quarta-feira, 27 de março de 2013

De novo juntos no Coliseu

"A ti, André, quando um dia escreveres as tuas memórias, dá-lhe o título 'A minha cadeira de sonho', porque eu sei que essa foi a tua cadeira de sonho. Quando o disseste, disseste com a convicção e amor que tens ao FC Porto. Será sempre a tua cadeira de sonho, que te fará sentar em muitas outras cadeiras. E se as escreveres [as memórias] nos próximos 30 anos, se quiseres, faço o prefácio."


Depois de receber, em Outubro de 2011, o Dragão de Ouro de Treinador do ano (referente à época 2010/11), ontem André Villas-Boas foi obsequiado, na Gala do Centenário da Associação de Futebol do Porto, com o prémio "Treinador Revelação do Século". Em ambos os casos, quem subiu ao palco do Coliseu do Porto para o abraçar e lhe entregar os prémios foi Pinto da Costa.
Evidentemente, nada disto é por acaso.

Tudo indica que André Villas-Boas irá continuar a treinar o Tottenham na próxima época. E tudo indica que Pinto da Costa se irá recandidatar a um mandato de mais três anos. Mas eu acredito que, antes do presidente mais vitorioso do futebol mundial terminar o seu novo mandato (em 2016), André Villas-Boas voltará a ser o treinador principal do FC Porto.

Sim, eu sei que muitos portistas ainda não perdoaram ao André Villas-Boas a forma/timing da sua saída do FC Porto, mas estes gestos de Pinto da Costa têm um significado óbvio (conhecem a parábola do filho pródigo?) e, além disso, largos dias têm 100 anos...

31 comentários:

Anónimo disse...

No dia que o Libras Boas voltar a ser pago pelo FCP como profissional do clube ou SAD, seja como treinador ou apanha bolas, será também o meu último dia de sócio; igualmente da minha mulher e dos meus filhos.
Mas tenho também a certeza que esse não será o dia mais triste e vergonhoso que eu vivi como sócio; esse dia foi vivido com grande revolta, quando eu vi o Libras Boas a receber o Dragão de Ouro, maior símbolo da
família Portista, directamente das mãos do nosso presidente; isto após ter cagado na sua cadeira de "sonho" e em todos como eu, que amam o clube. Se s atitude do Libras Boas, foi como se me espetassem uma faca no coração; a de PdaC, foi como uma facada nas costas.

Anónimo disse...



postas de pescada



Mais um prémio a juntar....

Futebol (58 Títulos)2 Taças dos Clubes Campeões Europeus/Liga dos Campeões (1987 e 2004)
1 Supertaça Europeia (1987)
2 Taça UEFA (2003) Liga Europa (2011)
2 Taças Intercontinentais (1987 e 2004)
19 Campeonatos Nacionais (cinco deles consecutivos, de 1994 a 1999, constituindo um marco inédito no futebol português)
12 Taças de Portugal
19 Supertaças Cândido de Oliveira
1 Liga Intercalar
Andebol (18 Títulos)7 Campeonatos Nacionais
3 Taças de Portugal
3 Taças da Liga
5 Supertaças
Basquetebol (26 Títulos)5 Campeonatos Nacionais
11 Taças de Portugal
5 Taças da Liga
4 Supertaças
1 Torneio dos Campeões
Hóquei em Patins (57 Títulos)2 Taças dos Campeões Europeus (1986 e 1990)
2 Taça das Taças (1982 e 1983)
2 Taças CERS (1994 e 1996)
1 Supertaça Europeia (1987)
20 Campeonatos Nacionais (os últimos 10 consecutivos, constituindo recorde absoluto em Portugal)
13 Taças de Portugal
17 Supertaças António Livramento
Voleibol (4 Títulos)2 Campeonatos Nacionais
2 Taças de Portugal
Outras modalidadesNatação
17 Campeonatos Nacionais de Clubes
Atletismo
1 Campeonato Nacional de Clubes em pista coberta (Femininos)
Ciclismo
1 Título de Campeão (individual) da Volta a Portugal
2 Títulos de Campeão (colectivo) da Volta ao Algarve
Bilhar
2 Medalhas de Prata na Liga dos Campeões Europeus (3 Tabelas)
5 Medalhas de Bronze na Liga dos Campeões Europeus (3 Tabelas)
15 Campeonatos Nacionais de Clubes (3 Tabelas)
7 Taças de Portugal de Clubes (3 Tabelas)
6 Supertaças Nacionais de Clubes (3 Tabelas)
1 Campeonato Europeu de Clubes (Pool)
9 Campeonatos Nacionais de Clubes (Pool)
13 Taças de Portugal de Clubes (Pool)
8 Supertaças Nacionais de Clubes (Pool)
Boxe
4 Títulos
Halterofilismo
2 Títulos

eidapi

D.Liberal disse...

Os portistas que não "perdoem" o AVB são gente muito aziaga que se preocupa mais com pequenos ódios que com grandes conquistas. Sim a saída não foi isenta de mácula mas em troca o clube recebeu €15M.

Viva qualquer portista 100 anos que a vitória no escurinho e molhadinha na luz não conhece igual, bem como o campeonato sem espinhas de 2011 que foi conquistado a ferros...

Espero, com grande expectativa e esperança que o ilustre blogger tenha razão e quanto mais cedo melhor. O AVB foi o melhor treinador que o FCP teve, pelo que produziu e pela sua convicção portista desde o Pedroto pelo menos.

Volta AVB! Rua Vitó! Quanto antes!


José Rodrigues disse...

Nao gostei nada da atitude do AVB na saida, demonstrando ser afinal um mercenario como tantos outros ao contrario do q apregoava.

No entanto nao sou fundamentalmente contra o seu eventual regresso, alias desportivamente nao o veria com maus olhos (afinal de contas, tb nao sou contra a contratacao de outros mercenarios, jogadores ou treinadores).

Estabeleco no entanto uma condicao para tal: uma clausula de rescisao astronomica (50M, por exemplo), nao va' o gajo mudar outra vez de ideias se alguem lhe acenar com um salario muito mais alto.

Delindro disse...

Se ele pagar muito bem para vir cá treinar aceitar uma cláusula de rescisão de 100M€ e ser xicoteado 120000 vezes (1000 por cada ano da história do clube) não vejo porque não o devemos receber de braços abertos. Como não me parece que para aí esteja voltado este MERCENÁRIO nunca deveria regressar.

Anónimo disse...

"Sim a saída não foi isenta de mácula mas em troca o clube recebeu €15M."

Esta frase faz lembrar aquela velhinha anedota do Juca Chaves, humorista Brasileiro.

O Velhinho entra no avião e senta ao lado de um mulherão lindo e pergunta-lhe; Oi lindona, por 100 euros voçê faria amor comigo?
E ela muito indignada responde, está doido ou quê, seu velho tarado.
E o velhinho volta á carga; e por 5.000 euros já fazia amor comigo? E ela com um sorriso nos lábios responde ao velhinho; talvez, era um caso para pensar, velhinho querido?
Então o velhinho não perde tempo e volta a fazer uma proposta; e por 1 Milhão de euros, voçê já aceita fazer amor comigo.
O Mulherão dá um sorriso enorme e responde; claro você é um amor de velhinho; qual é a mulher que consegue resistir aos seus encantos. Eu não.
É então que o velhinho, aproveita a deixa e faz a sua proposta final.... e por 1 Euro, fazia amor comigo.
E vai dai e o mulherão, super indignada, espumando pela boca, chingando o velhinho, pergunta ao velhinho; ó seu porcolhão, pensa que eu sou puta ou quê?
E velhinho com um sorriso nos lábios, responde, Puta você já é, agora é só uma questão de preço.

Joao Goncalves disse...

Mas vocês são todos uma cambada de cegos?

Acham mesmo que o Villas-Boas foi embora sem o aval do Pinto da Costa?

O Villas-Boas foi muito bem "vendido" ao Chelsea, que foi completamente encostado a um campo e não teve qualquer capacidade de negociar a clausula, chegando a um ponto que era só pagar ou largar, exactamente o ponto que garantia ao Porto o maior retorno financeiro possivel.

Falam do coitado do Villas-Boas como mercenário... como raio é que um mercenário nos dá 15M€ para o bolso de lucro puro que 95% dos jogadores saídos do nosso clube nem ao pé chegou.

Tudo é negócio e basta para isso recuar no tempo e perceber que VP já tinha sido avisado à algumas semanas antes do Villas-Boas sair... foi por acaso?

Cambada de ingénuos...

To13 disse...

Foram 15M que o Porto lucrou com a sua saída. Não será que o Porto também viu com muitos bons olhos essa "transferência"? O Villas-Boas pode voltar quando quiser, como adepto vivi a minha melhor época com ele e não tenho dúvidas nenhumas do sentimento que ele nutre pelo clube.

E se esta decisão o faz deixar de ser sócio do Porto, é porque não o merece ser.

Anónimo disse...

Vá embora, hoje!! Garanto-lhe que ninguém vai sentir a sua falta!

Anónimo disse...

Eu quero é ve-lo na outra cadeira de sonho.. a de presidente pós PdC... e se calhar.. esse regresso como treinador era uma boa ponte para tal.

Quanto a perdoar ou nao... Quem ja recusou uma fortuna obscena do chelsea que atire a primeira pedra :)

Duarte disse...

O regresso de André Villas-Boas também me parece inevitável. Só não estou tão optimista como o José Correia em relação à data deste.

Anónimo disse...

Pelo que acabo de ler até aqui há adeptos que nem mortos querem ouvir falar num possível regresso de Villas-Boas ao FC Porto. Para outros tudo bem, desde que seja salvaguardado os superiores interesses do clube, com uma obscena cláusula de rescisão; é que gato escaldado de água fria tem medo. Enquanto para outros, Villas-Boas deveria ter regressado ontem, quanto mais hoje ou mesmo amanhã; para estes nada de estranho ou condenável se passou, o futebol é um negócio, os 15M já cá cantam etc...
Como é interessante constatar que as mesmas pessoas que defendem e amam o FC Porto (Instituição que naturalmente tem incorporado através da sua centenária história determinados e inalienáveis códigos de valor e de conduta), são tão díspares na análise de um tema, que coloca em causa esses mesmos códigos que fazem parte do ADN do FC Porto.
Honra, moral, dignidade e ou lealdade por exemplo, não tem preço; ou são, ou não são. Quem não aceitar esse facto, ou não sabe o que estas palavras significam; na minha humilde opinião não merecem pertencer a este grandioso clube.
Já agora deixo uma nota especial a todos aqueles que vêem este caso como mais um negócio. Para esses e de forma a mostrarem a sua coerência de pensamento, deveriam propor e votar a alienação da maioria do capital social da FCP Sad, por parte do FC Porto clube. Para quê ter uns chatos de uns sócios de um clube a condicionar, ou mesmo estragar os “EXCELENTES NEGÓCIOS” da SAD, que tanto dinheiro dá a ganhar aos seus Administradores e Accionistas.

Saudações Portistas

Anónimo disse...

O FC Porto tratou sempre bem todos os seus profissionais? Jorge Costa, Jaime Magalhães, Fernando Gomes foram sempre bem tratados pela direcção? Não foram e no entanto passou-se uma esponja sobre o assunto no seu devido tempo. Os jogadores de basket como o Nuno Marçal mereceram ser tratados da forma que foram? Os sócios do Porto mereceram ser notificados pelo jornal A Bola do fim de uma modalidade história para o clube? O Reinaldo Ventura, o Filipe Santos e etc mereceram andar meses e meses com ordenados em atraso? Chega de hipocrisias! O que AVB fez magoou, foi condenado em seu tempo, mas tudo passa e quase nada é imperdoável.

Anónimo disse...

Do anónimo das 15.08 para o anónimo das 15:49.

Não só reconheço como fui critico quando vi atletas que tudo deram ao clube como foi o caso de Jorge Costa, Jaime Magalhães, Fernando Gomes, Nuno Marçal, Reinaldo ventura e Filipe Santos, ao serem injustamente tratados como foram pela direcção do FC Porto. Dai eu próprio não compreender que um senhor que nem de perto nem de longe tem o passado no Porto como os atletas que referiu e que sem honra, moral, dignidade e muito menos lealdade; deixou o clube como deixou; seja tão desejado por quem se diz portista. Já quanto a ele receber ou não das mãos presidente o Dragão de ouro, até acho natural, quando temos os tais exemplos de atletas que o caro anónimo deu e que foram injustamente tratados.
Sabe, eu sou Portista e defendo o FC Porto e nos seus valores e nada mais. Não sou Pintista ou outra coisa qualquer; sou Porto. Para mim o FC Porto está acima de tudo, da FCP Sad e até de um qualquer presidente, represente o que ele represente na história do clube; que esteja um dia ou 30 anos á frente do clube. As pessoas passam e o clube continua sempre foi assim e assim continuará.

Saudações Portistas.

alex disse...

Essa agora! O Fernando Couto, o Fernando Gomes, O Vitor Baía etc. não eram jogadores portistas que foram transferidos para clubes estrangeiros por valores irrecusáveis? Não há nada de especial na saída de Villas-Boas do FCP, a não ser o facto de se tratar de um valor inusitado em contratações de treinadores!
Quem não arrasa, de alto a baixo, o clube de que se diz ser adepto é hipócrita? Só falta acusar o Proença e falar no golo do maicon...
Saudações portistas!

alex disse...

Quem disser que, estando no lugar de Villas-Boas, recusaria um contrato de 15M de euros por fidelidade ao FCP(nem o FCP aceitaria que ele recusasse)não está a ser hipócrita, está a ser desonesto consigo próprio e com os outros. As pessoas do futebol são trabalhadores como os outros, têm família para sustentar, não podem ser mais dum clube do que de si próprios...

José Rodrigues disse...

"Família para sustentar"?! Eu li bem??

Por favor nao gozem com a cara de quem se vê à rasca para sustentar a família, ganhando 600 euros por mês, usando a expressão para quem ganhava no FCP umas 150X vezes mais!!

Se porventura alguém vê-se à rasca ganhando mais de 50mil/mês, nao me merece a mínima pena. Coitados dos meninos, mal têm dinheiro para comprar um carro novo de 6 em 6 meses...

José Rodrigues disse...

"Ingénuos"?

Se for verdade q AVB saiu com a colaboração de PDC, então este mentiu com todos os dentes quando disse o contrario (e sem q AVB o desmentisse).

Eu compreendo q PDC mentisse antes do negocio estar consumado como manobra de negociação; ora acontece q o disse alto e em bom som já bem depois disso.

De resto vejo pessoal a falar como se, caso o AVB ficasse mais um ou dois anos, fosse depois sair de borla. O q já é supor muito.

Finalmente, estou convicto q se tivesse ficado nao tínhamos ficado pela fase de grupos na LC no ano passado. Só aí foram-se muitos milhões ao ar (em pontos, em bonus e em bilheteira).

Ou seja: já falando apenas do aspecto monetário, nao é minimamente liquido q tenhamos ficado a ganhar com a "venda" (nesse momento) do AVB.

José Rodrigues disse...

Independentemente do q possa pensar sobre um eventual regresso, achei totalmente ridículo q recebesse o Dragão de Ouro. Quem o recebe deve nao só ter contribuído muito, mas também simbolizar o espirito portista.

Ora bater com a porta quando alguém acena com mais dinheiro nao simboliza nem pouco mais ou menos o espirito portista.

alex disse...

Não acredito que quem reprova a tomada de posição de Villas-Boas, não procedesse do mesmo modo em semelhante situação!

ℕℯℓsση ℳαcℎα∂σ disse...

Caríssimo, acredite se quiser, mas há pessoas que não se vendem e têm valores mais altos pelos quais se regem acima dos financeiros.

E acredite se quiser mas a mesma situação do libras boas comigo nunca teria semelhante desfecho. Aliás, mesmo que me oferecessem 50 ou 500 milhões por mês eu nunca trocaria "a cidade que adoro e onde nasci e cresci, o clube que conheço desde pequenino e que amo de coração e onde tenho a minha família e amigos e onde me sinto bem e com uma vida privilegiada" por um cargo num qualquer outro clube, fosse ele qual fosse, até porque eu nunca trocaria mesmo a minha cadeira de sonho por porra nenhuma.

Mas também não o condeno de todo. Afinal de contas somos todos diferentes e livres e se ele é o tipo de pessoa que dá mais valor a outros valores que não os mesmos que eu, não quer dizer que esteja errado, apenas não concordo.
E agradeço-lhe os momentos magníficos que nos proporcionou mas não esqueço os vastos efeitos maléficos que a sua saída proporcionou e não acredito que ele não tivesse previsto esses efeitos (jogadores com expectativas de serem levados junto com ele, jogadores a querem seguir o exemplo do timoneiro e quererem ir para onde o dinheiro abunda mais e como é óbvio a desmoralização que trouxe aos jogadores e como tudo isto mexeu com as cabeças de todos eles).

Quanto aos 15 milhões da rescisão e como o José Rodrigues já disse, não devem ter compensado o que se perdeu com a péssima campanha europeia que o FCP fez nessa época.

Anónimo disse...

Cuidado andam para aí alguns a dizer o mesmo do Ismaylov, vê no que dá essa filosofia

D.Liberal disse...

Nem mais. Na mouche. O resto é conversa...

Pyrokokus disse...

Por mim será bem vindo :)
Foi um treinador capaz, e que nos deu grandes alegrias :)
Penso que dificilmente igualará o que já fez, mas de qq modo por mim pode voltar.
Relativamente às declarações da cadeira de sonho, considero que era a resposta que necessitava de dar na altura (não estou a dizer que é mentira), mas independentemente do que ele já tinha planeado para a sua vida profissional, tinha de dizer algo do género. Quanto a ir para o Chelsea, foi uma situação normal. Acontece com jogadores e tb já aconteceu com treinadores. Existem outros que tb queriam vender o treinador mas não conseguem :)

Por mim pode vir já em julho

Anónimo disse...

"Quanto aos 15 milhões da rescisão e como o José Rodrigues já disse, não devem ter compensado o que se perdeu com a péssima campanha europeia que o FCP fez nessa época."

Eu afirmo NÃO COMPENSOU de forma alguma. Não foi só com o dinheiro que se perdeu através da LC; Foi essencialmente o dinheiro que se perdeu com a desvalorização da maior parte dos jogadores; que quando acabaram a época com ele, valiam muito mais do que pelo valor que acabaram por ser vendidos, já com Vítor Pereira. Claro que aqui a culpa não é do Villas-Boas, mas que a sua saída contribuiu e muito para essa desvalorização; contribuiu.

Anónimo disse...

O cerne da questão não está VB saiu ou não saiu do FC Porto; por isto ou por aquilo; se o Porto ganhou ou perdeu dinheiro.

Não o que está em causa foi a forma como saiu.

D.Liberal disse...

A anedota é muito engraçada mas não sei o que releva para a situação do Porto que em termos desportivos é crítica pois não se nota nem capacidade moral do treinador em motivar a equipa (da qual não é o unico responsável habilidade para jogar de outra forma, nem na equipa vontade de melhorar.

Seja como for é mais que evidente que treinadores como jesualdos e vitós é que não sff. Mil vezes gente com ambição e inteligente como o AVB.

alex disse...

Vamos lá ver se nos entendemos! Por que razão e para quê foi introduzida a cláusula dos 15M? Se não era já a contar com a saída de Villas-Boas no fim de uma das temporadas mais brilhantes, era para sair quando? Se os jogadores que queriam sair tivessem batido a cláusula de rescisão como bateu Villas-Boas também teriam saído. Portanto, não se deve estabelecer paralelos entre situações diferentes. Se Villas-Boas não tivesse saído os descontentes não deixariam de continuar descontentes, nem nada nos pode garantir que com Villas-Boas a época não teria também corrido mal. A vida dos jogadores e dos treinadores não podem ser avaliadas num determinado momento da sua carreira; têm de ser vistas a longo prazo. Artur Jorge também teve períodos em que ganhava muito, mas actualmente parece que não anda a nadar em dinheiro. À vista do pano é que se talha a obra: é fácil garantir ou até mesmo pensar ter certezas absolutas quando se está de fora...
Se me permitem, tenho que dizer o seguinte: para que certos comentários desfavoráveis ao FCP (jogadores, treinadores, dirigentes etc.),que aqui são publicados,sejam iguais aos que os benfiquistas publicam noutros espaços, só falta dizer "Nós somos corruptos!". Podem cortar esta parte ou não publicar todo o comentário que aceito sem qualquer constrangimento.
Saudações portistas!

Joao Goncalves disse...

Claro que ingénuos.

A relação que Pdc manteve logo a seguir da saída do Villas-Boas com ele nunca foi afectada.

Pdc só teve palavras elogiosas para com Villas-Boas e sempre reforçou isso publicamente.

Assim que Villas-Boas saiu, ganha o Dragão de Ouro para mostrar aos adeptos que o clube está com ele.

O Porto vai a Inglaterra e o Villas-Boas vai como Pdc "à bola".

VP tinha sido convidado mais de 1 mês antes para assumir as funções de Villas-Boas.

Agora o que falhou nisso tudo foram os timings, que o Chelsea não queria pagar e o Pdc encostou o Chelsea à parede com o pagas ou não levas.

Para isso teve de manter publicamente uma postura de firmeza e de desinteresse para que o Abramovich nem considerasse regatear o preço.

E ninguém mentiu... a verdade passada para o publico foi a conveniente, em termos de Marketing e promoção de uma activo (Villas-Boas neste caso).

O resto que diz José, são suposições e completamente erradas, pois do que vai acontecer amanhã não sabemos hoje.

Basta olhar para que em Dezembro vendíamos o Maicon por 30M€ e hoje em dia, se o vendêssemos por 10M€ já não era mau.

Villas-Boas teve uma época perfeita e saiu quando tinha o valor em alta... Dificilmente teria outra época seguida a essa sequer parecida, pois a conjuntura da época seguinte seria completamente diferente (um Benfica diferente para melhor e LC).

José Rodrigues disse...

"Artur Jorge também teve períodos em que ganhava muito, mas actualmente parece que não anda a nadar em dinheiro."

O q se ganhava na altura e o q se ganha agora nao tem a minima comparacao.

Mesmo ajustando para a inflacao, de certeza q A. Jorge no FCP nao ganhava 20% dos salarios q os AVB deste mundo ganha hoje em dia (mesmo num FCP).

Eu volto a repetir: se eu estivesse no "meu' FCP como treinador, tivesse 30 e tal anos e ganhasse 1M/ano, CERTAMENTE q nao saltava da "cadeira de sonho" 'a 1a oportunidade q me aparecesse. E' q para mim estando bem na vida (e com 1M/ano esta'-se muitissimo bem na vida), o dinheiro nao e' a 1a, nem a 2a, nem sequer a 3a ou 4a prioridade. Mas la' esta': ha' gente para quem o dinheiro e' a prioridade, por muito dinheiro que ja' tenha.

Nao digo q nunca viesse a sair, isso tambem nao, ate' pq um treinador com menos de 40 anos tem toda uma carreira pela frente. Agora, sair da forma q ele saiu e apos 1 mero ano no FCP, nunca.

Mas isso sou eu... cada um e' como e', e nao julgo ninguem. Nao me pecam e' para ter sentimentos positivos pelo homem, isso nao. Para mim passou a ser mais um como qualquer outro mercenario q tenha passado pelo FCP e contribuiu para o seu sucesso, nao estando a um nivel muito diferente dos Zahovics deste mundo.

Sansoni7 disse...

Olá

Sou dos que acha que AVB será sempre bem vindo ao FCP.
A sua saída rendeu aos cofres do FCP 15Milhões, falta saber quanto mais rendeu e a quem.
Sim...não tenho dúvidas que o «deixaram ir»...porque havia comissões a receber.

Cumprs
Augusto