sexta-feira, 9 de agosto de 2013

As famosas cláusulas de rescisão e Jackson

As cláusulas de rescisão voltam a estar na ribalta, quando se vêem rumores na comunicação social de que há ofertas pelo Jackson que muito se aproximam da dita-cuja. Vejo vários portistas resignados que se alguém oferecer os 40M pelo Jackson e ele quiser ir, não podemos fazer nada, e ele está preso por um fio.

No entanto há um «pormaior» de que quase toda a gente se esquece, pelo que tenho visto... a cláusula de rescisão tem dois pormenores fundamentais: não só o montante, como o prazo de pagamento

Obviamente. É que se o prazo de pagamento ficasse à discrição do comprador, oferecia-me já eu para comprar o passe do Jackson pagando 10 euros/ano nos próximos 30 anos e o resto em 2043... 

Ora a regra geral é que está estipulado que o montante terá que ser pago A PRONTO E NA TOTALIDADE. Naturalmente, já que a cláusula de rescisão é apenas um mecanismo de segurança para o clube, sendo estabelecidas condições que se sabe serem muito difíceis de serem preenchidas (se bem que também já vi isto a ser usado como manobra de propaganda barata, como no célebre caso dos 90M por um certo angolano...). Por isso mesmo é muito raro que as cláusulas sejam «batidas» (mesmo quando o montante foi atingido), havendo sempre ou quase negociação com o clube.

Tanto quanto sei é também o caso do Jackson. Sendo assim acho extremamente improvável que alguém tenha a vontade e as condições para pagar já 40M de uma assentada pelo Jackson (começando pelo Nápoles). E parece-me que não temos o mínimo interesse em negociar a sua venda (este ano...), por isso se fosse a SAD não perdia um segundo com negociações, passando a mensagem de que não é para vender (já) e quem quiser levá-lo que deposite o dinheiro no banco primeiro.

Ah, e a vontade do jogador? Bem, pelo que li Jackson diz estar bem no FCP por isso não me parece que fique muito contrariado (mesmo que até preferisse sair). Mas mesmo que ficasse, eu seria totalmente intransigente neste caso já que:

1) Só está há um ano no FCP
2) Tem contrato por ainda mais 3 épocas
3) É a pedra mais fundamental do FCP neste momento
4) Estamos apertados de dinheiro mas deve dar para aguentar algum tempo - e mesmo que não dê, é de longe preferível vender um dos centrais (Mangala incluído, se a oferta for mesmo muito boa)
5) Mesmo que tivesse a tentação de fazer fretes ou birrinhas, não me parece que Jackson o fosse fazer em ano de Mundial e com tantos anos de contrato pela frente

17 comentários:

José Rodrigues disse...

Quero pedir aqui desculpa a 2 ou 3 leitores (salvo erro DC, Silva Pereira e outro) porque apaguei por engano os comentários deles a este artigo. E nao tenho forma de os recuperar, as minhas sinceras desculpas.

Miguel Lourenço Pereira disse...

Aliás, segundo tenho por informação, a cláusula de rescisão é paga pelo jogador e não pelo clube. O clube dá o dinheiro ao jogador e é este que tem de depositar o valor da cláusula.

Foi o que sucedeu com o Javi Martinez, por quem o Bayern pagou a cláusula de 40 milhões ao Athletic Bilbao no ano passado!

Luchugo disse...

Como dizia o outro: "Cláusulas, Schmáusulas..."

DC disse...

Sem problema.
Dizia apenas que concordava com quase tudo excepto não estar tão certo do Nápoles não pagar os 40M a pronto tendo em conta o dinheiro que recebeu pelo Cavani e o presidente "meio maluco".

Já agora um pequeno off-topic: Iturbe fora da convocatória para a Supertaça. Estou expectante pelas reacções a esta decisão e à possível dispensa do miúdo, já que pelo que li de tanta gente, ele só não era um jogador importante por causa do treinador que não sabia aproveitar os jovens.

Joaquim Lima disse...

José Rodrigues, falta acrescentar que o Porto está a negociar a renovação e, consequente, melhoria salarial do Jackson Martinez.

Portanto, se ninguém quiser pagar os 40M a pronto e o facto do jogador ter em mão uma proposta de melhoria do ordenado, não vejo razões para ele ficar chateado.

Anónimo disse...

Quantos jogadores saíram do FCP pelo valor da cláusula de rescisão? Bastantes.
Quantos jogadores saíram pelo valor da cláusula a pronto pagamento? Nenhum.

Espero que isto abra o debate.

MT

meirelesportuense disse...

Não creio que o Porto esteja necessitado, já esquecemos as vendas de Moutinho e James?...Em Portugal parece-me que os rivais até agora só compraram...Portanto se alguém sair e o fizer pelo valor da cláusula, o que há a fazer é adquirir outro jogador para o substituir...

Silva Pereira disse...

Boa tarde,

Sem problema.

Resumidamente acrescentava que a cláusula de rescisão tem algumas particularidades.
Desde logo se o jogador tiver mais de 27 anos e se tiver cumprido pelo menos 3, a menos de 2 anos para o seu términus, poderá o jogador rescindir o contrato pelo valor dos salários.
Ex: JM faz 27 anos em Outubro se tivesse o seu contrato nas premissas descritas poderia em Jan 2014 sair pagando os 20 meses de salários (sem prémios)
Por isso é que os clubes vão renovando sucessivamente os contratos muito antes.

Anónimo disse...

Uma hipotética saída de Rooney abria a porta para entrada no Man. Utd....Sinceramente não vejo o Napoli contratar -lo, teria pelo menos propor o mesmo que fez ao Real M. pelo Higuain.
Não sou adivinho ,mas acredito que pelo menos um jogador importante vai ser transferido não por necessidades financeiras,mas pela força do mercado

Pedro Albuquerque disse...

DC, recebeu 64 milhões, mas entretanto já gastou 77 milhões.

Pedro Albuquerque disse...

A Lei Webster é para contratos assinados antes dos 28 anos. O jogador pode rescindir um contrato 3 anos após assinar esse mesmo contrato, ou 2 anos se tiver mais de 28 anos.

Isso nunca aconteceria com o Moutinho pois ainda não tinha passado os 3 anos desde o último contrato.

Miguel Lourenço Pereira disse...

Higuain, Albiol, Callejon, Meertens, renovação do Zuniga e Hamsik com pagamento de prémio chorudo. Esse dinheiro já voou todo!

miguel87 disse...

O Napoles é apenas uma possibilidade, mas o mercado ainda está longe do fecho e há jogadores com posição indefinida nos seus cubes como Rooney, Suarez, Lewandowski ou Torres que podem pôr o Jackson na mira de muitos clubes ricos.
Não me acredito que, havendo ofertas, por pouco mais de 30 milhões o Porto recuse vender.

Miguel Lourenço Pereira disse...

Quantos jogadores se disse que sairam pela cláusula?
Quantos sairam efectivamente?

Não é o mesmo pagar o valor da cláusula (uma operação que pode incluir prémios, pagamentos em distintas modalidades, comissões, etc) do que é pagar a cláusula. Pagar a cláusula significa sempre o jogador depositar o dinheiro no dia para ficar livre e assinar pelo novo clube. Tem implicações fiscais. Agora se um clube paga o valor que está na cláusula mas a operação é registada como venda, sem mais, as implicações são distintas.

O FCP pode vender um jogador cuja cláusula sejam 30 milhões por 30 milhões sem que o faça forçando o comprador a bater com o dinheiro na mesa. Foi o que passou com o Thiago. O Bayern pagou mais do que o valor da cláusula porque se o Thiago tivesse de depositar a cláusula, teria de pagar 5 milhões de euros de IVA. Assim os clubes, amigavelmente, concordaram em aumentar em 3 milhões de euros o valor da operação em relação à cláusula!

Joao Goncalves disse...

E o que aconteceu com O AVB...

Joao Goncalves disse...

Sinceramente acho que ainda falta é muito para o fecho do mercado...

Acredito que o Jackson renove para uma clausula de 55/60M€, mas se aparecer mum clube a pagar 50M€ ou mesmo 45M€, mesmo que seja em 4 ou 5 tranches, o jogador marcha e o Ghilas tem de dar ao litro.

É o ideal? Não... mas é muito dinheiro.

A mesma coisa é com o Mangala... se o Monaco avançar mesmo com os 45M€ mesmo que seja a 3 anos, o Porto aceita e tem mais é que aceitar mesmo, pois o Reyes está aì não é só para aquecer a bancada.

Fernando B. disse...

Seria aconselhável que as Instancias do Futebol Europeu e Mundial, moralizassem um pouco isto das Clausulas...
Nem é com o nosso FCP que faço este raciocinio...mas, o scp pagava 1.500€ ao Bruma, com uma Clausula de 40 M€ !!! Agora contrataram um perneta qualquer e o menino Bruno ( alguém sabe se veio duma das Jotinhas cá do pedaço?), gabou muito a clausula ser de 6oM€ !!!
Apenas um a palavra sobre o Jackson... Familiares meus são amigos dele que dizem ser pessoa muito correta e cortez.. Eu sei eu sei... Milhões são milhões... e a tentação...(acabo de ler no Expresso a compra de Acções do BPN pelo nosso Ministro Rui...não percam, falem lá dos futeboleiros!!!)