quinta-feira, 21 de novembro de 2013

O regresso do “filho pródigo”?

O FC Porto era a minha segunda casa e foi um clube que me ensinou a amar. Voltei a demonstrar o que sou, ganhei títulos, fora dos adeptos era tratado quase como um rei ou um menino-bonito da cidade. Ainda hoje é assim.
Ricardo Quaresma, numa entrevista ao jornal i, publicada em 16 de Maio de 2009


Wikipedia, 21-11-2013
Desde a altura em que forçou a sua saída do FC Porto (“se eu soubesse o que sei hoje e que ia passar pelo que passei, não tinha feito tanta guerra, nem tinha entrado em guerra com tantas pessoas que se calhar não mereciam...”, Maio de 2009) e proferiu palavras pouco simpáticas quando assinou pelo Inter (qualquer coisa do estilo, “tinha o desejo de voltar a jogar por um grande clube”), a carreira de Ricardo Quaresma não parou de andar para trás.

Daí que não surpreenda a regularidade com que surgem notícias acerca do “regresso do filho pródigo”.

Foi assim em finais de 2009, meio ano antes do Mundial da África do Sul…

«O jornal espanhol Mundo Deportivo avança na sua edição de hoje que o Atlético de Madrid está na corrida pelo extremo, para além do Génova, Nápoles, Everton e... Sporting. Recorde-se que o clube de Simão Sabrosa já tentou a contratação de Quaresma em 2006 e 2007, esbarrando na altura no alto preço pedido pelo FC Porto. O regresso aos campeões nacionais é também uma forte hipótese para o jogador prosseguir a carreira, garante o diário La Gazzetta dello Sport
in Record, 12/11/2009

Foi assim há um ano atrás, o que me levou a escrever o seguinte:

«Desvinculado do Besiktas desde o dia 20 de Dezembro, teoricamente seria a melhor solução (no imediato e a médio prazo). Para Quaresma, que regressaria a uma casa onde foi acarinhado, ganhou títulos, atingiu o apogeu da sua carreira e que lhe abriria as portas para voltar a jogar na Liga dos Campeões e para regressar à Seleção. E para o FC Porto, que receberia um jogador de top, conhecedor das regras e cultura do clube e que não precisaria de tempo para se adaptar à cidade e ao país.»

(entre a hipótese de voltar a jogar na Liga dos Campeões, com o bónus de um eventual regresso à Seleção portuguesa, e os milhões do Al-Ahli, o jogador preferiu ir jogar para os Emirados Árabes Unidos…)

E, aparentemente, o regresso volta agora a ser uma hipótese em cima da mesa, numa altura em que Quaresma está sem clube e com o Mundial do Brasil daqui a pouco mais de seis meses.

O JOGO, 21-11-2013

Será que, finalmente, o Ricardo Quaresma percebeu que na vida de um futebolista o dinheiro não é tudo?

Será que, aos 30 anos, após cinco anos e meio a vegetar pelo banco de suplentes de “grandes clubes”, ou por clubes do terceiro mundo futebolístico, Quaresma pode voltar a ser um jogador de topo?

José Manuel Ribeiro (Diretor de O JOGO), 21-11-2013

Sinceramente, olhando para o perfil psicológico do Quaresma e para aquilo que foi a sua decisão há um ano atrás (que, confesso, me desiludiu bastante), receio que a sua eventual contratação possa ser um remake dos fiascos Liedson e Izmaylov.

18 comentários:

Samuel Almeida disse...

Penso que qualquer contrato a longo prazo pode ser arriscado. No entanto, não vejo problema num contrato de 6 meses, como opção de prolongamento.

Se ele der um válido contributo à equipa no tempo que cá estiver, prolonga-se o contrato por mais um/dois anos. Se não, adeus e obrigado.

Se nesta altura do campeonato (isto é, da carreira) ainda não desceu de qualquer nuvem em que se colocou, corre o risco de ter um fim de carreira bastante negro. Se conseguir compreender que ele é que precisa de um clube e não ao contrário, penso que poderá entrar num estado mental benéfico para qualquer clube. Quiçá, poderá até voltar a ser (nem que metade) do que era nos seus melhores tempos.

Pessoalmente, não me importava de o ver a partir de Janeiro no clube com um contrato a prazo. Terá que mostrar que vale a pena mantê-lo mais tempo e que poderá ser uma mais valia para o clube. Se não, o Paulinho Santos dá-lhe uma ou duas chapadas :)

Barba azul disse...

José Correia, neste caso, às malvas a ponderação, a prudência, o racionalismo! No topo das imagens de golos e jogadas que a minha memória visual guarda (não tem lá grande capacidade, verdade seja dita : )) estão muitos golos e jogadas do Quaresma. E da fanfarronice dele, por exº, contra o Chelsea, com o Mourinho, aqui no Dragão. Dava muito por poder voltar a ver dessas jogadas e golos, por poucas que sejam.
E o nosso mundial, preocupa-me. Por achar que, apesar do Ronaldo, não vamos longe com Nanis. E que um jogador como o Quaresma, motivado, pode resolver muitos jogos contra equipas contra as quais é difícil chegar com perigo perto da baliza, como havemos de apanhar, agora que é mais a sério. Já no europeu, a teimosia do PB nos seus preferidos, nunca ou mto tardiamente apostando na magia do Quaresma, ou na capacidade do Varela, impediram-nos de fazermos melhor; no mínimo, de espantarmos o mundo com um futebol mais bonito e imprevisível. E se há clube que possa recuperar um Quaresma a ponto de o pôr capaz para o mundial e de não deixar ao PB opção que não seja convoca-lo, é o Porto.

José Correia disse...

não me importava de o ver a partir de Janeiro no clube com um contrato a prazo. Terá que mostrar que vale a pena mantê-lo mais tempo e que poderá ser uma mais valia para o clube

De acordo.
Falta saber se o Quaresma aceita um contrato nesses moldes.
E, claro, falta saber se o jogador quer prémio de assinatura, bem como, o ordenado que pretende.

José Correia disse...

No topo das imagens de golos e jogadas que a minha memória visual guarda ... estão muitos golos e jogadas do Quaresma

Na minha também, mas o Quaresma actual pouco tem a ver com o Quaresma de 2006, 2007 ou 2008.

José Correia disse...

se há clube que possa recuperar um Quaresma a ponto de o pôr capaz para o mundial e de não deixar ao PB opção que não seja convoca-lo, é o Porto

Pois, era exactamente isso que eu pensava há um ano atrás, mas o Quaresma preferiu ir ganhar mais uns milhões para os EAU.

Miguel Magalhães disse...

Totalmente contra. Marcou grandes golos, fez coisas incríveis e fez também muita asneira. Era um indisciplinado e, pelo que se sabia, nao criava bom ambiente no balneario (chegou-se a comentar que o Lucho e o Lisandro ameaçaram forçar a saida se ele nao saisse).
Foi um bom jogador, nunca seria um grande jogador. Nao tinha a cabeça no sitio e só para a paciencia de um clube como o Porto e um treinador como o Jesualdo. Fora do Porto sempre foi um zero e uma fonte de problemas.
Prefiro jogar com o Licá, o Varela, o Ricardo ou o Kelvin do que ter o Quaresma de volta.

Hugo disse...

Com um contrato de 6 meses e por objectivos não me parecia mal mas duvido que ele aceite isso

Pyrokokus disse...

Penso que o tempo dele no FC Porto já passou...
Problemas já a equipa tem que chegue, não precisa de acrescentar individualismo e egocentrismo aos já reportados.

Barba azul disse...

Acho que numa eventual negociação entre o Porto e o Quaresma, será o Porto quem estará em posição de vantagem, para ditar as regras: é óbvio que nesta altura é mais o Quaresma que precisa do Porto do que o contrário. Quer, quer; não quer, está bem! E não me parece que, ao ponto a que a carreira dele chegou, tenha alternativas a um nível financeiro a que o Porto não possa chegar.
Deixemos à SAD/JNPC esse assunto.

Nuno Queiroz disse...

Não acredito que Quaresma regresse. A SAD depois das vindas de Liedson e Izmailov no ano passado não me parece que queira apostar em alguém que tem um passado conflituoso por quase todos os clubes por onde passou incluindo o nosso.

Sinceramente acho que não é a melhor opção para o Porto e acho que ou se encontra alguém bom e barato (não sei onde) que seja capaz de entrar mesmo na equipa ou então acho preferível apostar nos jovens da equipa B como Kelvin, Tozé ou mesmo Rafa. Existe ainda a possibilidade de experimentar o Alex Sandro a extremo com o Quiño e o Danilo no meio campo com o Victor Garcia a defesa direito. Acho que se devia apostar mais na equipa B até para motivação dos que lá andam.

.:GM:. disse...

Diz-se tanta asneira por aqui que até dói. As comparações com Ismaylov e Liedson são absolutamente insustentadas. Não estamos propriamente a falar de um ponta de lança em fim de carreira, nem tão pouco de um jogador com lesões crónicas. Estamos a falar de alguém que voltaria a uma casa conhecida e onde nos deu muito. Dá-me vontade de rir quando vejo comparações entre o Quaresma e o Licá ou o Ricardo e outros. O Quaresma tem mais futebol numa perna que dois Licás no corpo todo. O Quaresma tomou determinadas decisões de carreira sobretudo por causa do dinheiro. É um direito que lhe assiste apesar de nem tudo lhe ter corrido bem. Não se adaptou ao Al-Ahli e alegou todo o tipo de desculpas, incluindo supostas lesões para não ter de voltar ao clube. Mas antes, no Besiktas, era considerado um herói. Parece que já se esqueceram de tudo o que ele fez ao serviço do Porto, mas certamente aqueles que agora o criticam eram certamente aqueles que o assobiavam no Dragão. Seria bem vindo e muito bem vindo.

Tiago Stuve Figueiredo disse...

Sabem me dizer como funciona a inscrição do jogador? os jogadores sem clube podem ser inscritos agora ou só a partir de 1 de Janeiro? só pergunto isto por causa do Adan, que no outro dia assinou por um clube italiano.

Obrigado

Tiago Stuve Figueiredo disse...

Os jogadores sem clube podem ser inscritos imediatamente ou só a partir de 1 de Janeiro? O Adan, ex real madrid, assinou há dias por um clube italiano...

Cumprimentos

Pedro Albuquerque disse...

Alguém aqui é capaz de dizer que recusaria o Dubai e um contrato chorudo?


Devia ter vindo para o FC Porto por causa da selecção quando toda a gente sabe que ele nunca seria titular no Clube de Amigos do Paulo Bento, quando o Paulo Bento colocaria sempre o Nani mesmo quando este não joga?

José Rodrigues disse...

Alguém consegue imaginar um Quaresma a aceitar com fair play ficar no banco dos suplentes (o q é uma clara possibilidade, apesar da concorrência nao ser muito forte)?

Marques disse...

Epa não eras tu que tinhas um barbeiro que tem acesso a informações privilegiadas sobre futuros treinadores, (?) por favor vá ter com ele porque com este Paulo Fonseca já não vamos a lado nenhum.

José Correia disse...

Devia ter vindo para o FC Porto por causa da selecção quando toda a gente sabe que ele nunca seria titular no Clube de Amigos do Paulo Bento

Se não veio há um ano atrás, por que razão quer vir agora?

bruno cláudio disse...

se vier com um contrato apenas por objectivos, perfeito, o problema é que vai demorar uns meses a ganhar forma, e este plantel nao tem tanto tempo..

no entanto, é portugues, conhece a casa, pode jogar nas provas europeias.
preferivel ter um quaresma a 50% que mexicanos, brasileiros, belgas, e outros sem nivel e qualidade nenhuma para um clube como o FCP, apenas especulados por jogadas manhosas de empresarios.