segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

Bem me quer, Mal me quer

14’: Slimani, o ponta-de-lança dos calimeros, provoca o contacto e choca contra Maicon, que tinha a posição ganha, deixando-se cair na área portista. Evidentemente, Olegário Benquerença não foi na cantiga (não tinha ficado mal um cartão amarelo por simulação) e mandou seguir. O pior veio depois quando, perante o protesto de Danilo, Slimani reagiu intempestivamente, empurrando o defesa-direito do FC Porto pelo pescoço.
Aparentemente, nenhum elemento da equipa de arbitragem terá visto este comportamento grosseiramente antidesportivo e ficou um amarelo avermelhado por mostrar ao argelino do sporting.

28’: Danilo comete uma falta banal, perto da área do… sporting. O árbitro, vá lá saber-se porquê e debaixo do aplauso entusiástico dos dois comentadores da Sporting TV… perdão, da TVI (Pedro Sousa, um ex-diretor de comunicação do Sporting e Dani, um ex-jogador leonino formado na Academia), decide mostrar o primeiro cartão amarelo do jogo.
Como se não bastasse o exagero da mostragem do cartão, ainda por cima Benquerença engana-se no destinatário e mostra-o a… Carlos Eduardo.

63’: Entrada brutal de William Carvalho às pernas de Silvestre Varela, sem nenhuma intenção de jogar a bola e apenas com o objetivo de parar um contra-ataque perigoso do FC Porto.
Em vez do cartão vermelho, Benquerença limitou-se a mostrar um amarelo ao anunciado futuro trinco da Seleção (perante o silêncio envergonhado dos comentadores da Sporting TV… perdão, da TVI).

82’: O defesa esquerdo do sporting, Jefferson, empurra Varela com o jogo parado. Varela reagiu e os dois jogadores crescem um para o outro.
O árbitro, em vez de resolver a situação do modo habitual, mostrando um cartão amarelo a ambos os jogadores, limitou-se a penalizar o jogador do FC Porto, deixando impune o do sporting, que foi quem provocou o comportamento incorreto. Desta vez, até os comentadores da Sporting TV… perdão, da TVI, ficaram admirados.

84’: A coroar a sua “fantástica exibição” em termos disciplinares, Benquerença expulsou um jogador do FC Porto, Carlos Eduardo, por acumulação de amarelos. Muito bem, mais uma vez num desafio disputado em Alvalade, os dragões não conseguiram terminar com 11 jogadores…



O JOGO, 30-12-2013
Perante a enorme dualidade de critérios, em termos disciplinares, evidenciada por Olegário Benquerença e óbvia proteção aos jogadores da casa, o que disse Paulo Fonseca na conferência de imprensa, quando diretamente questionado sobre a arbitragem?

Não podendo fugir à pergunta, lá disse que “a nossa contestação não foi tanto em relação à expulsão, antes pelo facto de o árbitro ter cometido um erro ao mostrar o primeiro cartão ao Carlos Eduardo”, isto dito de forma calma, num tom de voz baixo e quase pedindo desculpa. Enfim, é o que temos…

13 comentários:

Tiago Stuve Figueiredo disse...

Não sei bem como funciona isto, mas se no relatório do árbitro o cartão amarelo mostrado a Carlos Eduardo na primeira parte tiver como fundamento a falta cometida, não dará para pedir a despenalização do jogador?

Não podendo pedir a despenalização, os jogadores expulsos na taça da liga não cumprem o castigo na taça da liga? sei que houve uma alteração qualquer relativamente a castigos entre a taça de portugal e campeonato, mas não sei ao certo como se concretiza e como se aplica à taça da liga

Se me pudesse esclarecer, agradecia

http://opequeestamaisamao.blogspot.pt

Nuno de Campos disse...

Prontos, agora somos nós os calimeros. As arbitragens que prejudicam o FC Porto, habilidosas ou descaradas, não fazem notícia. Foi sempre assim e não vai mudar.

A grande novidade é a nossa incapacidade de competir com uma equipa do Sporting infinitamente mais barata e com mais de metade dos jogadores da formação.

José Correia disse...

O Carlos Eduardo vai cumprir o castigo no próximo jogo oficial, que é no próximo fim-de-semana, para a Taça de Portugal.

José Correia disse...

Concerteza.
Não me ouviu dizer que o FC Porto jogou o que jogou (pouquinho) e empatou em Alvalade por causa do árbitro.
Mas não consigo ficar calado quando vejo tamanha dualidade de critérios.
E irrita-me que o treinador do meu clube, seja ele quem for, reaja de forma mansinha a situações destas.

Nightwish disse...

82' Minutos: Após a reacção do Varela, o Jefferson tenta mesmo agredi-lo.

Nightwish disse...

Parece-me que competimos bem, até empatamos, veja lá. Se os outros fazem grande festa por os outros descerem à mediocridade deles, eles lá sabem, já achar que jogam alguma coisa é de rir.

António C. disse...

«Empatar em alvalade É UM RESULTADO POSITIVO»

Mas este tipo está a brincar com quem????????????
Será que ele pensa que está no SLBarreirense??????????
Que pouca vergonha - ao que chegamos…

Não me "reconheço" neste actual FCP - de todo!!! E não, não sou portista só das vitórias mas, também não posso ficar indiferente, e com o "braços cruzados", a olhar impavidamente para tanta desorganização (e neste momento estou a ser “bonzinho”…).

Não será possível despedir o gajo e, entretanto…, colocar o Rui Barros como treinador interino?!?

Dasssss…estamos a passar de um clube vencedor, aguerrido, perseverante, inteligente (etc), a um clube mercantil?...
Já há lobbys a “governar” o FCP?...

Sinto-me frustrado, desiludido e até envergonhado, não pelo resultado de ontem mas pelo “arrastar da doença”, que tem 2 épocas e meia a “chocar”…

Alto_Minho

Pedro disse...

os lagartos só se podem queixar de um offside mal tirado na 1ªparte, de resto, tudo ao contrário.

Pedro Polónio disse...

o actual F.C. do Porto é deprimente. só consegui ver a 2ª com atenção, & não vi UMA oprtunidade de golo do F.C. do Porto, é deprimente...

Tasqueiro Ultra-Copos disse...

esqueceram-se de mais um amarelo que ficou por mostrar ao Slimani logo no principio quando jogou deliberadamente a bola com a mão. quanto ao pedro sousa desde os tempos da rádio renascença que mostrava o seu fervor clubistico no relatos dos jogos por isso nada de novo, o dani é daqueles que não interessando muito ser sportinguista só apetece lhe dizer "cala a p*** da boca que já estou farto de te ouvir..." é impossível assistir um jogo na tvi sem este gajo tar sempre a mandar postas de pescada, até mete nojo dasse!

Miguel Ângelo Ribeiro disse...

Algo vai mal no nosso reino.

Pensamentos de clube pequenino, pouca ambição, etc... Os nosso jogadores vêm mostrar descontentamento em público, pelo facto de não jogarem.

A equipa não joga nada, não entusiasma, não remata, nem cria lances de golo em quantidade aceitável para uma equipa grande.

Os adeptos começam a criticar´, sem dó nem piedade, os jogadores que chegaram - como se fosse culpa deles. Lembro ainda que os novos jogadores não têm presença assídua, é do tipo, jogam hoje o jogo quase todo e, depois, passados uns jogos, voltam a jogar - uns minutinhos, muito poucos... É o suficiente para eles ganharem ritmo e confiança? Não creio. Depois, quando jogam, nem que seja por uns minutos, querem mostrar trabalho e acabam por entrar ansiosos e nervosos. Não ajuda em nada, convenhamos.

Espero que o FC Porto vá às compras neste mês que está para chegar. Entendo ser decisivo que o façam.

Um excelente ano de 2014 para todos os que lerem esta mensagem (independentemente do clube). Que este ano seja repleto de sucessos; pessoal, desportivo e profissional.

Abraços (des)portistas.

ℙΣ₦₮∀ ➀➈➆➄℠ disse...


@ José Correia

também sou dos que não quer desculpar o nosso futebol fraquinho e sem nota artística com os erros de arbitragem - que os houve e isso foi um facto.

mas, se é para não se calar a nossa revolta ante a dualidade de critérios na arbitragem do olarápio, falta referir a brutal entrada para amarelo avermelhado - ou vermelho mesmo -, do Cédric sobre o Danilo, ainda na primeira parte.

abr@ço
Miguel | Tomo II

Joaquim Lima disse...

"Como se não bastasse o exagero da mostragem do cartão, ainda por cima Benquerença engana-se no destinatário e mostra-o a… Carlos Eduardo."

Não é verdade. Na minha opinião a falta é para amarelo e não foi mostrado. Após a falta o Carlos Eduardo levou amarelo porque deu um pontapé na bola para longe. É discutível se esse acto é para amarelo ou não (porque está sempre a acontecer), mas foi por este motivo e não por pensar que a falta tinha sido feita pelo Carlos Eduardo.