sexta-feira, 12 de julho de 2013

senhor Bruno, dá licença?

(O JOGO, 12-07-2013)

Alguém me explica o que é que o FC Porto fez de ilícito, ou incorrecto, na contratação de Ghilas?

Por acaso, o FC Porto é parte integrante dos acordos verbais, ou escritos (pelos vistos mal feitos), entre o Moreirense e o sporting?

Que eu saiba, o FC Porto negociou com quem tinha de negociar – o clube que era detentor do passe (Moreirense) –, o qual não colocou qualquer objeção e, em paralelo, chegou a acordo com o jogador.

Às tantas, será que o FC Porto também tinha de pedir licença ao senhor Bruno? Por alma de quem?...

21 comentários:

Pedro disse...

Toda a falta de competência de Bruno Carvalho, e há muita em várias áreas, é sempre justificada com qualquer bacocice.

É o FC Porto, é o advogado do Bruma, é um léxico estranho nos contratos, é os tinteiros das fotocopiadoras, é a falta de inteligência dos jornalistas, etc.

Mas vindo de alguém que não pediu licença para no dia da apresentação de equipamentos e treino aberto centrar as atenções em sí em vez da equipa...

Mário Silva disse...

agora o scp já tem desculpa para não ser campeão... o fcp levou-lhe o ponta de lança... senão...

Joao Goncalves disse...

Este vale e azevedo está a acabar com o Sporting e a usar as mesmas armas que os vermelhos, ou seja... atacar o Porto seja lá no que for e baixar as calcinhas ao 5lb como já se viu o ano passado.

Pois bem, acho muito bem que o Porto lhe roube o Bruma... isso sim seria uma jogada de valor.

E além do Bruma todos os jogadores que se vão recusar a negociar com este pacóvio que não percebe nada do negócio futebol

Daniel Gonçalves disse...

O mais abjecto nas palavras de Bruno de Carvalho foi a insinuação de que o Moreirense vendeu Ghilas por um valor superior ao do valor da cláusula de rescisão, deixando no ar a ideia de que o FC Porto pagou um valor "extra", talvez por qualquer favor do Moreirense.
O "direito de preferência", se de facto existiu, de que fala Bruno de Carvalho foi estabelecido pela anterior direcção do SCP, e não se sabe qual os termos desse "direito": se era vinculativo para o Moreirense ou para o jogador; se estava estipulado que o SCP teria de cumprir com qualquer obrigação - que não foi cumprida - para ter direito de preferência por Ghilas. O que se sabe é que o "acordo" foi feito não por Bruno de Carvalho mas sim por Godinho Lopes, que o jogador nunca deu consentimento a tal acordo, que quando Ghilas soube do interesse do FC Porto não quis saber de outras propostas de clubes portugueses.
Que Inácio, enquanto treinador do Moreirense, tenha tentado motivar Ghilas para este ir para o SCP não implica qualquer acordo vinculativo para essa transferência, nem implica um direito de preferência para o SCP face a Ghilas.

Concluo que Bruno de Carvalho, desde que assumiu a presidência do scp, tem um ego desproporcionado face à sua capacidade intelectual. Julga-se uma pessoa excepcional, de capacidades raras e superiores, e imbuído de uma missão que exige dotes fenomenais que ele possui em enorme dose.

Anónimo disse...

Tirando a parte em que pagou mais de 3M por um jogador com clausula de apenas 3M não fez nada de mal....

Paulo Correia

Nightwish disse...

Mais um dirigente completamente demente. Há muitos em Portugal em lugares de poder, não sei se será um vírus.

Anónimo disse...

Que moral é que o Sporting e o seu presidente têm para criticar o Porto e PdaC. Então não foram eles que "emprestaram" o Miguel Lopes ao Lyon por um milhão, só pela primeira época, e assim não tiveram que dar os 500mil a que o FCP tinha direito. Os gajos não aprendem; foi o Futre, Inácio, F. Mendes, e agora vai ser o Bruma. Já para não falar do J. Moutinho e do Varela. O respeitinho é muito bonito.

Hugo disse...

Sugiro um post sobre a compra dos direitos televisivos dos jogos do Farense e Académico Viseu pela benfica tv e o evidente conflito de interesses que levanta

Hugo disse...

Ai sim ? Quem disse ? O novo Vale e Azevedo ?

Pyrokokus disse...

O sr Bruno anda em grande.
Até vendeu o Schaars e o Arias pelo valor das respetivas clausulas...

DC disse...

Eu nem gosto muito do Bruma e antes até nem tinha antipatia pelo Sporting, mas depois da chegada deste palhaço só desejo que lhes roubemos o puto nem que seja para o pôr a jogar na equipa B.
E ao Sporting, desejo muitas épocas fora da europa, se possível na 2ª divisão.

Mete-me nojo ver minorcas com a mania que são grandes. Compraram uma guerra, agora vão ter que a lutar até ao fim (e quando digo fim, provavelmente é o fim do Sporting).

JOSE LIMA disse...

Caro Hugo
A aldrabice é que o SLB/Clube, sócio maioritário da Benfica TV, “transferiu” para o “outro sócio” o SLB/SAD, a totalidade da sua participação na sociedade. Referi-me a isso, há dias, numa crónica intitulada “Comigo o Benfica Voltou Aos Anos 60/70” que pode ver num blogue onde colaboro http://misticaazulebranca.blogspot.pt/
Ou seja: quem negoceia agora os contractos daquele canal é uma SAD (Sociedade Anónima Desportiva) que, embora detida pelo Benfica/Clube, juridicamente é como se fosse outra entidade, pese embora, no objecto social desta SAD não constar nada relativo a essa função de operador.
Mas, já sabemos, “eles fazem sempre a coisa por outro lado”. Só ainda não resolveram o problema do Passivo. Qualquer dia a Isabelinha dos Santos vem por aí acima e compra aquela porcaria toda.
Quanto ao Jackson, e ao Ghilas, não há problema nenhum. Já não estou tão certo que no caso Bruma, o Zbórden tenha razão. Se, efectivamente a "extensão" do contracto, foi feito na forma de um aditamento ao contracto anterior, e não num novo contracto,um ano depois, adeus Maria Alice. É batota.
Abraço

Joao Goncalves disse...

e a Reflexão não terá de pedir autorização ao Sr. Bruno para isso?

Bluesky disse...

Antigamente no tempo do preto e branco faziam-se grandes filmes, com bons argumentos porém com interpretes canastrões, como o caso de Psycho de Alfred Hitchcock para mencionar o mais célebere dos filmes. Anos mais tarde com uma nova geração de artistas, mais espontanea e menos representativa, os remakes surgiram ganhando em tecnologia, mas perdendo algo da sua aurea...
No futebol da 2ª circular é exatamente o contrário... os remakes são a preto e branco, os artistas uns autênticos canastrões e não conseguiram ler fielmente o guião original!
Tou mesmo a ver este bruninho a ser corrido do esportém à biqueirada...
Mas uma coisa é certa; é de gente assim que necessitamos para nos mantermos no topo! No dia em que aparecer um gajo sério e competente aí já teremos com que nos preocupar...

Pedro disse...

Suponho que o Paulo tenha os detalhes do contrato? Queira partilhar com o resto do povo. Se não tem... fique calado.

Luís Sousa disse...

Este Bruno de Carvalho é o expoente máximo da calimerice sportinguista.
Para se tentar afirmar no futebol, e tentar esconder a sua incompetência, sempre que pode tenta mandar uma farpas e levantar suspeitas contra o FCPorto. Já se sabe que é meio caminho andado para cair nas boas graças da imprensa lisboeta.

João disse...

Sei que é um bocado off-topic, mas não se começa a saber de mais sobre as transferências do Porto? Antes era no dia ou na hora, até dava para ter surpresas na apresentação, algumas delas, enfim.. mas havia sigilo. Com o Ghilas e Quintero foi quase um minuto-a-minuto da contratação durante a semana anterior. O clube está interessado, presidente confirma negociações, jogador agradado com a possibilidade, está ali mas viaja dia X para assinar, já está no aerporto, afinal apanhou trânsito..

Pode ser impressão minha, mas parece-me que se sabe sempre mais que o recomendável, o que pode ser prejudicial às negociações e dar espaço a "desvios" e "inflações" de última hora. Antes que os his masters voice tenham um colapso, não estou a acusar a direcção de nada, calculo que uma boa parte da culpa seja atribuível às novas tecnologias de informação, redes sociais e afins. Mas acho que devíamos tentar minimizar isso dentro do possível.

Silva Pereira disse...

Boa tarde,

Como já o expressei (bem como boa gente) este tipo faz-me lembrar o Vale Azevedo, sabe como agragar os pasquins e suas tropas não há nada como atacar o FCP e seus dirigentes, basta ver como o rascord, a bolha dão relevo e aplaudem.
Parece-me que estes gatinhos estão em vias de se tornar um Belenenses e assim estará realizado o sonho dos chifrudos, ficarem a reinar na capital do império.

Já agora dado que se cumpriu um dos meus desejos aquisição de Quintero e face a todo este circo montado em redor de Bruma que ele viesse para o FCP e dar expressão aos desjos dos mouros

Anónimo disse...

Atenção que a cláusula de rescisão só pode ser ativada com dinheiro na mão. Se for feito um acordo de pagamento distendido no tempo, o valor da cláusula não tem nada que ser chamado. Como aliás, liquidez a curto prazo não deve ser algo que aconteça muito no futebol português, é normal que não se pague na hora.

Amphy

Daniel Gonçalves disse...

O caso começa a ser esclarecido, um dirigente do Moreirense já disse à Rádio Renascença que nunca existiu um "acordo" com o SCP para a transferência, portanto o tal "direito de preferência" deve ter sido uma mera troca de palavras - não vinculativas - entre dirigentes dos 2 clubes, em que os dirigentes sportinguistas manifestaram interesse no jogador.
O SCP já com Bruno de Carvalho na presidência não tentou, talvez por motivos financeiros, comprar Ghilas, ora apareceu o FC Porto e contratou o jogador ao Moreirense.
Bruno de Carvalho sabendo que não conseguia - por indisponibilidade financeira podemos agora especular - comprar Ghilas, esperou para aparecer outro comprador e fazer-se de vítima e alegando que o SCP tinha sido desrespeitado, quando no íntimo sabia perfeitamente que a culpa por não ter conseguido contratar o jogador era unicamente sua e do SCP. Preferiu a saída demagógica: atirar a culpa pela não contratação para terceiros, e aparecer imaculado face aos sportinguistas alegando que o SCP - e ele próprio - foi desrespeitado em todo este processo.

Médio Ofensivo disse...

A moral não faz parte do mundo do futebol, por isso não, nada de errado se passou.