sexta-feira, 29 de março de 2013

Lesões e Seleções

«João Moutinho, Varela e Defour já estiveram esta quinta-feira no Centro de Treinos e Formação Desportiva PortoGaia, no Olival, onde Vítor Pereira dirigiu mais um treino do FC Porto, que prepara a deslocação ao terreno da Académica (24.ª jornada, sábado, 18h15). Porém, os internacionais portugueses não estiveram no relvado: o primeiro [Moutinho] efectuou trabalho de recuperação no ginásio, enquanto Varela apresentou uma mialgia no adutor direito e limitou-se a tratamento. (...) Jackson Martínez e James, que estiveram ao serviço da Colômbia e tiveram o desgaste acrescido de uma viagem intercontinental, ainda não estiveram no Olival»
in www.fcporto.pt, 28-03-2013


Pelos vistos, Moutinho chegou da Seleção todo "roto", Varela com uma mialgia e os internacionais colombianos ainda nem sequer tinham chegado à hora do treino de quinta-feira.

O caso do Moutinho é mesmo paradigmático. A 23 de Fevereiro jogou contra o Rio Ave; depois sofreu uma lesão muscular num treino e falhou o jogo contra o Sporting (em 02-03-2013) e a recepção ao Estoril (em 08-03-2013). Dado como apto pelo departamento médico do FC Porto, no dia 13 de Março foi titular em Málaga mas, por volta dos 30 minutos, ressentiu-se da lesão na mesma perna e Vítor Pereira teve de o substituir ao intervalo.

(Málaga x FC Porto, O JOGO)

Lesionado, Moutinho voltou a falhar um jogo do campeonato, desta vez na Madeira, contra o Marítimo (em 17-03-2013) e, tal como na deslocação a Alvalade, o FC Porto voltou a empatar, perdendo mais dois pontos na corrida para o título.
Ao contrário do que é habitual com outros jogadores, todo este historial recente de lesões musculares não impediram Paulo Bento de convocar João Moutinho para dois jogos em países longínquos (Israel e Azerbaijão), nos quais o médio do FC Porto "apenas" jogou 180 minutos!
No treino de quinta-feira Moutinho efectuou trabalho de recuperação no ginásio. Veremos se já estará em condições de treinar na sexta-feira, o último treino antes da deslocação a Coimbra para defrontar a Académica.

O mesmo se passa com os dois internacionais colombianos que, na melhor das hipóteses, também apenas poderão participar num único treino de preparação para o Académica x FC Porto do próximo sábado. Espero é que as consequências de mais esta chamada à seleção da Colômbia não se façam sentir no próximo jogo do FC Porto. E digo isto porque ainda tenho bem presente o desempenho de Jackson Martinez no FC Porto x Olhanense. Para quem já não se lembra, eu recordo.
Guatemala e Colômbia disputaram um jogo particular em Miami, no dia 7 de Fevereiro, com início às 02h00 (hora de Portugal continental). Imagino o bem que deve fazer ao organismo de um jogador que vive na Europa, disputar um jogo neste horário.
De regresso a Portugal, após mais uma viagem intercontinental (e não sei quantos fusos horários), Jackson fez treino de recuperação na véspera do FC Porto x Olhanense e, no dia 10 de Fevereiro, teve um dos seus piores jogos com a camisola azul-e-branca, falhando um penalty e dois golos aparentemente fáceis, um em cada parte.

(FC Porto x Olhanense, O JOGO)

Lesões, seleções, limitações para treinar e/ou jogar, esta tem sido uma das sinas do FC Porto esta época.

P.S. Devido à entrada dura de Roberge (penalty por assinalar no Marítimo x FC Porto), a qual lhe provocou uma entorse no tornozelo direito, duas semanas depois Atsu continua lesionado e ficou de fora dos convocados para o Académica x FC Porto de amanhã. Regressado lesionado da seleção de Paulo Bento, Varela fica a fazer companhia a Atsu. E assim, Vítor Pereira vai para Coimbra sem extremos.

10 comentários:

Bluesky disse...

Houve quem dissesse que no futebol atual, os jogadores apesar de ganharam bem (muitos) autênticas fortunas (alguns), equivalem-se aos gladiadores dos tempos modernos. Ou seja, excesso de jogos, treinos, viagens e stress de alta competição, coisa que há alguns anos atrás não existia.
Mas se no caso da selecção portuguesa, o nosso presidente, pessoa que admiro, respeito, e louvo, malha constantemente no Bento por causa do Moutinho.
Então que dizer do seleccionador colombiano, que obriga Jackson a fazer 30.000 (sim, TRINTA MIL!!!) quilometros e depois nem sequer tira o cú do banco????
Jogador esse, que hoje vai disputar um jogo importantissimo e que ontem nem sequer tinha chegado??????
Não gosto da politica de que uns são filhos e outros enteados, porque até neste caso, acho que quem prejudica mais o FC PORTO é a selecção colombiana que propriamente a nossa!
Mas como alguém disse; um berro ouve-se com mais intensidade a quem está mais perto!

Miguel Lourenço Pereira disse...

Bluesky,

É preciso ter muita lata para criticar o seleccionador colombiano por tomar a decisão de convocar o segundo melhor avançado do país para dois jogos importantes na fase de qualificação para um Mundial onde a Colombia - o terceiro maior país da América do Sul - não põe os pés desde 1998.
Naturalmente que um seleccionador quer ter ao seu serviço os melhores jogadores disponíveis. Se os usa ou não, isso é responsabilidade sua, depende de decisões tácticas, de circunstâncias de jogo e do próprio rival. O Jackson não entrou no segundo jogo - que a Colombia perdeu - apenas porque a má condição fisica de dois dos médios titulares forçou Pekerman a gastar cedo as substituições que tinha previstas.

A selecção colombiana não prejudica ninguém. O que não tem é culpa que os seus três melhores jogadores actuem na Peninsula Ibérica, que é bem diferente. A selecção portuguesa, pelo contrário, utilizou um jogador que estava tão lesionado que tinha sido substituído à pressa num jogo fundamental e que acabou por falhar o encontro seguinte, uma situação bem distinta à condição física do Jackson.

Bluesky disse...

É preciso ter lata para defender o seleccionador colombiano...

José Correia disse...

Últimos quatro jogos do FC Porto:
02-03-2013: Sporting (fora), Moutinho ausente por lesão;
08-03-2013: Estoril (casa), Moutinho ausente por lesão;
13-03-2013: Málaga (fora), Moutinho ressente-se da lesão por volta dos 30 minutos e é substituído ao intervalo;
17-03-2013: Marítimo (fora), Moutinho ausente por lesão.

Apesar deste historial e de estar comprovadamente lesionado, Moutinho foi convocado por Paulo Bento (ao contrário, por exemplo, de Nani).
Mais. No dia 18 de Março, um dia após o Marítimo x FC Porto, Moutinho apresentou-se lesionado no estágio da Seleção e, em vez de ter sido mandado embora para continuar a recuperação no seu clube, foi integrado na preparação para os jogos da Seleção, com um "plano de recuperação" acelerado. O resto é conhecido, Moutinho jogou 90 minutos em Israel e outros tantos no Azerbaijão.

Desafio alguém a indicar-me um exemplo, basta um, que tenha ocorrido na Seleção portuguesa semelhante a este caso do Moutinho.

José Correia disse...

O problema da seleção colombiana não é o selecionador, que não me lembro de alguma vez ter convocado um jogador que estivesse lesionado.

O problema da seleção colombiana é o calendário da FIFA, os jogos particulares e o horário de algum desses jogos.

Bluesky disse...

Estou-me cagando para a selecção, já que ela neste momento não representa Portugal, mas sim Jorge Mendes e outros analfabrutos enriquecidos chulamente.
Contudo e sem querer defender Paulo Bento (que acho um treinador excecionalmente... mediocre!), o caso Moutinho tem pano para mangas, pois foi MAL recuperado no nosso clube e BEM recuperado na selecção, pelo que se viu!!!!
Pelo que para mim Moutinho foi ganhando ritmo de jogo ao serviço da selecção, ao contrário de Jackson e James que fizeram 30.000 quilometros para particular ver...
Mas o que realmente interessa é vencer a Académica!

Miguel Lourenço Pereira disse...

Bluesky,

Porquê? O Pekerman é pago pelo FC Porto ou pela Federação da Colombia? O Pekerman vai ser despedido se falhar o apuramento para o Mundial ou se o FC Porto falhar o título? Ao Pekerman tem de lhe importar minimamente o que o FC Porto faça ou o que faça a sua selecção?

É preciso ter muita lata pensar que se é o centro do mundo do futebol quando, para as selecções, incluindo a colombiana, os clubes são só um problema mais que têm de contornar. Da mesma forma que o FC Porto se queixa de que o Jackson tem de ir à Colombia jogar, o Pekerman também se queixará quando eles se lesionam num jogo para o campeonato dias antes de uma concentração.

Que falta de respeito! Como diz o José Correia, e bem, se tem algum problema, resolva-o com a FIFA que é quem define o calendário!

condor disse...

Este Bluesky a julgar pelo nome deve andar a apanhar muito sol na moleirinha!
Oh blue em que país é que vives tão cheio de sol que até tosta os neurónios!
Só perdoo ao bento riscas se o Moutinho jogar noventa minutos em bom nível em Coimbra!

Armando Pinto disse...

Feliz Páscoa!

Neste período de renovação da natureza e celebração da vida, com os sentidos preenchidos por ancestrais práticas e costumes que preenchem o imaginário da Páscoa tradicional, desejamos uma passagem da Páscoa à medida de nossos mais profundos anseios, em quanto significa todo o imaginário relacionado com esta festa de ano, por quanto transmitem as cruzes enfeitadas e a costumada Visita Pascal, do Compasso tão enraizado em boas partes do norte de Portugal, como saudação de Aleluia.

Aos meus amigos e companheiros da Blogosfera Portista, desejo uma feliz e santa Páscoa, vivida em espírito tradicional e afetivo.

- E, como tem de ser, para ser uma Boa Páscoa: com (mais uma) vitória do F. C. Porto...!

Armando Pinto
Memória Portista

Luís Miguel disse...

Os jogadores do FCPORTO só devem jogar pelo FCPORTO e compete aos dirigentes fazer com que isso aconteça.