segunda-feira, 31 de março de 2014

Assim é difícil ganhar…

Se trabalhamos uma equipa com uma defesa subida, bem articulada, para manter uma linha forte, para colocar o adversário em fora de jogo, os jogadores ficam desconfiados se depois, em dois jogos fora [sporting x FC Porto e Nacional x FC Porto], são validados dois golos em fora de jogo. Mais vale jogar mais atrás… Portanto, o quadro vai muito para além de se constatar os fora de jogo, atinge o trabalho semanal que fazemos”.

Fora de jogo que precedeu o golo dos calimeros

Fora de jogo que precedeu o 1º golo do Nacional

“O primeiro golo do Nacional é obtido em fora de jogo [as imagens televisivas provam que há dois jogadores do Nacional, à frente do árbitro assistente, em situação de claro fora de jogo]. Criámos várias situações de golo e chegámos ao empate; marcamos outro golo, mas não foi validado, quando era um golo limpo e tudo isso condiciona o estado de espírito dos jogadores que, apesar de terem feito uma boa segunda parte, perderam algum discernimento, fruto daquilo que ia acontecendo. Sentiram que era difícil ganhar assim.”

Tribunal de O JOGO unânime: golo limpo anulado ao FC Porto

“É natural que, quando estamos a desenvolver o nosso jogo, quando sentimos que estamos a ser prejudicados, percamos o nosso equilíbrio. Há situações difíceis de aceitar, é difícil falar da equipa quando sentimos que nos estão a desequilibrar”.

Declarações de Luís Castro, na conferência de imprensa após o Nacional x FC Porto.

8 comentários:

Daniel disse...

Andamos a chamar calimeros aos lagartos, agora estamos bem pior que eles. Tenham vergonha!

Defesa bem articulada sr. luís castro? Bem articulada como se viu no segundo golo do nacional? O problema foi mesmo esse, a (des) articulação do abdoulaye!

José Correia disse...

Vergonha?
O treinador Luís Castro disse alguma mentira?
Vergonha devia ter você em escrever um comentário destes.

reine margot disse...

Só temos snobes como adeptos: "ai, credo que horror falar de arbitragens... ; não vi o jogo não sei, mas credo que banal..."

meirelesportuense disse...

Fomos roubados em Alvalade, no Estoril, na Luz e na Madeira...Agora façam as contas e vejam qual poderia ser hoje, o nosso lugar no Campeonato.
Estava tudo combinado mas a incompetência dos Lagartos deitou tudo a perder...Se em Penafiel fizessem um pouco mais nos últimos 10 minutos, talvez as coisas tivessem terminado bem, mas tiveram azar...Campeonato para mim e 2º lugar para ti, Taça da Liga para ti e Taça de Portugal para quem a poder agarrar...Vejam lá no computador do Fernando Gomes!

Hugo disse...

É graças a estes mansinhos que o nosso clube se tornou um clube de bons rapazes que anda a ser "comido" à grande

Jorge Vassalo disse...

Impressionante! Não fosse eu Portista há muitos anos, pensava duas vezes antes de ser sócio de um clube cheio de gente ingrata!

De uma vez por todas: Queriam uma equipa em full force frente ao Nacional? Pra quê? Para estoura-los para quinta?

Agora Luís Castro também já é mau? Por causa de um jogo (praticamente) a feijões?

Digam-me lá: qual era a p#!a da motivação? Já viram o calendário do spórtém? Então temos 3 taças em disputa vamos estar a estourar jogadores? Pra quê?

Entraram a passo? Sim! Deixaram de ser o MEU FCP? Não!

Ingratos da merda! Se ainda temos 3 taças em disputa devemos isso SÓ a Castro! Com o Fonseca estaríamos fora da Liga Europa e tínhamos levado do 5lb!

Mais ainda, subir linhas? Claro que sim! Fazem-no superiormente equipas como o Atlético de Madrid, o Liverpool e o Chelsea! Mas não! Para vossas excelsas senhorias nada chega!

Eu não treinaria o meu FCP. Com adeptos assim, porra. Isto é a pré-época, senhores! No campeonato, serviços mínimos.

E olhem, ao ler os comentários, percebo porque Castro pôs o Ba. Se tivesse posto um Victor Garcia, era o fim do mundo em cuécas!

Por mim, no campeonato, jogavam desde já 6 Bs. Mas com vossas senhorias D. Assobio, nada basta. A culpa é daquele asno do Fonseca e, em ultima analise, de Pinto da Costa.

Castro está a fazer o melhor que pode com o que tem. E o que não tem,
.

Louro disse...

Completamente de acordo,
Temos 3 taças para tentar conquistar e o Sevilha está ao nosso alcance!
E se vencermos a Liga Europa , a taça de Portugal e a taça da liga ( com a supertaça já conquistada), não seria uma boa época?
Eu acredito!

José Correia disse...

«(...) depois do Natal o FC Porto só ganhou um jogo fora de casa, em todas as competições. Voltou a perder no Nacional com erros do árbitro João Capela à mistura. É verdade que não tem tido sorte com os árbitros e percebe-se que os golos nascidos de fora de jogo, como o de Alvalade e o primeiro do Nacional, deixem marcas numa equipa que quer jogar com a defesa adiantada.
Mas esse erro - ao contrário de outros - faz parte do jogo e o treinador tem que avaliar se consegue melhorar a articulação dos defesas ou se deve defender de outra maneira. Não chega dizer mal do árbitro: há opções que se tomam conforme os riscos que se correm.»
Manuel Queiroz
in DN.pt, 01-04-2014