segunda-feira, 9 de setembro de 2013

O futuro Museu

Sala Museu Afonso Pinto de Magalhães (fonte: BLOGHISTÓRIAS)

Estamos a menos de três semanas da data prevista para a inauguração do novo museu do FC Porto (28 de Setembro de 2013) e as notícias acerca deste assunto têm sido escassas. Por exemplo, nada se sabe (publicamente) acerca da dimensão e áreas que o museu vai ter, nem tão pouco, até agora, houve a habitual visita guiada de jornalistas às obras em curso. Aliás, parece haver até um certo secretismo, possivelmente para alimentar uma expectativa crescente entre os sócios e adeptos portistas.

Do pouco que veio a público, em 26 de Junho soube-se que o nome oficial do museu do FC Porto incluirá o do banco brasileiro que financia a construção – ‘Museu do FC Porto by BMG’.

Na mesma altura, foi também divulgado que o FC Porto tinha estabelecido uma parceria com o Museu do Futebol (instituição da Secretaria de Estado da Cultura do Governo de São Paulo), no âmbito da qual estão previstas a criação de mostras conjuntas, bem como, de projetos ligados ao futebol português e brasileiro.

Entretanto, em 18 de Julho, o FC Porto iniciou uma campanha dirigida a sócios e adeptos de recolha de espólio para o novo Museu.

«Os associados e adeptos que queiram participar nesta acção podem utilizar a aplicação VALOR FC PORTO no Facebook ou dirigir-se, pessoalmente, à Porta 1 do Estádio do Dragão com o seu item de colecção. A acção de recolha de espólio vai decorrer durante os meses de Agosto e Setembro, nos dias úteis, das 10h às 13h e das 14h às 17h.
A partir de Outubro, o local de recepção será transferido para as instalações do Museu.»

Penso que esta ideia foi excelente porque, de facto, há associados que, ao longo de uma vida, foram reunindo fotos, peças, camisolas, etc., de inestimável valor.



Confesso que é com alguma expectativa que aguardo pelos resultados desta campanha e para ver em que é que a mesma se irá traduzir no espólio do novo museu.

De resto, o presidente já disse que o Museu do FC Porto não será um mero armazém de taças ("Não quero um armazém de taças como o FC Porto já teve. Vamos ter um museu do melhor que há no Mundo", Pinto da Costa, 23-05-2013, em entrevista à RTP).
Contudo, para além de objectos oferecidos por ex-jogadores (Américo, Rolando, Gomes, Baía, Jorge Costa, etc.), do Toyota que Madjer ganhou na Taça Intercontinental de 1987, da baliza do estádio de Dublin (onde Falcao marcou o golo da vitória na Liga Europa 2011) e de uma peça monumental produzida pela artista plástica Joana Vasconcelos, pouco mais se sabe.

Joana Vasconcelos (fonte: blog 'Sou Portista com muito orgulho')

P.S. Sabe-se, e é visível a quem passa pelo Estádio do Dragão, que o museu irá abranger os espaços que eram ocupados pelo Bingo e pela antiga loja da Rádio Popular. Para quem vê de fora a azáfama é grande, mas fica a ideia de que será necessário um contrarrelógio para conseguir inaugurar o novo museu no dia em que o FC Porto completa 120 anos.

19 comentários:

Anónimo disse...

Quem passa pelo Dragão e consegue dar uma "mirada" para dentro do espaço do futuro museu, não acredita que possa estar pronto no próximo dia 28.

No entanto, foi-me garantido, por alguém que conhece bem o decorrer das obras que o museu será inaugurado no dia 28.

Nunca mais chega o dia de poder reviver os grandes momentos da vida do FC Porto!

JOSE LIMA disse...

Que saudades meu amigo! Nem calcula quantas recordações vão estar ali.
Um grande abraço

Joao Goncalves disse...

Vai ser mesmo bom! Ainda para mais tenho viagem marcada para ver o Atlético no dia 1!

Agora falta saber se não vai defraudar as expectativas.

Joaquim Lima disse...

Já há informação sobre o preço dos bilhetes de entrada no museu? Ou especulação sobre o possível valor?

Anónimo disse...

"o museu irá abranger os espaços que eram ocupados pelo Bingo e pela antiga loja da Rádio Popular"

Qual vai ser a area do museu?

Anónimo disse...

Gostava de saber qual o custo da obra e em quanto ficou para o clube.

Alguém sabe alguma coisa?

Anónimo disse...

É aqui que entra a parceria com o BMG, já que para contratar o Bernard este banco não teve a mesma influencia que o seleccionador brasileiro...

Já agora ,tenciono visitar o Museu no dia seguinte num encontro com a história recordando e imaginando épicas conquistas e vitórias.

José Correia disse...

«Para António Lourenço, o museu é algo que "faz falta ao clube", e espera um espaço ao "nível do FC Porto", ou não tivesse percebido, no dia em que foi entregar o que lhe pediram, que o clube tem mais de 20 mil taças armazenadas - "Uma coisa imensurável", relata. O museu não vai também esquecer as modalidades já extintas, como o hóquei de campo ou o voleibol, conta António Lourenço.»
in 'Os outros museus do FC Porto'
http://jpn.c2com.up.pt/2013/07/30/desporto_os_outros_museus_do_fc_porto.html

hucher1 disse...

Boas pela informação que tenho de um colega meu técnico de som que esta a trabalhar lá a área é mais ou menos 6000M2 ...
Também estou a espera ...

Jorge Aragão disse...

Estou, naturalmente, expectante em relação ao Museu, sobretudo para ver como vão estar organizadas as diferentes modalidades, mesmo as já extintas.
Já agora, fiquei contente por terem colocado o postal do antigo Museu, que publiquei no meu "extinto" Blog.

Anónimo disse...

Após a construção do museu temos de recuperar o edifício da "antiga" sede, ao lado da Câmara Municipal.

P.S. Desculpem o off-topic, mas aqui fica uma deixa para quem queira escrever acerca deste assunto.

RBN disse...

Como a maioria dos portistas, vamos recolhendo ao longo da vida coisas que nos marcaram e guardamos com todo o cuidado do mundo.

Eu em casa tenho os jornais O JOGO do dia seguinte após o 1º TRI em Guimarães em 1997, do 1º TETRA e do 1º PENTA, todos em perfeitas condições, nenhum deles com qualquer rasgado, apesar de meio amarelados pelo tempo, o que é perfeitamente normal.

Tenho também os jornais e os pasquins do dia seguinta à conquista da 1ª taça uefa e da champions de 2004, posters incluídos.Tenho inclusive o cachecol oficial da final 2004.Tenho cachecóis de sevilha 2003, do FCP x Lyon 2004 no Dragão, de Tóquio 2004 escrito campeão do mundo, expostos na numa parede da minha casa bem visíveis para quem quiser ver, ou desviar o olhar de inveja:-)

Tenho muito arrependimento de ter mandado prendas para o Brasil para os meus parentes e amigos as camisolas autografadas que ganhei dos meus amigos brasileiros Emerson(adidas nº 6), Aloísio(camisola de treino adidas manga comprida), Artur nº 14(kappa), Jardel nº 16(kappa), e Edmilson nº 21(adidas).

Mas tenho uma nº 20 branca do Fluminense autografada pelo Deco na sede do Fluminense no Rio de Janeiro que não dou, nem vendo, não troco nem empresto, mas nunca consegui uma do Deco no FCP:-)

Qualquer dia, com dor no coração mas ao mesmo tempo com muito orgulho, embalo tudo e deixo lá com os responsáveis do museu, e o que eles aproveitarem para mim será uma recompensa.O que não quiserem, trago de volta pra casa:-)

Sansoni7 disse...

Olá
Não sei se está previsto mas considero da mais elementar justiça a inscrição, num Quadro de Honra, do nome das pessoas que estão a oferecer «material>» para o museu do FCPorto.
Obviamente que esse Quadro de Honra deverá fazer parte do Museu.

Cumprs
Augusto

JOSE LIMA disse...

Caro RBN
Todo os materiais que o amigo entregue" para exposição não é doado, é "cedido". Os objectos são referenciados numa listagem com fotografia de cada um, e cuja cópia fica em seu poder para, quando quiser, voltar a recolher parte ou todo.
Para o efeito deve contactar os serviços do Museu. Neste momento vai por lá uma grande azáfama, não será a altura mais conveniente mas, depois da inauguração, o processo de recolha não pára. Continua com recepção e/ou substituição de peças julgadas de interesse pelas brigadas que recolhem os objectos para filmagem e posterior aparição nos écrans ou são expostas fisicamente.
Grande abraço

Pedro Albuquerque disse...

Fico curioso em ver essas capas do Record e da Bola nas vitórias de 2003 e 2004. Podes tirar fotos e mostrar?

RBN disse...

Caro Pedro Alburquerque, devo ser a única pessoa na galáxia que não tem facebook e nem tenciono ter, apenas tenho um blog em homenagem a Pelé, mas posso tirar fotos das capas e colocar no album picasa do blog do pelé e depois deixo o link para quem quiser ver ou "roubar":-).
Tenho também a capa da bosta quando o FCP foi campeão do mundo em 2004 no domingo de manhã, mas quem está em pleno destaque é Trapattoni, devido a uma goleada sofrida no mesmo domingo à noite no Restelo, e o FCP embaixo em foto menor.
Vou tentar fazer isso o mais rápido possível.
Abraço.

RBN disse...

JOSE LIMA, obrigado pelas informações, imagino a fila de adeptos orgulhosos que devem estar em pulgas para enriquecer mais ainda o museu.
Abraço.

Anónimo disse...

Será que a abertura será na data prevista no post?

Anónimo disse...

A data VIP é Hoje e Amanha é Inauguração Pública