segunda-feira, 11 de novembro de 2013

Apenas uma vitória


Foi um jogo que repetiu as qualidades e os defeitos actuais da equipa. Entrámos bem, com boa circulação de bola e algumas boas iniciativas que levaram a dois golos e a umas quantas oportunidades, não flagrantes, mas interessantes quer pela sua construção, quer pela sua finalização. Desta vez, o Josué começou na ala esquerda e Varela no flanco direito. Desta vez, o Varela e os laterais (principalmente Alex) não estiveram tão interventivos, e foi o Fernando, o Defour, o Lucho e o Josué os pivots de toda a movimentação da equipa. Martinez também esteve ligeiramente melhor, e marcou um golo numa excelente iniciativa de Defour, seguida de uma assistência perfeita de Lucho.

No segundo tempo, jogámos mais em contenção, tirando partido do pecúlio amealhado, mas se o adversário não importunou muito, teve demasiada bola e o FCP mostrou nesse período dificuldades de controlar o jogo; o VG esteve demasiado tempo no nosso meio campo e raramente conseguimos sair com bola e chegar à baliza adversária com perigo. E este insistente bloqueio incomoda, porque denota alguma incapacidade de tornear as iniciativas de equipas que nem são fortes a jogar em ataque continuado. Denota ainda uma preocupante quebra física que retira discernimento e confiança, e por isso, passámos a jogar com as linhas mais baixas e a sofrer forte pressão logo na primeira fase de construção. E o jogo torna-se irritante e aborrecido.

Kelvin e Carlos Eduardo não acrescentaram muito ao jogo, Mangala foi (mal) expulso e a arbitragem foi má.
Uma vitória é uma vitória mas não fiquei muito entusiasmado porque temo que contra equipas mais valiosas possamos ter alguns desgostos. O PF tem de estudar bem as causas para evitar estes efeitos. Se calhar com mais treino ?

6 comentários:

Nightwish disse...

O Sr Sousa é um homenzinho muito ridículo. Felizmente, foi para a taça.

José Correia disse...

Fernando e Defour estiveram bem e denotaram um melhor entendimento.

Danilo voltou a ser o melhor do quarteto defensivo.

Jackson voltou a marcar e teve melhores movimentações do que nos últimos jogos (também teve bastante mais espaço).

José Correia disse...

Mangala foi (mal) expulso e a arbitragem foi má

Não gosto que o FC Porto seja arbitrado pelo Jorge Sousa.

Colaram-lhe o rótulo de ser portista e ele, de apito na boca, tudo faz para contrariar esse rótulo.
Ontem isso foi evidente.

Rui Anjos (Dragaopentacampeao) disse...

Sem por em causa a justiça do resultado, acho que a exibição portista foi pouco mais que sofrível, tendo em conta que o segundo tempo foi para esquecer.

Bem até ao intervalo, com futebol mais fluído e performances muito prometedoras (Fernando e Lucho), na segunda parte a equipa vulgarizou-se, praticou mau futebol, foi displicente e portou-se como uma equipa banal. Futebol desligado, desleixado, fraco índice técnico e recurso a estratagemas de equipas de escalão secundário. Não gostei.

Um abraço

Pyrokokus disse...

Infelizmente o desânimo que esta equipa provoca em mim é gritante.
Tenho de apelar ao meu lado de masoquista senão não conseguiria acabar de ver um jogo desta equipa...
É tão deprimente que um dos jogadores que no ano passado era fortemente criticado, este ano é o que tem estado melhor...
Espero estar muito enganado, mas parece-me que este ano não vai correr nada bem...

Coisas Testes disse...

Sabem onde posso fazer download deste jogo?

Obrigado desde já,
Saudações portistas