quinta-feira, 2 de janeiro de 2014

SMS do dia - Fucile

Fucile acaba contrato em Junho e parecia ter tudo acertado para sair para o Nacional de Montevideo. No entanto a saída parece ter sido abortada...

«[...]Na base da rutura das negociações esteve o facto do FC Porto exigir ficar com parte dos direitos económicos de Fucile, situação que o lateral não aceitou e que tornou, assim, mais difícil a sua libertação em janeiro»

Não sei até que ponto a notícia merece credibilidade, mas o argumento avançado para o impasse não me parece fazer grande sentido. Estamos a falar de um jogador que termina contrato daqui a 6 meses, está incompatibilizado com o treinador (sendo portanto implausível que venha a dar jeito nos próximos meses) e que já tem 29 anos.... será que a SAD acredita mesmo que o Nacional de Montevideo ainda o vai conseguir vender mais tarde por valores minimamente interessantes? 

8 comentários:

Unknown disse...

Bom dia,

A minha opinião é que esta cláusula no contrato servirá apenas para que após o Mundial , o Fucile não apanhe um avião com destino a Lisboa.

Melhores cumprimentos,

Pedro Maia

antas disse...

E que tal se as galinhas estiverem na "caixa do ponto", dando dicas para inspirar o mau comportamento do rapazola?
Seria algo de novo? Seria impensável o benfas andar a espreitar o
nosso caixote do lixo? É que os tempos vão de austeridade...

José Rodrigues disse...

Compreendo a ideia, mas isso nao faz muito sentido: e' q nada impede que o Fucile assine ja' neste momento - hoje - pelo slb, se assim quiser (para jogar a partir de Julho).

Sinceramente este e' um caso q se arrastou por demasiado tempo e agora ha' pouco a fazer. Alias, por mim ele ate' tinha sido vendido logo apos o mundial de 2008.

Nunca o achei nada de especial (jogador racudo mas com bastantes limitacoes) e a partir desse mundial (onde pareceu muito melhor jogador do q e') era extremamente provavel q o valor de mercado dele fosse sempre a descer...

Tiago Stuve Figueiredo disse...

Ficava bastante contente se ele fosse para o Benfica ou para o Sporting. Querem ver que ele agora é um craque e devemos ter medo de o ver no adversário, não?

Pior que este caso, para mim, continua a ser o do Ismaylov. Há mais ou menos três meses que não aparece e ninguém dá nenhuma explicação aos adeptos.
Por mim já tinha recebido guia de marcha (rescisão do contrato, amigável ou não).

São duas "vagas" que se abrem no plantel, sendo que suspeito que entre Fernando e Defour, um deles também vai sair.

É necessário colmatar estas vagas

Tiago Stuve Figueiredo

http://opequeestamaisamao.blogspot.pt

José Rodrigues disse...

A mim tampouco me apoquenta o cenário do ingresso de Fucile num dos rivais. Preferia que não fosse o caso, mas se assim for também não será caso para preocupações.

De qq forma tendo chegando a situação a este ponto em que nos encontramos, o melhor que se pode fazer é minimizar os danos. Emprestá-lo até fim de contrato a quem lhe pagar o salário (poupando assim umas centenas de milhar de euros) será possivelmente o melhor que poderemos arranjar, realisticamente falando.

José Correia disse...

por mim ele ate' tinha sido vendido logo apos o mundial de 2008

Ora nem mais.
O Fucile deveria ter sido vendido quando estava em alta, após o Mundial de 2010, na África do Sul.

José Rodrigues disse...

Sim, queria dizer 2010 e nao 2008, claro. Equivoquei-me.

Luís Vieira disse...

Acho que este impasse se explica pelo facto de o Porto estar a fazer-lhe a vida negra depois de mau comportamento reincidente. A meu ver, a SAD exige dinheiro para libertar o Fucile e não se importa de tê-lo a treinar à parte do plantel até ao fim do contrato, numa espécie de exílio/castigo, se aquele requisito não for cumprido. Já vimos esta cena com outros jogadores, designadamente o Adriano.