quinta-feira, 23 de maio de 2013

Uma aposta de alto risco?


"O futuro de Vítor Pereira vai ser de certeza absoluta continuar uma carreira vitoriosa, porque é um homem competente e um conhecedor do futebol. Só não lhe posso dizer se vai ser no FC Porto. Durante a época combinámos falar só quando a época acabasse. Ontem [quarta-feira] almocei com ele e estivemos a analisar a vantagem ou a desvantagem, para ele e para o clube, de ele continuar o trabalho. Ele ficou de pensar e para a semana vamos reunir-nos outra vez para definir. Não há um desacordo de verbas, não é isso. Há uma vontade mútua, mas eu e o Vítor Pereira, para continuarmos o projeto, temos de sentir que há condições para isso."
Pinto da Costa, 23-05-2013, em entrevista à RTP


Já expressei, em vários artigos e comentários, a minha opinião (que é bastante positiva) acerca do desempenho da equipa do FC Porto sob o comando técnico de Vítor Pereira.
Também já disse que, no contexto atual do futebol português e atendendo às restrições financeiras que, previsivelmente, irão afetar o orçamento da FC Porto SAD (e não só) nas próximas épocas, penso que a melhor solução para o futuro imediato da equipa do FC Porto seria a renovação com Vítor Pereira.
Contudo, após a entrevista de hoje de Pinto da Costa, fiquei convencido que Vítor Pereira não irá continuar como treinador principal do FC Porto.

A confirmar-se este cenário (da não continuidade de Vítor Pereira) e partindo do princípio que o próximo treinador será português, naquela que tem sido a opção mais frequente de Pinto da Costa (na linha de António Oliveira, Fernando Santos, Octávio Machado, José Mourinho, José Couceiro, Jesualdo Ferreira, André Villas-Boas e Vítor Pereira, só para falar em treinadores das últimas duas décadas), há várias possibilidades mais ou menos credíveis, nomeadamente:
- treinadores que foram ex-jogadores do FC Porto (Domingos Paciência, Jorge Costa, Pedro Emanuel ou Nuno Espirito Santo);
- treinadores "consagrados" ou que já passaram por clubes grandes (Jesualdo Ferreira, Jorge Jesus, José Peseiro);
- treinadores "emergentes" (Rui Vitória, Paulo Fonseca, Marco Silva).

Dentro deste lote de treinadores, se tivesse de ser eu a decidir, a minha escolha recairia em Paulo Fonseca (Paços Ferreira) ou em Marco Silva (Estoril).


Seria (será?) uma aposta de alto risco, na minha opinião uma decisão ainda mais arriscada que a escolha de André Villas-Boas para suceder a Jesualdo Ferreira (ao contrário de Mourinho e de AVB, quer Paulo Fonseca, quer Marco Silva, nunca passaram pela experiência de serem adjuntos de grandes treinadores em grandes clubes, nem nunca tiveram de lidar com balneários cheios de egos) mas, tal como os investimentos especulativos, quando correm bem os ganhos são muito altos. O pior é quando correm mal...

38 comentários:

Luighi disse...

As minhas escolhas recaem noutro tipo de treinador:

Falo de Rui Faria(adj.mourinho) ou de Philippe Montanier(r.sociedad), para mim 1 dos 2 seria escolha perfeita para treinar o nosso FCP.

Pedro Albuquerque disse...

"On 21 May 2013 it was announced that he would not extend his contract at Real Sociedad, and join Stade Rennais at the end of the season."

Gostaria muito do Rui Faria, mas ele não vai sair da asa do Mourinho. E sente-se confortável nessa posição.

Saci Pererê disse...

Jupp Heynckes é o novo treinador do FC Porto.

Artur Guedes disse...

Isso é que era...


http://omundoazulebranco.blogspot.pt/

Luis disse...

Eu também penso que o nosso próximo treinador será o Rui Faria.
O Vítor Pereira fez um trabalho meritório, especialmente ao conquistar o campeonato nesta segunda temporada com um plantel (na minha modesta opinião) bastante inferior em opções ofensivas ao do nosso principal rival. Agora, parece-me que V.P é um treinador que se contenta com o pouco que a SAD lhe dá, na primeira época satisfez-se com um pequenino Kléber para substituir um enorme Falcao e esta época nada disse quando lhe deram dois míudos sem experiência (Kelvin e Atsu) para substituir o único jogador insubstituivel do plantel (palavras do papa!). Também não o vi reclamar quando o presentearam no Natal com dois reforços da liga As árvores morrem de pé.
Este excesso de humildade é a meu ver o principal pecado de V.P, que repito - foi um herói ao ganhar esta edião da liga mas não teve plantel para a taça nem para eliminar um acessível Málaga.

Cumprimentos portitas a todos

DC disse...

Eu não fiquei com essa sensação. Quando PdC disse que na próxima semana voltariam a reunir a sensação que me deu é que a bola passou para o lado de VP que também terá colocado algumas condições para continuar que, acredito eu, terão a ver com a composição do plantel.

Além disso este sábado há eleições e parece-me que seria a altura ideal para anunciar um treinador após uma recondução como presidente.

Anónimo disse...


No FC Porto quem escolhe os jogadores é o treinador.Sempre foi assim com Pinto da Costa. Não podemos esquecer que com Vitor Pereira O Porto foi eliminado da champions com o Málaga da taça de Portugal e da taça da liga com o Braga. E o campeonato foi ganho mesmo no fim, depois do empate do Benfica com o Estoril. Não foi uma época brilhante. Deve vir outro treinador. Talvez o Rui Faria ou o Paulo Fonseca

Artur Guedes disse...

À bem pouco tempo ouvi falar que Rui Faria tinha principio de acordo com PdC, será que a conquista fez mudar alguma coisa? Será que essa noticia teria algum fundo de verdade? Conhecendo Vitor Pereira com toda a sua força e Portismo não creio que v+a dizer que não, para mim seria bom novo treinador pelo que foi referido, a conquista do campeonato é bom mas é pouco ara um clube com as ambiçoes do nosso e a qualidade do futebol nao é asim tao bom. Gosto de um jogo de posse mas quando estamos a vencer por margem minimamente confortavel, nao gosto de entrar nos jogos à espera que o golo apareça, a entrada nos jogos com Nacional e com os benfas devia ser a adoptada e so depois de estar a vencer adoptar a tactica da posse e circulaçao que desgasta em muito os adversarios...

http://omundoazulebranco.blogspot.pt/

Anónimo disse...

O Marco Silva parece-me uma aposta bem mais ao nosso estilo, percebe muito de futebol, não me parece que entre de frente com a SAD (tanto mais que já trabalhou como diretor da SAD do Estoril) e tem ótimas capacidades de comunicação.

É certo que pode estar queimado com as declarações que fez após o jogo com os galináceos mas...

Já o Fonseca e o Faria... são agenciados pelo J Mendes, acho que está tudo dito.

João disse...

Se VP não ficar, há alguma possibilidade de considerar Bielsa? Do lote português, essas também seriam as minhas escolhas, sendo que o Nuno também não fez nada mau campeonato no Rio Ave e o Fonseca ter acabado a época com fama de lampião. Não faço ideia de se com fundamento ou não, mas a última coisa que queria era trocar um "dos nossos" que é o VP por um tipo sem o mesmo... sentido de missão. Portanto já nem conto aqui com o Rui Vitória. Montanier, Heynckes.. Nada contra. A imprensa falava no Minguinhos, mas acho que tem uma abordagem muito defensiva, ou pelo menos é a ideia com que fiquei.

Se o VP continuar o mínimo exigível é que a direcção cumpra com a sua parte, para variar, e disponibilize um plantel que permita mais ambição que este ano. Já são muitas épocas a meter argoladas. É preciso alternativas credíveis para as laterais e ao Jackson, bem como aos que tiverem que sair, pelo menos. E se o Ghilas demorar muito, avisem.

Anónimo disse...

O que sabem sobre o Rui Faria? NADA.

A não ser que se pense que basta ser adjunto de Mourinho para se ser bom treinador...

Luighi disse...

Nem que tivesse que indemnizar o rennais. É certo que ja assinou?
Ja o ouvi dizer que adoraria treinar o FCP.

Um treinador formador, e com um futebol atacante.
Real sociedad em 4 lugar é obra.

Ou entao Rui Faria, ñ sei se gostaria de treinar o FCP.

Das opçoes apontadas ñ gosto de nenhuma.

Anónimo disse...

Mas onde é que foram buscar essa do Rui Faria?

Cumprimentos

António Sá

bruno cláudio disse...

Bielsa, Philippe Montanier, Jesus.

Tal como foi referido aqui anteriormente, concordo com a opiniao de que o rui faria nao deixará a asa do mourinho porque se sente cómodo, é chamado lambe cus.
Sinceramente nao me gosta da sua postura arrogante e maniento. é uma vergonha ver estes dois aqui em espanha, ainda bem que se vao embora.

José Rodrigues disse...

Para mim ficou tambem claro q VP está de saída e digo mais: estão apenas à espera de que ele assine contrato com o seu novo clube para o anunciar (como diria o outro, «é assim que se fazem as coisas»...).

De resto qualquer um dos novos avançados (Fonseca, Marco Silva, Rui Faria) seriam um tiro no escuro bastante considerável (ainda que de forma diferente, por ex o R Faria nunca foi treinador principal em lado nenhum, mas também muito mais escola do que os outros dois). A ver vamos.

José Rodrigues disse...

«No FC Porto quem escolhe os jogadores é o treinador.»

Essa é para rir, não?

Quer dizer, no que diz respeito à escolha de quem joga, acredito que assim seja com muito raras excepções; mas no que diz respeito a contratações, o treinador - seja ele quem for - assume um papel secundário em relação aos dirigentes.

Caramba, até mesmo com Mourinho tivémos contratações impostas (Serginho do Nacional, por exemplo, que o Mourinho rapidamente encostou).

Anónimo disse...

Está à espera da final da Taça para anunciar o Rui Vitória...
Jss

Carlos Santos disse...

Estou em condições de afirmar com 100% de certeza que o Paulo Fonseca é de facto lampião. Mas não vejo grande problema nisso, Jesualdo também era e deu-nos 3 Campeonatos.
Aliás, gostei muito do discurso e da atitude do Fonseca no final do Paços-Porto. Aquele abraço ao VP em jeito de reconhecimento pelo trabalho desenvolvido e o facto de não ter mencionado uma única vez o penalty fora da área, mostram que ele é de facto um lampião diferente dos que estamos habituados.

Luchugo disse...

Tenho 99% de certeza que o treinador do FCP para a próxima época não será estrangeiro. Quem menciona o Bielsa só o faz por puro desconhecimento da sua filosofia que nada terá a ver com a filosofia do FC Porto e daí ser imediatamente uma carta fora do baralho.

Se VP não continuar então a minha preferência recai no treinador me mais condições oferecer para continuar o bom trabalho de VP e melhorar esse trabalho com ideias frescas e melhor aproveitamento dos recursos postos à sua disposição.

Como não conheço o Paulo Fonseca ou o Marco Silva, não me vou pronunciar sobre eles. O meu favorito para suceder a VP era Leonardo Jardim, mas esse também está descartado. Tal como Pellegrini está descartado (com muita pena minha...).

Assim sobram Jesualdo (só voltaria em caso de hecatombe à moda de 2004-5), Peseiro (o tal que dizem ser "Pé-Frio") que é talvez a antítese de VP no futebol que as suas equipas apresentam e com resultados a condizer; e por último Domingos Paciência (que se anda a guardar para o dia em que finalmente o convidem para treinar o Porto) que não parece reunir o consenso na SAD e por conseguinte só entrará no clube por via da hecatombe acima descrita.

Conclusão: Não há treinadores para o FC Porto. Fica VP, estás perdoado...

Johnny.Rato disse...

Para mim, a sair do Vitor Pereira, vinha o Domingos sem qualquer dúvida.

DC disse...

O Domingos foi o meu ídolo de infância, tinha posters dele no quarto, lembro-me de festejar quando voltou do Tenerife e portanto estou à vontade para dizer isto: ele não tem qualidade nem para a equipa B do Porto.
Arrasou completamente o Sporting, perdeu o balneário, quase chorou nas conferências de imprensa. Depois entra no Corunha vê o barco a afundar e num mês põe-se a andar.

Não aguenta a pressão, não tem qualquer perfil para uma equipa vencedora.

Quanto a Paulo Fonseca e Marco Silva será sempre um tiro no escuro (há treinadores que depois duma boa época fazem uma péssima, como o Pedro Emanuel por exemplo). Rui Faria é um adjunto, tanto pode dar como não dar, a única coisa que sabemos é que é tão arrogante e polémico como Mourinho e este ano até foi expulso mais vezes que o próprio Mourinho.
Bielsa ou Pellegrini só no FM porque nós não pagamos esse tipo de salários. Montanier já está comprometido...

Ouvi o Guilherme Aguiar falar no Mano Menezes e até tive medo, meter um treinador brasileiro a lutar contra o JJ seria catastrófico.

Enfim, eu não vejo boas alternativas no mercado ao que temos. Veremos o que decide a direcção.

Pedro Ramos disse...

Em primeiro lugar, disser que a entrevista de PdC foi uma mao cheia de nada, depois no que diz respeito ao treinador, fiquei com a clara impressao que o clube quer mudar mas nao sabe bem para quê ou para quem, e pior do que isso, nao parece ter coragem para assumir essa posiçao de mudança e quer que seja VP a ficar com o ónus da nao renovaçao, é que esta treta de que para a semana conversamos nao tem qualquer sentido se houvesse de facto intençao de continuar com o treinador.
Fiquei e fico cada vez mais com a impressao que nao é apenas o treinador que tem de mudar no clube.

Sobre o novo treinador o mais importante para mim, seria escolher alguém com uma personalidade forte que nao sirva apenas para treinar jogadores mas que pudesse ter peso para influenciar a formaçao do próprio plantel. Ora infelizmente quase todos os nomes que vou lendo nao se enquadram neste perfil, e acredito que a própria SAD nao procure alguém assim, mas fica a esperança de que possa ser surpreendido.

PS. Fico com a impressao que o principal motivo da saída de VP vai ser a valorizaçao ou nao dos atletas do clube. Veremos nos próximos dias quanto valerao os 2 maiores activos do clube (com excepçao de Jackson) no mercado europeu.

bruno cláudio disse...

o discurso do presidente é cauteloso na matéria do treinador por 2 motivos:
primeiro, parece-me que está acordada a saída do vp, e o seu destino mais que certo será o everton, é uma questao política para deixar no everton a decisao de valorizar o vp a nivel economico, que a ser verdade, é muito bem feito tanto pelo pc como por vp. beneficia o vp e recompensa pela conquista de 2 campeonatos para o clube.
em segundo, parece-me que a final da taça vai ditar o próximo treinador do fcp, logo, para a semana haverá novidades.

Vincent Vega disse...

Deus me livre, longe!!

Anónimo disse...

PF já está comprometido com o Porto faz tempo. Esteve a almoçar ha tempos com o PC no restaurante Lusiadas, em Matosinhos.
Vitor Pereira também já sabia disso. Vejam como festejou o golo do Benfica e ignorou Antero Henriques. Ha algum tempo atrás ele era o primeiro a ser abraçado. Com o Benfica Vitor Pereira ignorou-o por completo. Sinais...

Anónimo disse...

Conheço muito bem o trabalho e o perfil pessoal do Marco Silva e garanto-vos que ficaríamos muito bem servidos se fosse ele o escolhido para treinar o FCP.

O futebol apoiado e de ataque estaria de volta ao Dragão.

MT

Anónimo disse...

De facto, Ghilas é uma "não contratação" que não se entende. Em termos de preço/qualidade deve ser do melhor que nesta Liga anda.

Pedro Albuquerque disse...

Campeão Alemão com 1 derrota e 4 empates em em 34 jornadas.
Final da Taça da Alemanha.
Vencedor da Supertaça.
Final da Champions League.


Se isto não chega para ser Treinador do FC Porto, então não sei o que é preciso.

Pedro Albuquerque disse...

Também fiquei com essa impressão.

Pedro Albuquerque disse...

E no Grande Área falou muito bem do trabalho do VP.
Se é benfiquista não o mostra. Desde que seja profissional e queria ser campeão no FC Porto, pouco me importa.

Anónimo disse...

http://web3.cmvm.pt/sdi2004/emitentes/docs/FR45312.pdf

Pedro Ramos disse...

Parece que nao e pela nao valorizacao que o clube pode-se queixar de VP.

Silva Pereira disse...

Boa tarde,

Ninguém fala num aspeto que para mim é importante.
Quem desses possíveis treinadores é representado pelo Jorge Mendes?

Essa será a grande questão.

Silva Pereira disse...

Boa tarde,
GRANDE NOTICIA
Agora que é oficial (site do FCP) está oficializada a venda de JM por 25 M e JR por 45 M (total 70M).
Grande negócio sem conhecer pormenores para além dos referidos acima.
Como já o exprimi várias vezes e ao contrário da maioria das opiniões JM para mim não é o jogador referenciado pela maioria.
O FCP necessita de no meio campo ter um jogador da classe do DECO.
O JM e agora posso expressar sem medo o receio de ser visto como criar confusão, não tem as qualidades que um jogador na sus posição deve ter no FCP, no mínimo marcar 10 golos na liga, ter mais capacidade de desequilibrar e para mim o que mais me incomodava era o dono da bola (paradas) com uma nulidade gritante.
Que seja feliz mas parece-me que iremos ouvir falar mais de James do que JM, prevejo uma situação análoga ao HULK.
Quanto ao James pareceu-me que desde Janeiro ele já não tinha a cabeça no FCP.
Por isso tudo acho que a SAD do FCP aprendeu com os erros recentes (Guarini, Rolando, ..)

João disse...

Nem sequer vou responder como a pessoa que acha só que o Moutinho é de longe o melhor jogador da Liga Portuguesa. Com calma, ponderação e uma paciência digna de Nossa Sra. vou só perguntar-lhe... não se deveria estar a referir ao Lucho?

Miguel Correia disse...

Eu já tinha visto de quase tudo nesta vida. Agora um portista a criticar o Moutinho? É talvez o jogador mais consensual na massa adepta que passou pelo nosso clube, reconhecido inclusive pelos nossos rivais.
Enfim, há coisas incompreensíveis....

Silva Pereira disse...

Boa noite,
Agora não é importante a minha opinião sobre o que acho sobre o JM, veremos o seu trajeto noutros campeonatos. E caso me engane estarei aqui para o afirmar.
O que aprendi foi a ponderar e apensar porque foi que jogadores como Thiago Silva ou Steven Vitória (mas há mais exemplos) passaram pelo FCP e ninguém deu por eles. Será que o Mangala seria o indescutível se o paspalhão de Rolando não tivesse o ego maior que a Torre dos Clérigos ou Maicon não se lesionasse?
Por isso tudo tenho o hábito de olhar para o que fazem e não para o que dizem.
Agora entenderem que isso faz com que seja menos portista é de gargalhada. Escrevi que como profissional e isso inclui o seu comportamento como HOMEM estou grato a JM e fica na história do FCP.
Como disse o Jorge Andrade Deco dá 10-0 ao JM e como achei sempre que JM foi caro agora tiro o meu chapéu à SAD do FCP por ter conseguido ceder os direitos desportivos por 25 M.
GRANDE NEGÓCIO.
Acho que o FCP irá como sempre arranjar alguém que o substitua e fácilmente se esquecerá, aliás como aconteceu com o Hulk, ao contrário (pelo menos para mim) que não esqueci Oliveira, Gomes, Madjer, Futre, Falcão ....

Anónimo disse...

Pinto da Costa aparecer num restaurante com outro treinador que não o seu e a meio de uma época???

Para a próxima põe mais tabaco!!