sexta-feira, 15 de março de 2013

Vítor Pereira, Jorge Jesus e MST

Numa altura em que Vítor Pereira volta a estar debaixo de fogo e em que, aparentemente, uma franja de adeptos portistas deseja vê-lo substituído por Jorge Jesus, vale a pena reler o que há dois meses atrás foi escrito por Miguel Sousa Tavares (um dos mais críticos), a seguir ao slb x FC Porto.


(Miguel Sousa Tavares, A Bola, 15-01-2013)

6 comentários:

Anónimo disse...

De José Correia não se espera outra coisa que a clubite. Defender um belo treinador como Vitor Pereira pelos piores motivos, um empate com o Benfica que não foi mais pela arbitragem. Nem uma ideia de futebol. Pior: nas suas emoções, falar em Kelvin e Sebá como opções mais válidas que Defour. Devo continuar?

D.Pedro disse...

O MST aquele que "nunca tem duvidas e raramente se engana" ?!
Aquele que só agora descobriu o valor de Moutinho ?!
É bom o MST é a falar para fora do clube como por exemplo no AD em que foi grande.
Estamos numa fase (e já não é de agora) que todo e qualquer dito portista sabe tudo de tactica e tem uma enorme capacidade de apreciação de jogadores!!!
Qual era o objectivo exigido para LC: Chegar aos Oitavos, tudo o que viesse a mais optimo.
Podiamos ter eliminado o Malaga?Podiamos.
Mas tambem podiamos ter sido eliminados como fomos porque estão fartos de evidenciar no campeonato espanhol e na LC (Helo Milão e Zenit...) que são uma boa equipa.
Isco,Demichelis,Duda,Eliseu,Saviola,Joaquin,Santa Cruz,Lucas Piazon,Julio Baptista etc.

Ignorar isto é falsear a questão.

Duarte disse...

Vamos lá ver;

Eu tenho dito que, de facto, se chegarmos ao final da época sem a conquista do campeonato, não há nada de mais lógico do que a saída do actual treinador (por todos os motivos e mais alguns). Ora, as contas fazem-se no fim, concordo. Frequentemente sou levado pela emoção e não tanto pela razão e reconheço que são demasiadas coisas que, por vezes, me tiram do sério. Por exemplo: o rol de desculpas que Vítor Pereira tem sempre, o facto de para alguns adeptos ele nunca ter culpa de nada nas derrotas, o tratamento de excepção que tem por parte desses mesmos adeptos comparado com outros treinadores muito mais vitoriosos que passaram pelo Dragão. No ano passado as desculpas foram umas, este ano são outras.

Dito isto, não tenho nada contra Vítor Pereira, contra o homem (pelo contrário) e só espero que ele seja campeão esta temporada e, se o for, parece-me lógico e justo que renove. contrato. Agora, não vejo nenhuma anormalidade que VP esteja debaixo de fogo. Acontece com todos os treinadores do mundo, mas porque é que com ele tudo há-de ser diferente? Porque é que ele terá direito, para alguns, a viver sempre em regime de excepção? É só isto que eu não entendo.

Quanto a Jesus, acho-o um bom treinador. Não é tão bom quanto se julga, mas tem méritos. Além do mais está a treinar o Benfica, não o Porto. Não beneficia da estrutura do FC Porto, nem do plantel do FC Porto. Foi com ele que o clube do regime melhorou desportivamente. Se ele será o próximo treinador do FCP? Não creio, por todos os motivos e mais alguns. O que não significa que não haja alternativas a VP no caso desta temporada sair fracassada. Há, claro que há, tem de haver sempre num clube desta dimensão.

Nightwish disse...

Não quero tirar mérito ao JJ, mas se não beneficia da estrutura do FCP, beneficia da estrutura do sistema: as contratações à última da hora, os jogadores que levam cartões antes dos jogos, os túneis...

Duarte disse...

Isso subscrevo, Nightwish. Sem dúvida.

Carlos Santos disse...

Embora não questionando o portismo do MST um segundo que seja, quem é que ainda liga alguma coisa ao que este homem diz?
Além de arrogante e prepotente, percebe muito pouquinho de futebol...Ou quem é que já se esqueceu das "preciosidades" do género "AVB é pior que Jesualdo Ferreira", ou "Souza é muito melhor que Fernando" ou "Moutinho é um jogador banal"?