domingo, 20 de outubro de 2013

Fim de semana em cheio

O FC Porto x Trofense foi o centro das atenções. Os dragões cumpriram, venceram por 1-0 e seguem em frente na Taça de Portugal.

Mas o FC Porto não é só futebol e nas modalidades o desempenho foi brilhante.

No basquetebol, a jovem equipa do FC Porto/Dragon Force, superiormente orientada por Moncho López, foi a Ponte de Sôr defrontar a equipa que os tinha derrotado na final do Troféu António Pratas Proliga e venceu o Eléctrico FC, de forma clara, por 75-63.
Dois jogos, duas vitorias na Proliga. Melhor começo não podia haver.
E convém lembrar, a quem gosta de basquetebol, que daqui a uma semana, dia 27 de Outubro, às 16:00, há jogo no Dragão Caixa, frente ao Benfica B.


No hóquei em patins, na 31ª edição da Supertaça, disputada no Pavilhão Dr. Mário Mexia, em Coimbra, e com o "aliciante" de ser transmitida em directo na A BOLA TV, o FC Porto venceu a Oliveirense por 5-4 e conquistou a sua 19ª Supertaça (61% das edições foram ganhas pelos dragões)!

Finalmente e para fechar com chave de ouro, um dia histórico para o andebol portista. Num Dragão Caixa com apenas 1.102 espectadores, mas que nunca deixaram de apoiar, os dragões derrotaram os franceses do Dunkerque por 22-21 e alcançaram a primeira vitória do FC Porto na fase de grupos da EHF Champions League.


Quem quiser saber mais pormenores, recomendo a leitura da crónica deste jogo no 'Tribuna Portista'.

Daqui a quatro semanas, dia 16 de Novembro, disputa-se o FC Porto x Wisla Plock. Espero que, nessa altura, Ljubomir Obradovic já possa contar com os lesionados Alvaro Ferrer, Pedro Spinola e Hugo Rosário, bem como, com um pavilhão cheio, como esteve na recepção ao Kiel.

1 comentário:

Nuno Queiroz disse...

Um fim de semana muito positivo para o nosso clube com destaque negativo, apesar da vitória, para o futebol com mais uma exibição fraquinha completadas por umas declarações absolutamente deploráveis do treinador no fim do jogo. Assim não. sr. Paulo Fonseca. Não tente atirar areia para os nossos olhos.

Parabéns ao hoquei por mais uma boa vitória e vamos apontar para mais uma champions este ano.

Também o basquete começa a mostrar que está a ser uma boa aposta ter dado 2 passos atrás para dentro de pouco tempo regressarmos às grandes vitórias de uma forma mais sustentada e com um bom apoio na formação.

Uma GRANDE VITÓRIA no andebol com muito mérito e a mostrar que o querer, a vontade e a raça são fundamentais nas vitórias. Mesmo sem Pedro Grilo, Alvaro Ferrer e Helder Rosário e com o Ricardo Moreira a lesionar-se a equipa venceu o vice campeão francês e esteve a maior parte do tempo na frente do marcador. Os nossos jogadores apesar do esforço nunca deixaram de lutar e foram recompensados com uma vitória justíssima e que dá ânimo para o resto da prova. Espero ver o plantel completo em condições e, quem sabe, ainda seremos capazes de alguma surpresa. Não vou destacar nenhum jogador porque o colectivo foi o mais importante. No entanto, o sr. Obradovic é o exemplo de um treinador do Porto: quer sempre mais e como o próprio disse, desta vez conseguimos jogar os 60 minutos em vez dos 40 das outras 3 partidas.