terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

O Artigo 94.º



«O adiamento do dérbi maior lisboeta entre Benfica-Sporting não é um caso virgem na história do novo Estádio da Luz, inaugurado em 2003. (…)
O mesmo tipo de objetos, em que se incluem lã de vidro e chapa metálica, já haviam obrigado à suspensão do Benfica B-Feirense, partida relativa à 23.ª jornada da Segunda Liga, que se iria realizar na Luz, a 19 de janeiro de 2013.»
in record.pt, 09-02-2014


«Mário Dias, antigo vice-presidente do Benfica e responsável pela supervisão da construção do novo Estádio da Luz, acredita que os problemas na cobertura do palco das águias surgiu devido a falta de manutenção.
A primeira coisa que tem de se fazer numa obra, especialmente desta dimensão, é manutenção. Se tivessem verificado que uma chapa poderia levantar com o vento teriam certamente corrigido o problema. É possível que a estrutura já estivesse assim há muito tempo”, afirmou em declarações à Rádio Renascença.»
in record.pt, 10-02-2014


A estrutura do Estádio aguenta os ventos que sopraram ontem [domingo], com essa e muito mais velocidade. Houve rajadas na ordem dos 130 km/h e a estrutura está preparada para suportar ventos na ordem dos 200 km/h. Os danos não foram na estrutura do Estádio, foram nos revestimentos da cobertura e, em particular, nas fixações desse revestimento à estrutura. Esse é que foi o problema.”, afirmou Tiago Abecassis [projectista do estádio da Luz], em declarações à Benfica TV.

----------

Artigo 94.º (do Regulamento das Competições da Liga Portuguesa de Futebol Profissional)
Não realização de jogos por falta de condições do estádio, de segurança ou dos equipamentos

1. Quando um jogo oficial não se efectuar ou não se concluir em virtude do estádio não se encontrar em condições regulamentares por facto imputável ao clube que o indica, é este punido com a sanção de derrota e, acessoriamente, com a sanção de multa de montante a fixar entre o mínimo de 12 UC e o máximo de 50 UC e com a sanção de reparação à Liga e ao adversário das despesas de arbitragem, de delegacias, de organização e do valor da receita que eventualmente coubesse ao adversário.

2. Se um jogo não for realizado por falta de condições de segurança imputáveis ao clube que indica o estádio, o clube é punido nos termos do número anterior.

3. Quando o jogo se realizar em estádio neutro é mandado repetir, sendo apenas aplicáveis as sanções de multa e de reparação ao clube visitado, salvo se as faltas previstas nos números anteriores não lhe forem imputáveis.

4. O clube responsável pela não realização de um jogo oficial em virtude de os equipamentos das duas equipas não permitirem fácil destrinça ou não se encontrarem nas condições regulamentares, será punido nos termos do n.º 1.

----------

Perante os factos que são conhecidos, a que se juntam as declarações de Mário Dias e de Tiago Abecassis, é óbvio que não foi por causa de um fenómeno meteorológico inédito e completamente extraordinário que deixou de haver condições de segurança no estádio da Luz. Assim sendo, cada um que tire as suas conclusões acerca da forma como a Liga de Clubes (entidade organizadora do campeonato) lidou com este caso.

P.S. Viram/ouviram algum dirigente do slb a falar sobre este caso? Quem eu vi a assumir as “dores” do adiamento do jogo e se tem desdobrado em entrevistas (incluindo uma em directo no Telejornal da RTP...) foi Mário Figueiredo, o presidente da Liga. Fico sem perceber se a LPFP serve para organizar competições e garantir que os regulamentos se cumprem, ou se serve para defender os interesses do clube do regime...

Nota: Os destaques no texto a negrito são da minha responsabilidade.

11 comentários:

José Rodrigues disse...

Nao me parece que caiba a leigos tirar conclusoes.

Vou presumir 'a partida q a cobertura do estadio cumpre com todos os requisitos legais em termos de construcao; sendo portanto a questao neste caso "apenas" a seguinte: houve ou nao negligencia do slb na manutencao da mesma?

Ha' indicios claros (caso ha' um ano, palavras de Mario Dias) de q possa ter sido o caso, o q so' por si devia dar azo a uma investigacao encomendada pela LPF.

Acho q gente tecnicamente competente (e neutra) muito rapidamente concluia essa investigacao, mas isso nao foi nem vai ser feito tratando-se do clube do regime.

DC disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
DC disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
José Correia disse...

“É normal a cobertura ter uma chapa por baixo, outra por cima, e, no meio, uma manta térmica feita de lã de rocha, que é usada em todo o lado. Pelas informações que tenho, estava a ser feita a manutenção da cobertura, e essa manutenção demora sempre algum tempo, não se faz num dia. É provável que não estivessem colocados todos os rebites.
As chapas são fixadas em vários pontos, e se não estiverem fixados todos esses pontos, é normal que com o vento, sobretudo vindo de baixo, as chapas acabem por rasgar-se e a manta térmica de lã de rocha comece a soltar-se. (…)
Provavelmente, as chapas que se soltaram hoje não foram as mesmas que foram substituídas há um ano. As coisas têm de estar sempre a ser vistas porque o sol e a chuva corroem e enferrujam os materiais, podendo os parafusos soltar-se com ventos fortes, acima de 100 km/h. Volto a referir, porém, que, pelo que sei, não foi esse o caso, mas sim o facto de as obras de manutenção não estarem concluídas.”
Mário Dias, antigo vice-presidente do slb, em declarações ao jornal A BOLA

Nightwish disse...

Vou repetir o que disse noutro lado:

"Mais a sério, independentemente da culpa desportiva ou falta dela do Benfica, gostava que fosse esclarecido porque não foi evacuado o Estádio da Luz mais cedo e que foi por pouco que não se evitou um desastre, tendo à altura da evacuação já caído chapa em cima de adeptos. Além disso, gostava de saber porque não se fizeram os impossíveis para retirar todos os adeptos rapidamente invés de deixar alguns no estádio. Só faltava que voltassem a estar dentro de uma jaula.

Independentemente da questão desportiva do artº 94 da Liga, esta falta de celeridade não se pode repetir."

fcpforever disse...

Calma malta, eles ja estao a tratar da nova cobertura

http://1.bp.blogspot.com/-tfpxwK1_f1c/UvgGsI8tbKI/AAAAAAAAOCo/F9jTixSljHM/s1600/O%2Best%C3%A1dio%2Bda%2BLuz%2Bj%C3%A1%2Btem%2Bnova%2Bcobertura.jpg

fcpforever disse...

Ja agora, ja viram isto... a ser verdade onde anda a verdade desportiva?

http://www.segundonapaulista.com.br/2014/02/1-que-time-e-esse-brasa-futebol-clube.html

Miguel Ângelo VR disse...

fcpforever, eu também já tinha visto isso... Gostava de saber se é verdade ou não. E, sendo verdade, o que poderá acontecer?!

meirelesportuense disse...

O que me surpreende ou nem por isso - acho que a Taça da Liga lhes estava prometida pelo Benfica - foi o facto de neste caso o Sporting não exigir o que está definido nos Regulamentos da Liga!...Aqui "nem fez truz, nem fez muz"...

Pedro Albuquerque disse...

E eram os mais beneficiados, com jogadores suspensos que deixariam de o estar (William Carvalho) e jogadores lesionados que poderiam recuperar (Jefferson).
E o Benfica em termos de calendário está apertado, poderia ter que fazer esforço extra na luta pelo título.

Bruno abriu as pernas. Fosse contra o FC Porto e não se calava.

Daniel Cachopas disse...

Todos se dizem diferentes, mas quando cheira a ganhar na secretaria... todos vão ao cheiro!