa dos pasquis macrocéfalos. Temos imensos exemplos mas para comparação chega o que se passou neste fim de semana Hoquei e comparem o que foi dito e mostrado com os factos ocorridos no ano passado quer no Hoquei quer no Basquete. Outro exemplo arbitragem do FCP-Nacional 2 penaltis por marcar e qual foi a relevância nehuma.
Mas para mim o que mais me indigna é ver os ditos portistas paineleiros a puchar pelo Boavista clube pelo qual está onde está porque se aliaram aos chifrudos.
Também o Porto Canal tem uma postura de temer "ofender" o sistema, estou-me a referir aos comentários proferidos apó o jogo bem como a postura editorial, eu gosto do Porto Canal mas não compreendo que na transmissão do jogo do ano passado de basquete foram acusados de manipulação e perante o que se viu este fim de semana nem o FCP reage nem a Porto Canal.

Cada vez me parece mais o tempo de Américo de Sá.

Como é possível não se regir à campanha osquestrada pela vermelhos (Bolha, SIC, ...) Proença e compahia.

Aproveito para desejar um bom ano a todos os portistas

Pedro disse...

Confesso que discordo em quase tudo que o caro diz, mas é uma opiniao tao válida como a minha.

Mas se for possível explique o que entende por ser uma equipa mais consistente. Será nao deixar jogar o adversário tendo muita bola mas fazendo muito pouco com ela? É estar mais preocupado em nao sofrer golos do que marca-los?
É que o meu problema nao sao os 10 ou 20% do jogo que nao controlamos mas sim os 80% que "dominamos".

José Rodrigues disse...

LOL, bem visto!

José Rodrigues disse...

É bem visto e eu já falado disso no artigo sobre o rescaldo do jogo.

Os erros do ARBITRO nesse jogo foram todos a favor do slb.

Antonio Silva disse...

Bem vindo Sérgio. Grande artigo.

Mas discordo quando dizes o seguinte: "a Poesia é uma nobre Arte que eu não associo, de todo, ao clube da Luz".

Então dizes isso das nossas Papoilas Saltitantes em pleno rodopios floreados.

Antonio Silva disse...

"Além da tentativa evidente de condicionar as futuras arbitragens"

Como assim? Indo-lhe às trombas como lhe fizeram no Colombo?

Anónimo disse...

Bem visto Pedro. O exemplo que eu vou dar não é comparável com o FC Porto e o seu dominio sobre o adversário mas quem não se lembra daquela eleminatória entre o Barcelona e o Inter de Mourinho. Quem é que no fim dominou quem. sem dúvida que uma coisa é não deixar jogar outra é dominar o adversário e cair em cima dele de forma a não ficar á mercê de um lance fortuito que possa dar o empate ou mesmo a vitória a quem tão pouco teve o controlo da bola.

Costa disse...

***Da-se, mas afinal se quando o FCP perde é culpa do VP, porque é que quando ganha CAMPEONATOS não pode ser mérito dele ?!

Tenham vergonha !!

David Duarte disse...

Bom, nisso benfiquistas e portistas não são diferentes : muito medo nos dà esse Proença.

P.S.: aproveito para deixar os meus votos de um bom 2013 para o RP.