quinta-feira, 2 de janeiro de 2014

Quaresma: o regresso do filho pródigo?

Ricardo Quaresma já começou esta quarta-feira a trabalhar no FC Porto. Antes da sessão de trabalho aberta aos jornalistas e adeptos, Pinto da Costa explicou ao Porto Canal a contratação do jogador.

"Veio porque o treinador entendeu que necessitava de mais um extremo e a sua prioridade recaiu no Ricardo Quaresma. Não foi fácil, mas vamos hoje apresentá-lo oficialmente. Já fez exames médicos e tem treinado porque passou por uma longa paragem. Vai ter dificuldades iniciais, mas já estão a ser minoradas pelo que tem trabalhado", afirmou o presidente portista".

Está confirmado que Quaresma regressa ao FCP aos 30 anos, 5 anos e meio depois de ter sido vendido ao Inter de Milão.

Antes de mais, as palavras de PdC dão a entender que 1) regressa muito mais por iniciativa do treinador do que da Direção e 2) que a sua contratação não terá sido nada barata entre luvas, salário etc (pelo menos é o que infiro quando diz que «não foi fácil», e sabendo-se que o salário de Quaresma nas Arábias era muito elevado).

À partida estou um bocado agnóstico, gostava de saber as condições desta contratação (por ex luvas, salário, duração de contrato) antes de ter opinião formada. Tenho sentimentos mistos (já agora, o próprio PdC parece estar muito longe de estar entusiasmado com o seu regresso).

Pela positiva: concordo que falta um extremo habilidoso no plantel com as características de um Quaresma; e o jogador já conhece os cantos à casa. Além disso uma injeção de experiência não fará nada mal a este plantel (muito jovem) - ainda que Quaresma não seja exactamente dos jogadores mais «maduros» do mundo, psicologicamente falando, ao contrário de por exemplo um Lucho.

Pela negativa: Quaresma tem o feitio que se conhece (e pergunto-me como irá reagir se não ganhar a titularidade- ainda mais com expectativas de ser chamado ao mundial - podendo eventualmente acabar por ser mais um problema no balneário do que uma ajuda); aos 30 anos, já não treina num clube / campeonato com elevado ritmo e grau de exigência há uns 3 anos e meio (e antes disso pouco jogou nas passagens por Inter e Chelsea); o seu regresso vai limitar ainda mais a margem de progressão de Ricardo e Kelvin; finalmente, mesmo na sua época áurea já era um jogador bastante irregular.

Sendo assim penso que poderá ser um jogador útil (como «abre-latas» vindo do banco) mas dificilmente irá ganhar a titularidade nos próximos tempos (i.e. 2-3 meses), pelo menos com o rendimento que se pede a um titular do FCP; é que a questão do ritmo vai bem além da forma física. Aliás, bem possivelmente terá ainda mais concorrência  a partir do Verão (por ex regresso de Iturbe).

Estou certo que PdC, PF e outros terão tido uma conversa franca com Quaresma e espero portanto que ele esteja suficientemente humilde para aceitar sem «fazer ondas» a eventual possibilidade de não ganhar a titularidade. Mas à partida - e embora pense que provavelmente será útil - não teria aceite contrato por mais de 6 meses (com cláusula de renovação) dado o considerável grau de risco (para mais, com a idade e o salário que vai ter muito dificilmente o conseguimos colocar em caso de «flop»); ora os rumores dizem que terá assinado por 2 anos e meio.

Para terminar: duvido muito que P. Fonseca seja o melhor treinador para «apadrinhar» este regresso (em termos de 1. saber aproveitar da melhor forma o jogador na equipa e 2. saber trabalhá-lo psicologicamente), mas espero estar francamente enganado.

16 comentários:

José Rodrigues disse...

Presumindo que Quaresma ainda cá estará na próxima época, há outro factor a ter em conta: Quaresma não é propriamente um jogador flexível de um ponto de vista táctico, sendo jogador apenas e só para um 4-3-3 puro (i.e. 1 PDL e 2 extremos).

Ora é muito provável que Jackson seja vendido no Verão, e Ghilas não parece ser jogador para PDL puro. A inflexibilidade de Quaresma poderá limitar ainda mais as opções do treinador (e isto partindo do princípio q as coisas lhe vão correr razoavelmente bem, o q não é nada líquido).

Miguel Ângelo Ribeiro disse...

Não estou nada confiante com esta contratação... Nem estou "entusiasmado". O FCP precisava de, pelo menos, um jogador veloz, bom no um-para-um, a jogar pelas alas. Acham mesmo que será o Quaresma?

Pior, pelo que deu a entender o Presidente, será esta a única contratação? Quer então dizer que era só o que nos faltava? E quando necessitamos de um defesa esquerdo, joga o Mangala - numa clara desacreditação dos defesas da equipa B? Então e o Ricardo (quanto a mim um bom jogador que, se tiver espaço, vai evoluir bem)? Joga uma ou duas vezes e nunca mais lá calça?

E a porcaria do 4-3-3 é para manter? O Licá é para continuar a jogar numa ala? Enfim... Não estou nada entusiasmado, nada mesmo. Espero enganar-me.

Abraços portistas.

Nuno Leal disse...

Manifestamente acho que quaresma veio para dentro de alguns jogos, entrar a titular, até porque é essa a sua aposta, chegar a tempo de ser convocado para o mundial. Já não acredito que este "comeback" seja para ele ir aum europeu com 32 anos ou a outro mundial com 34. Não, é para agora aos 30, conseguir ir ao mundial. Uma espécie de Licá pelo menos em talento, muito muito superior. De resto é para relançar a sua carreira, quiçá acabá-la em grande, assim o espero. No que toca a ele jogar daqui a pouco tempo a titular, espero sinceramente que o consiga por mérito, recuperando rapidamente a forma, e aqui sim haverão muitas dúvidas, porque o talento está lá. Mas em forma ou não, estou a ver o Paulo Fonseca a apostar em força nele.

José Rodrigues disse...

Pois, tendo em conta q o pediu, eu tambem estou a ver q o P Fonseca aposte nele - mesmo que de forma prematura...

E' por isso q eu disse q duvidava q ganhasse a titularidade nos proximos 2-3 meses "pelo menos com o rendimento que se pede a um titular do FCP".

Leceiro disse...

Parece-me altamente improvável que o Iturbe volte ao Porto, por 8M facilmente o Verona o compra e despacha logo a seguir por uma quantia superior. Tal como acontece com o Lucho e o Janko, a chegada do Quaresma serve para colmatar uma lacuna do plantel, com um misto de experiência e provas dadas. Por outro lado, parece-me óbvio que alguém terá de sair enquanto excedentário (Ricardo, Kelvin, não me parece que o Licá entre neste lote) e uma venda, talvez duas para cobrir a falta de receitas da LC (Otamendi, sobretudo para o Mónaco que é um excelente pagador) e o pequeno investimento efectuado no Quaresma.

Bardock99 disse...

Pelo que entendo do teu post, mais uma vez a SAD anda a brincar ás contrataçoes. Se neste momento em que o Porto nao tem um extremo de jeito, quando se joga com um Avançado/PL a extremo (Lica), o Quaresma vem para ficar no banco? ...ou a SAD perdeu mais uma vez o juizo ou desta vez acho que vais falhar no teu prognostico.

Acho que o Porto nao precisava do Quaresma mas sim de outro tipo de jogador, mas com ele no plantel nao me passa pela cabeça que contra os lampioes começe o jogo no banco ou na bancada. Se Quaresma nao jogar como titular ate ao fim da epoca esta SAD é de uma INCOPETENCIA atroz ...e nao venham dizer que foi PF a escolher o jogador, toda a gente sabe que foi a SAD que definiu esta escolha.

PS - Bem vindo Quaresma

Cavaleiro disse...

O Quaresma tem o toque, o drible, o peso, a experiência, a audácia e a vontade, para fazer corar de vergonha qualquer extremo deste País daqui a 12 dias.__

Carrela disse...

assino por baixo!

José Rodrigues disse...

Esperemos bem que sim!

DC disse...

Isso não é necessariamente certo. Jesualdo chegou a usar o Quaresma em 4-4-2 como 2º avançado na Champions e não se deu muito mal.

DC disse...

Eu não acredito sequer que ele ganhe a titularidade e não acredito também que neste momento seja sequer mais desequilibrador do que o Kelvin. Mas espero, sinceramente, estar enganado.

Luís Vieira disse...

Em contraciclo com a opinião da maioria, defendo a contratação do Quaresma e acredito num regresso em grande, na linha do Lucho. Segundo foi ventilado, o Quaresma reduziu substancialmente o salário e não se pagou um centavo pela transferência. Quanto a comissões, não faço ideia, pelo que não vou entrar no campo da especulação. O Quaresma a meio-gás é melhor do que o Licá, o Ricardo e o Kelvin juntos. Não me parece que nenhum destes saia, porque o Izmaylov, tanto quanto se sabe, é carta fora do baralho. Creio que os problemas de criatividade no último terço do terreno estarão resolvidos com o Quaresma e o Carlos Eduardo, de início, e com o Quintero e o Kelvin, vindos do banco. Um tridente formado por Quaresma, Varela e Jackson afigura-se bem simpático para o que resta da época. Chamem-lhe salto de fé, mas as trivelas, as rabonas, os dribles estonteantes e os golos sensacionais estão de volta ao Dragão!

Pedro Pires disse...

O lisandro tambem não era um ponta de lança puro e o Quaresma jogava com ele a titular!

José Rodrigues disse...

Embora haja algum defice de criatividade do meio-campo para a frente, nao me parece q o maior problema passe por ai', nem pouco mais ou menos.

Acima de tudo o fio de jogo e' muito incipiente e o duplo-pivot defensivo e nr 10 demasiado perto de Jackson nao ajuda nada para evitar isso... logo a chegada de Quaresma (ainda q com sucesso) nao ira' ajudar nesse aspecto.

Nuno Fonseca disse...

Quaresma é uma contratação magnífica. Percebo a descrença de alguns portistas, mas esses portistas ainda não fizeram uma actualização que é necessário fazer. Neste FcPorto medíocre que faz 5 pontos na Champions, que tem um treinador muito fraco, num Porto sem extremos de qualidade, é uma bomba de contratação. Fosse o Porto ainda o clube de Hulk, Falcao, James, Moutinho e esta contratação seria recebida de forma diferente. Este craque é um mágico que não tem tido nem a sorte nem a esperteza e maturidade para dar o salto. Repito, para este Porto, é uma bomba de contratação. Não tira lugar ao Kelvin? se o Kelvin nem é titular...

José Rodrigues disse...

Eu acho bem provavel q o PF dê a titularidade a Quaresma já em breve, mas a questao é: que Quaresma vamos ter?

Um Quaresma q tira um ou dois coelhos da cartola por jogo, mas q de resto anda a «pastar» e não ajuda nada defensivamente? Ou um Quaresma com um bom rendimento e minimamente regular?

E será q Quaresma vai ter bolas a chegar-lhe aos pés em condições, ou vai ser vítima de um meio-campo cheio de equívocos e sem fio de jogo?

Eu acho q o sucesso de Quaresma vai depender imenso da questao do meio-campo. Se este comecar a carburar em condicoes, poderá ter bastante sucesso; caso contrario poderá ser vítima de um meio-campo inconsequente, e ninguém deve ficar à espera de q seja o Quaresma sozinho a desbloquear o ataque.

Finalmente: só não lhe desejo o maior sucesso porque isso seria à custa do sucesso de um colega do plantel. O q desejo é q se não tiver sucesso, entao q isso seja porque a concorrência interna está a ter um optimo desempenho.