domingo, 26 de maio de 2013

SMS do Dia

Não ganhar a Taça de Portugal até sabe bem quando proporciona momentos como este. Primeiro era o campeonato que estava no papo e que o Kelvin queimou. Depois era o Chelsea que não valia nada e que mostrou a diferença entre jogar e competir. E o Vitória, que ia fazer figura de corpo presente, quê?

PS: Vivi oito anos em Guimarães, uma das cidades mais benfiquistas que conheço. Que tenham sido eles a rematar o ano dourado sabe ainda melhor. Ricardo e Tiago é para incorporar. Continuo a insistir no Paulo Oliveira para quem me quiser ouvir.

27 comentários:

bruno cláudio disse...

«Benfica afirmou-se no plano nacional e internacional»
LOL

Joaquim Lima disse...

Concordo. Não conhecia o Paulo Oliveira, mas fez uma exibição soberba!

Bluesky disse...

Ainda dizem que eles não sabem perder...
São mestres nisso!!!

David Nogueira disse...

Foi lindo eheh. Também gostei muito do Paulo Oliveira.

Miguel Lourenço Pereira disse...

Joaquim,

Conheço o Paulo (e o Ricardo e o Tiago) desde a etapa de juniores. Num artigo que publiquei à umas semanas já falava dele como preferencial substituto do Otamendi (mais barato, português e mais jovem que o Reyes, por exemplo) e já ouvi rumores de que existe um pré-acordo mas para 2014-15. Não deixa de ser uma opção com sentido mas deixar escapar um jogador com esta margem de progressão seria um erro. O mesmo erro que, felizmente, não cometemos com o Ricardo e o Tiago!

Anónimo disse...

"Tenham cuidado, ele é perigoso, ele é o Oscar Takuara Cardozo" E não é que ele é mesmo perigoso? :P

Anónimo disse...

Perderam a taça, não cumprimentaram o Presidente da Liga que entregava as medalhas, não esperaram no relvado pela entrega da Taça ao Vitória, os jogadores ameaçam o treinador, os adeptos amaçam o guarda-redes...
Grande fair-play...

Anónimo disse...

Guimarães é uma cidade benfiquista? sempre ouvi dizer que Guimarães as pessoas são todas do Vitoria etc e que não tem outro clube..

Pergunta um Portista de Lisboa.

Cumprimentos.

António Sá.

João disse...

Parece que hoje já havia reforços sérvios do Benfica a dizer que ansiavam pela supertaça, para a desforra com o FCP. Estes gajos ainda não chegaram mas já incorporaram a cagança benfiquista. Não respeitam ninguém. Antes de entrarem em campo já têm tudo ganho, depois é o que se vê. Nojentos como eles deve ser difícil de encontrar.

Anónimo disse...

Pelo menos estão a treinar com afinco a perda de trofeus.
:) Tá giro.

Anónimo disse...

E a próxima supertaça, nem vê-la!... Não são menos 3, são menos 4!

Miguel Lourenço Pereira disse...

Não sei onde há mais benfiquistas, se em Lisboa ou em Guimarães. Com isso digo tudo.

José Correia disse...

Sobre o Jorge Jesus, penso hoje o mesmo que pensava há um mês, um ano ou três anos atrás.

Ao contrário de muitos portistas, nunca o quis para treinador do FC Porto.

O mal amado Vítor Pereira, como homem e treinador, dá 10-0 ao JJ.

Anónimo disse...

Estranho, não tinha essa ideia. obg

Antonio Sá.

José Correia disse...

Se o que o Cardozo fez no final do jogo fosse no FC Porto, ele nunca mais calçava, mas como o slb é um circo (quem o disse foi o Artur Jorge, lembram-se?)...

JOSE LIMA disse...

Caro Miguel
Permita-me que cite a frase do dia do comentador da RTP
"É de realçar a equipa do benfica que não ganhou nada mas podia ganhar quase tudo!!
O senhor de La Pallisse não diria melhor.
Abraço

Miguel Lourenço Pereira disse...

Subscrevo Zé, o JJ é um dos treinadores criados pela comunicação social com menor perfil da história. Venceu uma liga aos papéis, perdeu duas com um plantel ofensivamente melhor que o do rival, na Europa perdeu uma meia-final com o Braga e uma final no último minuto depois de disparatar nas substituições. Não sabe falar, não sabe liderar um balneário (a cena com o Cardozo fala por si) e foi responsável pela contratação de dezenas de jogadores que ninguém sabe onde estão.

Se o JJ acaba no FCP, eu declaro o PdC oficialmente senil!

José Correia disse...

Só tenho pena da próxima época não arrancar com um FC Porto x slb para a Supertaça.

José Correia disse...

O Jorge Jesus conseguiu superar o José "pé frio" Peseiro e, mesmo assim, tudo indica que irá continuar no slb e a auferir 3,5 milhões de euros por ano. É obra!

José Correia disse...

Miguel, independentemente do potencial que têm, veremos se na próxima época vai haver espaço para o Tiago Rodrigues e para o Ricardo integrarem o plantel principal do FC Porto.

Anónimo disse...

rennie atinge o valor do petróleo!!

Anónimo disse...

LAPALISSADAS !!!

José Correia disse...

Os talibans benfiquistas já começaram a reagir nas redes sociais:

«Minutos finais da final do Jamor. As câmaras insistem na imagem de um jovem adepto do Benfica que chora.
No relvado, o Vitória deu a volta ao resultado. Jesus, a ganhar por 1-0, perante um adversário com poucas soluções, tirou o ponta-de-lança, Cardozo, e mandou entrar um tal Urreta que em tempos o Benfica emprestou ao V. Guimarães onde passou sem deixar rasto.
Concluído o jogo, Cardozo dirige-se ao treinador, coloca-lhe a mão no peito e aponta-lhe o dedo.
Não são necessárias legendas.
Cardozo disse a Jesus o que milhões de benfiquistas lhe queriam dizer.
JJ só tem um caminho: ir ao IKEA comprar caixotes, arrumar o cacifo e ir à vidinha.
Não se podem perder quatro finais desta maneira: Estoril, FC Porto, Chelsea e V. Guimarães. E desta vez nem a malapata ou a bruxaria podem ser chamadas em defesa do que quer que seja.
Não foi azar, foi aselhice.»
Eugénio Queirós
in record.pt

Mefistófeles disse...

Neste momento so consigo pensar nos Colacos, Gomes das Selvas, Gaybrieis, Delgados, Cervans, Ricardos Costas, Mexias e toda a especie lampia mais rasteira que pode haver( Orelhas a cabeca ) e dedicar-lhes um profundo voto: espumem-se ate ao final dos vossos dias e aprendam a viver na merda, que esse e que e o vosso lugar.

José Correia disse...

Jesus-Cardozo: o maior sinal de desnorte
Por Luís Sobral
2013-05-26 22:49h

«Há uma linha de argumentação curiosa sobre o que foi o Benfica esta época e por consequência sobre o trabalho de Jesus. Baseia-se genericamente nisto: se o remate de Kelvin não tivesse entrado escreveria isso? Se a cabeçada do Ivanovic não tivesse entrado escreveria isso? Confesso que ainda não reparei, mas por esta altura devem estar a dizer algo do género se a bola do Ricardo não tivesse entrado escreveria isso?

A resposta, lamento, é que esta argumentação não faz sentido.

No Dragão o golo só é possível porque o Benfica, que tinha a bola, foi incompetente a defender. Nos descontos. No jogo do título. Imperdoável.

Em Amesterdão o Benfica voltou a ser incompetente. Primeiro a concretizar, depois a defender, outra vez. Pelo meio a aguentar, fisicamente.

No Jamor, o Benfica foi mais do que incompetente. Foi tão medíocre que nem conseguiu segurar a sorte que teve, com o golo de Gaitán.

Discutir o trabalho de uma equipa com base em três ou quatro lances numa época é errado. O que há para discutir no Benfica é mais profundo e prende-se com a gestão que foi feita do plantel. Com os jogadores que saíram, com os que entraram, com os que talvez devessem ter entrado. Com Melgarejo que no princípio era uma aposta genial e no fim é suplente. Com André Gomes. Com Jardel. Com Carlos Martins e Aimar. Com a exaustão a que foram levados Matic e Enzo Pérez. Com Ola John.

Para Jesus, pelo que ouvi, a época continua a ser digna. Para mim é simplesmente horrível. É evidente que nem tudo foi mau, conheço essa conversa. O Benfica até acaba a temporada no pote 1 da Liga dos Campeões. Mas o discurso do «tomara para o ano chegar a tudo isto» é ridículo num clube como o Benfica. Estar nas decisões é o mínimo que se exige e espanta-me que já não exista ninguém na Luz que ainda tenha noção disto. Mas sobre este tema já escrevi um texto esta semana, antes do que se passou na final da Taça.

Não vou escrever sobre o futuro de Jesus. Confesso que gosto de perceber as coisas antes de escrever sobre elas. Já pensei que compreendia o processo. Mas agora tenho de admitir que não o percebo. Resta-me esperar por uma decisão formal.

P.S.: Jorge Jesus, na conferência de imprensa, tentou desvalorizar o que se passou com Cardozo no relvado. Foi o segundo sinal de fraqueza da tarde. Que aquilo suceda a um treinador de um grande clube é impensável. Que ninguém do Benfica se pronuncie sobre o episódio, que ninguém seja capaz de aconselhar o paraguaio a pedir desculpas é apenas um sinal do desnorte da estrutura.»

Anónimo disse...

Paulo Oliveira não é ainda nosso jogador porque simplesmente não houve (ainda) acordo entre os clubes no que respeita às verbas, aquando do negócio Tiago e Ricardo. O que não invalida posterior tentativa de negociação e consequente acordo. Tão simples quanto isso. Não adianta estarmos sempre a afirmar, achar, proclamar sentenças sobre temas dos quais se desconhecem as variáveis todas e constantemente criticar os "palermas" que nos dirigem. Bons, bons, são os outros e os iluminados que por aqui têm sempre razão e solução para tudo. O problema é que o mundo "real" é bem diferente do mundo "virtual".

Anónimo disse...

Se, como diz, há tantos benfiquistas em Guimarães porque razão não há uma "casa do benfica" em Guimarães? E porque razão esses apregoados benfiquistas não conseguem encher (na melhor das hipóteses) metade da bancada destinada aos visitantes?