terça-feira, 19 de março de 2013

As agressões que o país viu

«A SIC divulgou ontem [16-03-2013], no Jornal da Noite, imagens de videovigilância referentes a confrontos entre adeptos do Benfica e seguranças da empresa 2045, no final do encontro entre as águias e o Sp. Braga, no dia 27 de fevereiro, a contar para as meias-finais da Taça da Liga.

Nas referidas imagens, registadas cerca de uma hora após o final da partida, é possível ver um grupo de adeptos – um deles com um ferro na mão –, ainda retidos nas bancadas do Estádio AXA por motivos de segurança, a agredir a murro e pontapé os seguranças, homens e mulheres, até à chegada de um polícia, que, com o recurso a gás pimenta, consegue afastar os agressores.»
in record.pt
 
 
«(...) A SIC apresentou, no passado sábado, um “exclusivo” no seu principal bloco informativo. O exclusivo não resultou de qualquer trabalho jornalístico, resumiu-se apenas à transmissão de imagens que foram “entregues” a um jornalista da redacção da SIC no Porto. A SIC limitou-se a reproduzir imagens que alguém tinha interesse em que fossem difundidas.
Ao contrário do que mandam as normas deontológicas que regem a profissão, a SIC avançou com as imagens sem que de forma idónea pudesse constatar coisas tão básicas como se as imagens tinham sido previamente seleccionadas e editadas, o tempo e as circunstâncias das mesmas. Também teria ficado bem à SIC avisar os telespectadores que as imagens lhes tinham sido facultadas.
 
Foi pena a SIC não ter querido fazer um trabalho exaustivo sobre a violência nos campeonatos nacionais de futebol deste ano e o seu denominador comum: Braga B-Leixões, Braga B-Belenenses, Vitória de Guimarães B-Braga B, Braga–Paços de Ferreira e, ainda este fim-de-semana, o Braga B-Sporting B.
 
Posto isto, fica claro para o Sport Lisboa e Benfica que:
a) A SIC prestou no sábado, de forma assumida, um serviço a alguém;
b) Que não quis fazer um trabalho sério sobre a violência no futebol português;
c) Que o Ministério Público deve investigar as imagens difundidas pela SIC em forma de antena de “aluguer”, as suas causas, o enquadramento em que tudo aquilo se verificou, mas também o crime que está por detrás da exibição dessas mesmas imagens.»
Comunicado do slb, 18-03-2013
 
 
P.S.1 Tendo as violentas agressões sido perpetradas por adeptos benfiquistas e ocorrido dentro de um estádio, quais serão as consequências para o slb?
 
P.S.2 Quando todas as televisões adoptarem a "ética" e "normas deontológicas" rigorosas da benfica TV, este tipo de problemas deixarão de existir...
 
P.S.3 Como o comunicado do slb ilustra de forma eloquente, as relações entre bracarenses e benfiquistas são tão "boas", que eu continuo sem perceber por que razão Lima é jogador do slb, em vez de vestir de azul-e-branco.

73 comentários:

Hugo disse...

Coitadinhos deles que ficaram indignados por alguém ter filmado as agressões dos seus arruaceiros.
Com a Benfica Tv vai ser uma maravilha. Nada disto sairá cá para fora

John Billy #32 disse...


"P.S.1 Tendo as violentas agressões sido perpetradas por adeptos benfiquistas e ocorrido dentro de um estádio, quais serão as consequências para o slb?"

Já querem ganhar na secretaria?

José Correia disse...

O slb não precisa de perder na secretaria aquilo que já perdeu dentro de campo, ou já não se lembra que foi eliminado pelo SC Braga no desempate por grandes penalidades?

José Correia disse...

Mas gostava de saber o que é que o regulamento prevê, para agressões de adeptos de um clube a stewards feitas dentro do estádio.

Anónimo disse...

Oh morcão não queremos ganhar na secretaria, não somos como alguns.
Já viste alguma vez o Porto a ir a UEFA tentar tirar alguém da Liga dos Campeões? Ja viste o Porto a tentar tirar alguém da taça da liga?
O que queremos é saber o que vai acontecer ao slb, ou já não te lembras do túnel da luz?

Pedro

KOSTA DE ALHABAITE disse...

O 3º e último parágrafo das observações tem muito que se lhe diga...
Mas importante é relembrar o túnel da luz para perceber se algo vai ocorrer aos lampiões.
Obviamente esta última afirmação é treta, pois sabemos que aos encornados nada atinge. Assim...

John Billy #32 disse...

Face às imagens, que se abre um processo de averiguações e pune-se quem deve ser punido. Agora não entendo a vossa preocupação com as consequências para o Benfica. A não ser que estejam a espera de um castigado com perda de pontos.

Luís Sousa disse...

Eles já se esqueceram das imagens do túnel da luz?
Na altura não vieram falar em manipulação de imagens.

Luis C. disse...

o mais relevante é o parágrafo final - porque diabo o Lima foi para o benfica e para ser o jogador mais preponderante deles nesta época?

Anónimo disse...

O José Correia é que quer discutir futebol pelo outro lado.

Anónimo disse...

John,

Alguém disse que queria o benfica a perder pontos? Apenas tem de ser castigado, ou achas que tem que se fechar os olhos?

PS: Eu realmente quero que o slb perca pontos mas é em campo, não na secretaria porque no dia em que o meu clube estiver mais preocupado com isso do que em ganhar jogos é porque algo vai muito mal.

Abraço
Pedro

Anónimo disse...

Vocês não percebem nada... aquilo é só mais uma versão do Harlem Shake! :-)

David Duarte disse...

Bom, o José Correia deve estar bem surpreendido : "o quê? A SIC, esse canal benfiquista, a passar imagens dos manipuladores de imagens por excelência? Não acredito! Nem a SIC faria tal coisa, nem as imagens são credivéis!". Pois é caro José Correia. Isto tudo a adicionar a esse complot mediatico para vos tramar onde so se fala da incerteza enquanto ao treinador do Porto para o proximo ano quando da situação do Jesus ninguém fala... Oh, wait...

O que se vê nestas imagens? Um bando de bestas a atacar seguranças. Não vou entrar aqui em desculpas como jà alguns fazem ("ah e tal, jà todos vivemos uma situação em que estamos fechados num estadios eternamente, com fome e sede, a querer ir para casa e ainda ter que ouvir bocas de um ou outro. Nestes condições é normal que haja porrada"). Essas bestas devem ser identificadas e punidas... um pouco como hà três anos onde outras duas bestas foram punidas.

Agora, é isto suficiente para o Benfica perder 4 pontos? Não me parece. Respondendo às perguntas, tentando ser objectivo:

1. Consequências para o Benfica. Uma multa penso eu. Da mesma forma que o Sporting teve de pagar pelos estragos realizados pelos seus adeptos na Luz no ano passado, parece-me coerente que tal venha a acontecer ao Benfica, mesmo se não houve danos materiais. Se bem que pense que a melhor atitude a tomar nestes casos deva vir do proprio clube, interdindo entrada e compra de bilhetes nos seus jogos a essa gente;

2. Sobre a questão deontologica... parece-me que o José Correia aqui não està a criticar os media jà que, uma vez as imagens distribuidas, não se fala de outra coisa. Deve estar mais a criticar aqueles que as detinham e que em vez de lança-las de imediato esperaram por uma semana desastrosa para o Porto para envià-las à comunicação social;

3. Sobre o Lima... as instituições Benfica e Braga não têm de facto boas relações. Jà o Jesus e o Salvador são bastantes amigos (amizade bastante criticada pelos benfiquistas). Tem ai a razão do Lima estar a jogar no Benfica, não hà segredo nenhum.

Anónimo disse...

De um Benfiquista de Braga.

Este texto do Sr. José Correia só mostra o quanto ele é sério.
Em nenhum momento do seu texto e da transcrição que faz parcialmente do comunicado emitido pelo SLB; repito, em nenhum momento transcreve a posição do SLB e da sua direcção em relação ás agressões. Porque será senhor José Correia? Não acha importante, foi esquecimento, ou a intenção é mesmo de tentar condicionar o pensamento de quem o lê, omitindo de propósito, facto tão importante.
Sejamos sérios e rigorosos; paço a transcrever o comunicado na íntegra; pois só assim, é que as pessoas sérias poderão fazer um correcto juízo de valor da posição tomada pela direcção do SLB.
A letra grande está transcrito o que o Sr. José Correia, por motivo incompreensível á luz da verdade dos factos, se esqueceu ou não quis transcrever… a letra pequena está o resto do comunicado, que o senhor José Correia, colocou na íntegra no seu texto.

Comunicado: Antena de “aluguer”

PONTO PRÉVIO A TUDO QUANTO MAIS À FRENTE VAI SER EXPOSTO: O SPORT LISBOA E BENFICA CONDENA, COMO SEMPRE CONDENOU, QUALQUER TIPO DE VIOLÊNIA.
A SIC apresentou, no passado sábado, um “exclusivo” no seu principal bloco informativo. O exclusivo não resultou de qualquer trabalho jornalístico, resumiu-se apenas à transmissão de imagens que foram “entregues” a um jornalista da redacção da SIC no Porto. A SIC limitou-se a reproduzir imagens que alguém tinha interesse em que fossem difundidas.
Ao contrário do que mandam as normas deontológicas que regem a profissão, a SIC avançou com as imagens sem que de forma idónea pudesse constatar coisas tão básicas como se as imagens tinham sido previamente seleccionadas e editadas, o tempo e as circunstâncias das mesmas. Também teria ficado bem à SIC avisar os telespectadores que as imagens lhes tinham sido facultadas.
Foi pena a SIC não ter querido fazer um trabalho exaustivo sobre a violência nos campeonatos nacionais de futebol deste ano e o seu denominador comum: Braga B-Leixões, Braga B-Belenenses, Vitória de Guimarães B-Braga B, Braga–Paços de Ferreira e, ainda este fim-de-semana, o Braga B-Sporting B.
Posto isto, fica claro para o Sport Lisboa e Benfica que:
a) A SIC prestou no sábado, de forma assumida, um serviço a alguém;
b) Que não quis fazer um trabalho sério sobre a violência no futebol português;
c) Que o Ministério Público deve investigar as imagens difundidas pela SIC em forma de antena de “aluguer”, as suas causas, o enquadramento em que tudo aquilo se verificou, mas também o crime que está por detrás da exibição dessas mesmas imagens.

Anónimo disse...

Caro Luís Sousa, tem toda a razão.

Mas esse facto entronca no ponto P.S.1, que o José Correia colocou no seu texto.

"P.S.1 Tendo as violentas agressões sido perpetradas por adeptos benfiquistas e ocorrido dentro de um estádio, quais serão as consequências para o slb?

As imagens demonstram bem as agressões dos adeptos do benfica, como as do estádio da luz, demonstram bem as dos jogadores do Porto.

Não sei o que será mais grave em termos disciplinares; mas penso que são a dos jogadores, que são funcionários do clube. Qual foi o castigo imposto ao FCP neste caso? sinceramente não sei se houve e se houve qual foi. Mas é de esperar que tendo em conte este facto, no minimo, a pena será igual em termos de penalização para o clube.

Abraço.

Anónimo disse...

"Mas gostava de saber o que é que o regulamento prevê, para agressões de adeptos de um clube a stewards feitas dentro do estádio."

Também não sei e gostava de saber.
Agora o que sei é que Hulk foi despenalizado (tarde, diga-se de passagem) precisamente porque a justiça desportiva não considerou os “stewards” como parte integrante do jogo; ou seja, são elementos estranhos há justiça desportiva, só a civil poderá julgar e condenar tais factos.
É o que aconteceu (nova audiência em Junho ou Julho deste ano) com o processo em que Hulk, Sapunaru, C. Rodriguez e Helton, estão acusados, por agressão aos stewards no estádio da Luz.
Portanto, penso que este caso estará enquadrado como tantos outros, de violência desportiva por parte de claques de apoio.
Infelizmente nestes episódios de violência não há claques de clubes inocentes; porque na génese e na prática são todas iguais. Sejam elas do Benfica, Sporting, Porto ou do Fim do Mundo.
Basta, recordar a última acção da claque do FC Porto á chegada da nossa comitiva ao aeroporto Sá Carneiro, após o empate dos Barreiros.
Um facto de salientar pela positiva no comunicado emitido pelo Benfica, foi a sua tomada de posição em relação á violência evidenciada. Faça-se justiça.
Como está bem saliente logo no 1º parágrafo do comunicado:
Ponto prévio a tudo quanto mais á frente vai ser exposto: o SLB condena, como sempre condenou, qualquer tipo de violência.
Só lhes fica bem. E mais não era pedido, tudo o resto são outras guerras que só mancham o futebol e os seus intervenientes.

PG

José Correia disse...

Agora, é isto suficiente para o Benfica perder 4 pontos?

Quem é que falou, ou sugeriu, que o slb deveria perder 4 pontos no campeonato?

José Correia disse...

Consequências para o Benfica. Uma multa penso eu. Da mesma forma que o Sporting teve de pagar pelos estragos realizados pelos seus adeptos na Luz no ano passado

Uma coisa é danificar o património de um estádio, outra coisa é agredir violentamente (incluindo com ferros!) os stewards e/ou polícias presentes.

Anónimo disse...

De um Benfiquista de Braga.

Completamente de acordo com o seu comentário. E acrescento que para mim essa cambada de mal criminosos que andam colados aos clubes através das respectivas claques; deveriam era ser condenados com penas pesadas pelos crimes cometidos.
Sejam estes, ou outros, como assaltos e agressões em estádios, postos de serviço nas auto-estradas, agressões a jogadores e treinadores etc... Um criminoso e uma pessoa mal formada, não é exclusivo de nenhuma raça, sexo, nacionalidade e muito menos de um clube. O problema é que o fanatismo e a clubite até os mais idóneos afecta; e ai não conseguem destinguir a arvore da floresta. É pena e é redutor.
Não deixo de passar mais uma vez a oportunidade e com corajem de transcrever a parte mais importante na minha opinião do comunicado do SLB que infelizmente, aqui não aparece.

"PONTO PRÉVIO A TUDO QUANTO MAIS À FRENTE VAI SER EXPOSTO: O SPORT LISBOA E BENFICA CONDENA, COMO SEMPRE CONDENOU, QUALQUER TIPO DE VIOLÊNCIA."

José Correia disse...

Sobre a questão deontologica... parece-me que o José Correia aqui não està a criticar os media

Estou é a apreciar a enorme desfaçatez dos dirigentes do slb que, pelos vistos, ficaram muito incomodados por uma televisão (neste caso a SIC) ter transmitido umas imagens que eles gostariam que tivessem ficado no segredo dos Deuses.

José Correia disse...

Era só o que faltava que o slb não condenasse os actos de enorme violência cometidos pelos seus adeptos dentro do estádio AXA.

Mas, não é preciso ser muito inteligente, para perceber que essa parte NÃO É A PARTE ESSENCIAL DO COMUNICADO DO slb.
O ESSENCIAL DO COMUNICADO DO slb E QUE OCUPA 90% DO MESMO É O ATAQUE VIOLENTO À SIC, POR TER TRANSMITIDO UMAS IMAGENS QUE, PELOS VISTOS, OS DIRIGENTES DO slb NÃO QUERIAM QUE FOSSEM DIVULGADAS PUBLICAMENTE.

José Correia disse...

Agora o que sei é que Hulk foi despenalizado (tarde, diga-se de passagem) precisamente porque a justiça desportiva não considerou os “stewards” como parte integrante do jogo

Tem a certeza que os regulamentos atuais são exatamente os mesmos que existiam na época 2009/10?

José Correia disse...

Basta, recordar a última acção da claque do FC Porto á chegada da nossa comitiva ao aeroporto Sá Carneiro, após o empate dos Barreiros

Que comparação mais idiota.
Isto é quase como comparar a Estrada da Beira com a beira da estrada.

José Correia disse...

o SLB condena, como sempre condenou, qualquer tipo de violência

Quando o "diabo de Gaia", em pleno estádio da Luz, entrou no relvado e agrediu um árbitro assistente, o slb emitiu algum comunicado? Pode enviar-me cópia?

Já agora, que tipo de punição é que o slb sofreu devido a esse caso?

Anónimo disse...

"P.S.3 Como o comunicado do slb ilustra de forma eloquente, as relações entre bracarenses e benfiquistas são tão "boas", que eu continuo sem perceber por que razão Lima é jogador do slb, em vez de vestir de azul-e-branco. "

É fácil de perceber caro José Correia.
Neste mundo em que vivemos o dinheiro é que rege e movimenta tudo e todos (raras são as excepções); o mundo do futebol, não é uma realidade á parte, é precisamente o contrário. Basta ver os fabulosos negócios que trouxeram Danilo e Alex Sandro ao FC Porto. Porque é que seria diferente no caso do Lima. O Braga queria 4 milhões e alguém apareceu disposto a pagar, o que eles pretendiam. No caso foi o Benfica, como poderia ter sido o Porto; mas infelizmente, e pelo o que sei, o Porto recusou pagar mais que 3 milhões, pelo o jogador. Pelos vistos, estava a guardá-los para pagar, menos de metade do que custou, aquele central mexicano, que só vai chegar na próxima época.

P.S: Ironias á parte. A relação institucional entre SCB e SLB, de facto não tem sido a melhor, mas também, já foi pior. E acrescentar, a esse facto, é de acrescentar que António Salvador e o Orelhas, não só têm uma boa relação pessoal, como até tem sido sócios em alguns negócios.

PG

Anónimo disse...

De um Benfiquista de Braga.

Como não é preciso ser muito inteligente, para se perceber porque é que quem transcreve 90% do comunicado na íntegra; não fez mais um esforço, e transcreveu a totalidade do comunicado. Ou o Sr. José Correia é como aqueles senhores da casa da moeda, que quando transcrevem as leis da república para o respectivo D.R, lhe é indiferente e/ou não sabe distinguir o quanto é importante para o sentido do texto; o nunca trocar uma virgula, por um ponto. É que, como as pessoas inteligentes sabem, esse pormenor, faz toda a diferença de interpretação e adultera o correcto sentido do que está escrito?
Claro que estes 10% em falta, fazem uma grande diferença, para se compreender a verdadeira posição do Benfica em relação a mais este triste caso de violência desportiva. É que quem ler só a sua parcial transcrição, logo só tem, também uma visão parcial da posição da direcção do Benfica, aos factos. Pois só com a leitura desse parágrafo é que se pode aferir a leitura inteligente que o Benfica condena toda e qualquer violência, seja esta, perpetrada por benfiquistas ou outros vândalos.

“ATAQUE VIOLENTO À SIC, POR TER TRANSMITIDO UMAS IMAGENS QUE, PELOS VISTOS, OS DIRIGENTES DO slb NÃO QUERIAM QUE FOSSEM DIVULGADAS PUBLICAMENTE.”

A esta sua leitura; só lhe posso dizer que é a “sua” leitura e não a de todos.
Cada um lê nas entrelinhas, aquilo que quer ler, ou acha que está lá. Por isso é que nunca se deve “censurar” ou “omitir” em parte ou no seu todo, aquilo que os outros escrevem, ou pensam (faça-se justiça, que o senhor não o fez com o meu comentário, o que só por si é de louvar); pois podemos estar a condicionar não só a nossa inteligência como a dos outros. Dito isto, e como se pode constatar; Em nenhum lado do comunicado o SLB condena a divulgação das imagens, mas sim o modo e o enquadramento de como elas foram transmitidas. Como está bem expresso no ponto do referido comunicado: “…as suas causas, o enquadramento em que tudo aquilo se verificou, mas também o crime que está por detrás da exibição dessas mesmas imagens.”. Aqui, o crime, não é a divulgação, mas o que está por detrás dessa divulgação; esse sim um dado importante… e para não me alongar muito mais sobre esse preciso, ponto… deixo o conselho de ler o código deontológico do jornalista que obedece a regras bem precisas de deveres e direitos. E quem não as cumprir pode vir a ser julgado por isso, quer em termos disciplinares pela CCPJ, e/ou criminalmente.

Anónimo disse...

Os proselitos do "Regime" têm voz aqui ???!!!

Não será democracia a mais ?!

Manuel disse...

Vamos ser sérios. O "Diabo de Gaia" não agrediu ninguém. Apenas apertou ligeiramente, pois o fiscal não tugiu nem mugiu, o pescoço ao tipo.

O espectador foi castigado. O Benfica não tinha de comunicar nada.

Aliás comunicou tanto como o Porto comunicou aquando das agressões (estas sim, verdadeiras agressões a murro e pontapé) de 3 jogadores, Hulk, Rodriguez e do Sapunaru, que este reconheceu em entrevista a um jornal do seu país. Isto sim, foram agressões que ficaram gravadas em vídeo. E não foram pretensos adeptos do clube, foram mesmo jogadores do Porto.

Que eu saiba a pretensa agressão do espectador não deu origem a nenhum processo em tribunal nem queixa do fiscal. Mas as agressões do Hulk e Sapunaru vão ainda ser julgadas em tribunal pois os 2 stewarts queixosos tiveram de ser tratados no hospital. E a queixa não é apenas feita pelos stewarts mas também pela empresa multinacional para quem trabalhavam. Esta sim fez um comunicado que se quiserem posso aqui publicar.

Haja vergonha e decoro!




Anónimo disse...

Parabéns sinceros ao Zé por este excelente post.

Sem dúvida que não havia melhor forma de desviar as atenções de tudo de mau que se tem estado a passar com o nosso Porto. E ainda para mais, colocando no olho do furacão os "encornados".
Desta vez temos um assunto que nos une a todos e não, como acontece, quando o assunto é o treinador do clube.

Boa Zé.

Abraço.

Anónimo disse...

Lol; toma e embrulha como dizia o outro

Será que o JC já foi ler o dito código deontológico e assim já compreendeu o que é que esteve para acontecer ao pseudo-jornalista Tavares Telles do jornal "O Jogo", após colocar pseudo-noticias a pedido do presidente do FCP (Caso DECO)... ou como, o realizador da RTP, levou um processo disciplinar, porque escondeu a K7 da transmissão em directo com a totalidade das imagens que foram e não foram para o ar; onde se podia ver de diferentes angulos e cameras, a agressão do Paulinho Santos ao J.Pinto, quando o 1º partiu o maxilar ao 2º em pleno estádio da Antas.
Se calhar não, pois se tivesse conhecimento destes factos, se calhar, ia compreender que nem tudo é preto, nem branco; há zonas cizentas e neste caso, estas zonas cizentas podem bem ser imagens anteriores que mostram que as primeiras provocações e agressões, partiram dos ditos seguranças. Tal e qual, como os jogadores do porto afirmaram em sua defesa no caso do "Tunel" da Luz. Como o JC deve estar lembrado.

De um Sportinguista pela verdade, seja esta de que cor seja.

José Correia disse...

Peço desculpa por ter aproveitado o comunicado de ontem do slb para fazer um pequeno artigo. Não sabia que, para além do incómodo causado entre os benfiquistas (anónimos e não só) que são frequentadores habituais deste blogue, isso também ia causar algumas "comichões" em alguns portistas (?) desejosos de "sangue".

Mas, aproveitando a ocasião, e depois de nos últimos dias já terem sido publicados no 'Reflexão Portista' artigos dedicados ao Vítor Pereira e ao Antero Henrique, o anónimo, pretensamente portista, quer dar mais algumas sugestões de nomes para algum dos co-autores do blogue "malhar" esta semana?

Pinto da Costa?
Nelson Puga (responsável do Departamento Médico)?

José Correia disse...

Vamos ser sérios. O "Diabo de Gaia" não agrediu ninguém. Apenas apertou ligeiramente, pois o fiscal não tugiu nem mugiu, o pescoço ao tipo. (...)
Haja vergonha e decoro!


LOL! Ainda não parei de rir.

Um individuo que começa o seu comentário com "vamos ser sérios" e que termina com "haja vergonha e decoro" e que, pelo meio, diz coisas como "apenas apertou ligeiramente (...) o pescoço ao tipo", tem jeito para a comédia.

José Correia disse...

Já agora, para um clube que "condena, como sempre condenou, qualquer tipo de violência", onde estão os comunicados a condenar:
- Incêndio de um autocarro de adeptos do FC Porto nas imediações do estádio da Luz;
- Incidentes e agressões em Alcochete, aquando da chegada da claque benfiquista para um jogo de juniores contra o SCP;

David Duarte disse...

Como deve ter percebido, a dos 4 pontos é uma bicada (permita-me pois não tem sido costume poder mandar estas bocas... seja là um pouco mais compreensivo).

Sobre as consequências. De facto não se trata da mesma coisa. Contudo não sei até que ponto pode ser atribuida responsabilidade moral a uma instituição por actos violentos exercidos a titulo pessoas : é neste sentido que falo da multa. Ao Sporting foi-lhe atribuida essa responsabilidade. Agora, ir além da multa? Como? Condenando penalmente os dirigentes do Benfica por tais actos? Ridiculo! Jogo à porta fechada? Não sei por que razão deveria o Benfica servir de exemplo quando o nosso futebol està carregados de bestas de todas as cores que jà fizeram isto ou bem pior.

Sobre a questão deontologica, como é obvio não agrada aos dirigentes do Benfica. E então? Qual é a surpresa? Agradou aos do Porto as imagens de hà 3 anos?

Anónimo disse...

"Tem a certeza que os regulamentos atuais são exatamente os mesmos que existiam na época 2009/10?"

Volto a repetir o que escrevi: "Também não sei e gostava de saber"

Mas é provável que possam ter mudado. Por exemplo foi o que aconteceu com a lei que enquadrou o julgamento do processo "Apito Dourado", que como se infelizmente se sabe, envolveu o nome do nosso clube e do presidente PdaC.
Se o processo fosse conduzido á luz do enquadramento actual, as "famosas" escutas, podiam ter sido utilizadas. E ai já não sei se o resultado final seria ou não o mesmo.

PG

Anónimo disse...

"Que comparação mais idiota.
Isto é quase como comparar a Estrada da Beira com a beira da estrada."

Lá está, há sempre alguém que consegue separar o que é violência fisica e o que é violência psicologógica. Eu não, pois a violência, está sempre presente.
O José, o que se calhar não sabe, é que no crime de violência doméstica, seja esta executada de forma fisica e/ou psicológica; este é sempre enquadrado pela mesma lei. Não há diferenciação. Inclusive, muitas dos crimes onde só exercica violência psicológica, acabam por ter penas mais pesadas que os fisicos, por serem bem mais violentos.

Anónimo disse...

"o SLB condena, como sempre condenou, qualquer tipo de violência"

Foi condenado ao nível pecuniário. Se a oficialmente eles condenaram ou não o facto, sinceramente não me recordo. Até, como é bom de ver, não é clube a quem presto muita atenção; só o quanto baste, tendo em conta principalmente ao que ao Porto, interessa. Mas recordo-me que pessoas ligadas ao clube, condenaram o facto publicamente, se a nível oficial, repito, não sei. Agora convenhamos, que esse foi um acto isolado de um adepto. Portanto acho até normal que o clube oficialmente, não tenha tomado posição. O mesmo direi, se alguma vez acontecer acto semelhante com o FC Porto. O que é que o clube tem haver institucionalmente, com um acto individual, realizado por anormal, só porque este é sócio, ou está vestido com uma camisola do clube?

Anónimo disse...

A Democracia nunca é demais... é simplesmente democracia. Todos tem direito há sua opinião e a ter voz. Mesmo que essa possa ser contrária aquilo que nós pensamos ou acreditamos.

PG

Anónimo disse...

A mim so me interessa o P.S. 3, o Lima nao veio pq nao havia comissao para distribuir. Agora levamos com o levezinho no banco...
MPires

Anónimo disse...

Anónimo das 15:53 disse
"Envolveu o nome do nosso presidente"

Esse 'nosso' refere-se ao Luís Filipe Vieira, só pode, porque deves ser tão portista como eu nasci na Swazilândia....

Anónimo disse...

Manel disse:
"Que eu saiba a pretensa agressão do espectador não deu origem a nenhum processo em tribunal nem queixa do fiscal"

Ou seja, as agressões do Hulk, filmadas por câmaras do SLB são reais. A "pretensa" agressão do espectador, filmada por câmaras da Sportv não existe.

Ó Manel, vai dormir.

José Lopes disse...

Isto de se apanhar neste blog gente supostamente portista, mas que ou sao benfiquistas a armarem-se em espertos e a pensar que e' fixe fazerem-se passar pelo rival para semear a confusao, ou entao sao portistas com problemas mal resolvidos, comecou por ser comico, mas tornou-se entediante...

José Lopes disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
José Lopes disse...

Eu acho bem que se publique comentarios de adeptos de outros clubes desde que sejam respeitosos, isto porque e' preciso ter nocao que este e' um blog portista, onde os adeptos portistas vem a procura de opinioes ou artigos de...portistas. O que me enerva sao supostos portistas que nao passam de benfiqueiros armados em parvos.

José Lopes disse...

Benfiquista de Braga,

Dou-lhe o merito de se assumir em vez de fazer-se passar por portista como alguns, mas perceba que essa condenacao da violencia por parte do Benfica, e' tao valida como qualquer uma que fosse feita pelo Porto, ou seja, vale zero. O Benfica so colocou esse ponto previo no comunicado para que nao parecesse demasiado mal e para sentir-se com legitimidade para discorrer sobre o que realmente lhe interessa. Se condenam mesmo, deviam ter falado noutras situacoes tao ou mais graves, mas ai ninguem os ouviu. Se um clube pugna pela etica no desporto como valor maximo, entao tem de falar sempre que o seu (bom?) nome possa ser posto em causa. Isso aplica-se a esta situacao, mas tambem ao episodio do autocarro incendiado, very-light, Diabo de Gaia, etc.

Vivo nos EUA, pais virado fortemente para outras modalidades mas sem um exclusivo tao forte de uma como o futebol em Portugal. Por ca, uma coisa destas seria impensavel (claques so mesmo dos miudos universitarios nos jogos das respectivas competicoes), mas se por acaso algum adepto fosse apertar o pescoco de um arbitro, nao so levaria um castigo monumental (certamente envolvendo a justica civil), como o clube seria o primeira a condenar sem reservas, a punir o adepto e certamente a falar do incidente sem questionar a edicao ou fonte das imagens...

José Lopes disse...

E e' claro que nao estou a falar do Manuel.

Anónimo disse...

Já chega de comentadeiros do clube de carnide, é preciso uma limpeza. É de aproveitar esta altura de Pascoa para isso.
Os vermelhos que quiserem que leiam, agora mandar soundbytes é que não! Que os mandem nos blogs deles, ou então que liguem para a tv deles a fazer queixinhas.

J.P. Gonçalves disse...

Sou Benfiquista e gosto de ler este blog. Quase nunca concordo com o que aqui se escreve mas espero que ao contrário do que disse o anónimo que falou em proselitos do "Regime", a democracia continue presente.

Anónimo disse...

Benfiquista de Braga,

José Lopes; eu só tenho coragem de criticar o que está mal e sem preconceitos de qualquer espécie; se também assumir, para não haver falsas leituras, naquilo em acredito. Já basta muitas vezes sermos silenciados, ou amordaçados por pobres de espírito. Se algo me faz espécie é a hipocrisia e os falsos moralismos, venham eles de onde venham e gosto de ver tratamentos iguais para situações iguais. O que me faz espécie é que a clubite pelos vistos a todos cega; e em Portugal tudo justifica. Aquilo que todos criticam normalmente em uníssono como meros cidadãos; é legitimamente aceite pela maioria desses mesmos cidadãos quando estão transvertidos com a camisola do seu clube; sem excepções. Infelizmente, os dirigentes com futebol até conseguem dividir para sua conveniência, os portugueses em “Bimbos” e/ou em “Mouros”; ou mesmo em outras coisas piores. O que interessa é dividir; pois só assim se consegue “reinar” uns contra os outros. Como o conseguem fazer com pessoas inteligentes? Não sei; mas penso que seja pela pequenez de espírito e de vivência da grande maioria dos portugueses. Lá está, eu próprio enojo situações como aquelas que se passaram no caso do very-light, ou do autocarro incendiado. Porque lá está, estes crimes não têm cores e muito menos de clubes; são crimes contra a humanidade, ponto. Mas, igualmente tenho nojo de todos aqueles que tentam justificar, ou atacar comportamentos semelhantes, só porque os outros fizeram o mesmo. Em conclusão, tentar justificar o injustificável.
Também eu já vivi, muitos anos fora de Portugal e conheço bem a realidade sociopolítica dos EUA; país onde ao qual me desloco frequentemente, por motivos profissionais. E por isso, o senhor, deve saber tão bem como eu, que no caso do processo “apito dourado”, enquadrado na realidade jurídica dos EUA; a vida do actual do presidente do Porto, o sr. Pinto da Costa, era bem diferente para pior. Lá está, um comportamento normalmente condenável, nem que fosse, por motivos morais, aos olhos do cidadão comum; mas que é elogiado, transfigurado em vitima ou mesmo inocentado aos olhos da clubite. Na mesma linha de pensamento e coerência, nem sabe o quanto fiquei feliz de ver um aldrabão como Vale e Azevedo; a ser corrido da presidência do meu clube; pois só assim foi possível fazer-se justiça (ou pelo menos começar a fazer-se). O mesmo também só será possível com outros, quando estes não estiverem a coberto e na cobertura da clubite. É que o futebol em Portugal, tem muita força e tolda o discernimento até aos mais inteligentes. Lá está eu sou uma pessoa que viajo muito e por vários pontos do mundo, o que me fez ter um espírito aberto a todos os assuntos, sem tabus ou preconceitos de qualquer espécie. Aprendi que há pessoas e coisas boas e más em todo lado.

Abraço e saudações desportivas.

P.S: Para mim o desporto em geral e o futebol em particular é um motivo de união e paixão e não de divisão. Já agora e sem ter nada haver com o assunto, como adoro a NBA; e no caso como não tenho equipa preferida, o meu apoio vai sempre para aquela que na altura eu lhe reconheço mais qualidades de jogo.

Anónimo disse...

"Sportinguista pela Verdade", como está o caso dum dirigente do Sporting apanhado a depositar 2000 na conta dum árbitro? É capaz de esclarecer?

Tudo a bem da "verdade" (a sua ou a minha, como preferir), claro.

Francisco disse...

"PONTO PRÉVIO A TUDO QUANTO MAIS À FRENTE VAI SER EXPOSTO: O SPORT LISBOA E BENFICA CONDENA, COMO SEMPRE CONDENOU, QUALQUER TIPO DE VIOLÊNCIA" - Isto é uma condenação veemente? Que tal acompanharem esta condenação com a interdição da entrada no seu estádio destes energúmenos? Para mim a estupidez não tem cor. Não me importa a cor das bestas, o que me importa é que estes animais sejam retirados dos campos de futebol, sejam eles de que clube forem! Que tal, se em vez de estarem a comparar o tamanho das pilas, tratassem de condenar incondicionalmente estas bestas quadradas que não passam de um grupo de cobardes?

Francisco disse...

Estou confuso, o Hulk era adepto?

Manuel disse...

José Lopes, o Benfica não pode ser responsabilizado por aquilo que um espectador faz. Então pela tua brilhante ordem de ideias se um espectador matar outro o Benfica é o responsável?

O tal Diabo de Gaia foi a tribunal, foi condenado e não pôde frequentar estádios durante um ano. Esse foi o castigo para algo que nem agressão foi mas e apenas invasão da linha lateral com toque no fiscal.

Ele não agrediu ninguém! Se tivesse agredido o jogo teria sido interrompido, mas não foi!

E o Benfica não tinha de comunicar o que quer que fosse! E não me venhas ensinar o que se passa nos outros países. Nunca vivi nos EUA embora já lá tenha estado várias vezes, mas já vivi em 5 países diferentes da Europa, todos eles civilizados e sei o que se passa!

Tu a mim não me ensinas nada!

PS. Só para tua informação. O autocarro foi incendiado na 2ª circular, portanto numa via pública, e não dentro das instalações do Benfica. Portanto quem tem de tomar conta da ocorrência é a policia. O Benfica não tem nada a ver com isso.

Além disso foi incendiado quando estava vazio e não havia ninguém nas proximidades. Quem o fez não sei! É possível que tenham sido adeptos do Benfica! Mas tens provas? Viste quem foi? Tiveste acesso ao relatório da polícia?

Fala daquilo que sabes, pá!

Daniel Gonçalves disse...

O comunicado do slb merece, todo ele, um exercício de exegese - ou seja uma interpretação do sentido, oculto, o texto, de forma a revelar a mente da pessoa que o escreveu).

O ponto prévio é um puro acto de demagogia. Obviamente que se condena sempre a violência, mesmo que, a pessoa/instituição que a expressa revele não ter um átomo de qualquer sentimento de piedade pelas vítimas da violência. Começar um comunicado desta forma desqualifica imediatamente a intenção genuína de condenação da violência e revela que a condenação, expressa no comunicado, não era o verdadeiro intuito do autor. Aliás, se se desejasse condenar a violência a condenação teria sido feita na altura dos actos praticados e não posteriormente, porque apenas porque os actos de violência foram revelado nos media.

"a SIC avançou com as imagens sem que de forma idónea pudesse constatar coisas tão básicas como se as imagens tinham sido previamente seleccionadas e editadas, o tempo e as circunstâncias das mesmas". Já a exploração mediática do apedrejamento do autocarro do slb não mereceu qualquer comentário crítico da direcção benfiquista, nem criticaram a selecção e edição das imagens. Aqui o que nota é uma incoerência, "2 pesos e duas medidas".

“A SIC limitou-se a reproduzir imagens que alguém tinha interesse em que fossem difundidas." Aqui lançam-se suspeitas, sem mencionar quem ou porquê, sobre o(s) jornalista(s) que realizaram a notícia, o comunicado também não menciona que «interesse» era esse aquando da revelação das imagens, aqui neste excerto nota-se que o autor do comunicado se esta a borrifar para as vítimas da violência ou para a violência em si, apenas esta preocupado em difamar os jornalistas ou lançar suspeitas sobre a real intenção da notícia.

"Ao contrário do que mandam as normas deontológicas que regem a profissão..." Quando se trata de noticiar a violência, e as vítimas desta, a única norma deontológica que se deve respeitar é retratar o que realmente aconteceu, sem deturpações ou extrapolações, e protegendo, dentro do possível, a vida privada e a intimidade das vítimas. Foi esta norma deontológica desrespeitada pela revelação das imagens na SIC? NÃO, mas o tom censório e acusador que se nota no comunicado denota que a única «verdade» que interessa ao slb é a que lhe permite alcançar os objectivos, ou seja a «verdade» só interessa enquanto meio para atingir fins, sublinhando simultaneamente o egoísmo e a arrogância: só o autor do comunicado é sabe o que são as normas deontológicas. A frase de Pôncio Pilates faria aqui todo o sentido.

"Foi pena a SIC não ter querido fazer um trabalho exaustivo sobre a violência nos campeonatos nacionais de futebol" A recomendação velada ao canal televisivo demonstra que o autor do comunicado apenas esta preocupado com o facto de as imagens em questão terem sido alvo de uma notícia e terem sido publicamente reveladas, é essa a intenção oculta e genuína do comunicado, como muito bem afirmou o José Correia, a condenação da violência é apenas acessória e secundária. Podemos especular e interrogarmo-nos, se fossem espectadores do SC Braga, ou de outro clube qualquer, os autores da violência teria a direcção do slb sentido necessidade de vir condenar publicamente a violência em si e de «per se» ou teríamos um comunicado a aproveitar-se, demagogicamente, dessa violência para atacar outros clubes e tirar proveitos - sejam quais forem mas sobretudo de marketing - dos actos violentos.

Daniel Gonçalves disse...

"A SIC prestou no sábado, de forma assumida, um serviço a alguém..." Ou seja alguém (refere-se no início do comunicado um jornalista da redacção portuense) revelou as imagens porque apenas, e unicamente, está interessado em atacar o slb, e não em alertar para as vitimas da violência, ou em denunciar os praticantes, ou em estigmatizar a violência. Apenas a direcção do slb sabe denunciar e condenar a violência, tanto egocentrismo revela que a condenação publica da violência só interessa à direcção do slb quando a mesma não é praticada por benfiquistas, porque quando assim for que se escondam as imagens ou se dilua a responsabilidade/culpa numa abrangente condenação da violência em geral, mesma aquela que é praticada num qualquer País distante do nosso.
Não existe neste comunicado, em qualquer dos seus parágrafos, uma qualquer responsabilização ou culpabilização dos autores da violência que existiu no fim do jogo em questão, como se a violência fosse o resultado de um ente abstracto, porque a intenção – oculta - do comunicado é condenar de antemão qualquer resposta ou sentença da violência exercida pelos adeptos benfiquistas.

"Que não quis fazer um trabalho sério sobre a violência no futebol português..." Só agora é o autor do comunicado se preocupa com a exigência da realização de um trabalho jornalístico sério sobre a violência dos adeptos portugueses, restará saber com que critérios ou parâmetros é que o autor do comunicado deseja que se faça tal trabalho proposta, se de acordo com a isenção e imparcialidade que se exigem a um trabalho de carácter científico (utilizemos esta designação) ou de acordo com as «normas deontológicas» de que só a direcção benfiquista se julga possuidora.

"as imagens difundidas pela SIC em forma de antena de “aluguer” Quando a direcção benfiquista pressiona ou manobra os jornalistas ou canais televisivos para passarem as notícias desportivas de acordo com os objectivos da direcção do slb, aqui já não existe "aluguer", bonita coerência, basta lembrarmo-nos do telefonema - de um director de informação do slb - em directo para um programa desportivo (O Dia Seguinte), as imagens de um futebolista benfiquista (Roberto) em pré-venda que passaram em na RTP no Trio De Ataque, num notável golpe publicitário. Não, aqui não não houve "aluguer" da opinião ou do interesse público, não que ideia, sempre "2 pesos e duas medidas". Assim se revela que as normas deontológicas só são para citar ou usar quando lhes são convenientes, e não porque as mesmas sejam em si um garante de imparcialidade jornalística.

"também o crime que está por detrás da exibição dessas mesmas imagens." Frase confusa – a sintaxe é tramada - e que pode dar origem a equívocos: o crime terá sido a violência praticada pelos adeptos benfiquistas ou o crime terá sido a revelação, pela SIC, das imagens da violência.

Um comunicado revelando uma retórica difamatória e acusatória, uma retórica demagógica - ao excitar as paixões irracionais dos adeptos e ao demonstrar um facciosismo na análise dos factos da realidade, deturpando-a -, um texto que encobre a culpabilização sobre um manto geral e sem nome. Para encontrar textos deste teor vamos a um Arquivo onde podemos encontrar ofícios/comunicados das instituições públicas ou estatais da Rússia estalinista ou da Alemanha hitleriana.

Daniel Gonçalves disse...

Manuel "Então pela tua brilhante ordem de ideias se um espectador matar outro o Benfica é o responsável?" Concordo consigo, e esta é a forma correcta de analisar a questão, mas basta vermos as inúmeras vezes em que os benfiquistas, ao verem um adepto portista ser violento, associam a violência desse mesmo adepto portista ao FC Porto, como se essa violência fosse atributo do clube e não do praticante. Lembro-me perfeitamente do idiota do António Pedro Vasconcelos associar a violência individual de adeptos portistas ao FC Porto, como se fosse o clube a origem da violência, ou como se a violência fosse unicamente e exclusivamente de portistas, ou de a violência ter origem genética, e sociológica, apenas num clube. O mesmo Vasconcelos acusou de falta de dignidade (ou algo do género) o Rui Oliveira e Costa (conhecido sportinguista) apenas porque outros adeptos sportinguistas tinham apedrejado alguém, ou seja para APV a culpa é transmissível pelo ar ou pela cor clubista, portanto todos os benfiquistas (incluindo o AP Vasconcelos) são julgados imputável, e portanto arguidos, pelo assassínio de um adepto do Sporting por um benfiquista através de um very-light. Só em Portugal é que este pseudo-cineasta e auto-proclamado homem de cultura não é envergonhado publicamente pelas idiotices que profere.

David Duarte disse "não sei até que ponto pode ser atribuída responsabilidade moral a uma instituição por actos violentos exercidos a titulo pessoas ..." Tenho para si as mesmas palavras que tive para com o Manuel.
Mas quero ver até que ponto esta sentença dita pelo Manuel e pelo David Duarte se cumpre – e se mantêm a coerência – quero ver quando algum adepto portista se exaltar e, fora de si, cometer algum acto de violência, a ver vamos se não veremos benfiquistas associar e, ligar intimamente, essa violência ao clube e não apenas ao adepto em si.

Louro disse...

Nunca pensei que um blogue portista tivesse tanta audiencia Benfiquista.
Afinal de contas , ficaram incomodados com o post tal como pela reportagem difundida pela SIC.
Eu compreendo o incómodo causado porque este acto mancha o clube , mas lembro a todos os leitores toda a propaganda que a Imprensa em geral faz contra o Porto quando certos adeptos azuis e brancos partem estações de serviço ou provocam disturbios graves.Isso é motivo para influenciar a opinião publica e para conotar esse grupo ao clube, algo que a maior parte da massa adepta do Porto tambem condena!
Isto só vem provar que no clube da luz tambem há arruaceiros e o ponta de lança chama-se RUI GOMES DA SILVA.
Não são uns santinhos como querem fazer crer - A violência não tem cor , já levei pedradas na luz e em Alvalade, no Jamor e em Faro..mas disso ninguem falou.
Legalizem as vossas claques e vejam a vossa Benfica TV com um tal de Colaço (advogado) a incitar a violência em directo!!
Isso sim é condenável!!!

José Lopes disse...

Manuel,

Nao percebo a animosidade, francamente. Quando escrevi que nao estava a falar de si, nao estava mesmo, estava a falar de gente que aqui tem vindo comentar fazendo-se passar por portistas, mas que nao o sao. Obviamente, nao e' o seu caso.

Quanto ao resto, eu achei bem que o presidente do Braga tivesse condenado o ataque ao autocarro do Benfica. Esse ataque foi feito fora das instalacoes do estadio, bem longe. Por isso mesmo, acho que ficaria bem ao Benfica fazer o mesmo nessa historia do autocarro incendiado. Tanto num caso como no outro, nao ha provas de quem o fez ou de que clubes sera/serao adepto(s), mas mesmo assim acho que a atitude exemplar e' a do presidente do Braga.

Acho tambem que percebeu mal o meu comentario sobre o que aconteceria aqui nos EUA. Longe de mim querer ensinar-lhe alguma coisa, alias nem era para si em concreto que falava, era mesmo para todos que lessem e numa resposta ao Benfiquista de Braga. Queria apenas dar o exemplo do pais onde estou e fazer obviamente a comparacao com Portugal. E antes que pense que estou a dizer isto por ser relacionado com o Benfica, e tambem como resposta ao Benfiquista de Braga, digo-lhe que casos como o Apito Dourado ou Calheiros teriam certamente um desfecho diferente ca. Mesmo que nao houvesse consequencias diferentes a nivel da justica, haveria certamente uma marca inapagavel nas pessoas envolvidas que limitaria o que poderiam fazer dai para a frente a todos os niveis.

Quanto ao que o Benfica devia ou nao fazer, se o seu criterio para haver posicao do clube e' que seja possivel identificar os autores dos ataques/agressoes, ou o espaco fisico onde os mesmos sao feitos, entao isso e' valido (nao haver necessidade de posicao oficial) para a historia do autocarro, mas certamente nao o e' para a historia do Diabo de Gaia...

Agradeco que enfie a carapuca em cada palavra que profira sobre benfiquistas ou qualquer outro grupo, ate porque nenhum comentario meu era para si dirigido, nao respondi a um post seu. Mas se o fizer, pelo menos tenha calma no tom.

José Lopes disse...

E Manuel, ja agora, qual a sua opiniao sobre as bolas de golfe atiradas no Dragao (e nao so, na Luz tem atirado outras coisas) nos jogos contra o Benfica? Acha que a SAD do Porto devia condenar essa pratica ou nao? Olhe, eu acho que sim e tambem e' um caso de policia!

José Lopes disse...

Benfiquista de Braga,

Concordo com tudo o que escreveu. Uma grande diferenca da cultura latina para a anglo-saxonica e' a muito diferente tolerancia para a trafulhice como forma de vida. O grande problema e' que isto (a tolerancia nos paises latinos) esta tao enraizado, que as pessoas acham que faz parte, que tem de ser para se adaptar ao sistema, etc.

Um abraco.

Hugo disse...

QUem são os Stewarts? Primos do Rod Stewart?

Anónimo disse...

Ao Manel ninguém ensina nada, porque o Manel andou a estudar "7 anos gestão numa universidade do Norte da Europa".
Isso confere-lhe, para além de inesgotáveis dotes de gestão que lhe permitem vir aqui bitaitar sobre as contas do nosso clube como se fosse o próprio responsável das finanças, uma visão abrangente sobre violência no desporto, excelentes conhecimentos culinários, para além de saber dançar o malhão e o tango como ninguém (esta parte foi por ter vivido não num, mas em 5 países da Europa).

Caro Gaspar, por favor, contrate este iluminado Manel, pois com a sua "experiência" de 7 anos a "estudar gestão numa Universidade do Norte da Europa" (e espero que não tenha sido a Lusófona lá do sítio) ele vai conseguir salvar este país.

David Duarte disse...

José Correia, e as agressões que o pais não viu?

http://www.youtube.com/watch?v=UTCpQIGJHpE#t=40m08s

David Duarte disse...

Sei bem que o contexto é diferente (estas não foram realizadas dentro do Estadio). Mas é revoltante que os clubes tenham que pagar pela bestialidade de alguns dos seus adeptos. Nesta situação o Porto também paga : a mà imagem que esses gajos deram do clube.

José Correia disse...

Sei bem que o contexto é diferente (estas não foram realizadas dentro do Estadio)

Já nem preciso de dizer mais nada.

Infelizmente, distúrbios provocados por adeptos antes ou depois dos jogos, nas ruas das cidades que visitam, é algo que ocorre frequentemente.
Por exemplo, o David Duarte deve ter visto/lido os distúrbios bem mais graves do que estes, provocados por adeptos do Málaga na cidade do Porto.

Mas, como é óbvio, o que está em questão neste artigo, embora também envolva violência, são coisas diferentes.

José Correia disse...

Nunca pensei que um blogue portista tivesse tanta audiencia Benfiquista

É verdade e há de tudo.
- benfiquistas que se identificam e argumentam de forma minimamente coerente e civilizada (ex: David Duarte);
- benfiquistas que procuram "catequizar" os portistas com chavões, mitos e/ou mentiras da propaganda encarnada (ex: "Manuel");
- anónimos que se assumem como benfiquistas;
- anónimos, que fingem ser portistas, mas que facilmente se vê que são benfiquistas.

José Correia disse...

Manuel disse...
Esse foi o castigo para algo que nem agressão foi mas e apenas invasão da linha lateral com toque no fiscal. Ele não agrediu ninguém! Se tivesse agredido o jogo teria sido interrompido, mas não foi!

Não adianta. O país inteiro viu.
O jogo não foi interrompido?
Pois não, porque se o árbitro (lembra-se de quem era?) o tivesse feito, a interdição do estádio da Luz teria sido automática.

E daí... Este ano vimos um jogador do slb a puxar um árbitro depois de ser expulso e esse árbitro (sabe quem foi?) teve o cuidado de escrever no relatório uma versão ultra soft do caso, não fosse o jogador do slb ser suspenso 4 ou 5 jogos...

José Correia disse...

Manuel disse...
Só para tua informação. O autocarro foi incendiado na 2ª circular, portanto numa via pública, e não dentro das instalações do Benfica. (...) Além disso foi incendiado quando estava vazio e não havia ninguém nas proximidades.

O autocarro foi incendiado na 2ª circular?!
Deixa cá ver se eu percebi.
Um grupo de adeptos do FC Porto foi de autocarro para Lisboa e, à chegada a Lisboa, estacionou o autocarro na 2ª circular (!!!) e foi para o pavilhão da Luz.
Fantástico!...

José Correia disse...

Manuel disse...
foi incendiado quando estava vazio e não havia ninguém nas proximidades. Quem o fez não sei! É possível que tenham sido adeptos do Benfica! Mas tens provas? Viste quem foi? Tiveste acesso ao relatório da polícia?

Os indivíduos que incendiaram o autocarro de adeptos do FC Porto que estava estacionado nas imediações do estádio da Luz, foram posteriormente identificados, levados a Tribunal e condenados!
Eram todos adeptos do slb e pertenciam a uma das claques.

José Lopes disse...

Quando escrevi "Agradeco que enfie a carapuca", queria ter dito "Agradeco que NAO enfie a carapuca".

José Lopes disse...

Jose Correia, desconhecia o desenvolvimento do caso do autocarro incendidado. E' sempre bom ler isso e dirigi-lo a quem disse para falar daquilo que sei... Enfim.

Quanto ao Diabo de Gaia, o Frisk ha uns anos acabou com um jogo em Roma por ter levado com uma moeda na cabeca. E fez muito bem, acho eu. O caso do Diabo, seja agressao ou apertao (o que e' precisamente o mesmo), e' inaceitavel na mesma.

José Lopes disse...

Se um gajo esta sujeito a uma resposta destrambelhada como a do Manuel ao limitar-se a falar da realidade do pais onde vive, entao realmente nao se pode dizer nada... Eu nao falei do que faco, nem ha quanto tempo ca estou, que idade tenho, onde e o que estudei, onde vivi, etc., limitei-me a falar doutra realidade como termo de comparacao.

Manuel disse...

José Correia, a audiência benfiquista é uma prova da qualidade do blogue. É o único blogue portista que se pode ler. As pessoas escrevem bem, não são acéfalas como noutros blogues, sabem escrever e explicar o que pensam, fazem-no sempre de maneira educada, vê-se que são pessoas com educação, conhecimentos e cultura claramente acima da média.

Estão a pagar o preço da qualidade. O que, bem vistas as coisas, nem é assim tão mau.