sexta-feira, 10 de maio de 2013

Quem semeia ventos...

«Adeptos do Benfica atiraram bandeira rasgada para o relvado.
O Benfica B-FC Porto B, disputado na Luz, aqueceu ao intervalo, quando um grupo de adeptos das águias retirou a bandeira dos dragões exposta no estádio e, após uma tentativa de lhe pegar fogo, rasgou-a e atirou-a para o relvado.
A apresentação das bandeiras dos clubes e da Liga é obrigatória nos jogos das competições profissionais e foi respeitada pela organização dos encarnados, mas o incidente mereceu registo no relatório do delegado da Liga e também foi comunicada pelos portistas às entidades policiais presentes.
O incidente abre as hostilidades para uma semana que reserva um FC Porto-Benfica decisivo para as contas do título.»
in ojogo.pt | 08 mai 2013 às 20:30


Depois deste grave incidente, protagonizado por adeptos encarnados em pleno estádio da Luz, o que disse a Direção do slb?
Apresentou desculpas públicas ao FC Porto?
O que fez a Direção do slb nos últimos dois dias, para evitar que esta atitude lamentável de adeptos benfiquistas, rasgando e tentando queimar a bandeira oficial do FC Porto, não contribuísse para incendiar o FC Porto x slb de amanhã?
Nada!

Entretanto, a Direção do FC Porto reagiu superiormente e da forma mais soft possível a esta atitude vergonhosa dos encarnados, não empolando o caso e limitando-se a apresentar uma queixa na Liga de Clubes.

«O FC Porto apresentou esta sexta-feira à Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) uma participação disciplinar contra o Benfica, motivada pela destruição da bandeira oficial do clube no jogo entre as duas equipas B, quarta-feira, para a 2.ª Liga.
Em documento a que a agência Lusa teve acesso, os dragões solicitam à Comissão de Instrução e Inquéritos (CII) da LPFP um procedimento disciplinar contra o Benfica, na sequência do sucedido a 8 de maio, no Estádio da Luz, em jogo da 40.ª jornada daquela prova, que terminou 1-1.
"Durante o intervalo do jogo, adeptos do clube visitado, depois de uma tentativa de atear fogo, rasgaram e atiraram para o relvado a bandeira oficial do FC Porto, entregue à guarda do clube visitado (...), para que, nos termos regulamentares, fosse hasteada", lê-se no documento.
Citando o Regulamento de Disciplina, o FC Porto refere que "os clubes são responsáveis pela alteração da ordem e da disciplina provocados pelos seus sócios e simpatizantes (...) por ocasião de qualquer jogo oficial".
Os portistas consideram aquele ato como "manifesto comportamento social e desportivo incorreto", conforme os regulamentos da Liga. "Aliás, mal se compreende que adeptos do clube visitado tenham tido oportunidade de se apoderarem da aludida bandeira sem que tenham sido impedidos por qualquer funcionário do Benfica ou elemento da segurança", segundo a denúncia.
No documento, os portistas dão conta da identificação de, "pelo menos, um dos adeptos" benfiquistas pela força policial no Estádio da Luz, solicitando que a CII junte à denúncia o relatório policial do jogo Benfica B-FC Porto B.»
Agência LUSA


Do lado do FC Porto, esta tem sido uma semana de contenção e silêncio, apenas quebrado pelo treinador Vítor Pereira, na habitual conferência de imprensa que antecede os jogos.
O jogo de amanhã é de alto risco mas, por mais que se esforcem, ninguém poderá dizer que foram elementos do FC Porto a atear o fogo, ou contribuído para incendiar o ambiente deste clássico entre dragões e águias. Infelizmente, o mesmo não se pode dizer dos encarnados.

5 comentários:

condor disse...

Ahh!Mas este incidente vai sair caro,muito caro ao xê lê bê!Ai vai vai!
A mão pesada da justiça desportiva de lisbogal vai cair sobre a cabeça destes irresponsáveis sem apelo nem agravo!

Tiago Matos disse...

Entao e os juniores que foram apedrejados a chegada a lisboa???
JUNIORES!!!!!
incrivel! Gente pequenina

jotajota disse...

A contenção e o silêncio são importantes num momento desta importância. Focar as atenções no estádio e dar a resposta que todos esperamos, no relvado.
Responder a provocações como a do jogo entre as equipas B, é tudo o que os nossos adversários, incluindo uma certa comunicação social que bem conhecemos,mais desejam.
Confusão e incidentes seviriam para desviar as atenções e condicionar o normal desenrolar do jogo em que à partida temos vantagem em termos físicos, emocionais e consequentemente de futebol jogado.

José Correia disse...

«O autocarro que transportava a equipa de futebol de juniores do FC Porto foi apedrejado, nesta sexta-feira, à passagem por Alcântara, em Lisboa.
Uma pedra partiu um dos vidros do autocarro portista, mas não se registaram feridos e a viagem continuou sem interrupções até ao destino, segundo adianta o jornal O Jogo.
A equipa portista vai defrontar o Benfica no domingo, às 16.00, no Seixal. Além do jogo de juniores, haverá mais dois duelos no sábado entre os dois clubes: juvenis às 16.00, no Seixal, e equipas A às 20.30, no Dragão.»
in DN

Anónimo disse...

"Quem semeia ventos, colhe tempestades"!