sexta-feira, 23 de agosto de 2013

Em defesa de Miguel Sousa Tavares

A antipatia de Miguel Sousa Tavares (MST) por Vítor Pereira é notória, e eu em grande parte partilho dela. Por outro lado, o meu colega de blogue José Correia, homem que procura ser justo, sente-se na necessidade de defender o Pereira dos ataques de MST, alguns deles, concordo, perfeitamente descabelados.

Mas eu acho que MST é um elemento portista fulcral na comunicação social. E, por isso aqui deixo de novo um artigo que sobre ele publiquei a 28 de Fevereiro de 2009:

http://www.reflexaoportista.pt/2009/02/o-indomito-cruzado.html

.............

O Indómito Cruzado

"É mais difícil ser portista em Lisboa que muçulmano na Bósnia-Herzegovina"



É uma espécie de homem dos sete ofícios: advogado de formação, jornalista, comentador político, escritor, agora até actor – segundo creio, no papel do seu bisavô o 4º Conde de Mafra, D. Tomás de Mello Breyner, na serialização televisiva do seu romance “Equador” – e comentador portista do fenómeno futebolístico, coisa distinta de comentador de futebol, área reservada para iniciados, especialmente daqueles que conseguem ver coisas num jogo de futebol das quais nem os próprios treinadores das equipas em liça suspeitam.

Mas se os seus comentários políticos, embora de grande independência, se não distinguem pela subtileza, e se os seus romances ficam aquém dos dotes literários de sua mãe – como actor ignoro as suas qualidades - já como “comentador portista” Miguel Andresen Sousa Tavares, que viu a luz do dia na Invicta a 25 de Junho de 1950, tem-se distinguido pela acutilância e pela combatividade dignos de um filho do destemido político, jornalista e polemista Francisco Sousa Tavares.

Instalado por trás das “linhas inimigas” e sempre com a mira bem assestada à ignomínia e à desvergonha adversárias, este autêntico guerrilheiro azul-branco é na actualidade o maior defensor do F.C.Porto junto da opinião pública. Quer se trate do Apito Dourado ou sua versão sucedânea o Apito Final, das lágrimas de crocodilo de adeptos ou dirigentes da dupla da capital, ou simplesmente da vulgar discussão semanal acerca de off-sides e penalties – labirinto em que se perde grande parte da discussão futebolística em Portugal – Miguel Sousa Tavares lá está, à 3ª feira, de dentro de um dos principais redutos inimigos, pronto a pôr os pontos nos “ii” e a desmascarar a vilania e a hipocrisia.

Como herdou do pai um extraordinário espírito de independência, Miguel Sousa Tavares junta à impiedosa crítica do adversário uns remoques àquilo de que discorda na condução dos destinos do F.C. Porto, o que já lhe tem valido incompreensão e censura. Infelizmente, para alguns portistas o adepto “perfeito” do FCP, além de se atirar devidamente a “mouros” e quejandos, deve enaltecer tudo o que provém do clube e nunca nada criticar, especialmente se essas críticas podem ser lidas ou ouvidas por ouvidos inimigos.

Só que Miguel Sousa Tavares vem por atacado e não a retalho: se queremos ouvir a sua voz, tanto mais respeitada quanto a sua independência é reconhecida, se queremos ver a nossa dignidade ferida ser defendida pela sua destemida pena, temos também de aceitar que critique aquilo que ele descreve como os “contentores” de jogadores sul-americanos ou que hoje ache que o Alan, que ontem considerava um nabo, é quase um Cristiano Ronaldo. Outros há que descontraidamente se prestam ou prestariam ao papel de cronistas oficiosos, mas Miguel Sousa Tavares é completamente desprovido de temor reverencial e tiques de bajulador perante o poder, seja ele qual for.

Por minha parte espero que a pena nunca se lhe esmoreça e a voz firme nunca lhe fraqueje.

45 comentários:

João disse...

«para alguns portistas o adepto “perfeito” do FCP, além de se atirar devidamente a “mouros” e quejandos, deve enaltecer tudo o que provém do clube e nunca nada criticar, especialmente se essas críticas podem ser lidas ou ouvidas por ouvidos inimigos.»

Mas atenção, que somos "muito exigentes"!

Anónimo disse...

Que a pena nunca se lhe esmoreça e a voz firme nunca lhe fraqueje, nomeadamente para escrever pérolas do género "AVB é pior que Jesualdo Ferreira", "Souza é muito melhor que Fernando", "Moutinho é um jogador banal", "Jackson, de relevante, é ser o avançado mais feio da história do Porto", etc, etc.
eh, eh, eh…

Nightwish disse...

O MST é um gajo que acha que ter dinheiro lhe dá direito de dizer o que lhe apetece, e que dizer o que de mais controverso lhe vem à cabeça é que é ser um jornalista irreverente.
Gente dessa não faz falta nenhuma no país, bem pelo contrário. Que junte dois pensamentos juntos e depois diga qualquer coisa.

RCBC disse...

Espero sinceramente que lá para janeiro ou fevereiro de 2014 MST escreva um artigo com o seguinte título: “Parabéns benfica, justo campeão” ou então “Com Paulo Fonseca não vamos a lado nenhum”….

Seria muito bom sinal…

Palha disse...

MST é claramente o melhor comentador portista a atacar (os vermelhos, os verdes, a liga, a fpf... o que for), no entanto a defender o nosso FCP é de longe o pior e o mais incoerente!! Por mim o MST deixava de falar do FCPorto e passava só unica e exclusivamente a focar-se em achincalhar aquela gentalha toda!

.:GM:. disse...

Concordo a 100%.

miguel disse...

Ser Portista, não é ser cego....Ser Portista, não é concordar com tudo....Ser um bom Portista é saber ver e discernir o que está bem e apontar o que está mal e o MST fá-lo muito bem.
Sou Portista desde que me conheço, contudo já sofri alguns apertos, simplesmente por discordar e acusar esta direcção do FCP. Sou adepto e Sócio do Porto e tal não me obriga a concordar com tudo que se passa, não sou obrigado a fechar os olhos a situações menos claras e a comportamentos vergonhosos. Só para dar um pequeno exemplo a época da carolina foi vergonhosa para o meu FCP, a atitude do Adelino foi vergonhosa, contudo vi adeptos a acusar o MST de anti-portista quando comentou tais situações.

DC disse...

Para mim, repito o que disse no outro post, há uma diferença muito grande entre criticar e mentir.

Vide Rui Moreira que muitíssimas vezes criticou a actual direcção e o treinador VP, mas foi sempre uma pessoa coerente, capaz de dar o braço a torcer e que nunca inventou factos para criticar quem quer que seja. Nunca julgou um jogador com base em penteados ou no aspecto físico, nunca disse que jogadores já dispensados há 2 ou 3 anos tinham sido desperdiçados pelo treinador e, para os que dizem que o MST é muito bom a defender o clube do 5LB, nunca deu os parabéns ao 5LB por nenhum título por ganhar. E muito menos veio dizer que os treinadores adversários eram superiores ao nosso e que na nossa equipa seriam campeões de certeza.

Rui Moreira sim, dava gosto ler. Ele sim defendia o clube. O MST a única coisa que defende é o seu ego absurdamente grande. Aliás basta ver o que diz numa das últimas crónicas, qualquer coisa do género "modéstia à parte, é raríssimo enganar-me sobre um jogador vendo-o jogar só meia dúzia de minutos". É um iluminado.

P.S. o que de bom escreveu MST sobre o Porto desde que terminou o Apito Dourado? Nada, não foi?

DC disse...

È quase tão certo ele escrever isso como amanhã ser sábado. O Paulo Fonseca vai dispensar o Atsu e o Iturbe (e já agora novamente o Candeias lol) portanto, estará marcado certamente!

DC disse...

Também foi uma coisa que sempre questionei. Quem é este MST para falar sobre tudo e alguma coisa? É algum génio, tem 35 doutoramentos? Ou... tem cunhas e pais famosos?

JOSE LIMA disse...

É engraçado que eu também sou como MST: Digo o que me apetece, onde, quando e como. E os outros comentadores "penso eu de que" idem, idem, aspas, aspas. Basta ver a diversidade de comentários ao artigo de José Correia, há dias, sobre o mesmo tema.
Para mim, pese embora o perfil intelectual e literário do senhor (que para o caso em apreço, não tem qualquer relevância, os seus comentários entram-me a 10 e saem a 200. Já o conheço de gingeira. Lá para Maio vira o bico ao prego e depois volta ao mesmo, noblesse (leia-se A BOLHA) oblige. De 6 em 6 meses clama por Vieirinha ou Candeias!
Onde ele quer chegar sei eu. Os 30 anos de sucesso do senhor Pinto da Costa são mesmo uma grande chatice.

Anónimo disse...

O Sousa Tavares chamou palhaço ao Presidente da República, mas mais palhaço é ele. Pelo menos, eu rio-me muito mais com as crónicas dele na BOLHA do que com os discursos do Cavaco.

Joao Goncalves disse...

Concordo em absoluto!

A resposta a esta artigo "provocatório" seria um post com o titulo:
"Alexandre Burmester , na defesa do indefensável"

Anónimo disse...

O José Correia esqueceu-se que o MST é um Andresen, como tal não pode ser alvo de críticas.

alex disse...

E regozijar-se por um atleta se ter lesionado em que categoria se enquadra : na independência; na irreverência? E o modo contundente como desvalorizou a conquista do campeonato pelo FCP? MST é dependente dos seus próprios pontos de vista.

Anónimo disse...

É mais difícil ser portista em Lisboa que muçulmano na Bósnia-Herzegovina"

enfim que mau gosto. Ainda para mais o FC Porto é um clube que tem ganho praticamente todos os anos, fica muito complicado gerir as emoções dos espíritos derrotados à nossa volta. Fdc

Mílcar disse...

idem aspas

Concordo 100%

Mílcar disse...

O problema não é o MST dizer aquilo que acha estar mal. O problema é os problemas que ele vê não corresponderem à realidade e revelar todas as semanas pouca inteligência. Para ir ao baú procurar factos para atacar os outros ele é bom e ao menos deixa os adversários entretidos a ler e a pensar no que escreve e a preparar uma respostas de nível ainda mais baixo.

João disse...

O pior portista a defender o FCP chama-se José Guilherme Aguiar. Nem sequer é uma competição.

João disse...

A atitude do Adelino foi vergonhosa porquê? Agora é obrigado a cumprimentar o pato bravo que acabou de começar uma guerra de palavras e insultar o nosso clube? Quem não se sente..

Pedro Albuquerque disse...

Ou então percebe da coisa porque se informa.

E Nightwish, que tem o dinheiro a haver com a coisa?

Anónimo disse...

Eu gosto muito da acutilância do Miguel Andresen Sousa Tavares.
Querem coisa mais acutilante do que escrever, duas vezes, que fica feliz por um jogador do seu clube – Varela – estar lesionado e, por causa disso, não poder jogar?

Pedro Ramos disse...

Eu pessoalmente penso que MST é um adepto clássico de futebol e escreve como tal.
Os factos nunca sao confirmados, porque sao memórias e essas sabemos que sao muito traiçoeiras, e tanto critica hoje, um jogador ou treinador, como amanha já vem dizer que sao os melhores.
As suas crónicas refletem bem a pura irracionalidade que tantas vezes nos atinge enquanto adeptos de futebol, e nao pretende ser coerente apenas refletir aquilo que sente no momento.
Nao quer dizer que muitas vezes ultrapasse o limite, mas prefiro isso a alguém que vá vomitar propaganda da direcçao como fazem tantos outros de clubes rivais.

Depois, para mim, a sua posiçao nao acarreta nenhuma obrigaçao de defesa do clube ou ataque aos adversários. Aliás é ridiculo é quando sao os clubes quase a nomear quem pode aparecer num qualquer programa de televisao ou a escrever num qualquer jornal, como propagandistas da sua verdade.

Anónimo disse...

Assino em baixo do que disse o Pedro Ramos. E eu tenho, na matéria, opinião completamente diversa de MST. Isto é simpatizo e sempre simpatizei com o VP, como aliás tb simpatizo com o Paulo Fonseca.

O problema das nossas empatias é que muitas vezes são muito condicionadas por uma opinião inicial e depois muito dificilmente se consegue mudar alguma coisa - só mesmo se depois de não gostarmos de um técnico ele ganha tudo - ou depois de gostarmos ele se comprovar um fracasso completo. E muitas vezes, em vez de objetivamente formarmos uma opinião e a irmos mudando sem preconceitos, tentamos é que essa opinião se preserve e se adeque a um julgamento empático pré-definido.

O VP teve o problema de não cair no goto de muito adepto, incluindo MST, logo nos primeiros meses pós-AVB. E com isso só conseguiria reabilitar a sua imagem se tivesse um período posterior absolutamente imaculado, o que é, convenhamos, absolutamente improvável. Na posição contrária esteve JJ que apesar de chegar ao fim de 4 anos com apenas um campeonato, teve a sorte de o conquistar o título no ano de estreia, e criando a expectativa nos seus adeptos de que o benfica se estava a tornar a equipa mais forte. Só agora, depois de 5 épocas é que terá uma contestação ao nível do pior que já teve VP.

Por mim, quero que o VP tenha toda a sorte do mundo, espero que o PF tenha mais ainda, e sobre as opiniões do MST ... algumas eu considero, outras entram por um ouvido e saiem por outro.

Pedro Carriço

DC disse...

Se se informa então tem que me explicar como, por exemplo, é que veio dizer que o VP dispensou o Candeias. Isto só para apontar um entre MUITOS erros factuais.

Às tantas não percebe assim tanto da coisa.

Alexandre Burmester disse...

Farei apenas este comentário: já li por aqui umas referências ao facto de o MST ser Andresen, como se tal coisa fosse defeito. Snobismo invertido é tão mau como o original.

Anónimo disse...

O MST é um comentador que ganha dinheiro á custa do FCPorto dizendo barbaridades..., o dinheirinho é tão bonito... crónicas na Bolha e a inarrável entrevista ao orelhas... aquilo foi mesmo um docinho oferecido aos lampiones. Essa de desejar que o Varela esteja lesionado é inadmissível.

Anónimo disse...

Absolutamente de acordo com o João!
J.Duarte

Bluesky disse...

Acho O MST um génio na defesa do FC PORTO. Acho MST um parvalhão na discussão tactico/técnica do FC PORTO!!!
Mas se todos se derem bem ao prazer de ler os comentários neste ou noutros blogues, não seremos todos um bocadinho MST?
É que vejo cada barbaridade!!! Então a novela do Bruma dever ser adquirido por nós, como se fosse o Balottelli...

Anónimo disse...

Mas nós escrevemos de graça.

meirelesportuense disse...

Relativamente ao Miguel de Sousa Tavares não tenho muito a dizer, acho que todos podemos ter a nossa opinião e sermos igualmente doentes pelo Porto.
Não acredito que ele se tenha vendido ao poder da Capital, já não digo o mesmo quanto ao poder do Capital, desde que casou com a Teresinha do CDS...
É uma união complicada.
Se ele diz barbaridades, se calhar fá-lo porque quer o melhor, não aceita alguns desmandos que se cometem no Porto e é um bocado desbocado, não controla bem o que lhe surge na mente, sai tudo, tipo diarreia verbal.
E quando a diarreia surge começa a cheirar mal...

Anónimo disse...

Desculpe, esqueci-me que é um "SIR"!

Jose Luis Andrade disse...

Vejo aqui muita falta de respeito por um grande portista como o MST. Posso dizer-vos que, por um acaso, vi a final de Sevilha a 5 metros dele, e, no final, era capaz de ser a pessoa mais lavada em lágrimas no estádio. Sim, mandas uns bitaites técnico-tacticos muitas vezes sem nexo (quem não manda que atire a primeira pedra), mas sente o clube como todos nós e não tem medo de defende-lo no meio da lampionagem e lagartagem toda. Que viva e escreva durante muitos anos.

Nightwish disse...

Qualquer gajo que o ouça, bem como a maior parte dos políticos e quase todos os comentadores, tem obrigação de perceber que não faz ideia do que diz e gosta é de proteger a classe que nunca teve que fazer pela vida.

Sérgio disse...

Eh pá... Conheço MST por ser comentador da SIC, por ter escrito um livro que deu série e pelas crónicas que escreve na Bosta, que alguns portistas atentos colocam na Internet. Na última crónica, embeveci-me com as suas críticas aos lampiões e corte mas, quando li o (felizmente, felizmente) parei de ler... Honestamente, parei mesmo!Porque MST deve ser uma ,"... coisa distinta de comentador de futebol, área reservada para iniciados, especialmente daqueles que conseguem ver coisas num jogo de futebol das quais nem os próprios treinadores das equipas em liça suspeitam."

Cumprimentos,

Nightwish disse...

O problema é que ele nem é taxista nem está no café a beber uns finos.

João disse...

O JJ para além do campeonato ganhou uma goleada e reviravolta histórica na Taça, um título perdido no próprio estádio, e um diferencial de 12-4 - isto para o principal rival. Ao qual também entregou dois campeonatos praticamente resolvidos. Conseguiu perder uma eliminatória europeia com o Braga e a proeza de bater José Peseiro no ranking do anedotário futebolístico de Mais Competições Perdidas nas decisões.

Nem o mais sádico dos anti-benfiquistas engendraria um tal rol de humilhações como aquelas a que foram sujeitos nas últimas 3 épocas. E só à 5ª temporada começa a estalar o verniz sendo que, mesmo assim, metade dos detractores do Jesus só o são para não terem que ser detractores de quem o meteu e manteve lá.

O Jorge Jesus caiu no goto, não tanto pelo campeonato ganho, mas porque pôs o Benfica a praticar um futebol ofensivo e agradável, de vertigem (como lhe chamava o Villas Boas) e que, com todos os inúmeros deméritos, se bateu de igual para igual com as melhores equipas europeias. VP foi precisamente o inverso, com todos os méritos que lhe reconhecemos. Futebol ainda é entretenimento e a "nota artística" ainda vale alguma coisa. Foi e é o que mantém o Jesus no poleiro. Isso, o cagaço de que ele alie a nota artística a uma estrutura directiva competente uns 300Km a Norte e 8M€ a cobrar na horinha que alguém se lembre de armar em parvo.




João disse...

Bruma também já ardeu. Varela (?), Licá, Kelvin e Iturbe (?)

...

Até ia comentar mas aqui não se pode sem concorrer primeiro à administração da SAD e ando meio ocupado.

DC disse...

O Bruma nem que se tivesse desvinculado tinha já tudo assinado com o 5LB. Não foi o meu barbeiro que me disse hehe mas foi um treinador duma equipa lisboeta que tenho a certeza que não mentiria.

Se Varela efectivamente for transferido acho que ficamos um pouco fragilizados nas alas. Vamos depender muito da afirmação ou não de Kelvin e Iturbe.

Rui Valente disse...

"Dentro de um dos principais redutos do inimigo?" O que é isso? Estará MST a escrever gratuitamente para essa vergonha da imprensa "desportiva, que não se cansa de inventar casos para denegrir o FCPorto? Independência? Que independência? Só porque diz, de vez em quando umas maldades contra o clube? Isso provará a sua independência, quando grande parte das vezes, diz coisas sem sentido, que não lembram ao diabo? Ainda bem, que ele não tem espaço na estrutura do FCPorto, senão, estaríamos feitos ao bife. Seria o caos!

Para que fique claro, sou dos que prezam muito a liberdade de expressão, mas quando se critica só para parecer independente e não se fundamentam com factos credíveis essas críticas arriscámo-nos a hipotecar essa independência.

Caro A. Burmester, fale-me do MSTavares do Equador, não me fale em comentadores "resistentes" avençados, que isso é, no mínimo, anedótico. É por esta forma sinuosa de estar na vida que o Norte já não é o que era. E a culpa, é toda dos nortenhos!

João disse...

Acredito, só reforça que deveria ter sido encontrada uma alternativa, isto mal o Bernard entrou no avião para a Ucrânia.

Não acredito que vendam o Varela, isso já seria quase gestão danosa. Mesmo COM ele, as alas precisam de alguém que faça a diferença, para jogos de outro grau de exigência.

Anónimo disse...

"Moutinho é um jogador banal", quando o viu a jogar ao vivo já era um excelente jogador...

Anónimo disse...

"Um dos meus grandes enganos foi o João Moutinho, quando chegou ao FC Porto. Eu via-o jogar na televisão e não via ali nada de marcante: nem golos, nem passes para golos, nem capacidade de ruptura. Mas depois comecei a vê-lo jogar ao vivo e a minha opinião mudou radicalmente, quando percebi, vendo-o ocupar os espaços em campo, que ele era o facilitador dos golos, dos passes para golos, das rupturas. Era o músculo, o coração, que distribuía o sangue por todo o jogo da equipa. Exactamente o inverso do Silvestre Varela: na televisão, via-o e vejo-o (como todos nós, embora alguns gostem de fingir que não vêm), a perder a bola mal a recebe, a travar o jogo quando é lançado em velocidade, a estragar jogada após jogada. Mas, no estádio, vejo ainda um jogador que se defende permanentemente, fugindo das zonas de combate, que se bamboleia devagarinho por onde não há bola, tentando aproximar-se de mansinho da zona de decisão, em busca de uma bola perdida que lhe permita o golo salvador capaz de enganar observadores generosos. Não há como ter uma boa imprensa!"
Só uma pessoa que não sabe ver futebol pode afirmar uma coisa desta...quando o Varela joga mal cai-lhe em cima, quando joga bem, esconde-se e não diz nada...

Anónimo disse...

Miguel Sousa Tavares é para mim o melhor defensor do F.C.Porto.Escrevo por baixo,salvo raras excepções,tudo o que ele escreve na BOLA.É ùnico portista que defende o seu clube,e contra-ataca com lucidez,os detratores dos Triunfos Do F.C.Porto.Se algúem merecia o Dragão de Ouro era o MST.Fala inclusivè contra a SAD do FCPorto,que te tem desbaratado milhões nas transferencias e devidas Comissões.E aqui muitos portistas não gostam de ler.Podiamos ser um clube com um passivo baixisimo,se não fossem os comilões da SAD do Porto. Claro que leio aqui muitos comentários de "portistas,encapotados da moirama de Lisboa.Com inveja,ódio ao MST,nas que querem atingirem,não este Mas o F.C.Do Porto.Vão-se roendo de inveja,e que MST,vá escrevendo "sem dó,nem piedade,contra os seus detratores.Querem é que se cale.Que continue por muitos anos,para que estes falsos portistas,porque os verdadeiros mao escreviam estas barbaridades,e que tomem muitas vezes Imodium,com as suas diarreias,de mas digestôes.

Rui Valente disse...

Ah grande "ANÓNIMO", isso é que é falar. Devias candidatar-te à presidência do FCP, porque do que o clube anda a precisar é de gente anónima, isto é, corajosa...