terça-feira, 12 de novembro de 2013

A Taça transbordou!

No domingo passado desloquei-me ao Dragão Caixa, para assistir ao jogo dos 16-avos-de-final da Taça de Portugal de Basquetebol, entre a equipa do FC Porto (Dragon Force) e a Oliveirense.

Pedro Bastos (fonte: www.fcporto.pt)

Como é sabido, na época passada a muito jovem equipa do FC Porto disputou o campeonato nacional de Sub-20, cuja final ganhou brilhantemente em pleno pavilhão da Luz e, em paralelo, também disputou o CNB2 (correspondente à 4ª divisão), tendo perdido a final para o Imortal de Albufeira.

Esta época, a equipa sénior do FC Porto está a disputar o campeonato da Proliga (correspondente à 2ª divisão) e, até agora, tem um trajeto 100% vitorioso na fase regular (4 jogos, 4 vitórias).

Miguel Queiroz (fonte: www.fcporto.pt)

Contudo, o jogo deste domingo era contra uma equipa da Liga principal – a Oliveirense –, a qual está a fazer um bom inicio de campeonato e que tem atletas experientes no jogo interior (talvez o aspeto menos forte da jovem equipa do FC Porto), com destaque para o norte-americano Aaron Fuller, que foi nomeado MVP Global das duas primeiras jornadas da Liga.

Embora acreditasse na vitória da equipa do FC Porto (antes dos jogos acredito sempre!), sabia que o desafio tinha um grau de dificuldade elevado e que era um teste muito sério para uma equipa que tem um único atleta estrangeiro (o base espanhol Ferrán Ventura, de 17 anos) e apenas três jogadores com mais de 20 anos (o mais experiente é André Bessa, formado nas escolas do FC Porto, um “velho” de 24 anos).

André Bessa (fonte: www.fcporto.pt)

O jogo foi disputado do primeiro ao 55º minuto e excedeu todas as minhas expectativas.

Em primeiro lugar, nunca tinha assistido a um jogo de basquetebol com três prolongamentos.

Depois, vi um produto da formação portista – João Soares –, agora ao serviço da Oliveirense, a brilhar a grande altura naquela que foi a sua "casa" durante anos. Marcou 44 pontos (!), foi o MVP do jogo e no final não deixou de ser cumprimentado por vários adeptos portistas.

Mas o que mais me impressionou e chegou a ser emocionante foi a garra, o acreditar sempre, a enorme alma de dragão desta jovem equipa portista, superiormente orientada por Moncho López, um galego que adoptou o Porto e o FC Porto como a sua cidade e o seu clube do coração. Grande Moncho!

Moncho e alguns dos "seus" jovens dragões (fonte: www.fcporto.pt)

O resultado final (116-110) faz lembrar a NBA mas, no futuro, este jogo será recordado como o da prova de vida de uma equipa de dragões, maioritariamente baseada em atletas Sub-20, de regresso aos grandes jogos do basquetebol português. E eu estive lá.

Para memória futura…
Sob o comando de Moncho López, alinharam e marcaram: Hugo Sotta (10), André Bessa (5), João Grosso, Eduardo Guimarães (6), João Gallina (4), Ferrán Ventura (16), Pedro Bastos (31), José Miranda (15), João Ribeiro, João Torrie (2), Pedro Figueiredo (5) e Miguel Queiroz (22).

Dragon Force x Oliveirense (fonte: O JOGO, 11-11-2013)

P.S. O acesso a este jogo era gratuito para sócios do FC Porto, bastando para tal levantar o bilhete numa das Lojas do Associado (Estádio do Dragão ou Vitalis Park), numa das FC Porto Stores (ArrábidaShopping, NorteShopping, Baixa ou Shopping Cidade do Porto), ou na bilheteira do Dragão Caixa, no dia do encontro. Pois apesar disso, as bancadas do Dragão Caixa estavam cheias… de cadeiras vazias (dos Super Dragões e do Coletivo não vi ninguém) e nem a bancada lateral (Bancada Nascente) encheu. Uma pena…

P.S.2 O Porto Canal transmite, e bem, os jogos de Andebol e Hóquei em Patins disputados no Dragão Caixa. Por que razão não transmite os jogos de Basquetebol?

10 comentários:

João Bastos disse...

Grande vitória e grande jogo certamente.
Pena também o site do clube não ter grandes informações sobre o Basket.
E mais pena ainda é mesmo o Porto Canal não transmitir.

Mas agora interessa continuar com a boa campanha e chegar o mais longe possível na taça e tentar subir já este ano de divisão.

Saudações portistas

HULK 11M disse...

Lamento não ter assistido e apoiado.
Tenho algumas dificuldades em consultar a agenda das modalidades. Sei que é por azelhice minha mas penso que existirão mais umas centenas de azelhas como eu,
Não poderá o RP colocar aqui as datas e horas dos jogos, pelo menos os que se disputam no Dragão-Caxa?
Obrigado

Portuense Verdadeiro disse...

Também lá estive e é daqueles jogos que ficam na memória!

Grande raça e atitude de um grupo de jovens talentos, liderados por um técnico de eleição!

Quantos aos lugares vazios mais do mesmo...Infelizmente se a Oliveirense se chamasse benfica b, estaria muito mais gente...

ℙΣ₦₮∀ ➀➈➆➄℠ disse...


@ hulk

podes consultar a agenda azul-e-branca aqui

abr@ços a «ambos os dois» :D
Miguel | Tomo II

ps:
caro José Correia, peço desculpa pela publicidade, mas penso ser por uma boa causa :D

José Correia disse...

chegar o mais longe possível na taça

Vai também depender do sorteio.

José Correia disse...

tentar subir já este ano de divisão

Por aquilo que já vi esta época, penso que é um objectivo realista.

José Correia disse...

@Miguel

A "publicidade" ao 'BiBó PoRtO, carago' é boa publicidade.
E, neste caso, bastante útil.

Abraço

João Branco disse...

http://tudoaomolho.wordpress.com/ - porque amamos o desporto!

Miguel Magalhães disse...

Tive pena de não ter conseguido ir pois era daqueles jogos em que estava com fezada que a equipa se ia superar " à Porto". Estive a acompanhar pelo site da fed basquete que tinha um "live" muito irregular.
A melhor publicidade que esta equipa poderia e deveria ter seria o Porto Canal transmitir os jogos em casa e reportagens sobre ela.
O hóquei chama adeptos pelo histórico de sucesso ; o andebol cada vez encanta mais com a excelência da equipa e a participação na Champions ; o basquete, depois da desilusão do passo para trás com a extinção da equipa sénior, precisa que os adeptos saibam que está a dar muitos passos para a frente. Serviço para o Porto Canal...

HULK ONZE MILHAS disse...

Obrigado a ambos.
Abraço