segunda-feira, 26 de agosto de 2013

7 A's na equipa B

FC Porto B x Penafiel (fonte: www.fcporto.pt)

Fucile, Reyes, Herrera, Tiago Rodrigues, Carlos Eduardo, Ricardo e Kelvin foram os sete jogadores da equipa principal que hoje jogaram em Pedroso, pela equipa B, na recepção ao co-líder Penafiel.

Já o disse e repito, sou defensor deste tipo de circulação de jogadores entre a equipa principal e a equipa B, nomeadamente para jogadores que precisam de minutos nas pernas para ganhar ritmo de jogo e/ou para serem testados em novas posições.

Por exemplo, hoje foi possível ver Reyes jogar pela primeira vez durante 90 minutos (precisa de jogar mais vezes), bem como, a partir dos 55', Fucile a mudar de flanco, jogando a defesa-esquerdo até ao final do desafio, e Ricardo a recuar no terreno, sendo novamente testado na posição de lateral-direito.
Na minha opinião, Ricardo foi mesmo o melhor dos A's e, como lateral-direito, teve momentos em que me fez recordar o Bosingwa dos bons tempos.

FC Porto B x Penafiel, Ricardo (fonte: www.fcporto.pt)

Herrera, tal como Reyes, não foram brilhantes, mas quero acreditar que tal é devido a continuarem no seu processo de adaptação ao futebol português. E, nesse aspecto, nada como jogarem contra equipas como este Penafiel, cheia de jogadores experientes (ia dizer matreiros...) e cujos treinadores, quando enfrentam o FC Porto, apostam em tácticas de autocarros de dois andares.

Kelvin teve lampejos de genialidade, mas falta-lhe ser mais consequente e ter continuidade ao longo dos 90 minutos, de modo a convencer Paulo Fonseca (que assistiu ao jogo) a dar-lhe oportunidades na equipa principal.

FC Porto B x Penafiel, Kelvin (fonte: www.fcporto.pt)

Dois apontamentos finais: Quiño ficou no banco em detrimento de Rafa (que ainda é Sub-19), mas Mauro Caballero nem isso. Um pouco surpreendentemente, nesta altura, para a posição de ponta-de-lança, Luís Castro está a apostar mais em André Silva (Sub-19) do que no avançado paraguaio.
Convém recordar que, em conjunto, Quiño e Caballero custaram à FC Porto SAD cerca de 3 milhões de euros...

42 comentários:

Anónimo disse...

Atenção que o Caballero tem potencial mas apenas só 18 anos !!!!!!

E alguém tem que ensinar-lhe alguns movimentos pois no PARAGUAI JOGAVA NUM SISTEMA BEM DIFERENTE.

DC disse...

Gostei do Reyes e o Ricardo realmente esteve muito bem.
Agora não sei é qual foi a ideia do Luis Castro de jogar sem ponta-de-lança dando 60 minutos de avanço. É que fala na aposta no André mas isso foi só como suplente.

Se não havia ponta-de-lança decente na B levasse o Ghilas que também deve estar a precisar de jogar.

Anónimo disse...

Sinceramente, tanto o Caballero como o Quino, parecem muito muito fraquinhos, o avançado é completamente inconsequente... E gostei mais de ver o Victor Luís (def. esquerdo) no ano passado.

M. Pinheiro

João disse...

Achei que o Herrera esteve bastante bem, principalmente por comparação com a exibição em Aveiro. E geralmente quando erra, é por tentar assumir o jogo e queimar linhas com passes mais longos. Continuo a achar que tem todas as condições para conseguir um lugar no 11 principal ainda esta época. Falta-lhe entrosamento e rotinas de futebol europeu. Porque o resto está lá, não tenho dúvidas.

Quanto aos restantes, acho que o Carlos Eduardo esteve bastante bem, já a mostrar evolução a jogar numa posição mais recuada. Contei pelo menos 2 recuperações impecáveis. Quando peca é muito pelo mesmo motivo que o Herrera. O Reyes teve lá uma ou duas falhas de marcação mas esteve globalmente bem e o Kelvin achei que esteve muito aquém. Fucile fez o que sabe e pode contra um adversário muito atento às suas subidas e o Ricardo terá sido para mim o melhor em campo. Muito bem no ataque, melhor quando recuou para lateral.

Os putos estiveram fraquinhos. Tozé conseguiu ser mais inconsequente que o Kelvin, Tiago Ferreira já esteve melhor mas volta e meia continua a definir mal (lances em que tem vários colegas à volta e cabeceia para a frente ou para lançamento lateral desnecessariamente são mato), André Silva e Vion entraram bem, Ivo foi um completo desastre.

Ah, falta o Rafa. Julgo que terá sido a sua estreia, fora um ou outro lance em que foi comido, esteve bastante bem. Emprestem o Quiño e entreguem a ala ao miúdo que ele safasse.

Pedro Ramos disse...

Eu também sou favor desta utilizaçao dos jogadores, o meu único receio é que alguns possam ficar "queimados" aos olhos dos adeptos por causa destes jogos, que muitas vezes mesmos sem verem os jogos, logo os criticam porque a equipa nao goleou um qualquer adversário da 2º divisao.

Sobre Caballero, nao me surpreende, pelo que nao tenho visto dele.

Joao Goncalves disse...

Em relação ao valor pago pelo Quinõ e pelo Caballero não podemos ser hipócritas não achas?

Não podemos andar sempre a dizer que a Formação não serve para nada e quando começa um André Silva, um Rafa ou um Ivo a ter oportunidades, começarmos a criticar os que custaram 3M...

De qualquer maneira acho este trabalho de A<->B salutar mas penso que temos mesmo que emagrecer este plantel.

Ter 7 A's nos B's e mesmo assim não vieram todos (Ghilas, Fabiano, Borat, Abdoulaye e Izmailov) - e o Varela está lesionado - é demasiada gente com demasiadas espectactivas e para mais, corta as possibilidades de Rafas, Andres Silva e Ivos, entre outros, de poderem dar uma perninha na A.

Penso que Quinõ, Abdoulaye, Fabiano/Borat (um deles), Tiago Rodrigues, Iturbe/Kelvin(um deles) deveriam ser emprestados o mais rápido possivel e a estes juntava o Seri.

Razões:
- Não faz sentido ter Quinõ quando se tem Rafa para evoluir...
- Não faz sentido ter 5 centrais no plantel A e mesmo que Mangala ou Otamendi saiam até final desta janela de transferências, temos sempre Tiago Ferreira como 4º Central e convenhamos que o 4º Central pouco ou nada joga.
- Já temos Kadu para 3º GR e está a mostrar qualidade por isso não precisamos de 2 abancados com aquele potencial.
- O Tiago é óbvio... mesmo com a Saída de Castro anda ali demasiada gente suplente... Herrera, Carlos Eduardo e Quintero são + que suficientes (e ainda podem jogar lá o Josué e Ismailov se for preciso), para além de ainda termos o Tozé.
- Os Extremos temos a mais com qualidade "duvidosa"... se aos 3 clássicos extremos de inicio de época (Varela, Licá, Josué) juntarmos Quintero e Izmailov e mesmo o Carlos Eduardo, penso estarem criadas as condições para não termos espaço para Iturbe e Kelvin ficarem e a ficarem só mesmo um deles e mesmo que o Varela saia, penso que não muda nas alas para os jovens que claramente precisam de jogar com regularidade. Empréstimo a uma equipa da Superliga Portuguesa seria o ideal, contudo Espanha ou Itália também não seria mau de todo.
- O Seri tem qualidade mas com tantos médios da A a necessitarem de jogar é empresta-lo a uma equipa da Superliga, mesmo que seja do fim da tabela, para ver se tem ou não qualidade.

Diego Oliveira disse...

E um post sobre o Mágico, não se arranja? (Se a demora se deve a fazer um post bem compostinho, então está tudo perdoado)

Anónimo disse...

Naturalmente, o que pode ser considerado estranho não é a titularidadede dois excelentes jogadores (Rafa e André Silva) mas o investimente elevado em dois jogadores que o serão menos (excelentes).
Continuo sem perceber a razão pela qual os Pachachucas deste mundo terão melhor escola de formação que o FC Porto. :-)

José Correia disse...

fala na aposta no André mas isso foi só como suplente

Certo, mas já em Portimão quem jogou foi o André Silva.

José Correia disse...

Continuo a achar que tem todas as condições para conseguir um lugar no 11 principal ainda esta época

Eu também acredito que um jogador como o Herrera, depois de devidamente integrado e adaptado ao futebol português, tem todas as condições para ser titular. Falta saber em que posição (Nº 6? Nº 8?) e no lugar de quem (Fernando? Defour?).

José Correia disse...

Não podemos andar sempre a dizer que a Formação não serve para nada e quando começa um André Silva, um Rafa ou um Ivo a ter oportunidades, começarmos a criticar os que custaram 3M...

A questão é outra.
Para quê gastar cerca de 3M em dois jogadores, se depois nem sequer servem para jogar na equipa B?

João disse...

Defour, sem qualquer tipo de dúvida.

Anónimo disse...

Acho que o Izmaylov não vai ter muito espaço este ano e assim sendo se fosse possível colocarem-no em algum clube russo ou árabe, era positivo. É que deve ser dos que mais ganha no plantel e o rendimento não é nem de perto nem de longe correspondente.

Para além que para ele ficar e não jogar se acaba por tirar o lugar a outros que mais vezes dizem presente e precisam de espaço para evoluir.

Joao Goncalves disse...

José,

Quando o Caballero e o Quinõ foram comprados o Rafa e o André tinham 16 anos...

Para mais tanto o Caballero como o Quinõ já jogaram, aliás o Quinõ fez todos os jogos da B à excepção deste e não teve mal e o Caballero fez os dois primeiros e não jogou estes 2 últimos. Num campeonato com tantos jogos é espectável que assim o seja mas que estou contente que estes 3 jogadores da nossa formação comecem a mostrar o que valem estou no entanto é ainda demasiado cedo seja para que tipo de avaliação for.

O André está ainda demasiado precipitado... o Rafa está preso e com medo de arriscar e o Ivo ainda a encontrar a confiança necessária para jogar ao lado dos jogadores que anda a jogar.

O Tomás, que é outro jogador que também espero muito, também jogou na Quarta e não foi aquilo pêndulo constante que costuma ser nos jogos que vi do mundial e mesmo dos Juniores.

Vamos esperar para ver...

P.S.: Confesso que pelo que vi do Caballero até agora, ainda não percebi o porque de o termos ido buscar.

Joao Goncalves disse...

Em relação ao Izmaylov anónimo, perfeitamente de acordo... não me parece ter espaço neste plantel mas é um jogador feito e com experiência e que pode ser importante, para além de poder jogar nas alas ou no centro.

Se o temos sob contrato temos de aproveitar... senão é manda-lo para um desses países mas sempre lembrando que só temos metade do passe.

Joao Goncalves disse...

19 anos e não 18... e se tem potencial tem de começara mostra-lo pois está mais do que na hora.

Joao Goncalves disse...

DC,

Jogou sem PL porque os A's precisam de ritmo de jogo só por isso.

Joao Goncalves disse...

O Victor Luis foi despachado por não saber defender... era um buraco autentico.

O Quinõ é um lateral ofensivo com qualidade mas algo macio a defender.

O Caballero é que está a demorar a mostrar o que vale.

A DD é que temos o Victor Garcia que é um jogador que estou a gostar de ver... falta-lhe maior discernimento quando confrontado com um adversário directo quando está no ataque mas é muito bom defensivamente e dá muita profundidade ao flanco(muito melhor que o David Bruno)

DC disse...

Tudo bem, mas com isso deu 60 minutos de avanço e acabou por empatar o jogo. Bastava que 1 dos As tivesse ficado no banco e a táctica teria sido muito mais coerente.

João disse...

Muito melhor que o David Bruno não é dizer muito mas sim, o Victor García parece ter potencial e precisa efectivamente de melhorar o 1v1.

DC disse...

O Rafa e o André têm idade de júnior! Vamos ter calma, não queiram dar os passos todos duma vez.

Além disso parece-me que muito boa gente se anda a esquecer da excelente exibição do Quino na equipa A no ano passado.

João disse...

Caballero sempre me pareceu não ser a melhor solução para jogar completamente sozinho na frente. Mas tem qualidade.

DC disse...

Já sei que normalmente se gosta de bater muito nos estrangeiros, mas onde é que o Rafa provou ser melhor que o Quino?

Foi nestes dois meios jogos que fez? Então é um jogador fabuloso que em cerca de 90 minutos convence toda a gente!

E não me venham com a selecção sub-20 porque aí o Quino tem um currículo bem melhor!

Joao Goncalves disse...

Sim mas não podes deixar um dos A's no Banco não é?

Já é mau o suficiente eles jogarem pela B quanto mais deixa-los no banco... isso era mesmo acabar com a motivação dos jogadores que lá vão jogar.

Podia era ter metido o Ricardo a DD e o Fucile na esquerda.

Contudo, o André entrou e a equipa não demonstrou grande diferença na abordagem à defesa do Penafiel... pareceu-me que o campo era pequeno demais para tento jogador a jogar de vermelho

Joao Goncalves disse...

DC,

é para isso que serve a equipa B... para não dar os passos todos de uma vez.

E ter calma no quê? Basta olhares para Inglaterra e veres os campos cheios de jogadores de 17 anos a estrearem-se pelas equipa da Premier League, sendo que a maior parte deles vingam mesmo no futebol de primeira categoria.

Este medo de apostar nos jovens porque se podem partir, não tem sentido nenhum.

Quinõ não fez uma boa exibição... fez uma exibição regular e competente que é diferente.

Joao Goncalves disse...

Em relação ao Caballero, concordo com o João e acrescento... tendo em conta o nosso modelo de jogo será que não o poderíamos testar como falso ala à Derlei?

Joao Goncalves disse...

O Rafa não provou ser melhor que o Quinõ assim como o Quinõ não provou ser melhor que o Rafa...

Agora não se pode manter os dois jogadores daquele potencial real na mesma equipa para evoluírem ambos daí o Quinõ dever ser emprestado para uma Equipa do escalão principal para ver se tem estaleca pois com 21 anos já está na altura de a ter e deixar o Rafa na equipa B a crescer controladamente.

José Correia disse...

Independentemente da valia do André Silva e de ser um jogador promissor (já ouvi quem o comparasse ao Fernando Gomes), parece-me que, nesta altura, faria mais sentido haver uma aposta clara no Mauro Caballero, quanto mais não fosse para ser tomada uma decisão em relação ao futuro deste avançado/ponta-de-lança paraguaio.

José Correia disse...

Falta saber se o Fernando continua ou se é transferido antes do mercado encerrar (dia 2 de Setembro).

José Rodrigues disse...

Ja' agora e mais especificamente, Quinones custou 2,1M e Caballero custou 1,5M.

João disse...

Se o Fernando sair, acho que Danilo ou Reyes seriam opções mais adequadas para testar ali. Ficar sem um único médio objectivamente de recuperação não me parece grande ideia.

João disse...

Também gostei muito da exibição do Quino pela A. Tendo em conta que era a estreia no 11 principal, pareceu-me uns largos furos acima de "regular"

HULK 11M disse...

Porque na época passada fui um dos que bateu forte e feio no fracassado "projecto equipa B", fico agora feliz por estarmos aqui a discutir outro tipo de problemas e dou os parabéns à "estrutura" por ter rectificado o caminho...
... Ou será que mais uma vez se corrigiu o fracasso com a intervenção de PdC? É que, vendo o Presidente tão presente, embora também na época passada fosse visto com frequência a assistir aos jogos, dá a ideia que, mais uma vez, PdC está ali para corrigir erros de outros...
Fico preocupado...

DC disse...

O Quino jogou na equipa principal na época passada e fê-lo muitíssimo bem. Não provou ser melhor que o Rafa nem o Alex Sandro provou, pela simples razão de que ninguém sabe o que o Rafa vale porque é um puto com idade de júnior.

O Porto tem que ter dois jogadores no mínimo por posição na equipa B. Um deles um jovem como o Quino e outro um júnior parece-me mais que razoável.
Caso Quino jogue muitas vezes o Rafa pode sempre jogar pelos júniores. E enquanto estiver com o Bs está a aprender, mesmo que não jogue.

DC disse...

"E ter calma no quê? Basta olhares para Inglaterra e veres os campos cheios de jogadores de 17 anos a estrearem-se pelas equipa da Premier League, sendo que a maior parte deles vingam mesmo no futebol de primeira categoria."

Foi logo buscar um país ridículo no que toca a formação para dar o exemplo. Não considero que estejam as coisas propriamente relacionadas mas basta olhar para a selecção inglesa para ver a miséria que por lá anda. Ou olhar para essas eternas promessas como o Walcott e ver o que evoluiram eles nos últimos anos, dando o salto demasiado cedo.

Quanto ao Quino foi bem mais que regular, bem mais!

DC disse...

Não posso? Mas o banco tem espetos para os A é?
Qual é o problema de, por exemplo, o Herrera fazer 45min e na segunda parte sair para fazer o Carlos Eduardo 45?

"Já é mau o suficiente eles jogarem pela B quanto mais deixa-los no banco..."

São estas declarações que a direcção do Porto quer contrariar com o projecto da equipa B.

meirelesportuense disse...

Eu penso que o Rafa tem mais qualidade, até porque vi muitos jogos da equipa de juniores da época passada, era o melhor, o mais consistente da equipa e foi decisivo em muitas dessas partidas.
Quiño é ou será um ala interessante, mas não parece ser um bom defesa, deixa passar tudo o que mexe na sua área...Vi os jogos anteriores da B e constatei isso.Então no jogo anterior em que práticamente jogaram só Bs puros, foi de sofrimento.
Quanto ao Caballero não vi nada de especial, mesmo nada...Pensei que estivesse à experiência.
Dos júniores que ontem jogaram para mim o Ivo tem enorme potencialidade.Faz-me lembrar um certo "menino" que joga no Chelsea.
Kadú é bom.
Não queiram dispensar o Tiago, ontem foi o que mais mexeu e rematou na linha média.O Ricardo na ofensiva esteve bem, na defesa perdeu-se e com isso perdeu a equipa.A partir do momento em que ele baixou, nunca mais conseguimos entrar na defesa do Penafiel.Kelvin voltou à fase anterior, embora me pareça mais colaborante e solidário.
Herrera e Reyes estão em banho-maria.Reyes ontem mostrou qualidade -teve uma falha incrível na segunda parte, mas perdoo-lhe- e Herrera andou um pouco perdido posicionalmente.É nitidamente um médio defensivo.Tozé é um Moutinho em potência.

Joao Goncalves disse...

Oh DC

Quando os jogadores são contratados para o FCP não assinam para jogar pelo FCP B e na segunda liga não é?

Se assim fosse, Herrera, Reyes, etc... não assinavam contrato e não vinham para cá.

Dito isto, seria uma abuso e uma falta de respeito por jogadores que foram contratados para jogar no Campeão Nacional, Champions League, 1ª Divisão, etc... nem sequer na equipa B serem titulares.

Se quer matar os jogadores psicologicamente isso é problema seu mas a estrutura sabe muito bem como as coisas funcionam e não o fará nem hoje nem nunca e com toda a razão do mundo.

João disse...

O campo era pequeno para tanto jogador de vermelho porque o Penafiel defendeu muito bem, incursões na área com remate lembro-me de duas do Kelvin e julgo que foi só isso.

Têm zero golos sofridos em jogos oficiais e são capazes de manter a marca por algum tempo.

João disse...

Tozé e Ivo ontem foram zero.

José Correia disse...

«Só Paulo Fonseca poderá dizer se foi um acaso ou uma decisão premeditada. Alex Sandro terminou em dificuldades o jogo de domingo e, na segunda-feira, Fucile já atuava como defesa-esquerdo no compromisso do FCPorto B diante do Penafiel, na 4.ª jornada da 2.ª Liga.
À hora em que o desafio teve início, o técnico já sabia dos problemas físicos que tanto o brasileiro como Mangala enfrentavam, pelo que a decisão de Fucile disputar quase toda a segunda parte – 35 minutos – no flanco esquerdo da defesa não deverá ter sido fortuita. É que o uruguaio, de 28 anos, é o principal candidato a ocupar a vaga deixada em aberto por Alex Sandro, assim o lateral não recupere a tempo da viagem a Felgueiras. Com Quiñones em pleno na equipa B, é o número 5 dos azuis e brancos quem está de prevenção para ocupar um posto que, de resto, bem conhece, uma vez que atuou em diversas ocasiões como lateral-esquerdo durante a sua primeira passagem pelo FC Porto, até com a fiabilidade reconhecida.»
in record.pt

DC disse...

Ainda bem que o João Gonçalves sabe o que a estrutura vai fazer durante o resto da época, olhe eu não sei.